Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

STF e o mensalão tucano

Por Miguel do Rosário

09 de junho de 2012 : 10h48

Charge capa: Berzé.

14 anos depois, mensalão tucano de MG que bancou campanha à reeleição de FHC ainda não foi julgado

No Blog do Mello.

O esquema é o mesmo do tal mensalão do PT de 2005. Só que implementado sete anos antes, em 1998. E foi com a expertise que desenvolveu no mensalão tucano que o publicitário Marcos Valério acabou fazendo serviço semelhante para o caixa 2 do PT.

No entanto, enquanto, sob violenta pressão da mídia corporativa, o STF cedeu e impôs-se prazo para votar o mensalão do PT, o mensalão tucano segue sem julgamento e todos os envolvidos no esquema-mãe provavelmente inimputáveis, pois os crimes já devem estar prescritos.

Conforme publiquei aqui em 2007, Azeredo confirma informação do Blog do Mello: Dinheiro do valerioduto tucano irrigou campanha de FHC:

FOLHA – A Polícia Federal diz que houve caixa dois na sua campanha…
EDUARDO AZEREDO – Tivemos problemas na prestação de contas da campanha, que não era minha só, mas de partidos coligados, que envolvia outros cargos, até mesmo de presidente da República.
FOLHA – O dinheiro da sua campanha financiou a de FHC em Minas?
AZEREDO – Sim, parte dos custos foram bancados pela minha campanha. Fernando Henrique não foi a Minas na campanha por causa do Itamar Franco, que era meu adversário, mas tinha comitês bancados pela minha campanha.

Por que então o mensalão do PT tem que ser julgado agora, às vésperas das eleições municipais, enquanto o mensalão tucano, que originou o esquema sete anos antes, pode ficar passeando pelos corredores lúgubres do Judiciário passeando sua impunidade?

Por que Lula e o PT e não FHC e a dupla PSDB-DEM (à época PSDB-PFL)?

A resposta a essa pergunta mostra com quem e para quem trabalha a mídia corporativa e suas “indignadas” penas de aluguel.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ulisses

09 de junho de 2012 às 11h05

Enquanto as classes trabalhadoras ficarem quietas vendo esta manipulação midiática do judiciário, será sempre assim. Estes juízes bocudos só temem a imprensa, estão nem aí para o povo.

Responder

Deixe um comentário para Ulisses