14/04/2017 - O Cafezinho

O Cafezinho

Arquivo Diário: 14/04/2017

sexta-feira

14

abril 2017

21

COMENTÁRIOS

Da Lava Jato, delações e vazamentos o óbvio: setor privado é a fonte da corrupção

Escrito por , Postado em Colunistas, Redação, Wellington Calasans

Por Wellington Calasans, Colunista do Cafezinho, na Suécia Se a elite brasileira, que comanda o judiciário, esperava iludir o povo ao vender o peixe podre de que a Operação Lava Jato, anunciada como uma ação de combate à corrupção no Brasil, seria capaz de destruir a política e o Estado, errou a mão na dose da aposta. O produto entregue é um balde de gelo na ideia de virgindade do setor privado. Depois da proteção dos tucanos, do assalto ao poder por uma quadrilha (segundo os próprios vazamentos), da perseguição a Lula por conta de triplex e sítio que sequer […]

sexta-feira

14

abril 2017

21

COMENTÁRIOS

sexta-feira

14

abril 2017

5

COMENTÁRIOS

O Brasil na era do pós-julgamento

Escrito por , Postado em Lava-Jato, Tadeu Porto

Foto: bella67 , disponível no site Pixabay Por Tadeu Porto*, colunista do Cafezinho Particularmente, me considero um mineiro raiz. Torço para o Galo, tenho família no interior e a visito sempre que posso (sempre acolhido com muita comida, na casa “de” minha vó), bebo litros de café, amo boteco e pão de queijo e falo uai, sô, trem e “núúú” até em competição de língua erudita. E como a maioria dos mineiros raiz, eu tenho ojeriza do senador Aécio Neves. Asco mesmo. Quem conhece a história do jornalista Marco Carone, nutre simpatia zero pela família Neves. Sem falar na hipocrisia do […]

sexta-feira

14

abril 2017

5

COMENTÁRIOS

sexta-feira

14

abril 2017

0

COMENTÁRIOS

Congresso em Notas: O andamento das Reformas, Estados endividados, Pagamento de jornais por publicidade positiva, Carf e os tributos do Itaú e mais

Escrito por , Postado em Congresso em Notas

(Foto: Beto Barata/ PR) CONGRESSO EM NOTAS Nº 54, 14/4/2017 REFORMA TRABALHISTA. O Deputado Rogério Marinho (PSDB/RN) leu na última quarta-feira (12) seu relatório sobre a reforma trabalhista. O texto, de 132 páginas, retira a obrigação da contribuição sindical, coloca acordos entre patrões e funcionários com possibilidade de prevalecer sobre a legislação, entre outras modificações ao texto inicial. A comissão especial que acompanha o debate sobre a reforma, informou que o texto poderá ser votado já na semana que vem. Para deputados da oposição, a reforma trabalhista talvez seja pior que a Reforma da Previdência, pois destrói a CLT e […]

sexta-feira

14

abril 2017

0

COMENTÁRIOS