Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Freixo cresce para 19% entre jovens até 24 anos

Por Miguel do Rosário

22 de agosto de 2012 : 20h46

[s2If !current_user_can(access_s2member_level1) OR current_user_can(access_s2member_level1)]

O Ibope divulgou hoje a íntegra de sua última pesquisa sobre as eleições no Rio de Janeiro. Editamos e reproduzimos alguns gráficos e fazemos uma análise.

Os números gerais já são conhecidos. Paes tem 47%, Freixo tem 12%. Os outros candidatos tem 5% pra baixo.

Freixo tem um eleitorado majoritariamente jovem. Entre eleitores com 16 a 24 anos, ele tem 19% da preferência. Eduardo Paes, porém, tem maioria tranquila em todas as faixas etárias, mesmo entre os mais jovens: no segmento até 24 anos, por exemplo, tem 44%.

[/s2If]
[s2If !current_user_can(access_s2member_level1)]
Para continuar a ler, você precisa fazer seu login como assinante (no alto à direita). Confira aqui como assinar o blog O Cafezinho.[/s2If]

[s2If current_user_can(access_s2member_level1)]

Na escolaridade, temos o seguinte quadro: no ensino superior, 23% apoiam Freixo, 40% Paes. Nas faixas com menos escolaridade, Freixo não é tão forte.

Confira a tabela por faixa de renda:

Esses números revelam que há um corte de classe bem nítido para Marcelo Freixo: ele tem 26% dos votos entre os eleitores com renda familiar média superior a 5 salários. Este eleitorado forma o núcleo mais forte de sua campanha.

Paes, contudo, ganha tranquilamente em todas as faixas de renda, mesmo entre os mais ricos, mas o núcleo mais forte de seu eleitorado está entre as famílias com renda média entre 1 e 2 salários: nessa faixa, Paes tem 53% dos votos, contra 5% de Freixo.

Também vale a pena estudar a rejeição de cada candidato. Confira a tabela abaixo:

 

 

Observe que Paes tem uma rejeição que cresce entre os mais jovens. Entre os jovens até 24 anos, 31% responderam que não votariam de jeito nenhum no prefeito.

Na tabela de rejeição por faixa de renda, temos uma situação curiosa:

 

Rodrigo Maia, candidato pelo DEM, ou seja, pelo partido mais conservador, tem uma rejeição de 52% entre as famílias com renda superior a 5 salários. Freixo tem apenas 6% de rejeição nessa mesma faixa. Eduardo Paes tem 30% de rejeição entre os mais ricos.

 

Agora vejamos a popularidade do prefeito:

Repare que Paes tem um problema de avaliação bastante concentrado no eleitorado jovem. Entre jovens até 24 anos, ele tem pontuação negativa. De forma geral, contudo, o prefeito tem excelente avaliação. Iremos compará-la com a do governador e da presidente.

A aprovação de seu desempenho pessoa, porém, não é negativa em nenhum segmento.

Mesmo entre os jovens até 24 anos, Paes em aprovação de 51%, contra 43% de desaprovação. Tem uma aprovação muito grande entre os que tem até a quarta-sério do ensino fundamental: 75%, mas ganha também entre aqueles com ensino superior: 54%.

É interessante agora acompanharmos a avaliação de Sérgio Cabral:

 

 

Um fato curioso:  a avaliação de Cabral é bem melhor entre homens do que mulheres.  Repare que 37% dos homens acham sua administração boa ou ótima, enquanto apenas 27% das mulheres acham o mesmo. O escândalo de Paris, possivelmente, contribuiu para este quadro. Cabral tem excelente perfomance entre eleitores com escolaridade até o ensino fundamental. Entre os mais instruídos, temos 28% que consideram sua gestão boa ou ótima, e 30% que a consideram ruim ou péssima, com 42% dando nota regular. De maneira geral, a avaliação de Cabral não é boa nem ruim, mas regular.

 

 

Já Dilma tem excelente perfomance, de forma equilibrada em todos os segmentos. No geral, 52% consideram sua administração ótimo ou boa, e apenas 10% a acham ruim ou péssima; 35% dão nota regular.
[/s2If]

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário

Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes Os Principais Eleitores de Bolsonaro Janela Partidária 2022: Quem ganhou, quem perdeu? Caro? Gasolina, Gás e Diesel: A atual política de preços da Petrobrás As Maiores Enchentes do Brasil