Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Haddad fica em segundo lugar na espontânea

Por Miguel do Rosário

19 de junho de 2012 : 03h45

[s2If !current_user_can(access_s2member_level1) OR current_user_can(access_s2member_level1)]

Imagino que vocês já devem saber os números mais básicos da última pesquisa Datafolha (íntegra aqui). Serra ficou estável em 30% das intenções de voto, e Haddad cresceu cinco pontos, atingindo 8%.

Vamos comentar números que talvez você não tenha reparado.

[/s2If]

[s2If !current_user_can(access_s2member_level1)]

Para continuar a ler, você precisa fazer seu login como assinante (no alto à direita). Nesta terça, aliás, há uma promoção relâmpago. [/s2If]

[s2If current_user_can(access_s2member_level1)]

A intenção de voto espontânea, por exemplo. Nela, Haddad empata com Russomano e figura em segundo lugar, com 4%. Serra, por sua vez, registra queda substancial de março a junho, de 12% para 9%.

Entre o público com terceiro grau, Haddad já figura com 8% na espontânea, apenas 4 pontos atrás do Serra, que tem 12 pontos neste segmento.

O texto abaixo, em negrito, é do Datafolha. Meus comentários vêm em fonte normal. 

Candidato com maior avanço nesse cenário, Haddad viu suas intenções de voto crescer, principalmente, entre os homens (de 5% para 12%), entre aqueles de 45 a 59 anos (de 5% para 13%), no grupo dos que possuem curso superior (de 3% para 12%), na fatia dos que possuem renda familiar até cinco salários mínimos por mês (de 3% para 10%), na faixa dos que possuem renda mensal superior a 10 mínimos (de 3% para 12%) e entre os que declaram ter o PT como partido preferido (de 7% para 23%).

Nas eleições de 2010, eu estudei muito estatísticas de intenção de voto. Notei que um candidato em processo de projeção junto ao eleitorado registra crescimento das intenções primeiramente junto aos homens, porque estes costumam se interessar mais por política (ao menos num primeiro momento; quando a eleição se aproxima, ambos os gêneros se equiparam). Haddad registrou um crescimento de 5% para 12% entre os homens, o que significa um salto de 140%. O aumento do eleitorado entre o segmento com curso superior disparou 300% (3% para 12%) e cresceu 233% entre a classe média, atingindo 10%.

Ora, Serra ainda é o grande favorito nas eleições, mas considerando a popularidade de Lula junto aos mais pobres, Haddad seguramente ainda vai experimentar o seu grande salto quando conseguir romper a barreira do anonimato junto ao povão. Ele cresce muito rapidamente sempre que um segmento o conhece melhor.

Líder, Serra ganhou nove pontos na fatia dos eleitores com 60 anos ou mais (de 37% para 46%), mas perdeu nove pontos entre os que têm de 35 a 44 anos (de 30% para 21%). Entre os eleitores com ensino fundamental, Serra oscilou de 26% para 31%. O tucano caiu, porém, entre aqueles que têm renda mensal familiar entre cinco e 10 salários mínimos (de 39% para 31%). No grupo dos que dizem ter o PSDB como partido preferido, Serra passou de 59% para 66%.

Com Serra, acontece justamente o contrário. Ele está perdendo gordura junto àqueles segmentos melhor informados. Ele caiu de 39% para 31% junto à classe média (5 a 10 salários; perdeu nove pontos na faixa etária mais produtiva (35 a 44 anos), 30% para 21%; entre eleitores com curso superior, encolheu de 34% para 31%.


[/s2If]

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

@HumbertoVieira7

12 de setembro de 2012 às 21h35

Haddad fica em segundo lugar na espontânea. http://t.co/P8OQ3MXw

Responder

FranciscoD.A.

19 de junho de 2012 às 19h10

Vc poderia começar a falar dos ilusórios 80% de aprovaçao que acham que o LULA tem.

O DATAFOLHA tratou de desmentir essa palhaçada, mostrando que LULA nao passa de 39% de aprovaçao, os mesmos 39% desde sempre que sao os eleitores do PT….

PT em SP? Aqui nao, nao gostamos de ladroes…

Responder

    Jair Santos

    20 de junho de 2012 às 19h09

    quem é mais ladrão aqui em São Paulo, PSDB PT.

    Responder

    Cláudio Freire

    25 de julho de 2012 às 11h14

    Então, por que voce vota no PSDB??

    Responder

Deixe um comentário