Inversão de valores: Jandira Feghali é denunciada ao STF por confusão durante convenção partidária em 2014 onde foi agredida - O Cafezinho

O Cafezinho

terça-feira

14

fevereiro 2017

111

COMENTÁRIOS

Inversão de valores: Jandira Feghali é denunciada ao STF por confusão durante convenção partidária em 2014 onde foi agredida

Escrito por , Postado em Redação

Loading...

O Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, denunciou ontem ao STF a deputada federal Jandira Feghali por suspeita de desrespeitar decisão judicial durante uma convenção do PCdoB em 2014. A ministra Rosa Weber decidirá agora se abre ou não inquérito no STF.

A decisão é curiosa na medida em que transforma a vítima em culpada.

Para melhor entender o que aconteceu naquela convenção partidária de 2014, vale a pena rememorar matéria do Jornal do Brasil de 27 de junho de 2014.

“A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) declarou que nunca poderia imaginar que, depois de tantos anos de vida pública, pudesse assistir a uma arbitrariedade como a que aconteceu na convenção do partido. (…) Feghali garante que uma investigação séria vai comprovar que os fiscais do TRE estavam acompanhados por “capangas” milicianos que deram início a um tumulto usando spray de pimenta e empurrando autoridades e correlegionários, objetivando impedir a realização da convenção da legenda. (…) Segundo a parlamentar, os fiscais chegaram ao local da convenção afirmando que o encontro não iria acontecer e tentaram fechar as portas da casa de show, impedindo a entrada dos convidados. “Não respeitaram nem a Benedita [Benedita da Silva (PT)], que é uma deputada federal. Ela foi impedida de entrar, empurrada pelos fiscais. O mesmo aconteceu com o Lindberg [Farias] e outras autoridades. Eu nunca vi isso acontecer em nenhum outro lugar”, contou Jandira”.

A matéria do insuspeito Jornal do Brasil termina dizendo o seguinte:

“O exagero praticado pelo TRE na convenção do PCdoB pode levar a uma observação. Se os blindados comprados pela África na época do Aparthaid estivessem no Brasil, talvez fossem também levados para a convenção”.

Na época, diversas testemunhas denunciaram a agressão dos fiscais e a utilização do gás de pimenta dentro de um local fechado com a presença de pessoas de idade. De acordo com o Jornal do Brasil, as testemunhas inclusive identificaram em fotos um dos fiscais que iniciaram a confusão com a utilização do gás de pimenta. Segundo essas testemunhas, ele estaria com um colete do TRE e portava uma mochila branca carregada com spray de pimenta.

Se Jandira teve alguma culpa nessa história, foi a de ter defendido seus colegas de partido em meio às agressões desmedidas dos fiscais. Afinal, alguém espera atitude diferente de seus representantes?

A dúvida que fica é: com tantos problemas maiores para serem julgados pelo STF, como os que envolvem altos dirigentes do governo federal, qual a razão que moveu Janot a fazer esse tipo de denúncia contra a líder da oposição?

Na foto abaixo, um dos agressores identificados por testemunhas de acordo com o Jornal do Brasil.

terça-feira

14

fevereiro 2017

111

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

111 COMENTÁRIOS

  1. TIAGO MAXIMILIANO BEVILAQUA
  2. Marta
  3. Augusto
  4. Canuto
  5. L'Amie
  6. Albert Fanon
  7. Bruno
  8. Bruno
  9. José Costa
  10. Marivaldo
  11. Anônimo
  12. Anônimo
  13. J. Sculder
  14. João Luiz Silva Brandão Costa
  15. Marcio Allen
  16. Antônio Carvalho
  17. LUIZ TAVE
  18. LUIZ TAVE
  19. Ray tavares
  20. Maria Aparecida Lacerda Jubé
  21. LUIZ TAVE
  22. kai
  23. José Newton Nunes Pandelot
  24. Thiago Teixeira
  25. ALGOPI
    • Maria Aparecida Lacerda Jubé
  26. Atreio
  27. enganado
  28. Fabiano França/PE
  29. Luis Campinas
  30. Calebe
  31. carlos