2015052294329

O futuro da esquerda nas eleições de 2016, no Rio de Janeiro

Já chegou a hora de falar um pouquinho sobre as eleições municipais para 2016…

Pode juntar dez Pedro Paulo

Por Theófilo Rodrigues, colunista eventual do Cafezinho.

Frente ampla. Essa é a insígnia do momento para justificar toda e qualquer costura de aliança política visando as eleições de 2016. Sob o temor de que a governabilidade da presidenta Dilma Rousseff seja afetada por questões locais que seriam supostamente “menores”, baixa-se aos partidos da base aliada a orientação para que todos estejam juntos nas eleições municipais de 2016. Continue lendo

10986673_10202470709367904_8819941826489043727_n

Manchetômetro denuncia parcialidade da Folha em relação à Haddad

CRACK, HADDAD E O JORNALISMO MULTIMÍDIA DA FOLHA DE S. PAULO

Por João Feres Júnior e Luna de Oliveira Sassara, no Manchetômetro.

Infelizmente, a campanha eleitoral para a prefeitura de São Paulo já começou, pelo menos nas páginas da Folha de S. Paulo. O tratamento intensamente desfavorável do Governo, de Dilma Rousseff e do PT continuam depois da eleição, como revelam as análises do período pós-eleitoral recentemente publicadas pelo MANCHETÔMETRO (http://www.manchetometro.com.br/cobertura-2015/). Mas o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, provável candidato à reeleição pelo PT, vai se tornando alvo preferencial de práticas jornalísticas para lá de questionáveis por parte da Folha. Continue lendo

liberdade_de_expressc3a3o-j2tempo

Por uma lei que proteja a liberdade na blogosfera!

Prezado Nassif, sou profundamente solidário à sua causa. Até porque, não fosse a solidariedade da blogosfera, eu mesmo já teria sido sufocado financeiramente por um desses mesmos poderosos que te perseguem.

Mas não podemos viver de solidariedade. E não podemos continuar desse jeito: apenas fazendo campanhas para pagar multas que poderosos da mídia e do judiciário querem nos impor. Nesse ritmo, iremos nos descapitalizar e descapitalizar nossos próprios leitores.

Temos que buscar uma solução justa e definitiva.

Uma solução política e democrática!

Então lhes trago uma boa notícia. Continue lendo

hqdefault

Algumas especulações geopolíticas

Antes de reproduzir uma notícia importante, sobre a aprovação na Câmara do banco dos Brics, permitam-me algumas especulações.

Algumas podem parecer paranoicas, mas estamos diante de uma virada geopolítica tão grande, com movimentos tão definidos, que podemos nos dar ao direito de suprir o que não sabemos com um pouco de imaginação.

Mesmo que nos faltem elementos para fechar o quebra-cabeça, isso não afetará o resultado final da análise, que é baseado em fatos: a China está trazendo para o Brasil os recursos que os EUA estão tirando. Exemplo: enquanto o sistema judiciário americano tenta ferrar a Petrobrás, a China está assinando acordos sucessivos para emprestar dinheiro à estatal, já anunciou investimentos aqui da ordem de R$ 200 bilhões para cima, e acertou com o Brasil a criação do banco dos Brics, que alocará outros bilhões na infra-estrutura brasileira.

Passei uma tarde inteira, na quarta, conversando com parlamentares, da Câmara e do Senado, e uma das teorias que circulam naqueles ambientes é a seguinte: a conspiração midiático-judicial-tucana para destruir a cadeia de indústrias do setor de petróleo é financiada pelos EUA, em especial pelas indústrias Koch, de propriedade dos irmãos Koch, os empresários mais ricos dos Estados Unidos. Continue lendo

CFm77oHWMAAxSjM

PF desbarata mais um esquemão gigante de sonegação

A Polícia Federal parece ter aprendido o caminho das pedras.

Primeiro veio a Zelotes, apurando desvios que podem chegar a R$ 20 bilhões, e, mais importante, pondo em evidência o Carf, uma instituição que, apesar de lidar com dívidas tributárias entre 500 e 1 trilhão de reais, não tem nenhum controle social ou democrático.

Ninguém sabia, até então, sequer o que era Carf, e a maioria continua não sabendo – porque a mídia de massa não faz campanhas de esclarecimento.

É um mistério. Por que a Globo nunca fez programas jornalísticos especiais sobre o Carf?

*

Depois a PF iniciou uma operação no Rio Grande do Norte, também envolvendo crimes tributários. Os desvios foram estimados em mais de R$ 500 milhões.

E hoje a PF acaba de anunciar outra operação anti-sonegação de grande porte, a Operação Patriota, envolvendo desvios de quase R$ 900 milhões. Continue lendo