Pela primeira vez na história servidores do Itamaraty entram em greve | O Cafezinho

O Cafezinho

terça-feira

23

agosto 2016

4

COMENTÁRIOS

Pela primeira vez na história servidores do Itamaraty entram em greve

Escrito por , Postado em Diplomacia, Política



Com adesão de trabalhadores no Brasil e no exterior, servidores do Itamaraty entram em greve

no Opera Mundi

Servidores do Ministério das Relações Exteriores entraram em greve por tempo indeterminado ao meio-dia desta segunda-feira (22/08) reivindicando equiparação salarial dos integrantes do SEB (Serviço Exterior Brasileiro) às demais carreiras típicas de Estado do Poder Executivo.

A categoria quer receber o mesmo valor designado a profissionais de áreas como Receita Federal, Abin (Agência Brasileira de Inteligência) e Planejamento. Até o momento, porém, o governo ofereceu apenas reajustes salariais que são rejeitados pelos servidores.

As negociações para a recomposição salarial com o Ministério do Planejamento se iniciaram em março de 2015. A pasta ofereceu, em diversas ocasiões, a proposta de reajuste de 27,9%, que seria dividida em três anos e passaria valer a partir de janeiro de 2017. Todas as vezes, porém, o sindicato rechaçou a proposta, sob alegação de que o percentual não cobre a defasagem acumulada desde 2008.

“A gente recebe os menores subsídios, os menores salários, só o reajuste não iria resolver”, disse a presidente do Sinditamaraty (Sindicato Nacional dos Servidores do Ministério das Relações Exteriores), Suellen Paz, a Opera Mundi.

Um estudo do sindicato sobre a remuneração recebida pelos integrantes do Serviço Exterior Brasileiro e pelos servidores de outras carreiras típicas indicou uma defasagem média de 28,48% para o cargo de assistente de chancelaria; 31,88%, para o posto de oficial de chancelaria e 7,11% para diplomatas.

O Sinditamaraty reivindica subsídio inicial de R$ 7.284,89 e final de R$ 12.517,16 para assistentes de chancelaria; subsídio inicial de R$ 21.644,81 e final de R$ 28.890,13 para diplomatas; e subsídio inicial de R$ 14.380,72 e final de R$ 20.713,63 para oficiais de chancelaria.

O movimento tem adesão de trabalhadores no país e em postos do exterior. Até o momento não há informações sobre o número de representações diplomáticas que aderiram à greve.

Segundo o sindicato, 30% dos servidores continuarão em atividade, como determina a legislação brasileira.

Além dos serviços administrativos, serão afetadas atividades de legalização de documentos, assistência consular, emissão de passaportes, vistos, atos notariais e registro civil nos postos no exterior.

Falta de diálogo

Paz reclama de falta de diálogo por parte da cúpula do Itamaraty. Ela diz que a categoria tenta uma reunião com o novo chanceler, José Serra, desde sua posse em maio – quando foi nomeado pelo vice-presidente em exercício da Presidência, Michel Temer –  mas não houve retorno por parte do novo ministro.

A gestão anterior de Mauro Vieira, no governo da presidente afastada Dilma Rousseff, chegou a designar uma comissão para tratar das reivindicações com a categoria, mas, segundo a presidente do Sinditamaraty, “também faltou muito empenho político”.

A comissão segue ativa na gestão de José Serra à frente do Itamaraty, mas, segundo Paz, o grupo “tem um alcance bem restrito porque não tem poder de decisão nenhum”. “Na prática, não tivemos retorno sobre o que pedimos até hoje”, afirma.

Em 23 de junho, os servidores realizaram um dia de paralisação para pressionar o Itamaraty sobre a pauta de reivindicações da categoria, que também não resultou em abertura de diálogo.

Opera Mundi procurou a assessoria do imprensa do Itamaraty e aguarda retorno.

Loading...

terça-feira

23

agosto 2016

4

COMENTÁRIOS

Se você fizer login como assinante do Cafezinho ou usando sua rede social, o comentário será aprovado automaticamente.

4 Comentários em "Pela primeira vez na história servidores do Itamaraty entram em greve"

Avise-me quando
avatar
Maria Thereza G. de Freitas
Visitante

nada contra as reivindicações dos funcionários. Mas pensei que estavam em greve por conta do “chanceler” que lhes foi imposto. Boa sorte. Pagando bem, que mal tem, não é mesmo?

Messias Franca de Macedo
Visitante

“Não Desanime, a História Começa dia 29”
… Dileto(a) e consciente leitor(a), bem-vindo(a) a um homem bom de sublime nome Bemvindo!
https://www.youtube.com/watch?v=HAZM7Nvic8I

RENATO ANDRETTI
Visitante

MARAVILHOSO…
REVIVI
NÃO É A TOA QUE ME CHAMO RENATO..

Dilson Magno
Visitante

Quero ver quem vai defender quem ganha o bolsa família, o bolsa estudante, o bolsa salario mínimo, essa é a greve dos marajás…

wpDiscuz