Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

Horário eleitoral bate a Globo

Por Miguel do Rosário

11 de setembro de 2012 : 12h01

10/09/2012 – 17h08
Audiência do programa eleitoral na TV supera a do ‘Jornal Nacional’

NA FOLHA DE SÃO PAULO

O horário eleitoral noturno, no ar desde o último dia 21, está superando em Ibope o “Jornal Nacional”, tradicionalmente a segunda ou terceira maior audiência da TV aberta brasileira.

Até a noite da última quarta (5), 14 blocos de propaganda política haviam sido apresentados. Nove deles foram mais vistos do que as edições do telejornal da Globo que os precederam.

O “JN” só desbancou o bloco político no primeiro (21 de agosto), no décimo (31 de agosto) e no 11º dia (1º de setembro) de “concorrência”. Houve ainda dois empates: um no dia 23 de agosto, quando a média arredondada dos programas foi de 25 pontos, e outro no dia 25 de agosto, quando ambos cravaram idênticos 22,6 pontos. Cada ponto equivale a 60 mil domicílios na Grande São Paulo.

As 14 primeiras edições do programa jornalístico em novo horário (às 20h, meia hora antes do habitual) registraram média de 24,8 pontos (25, no arredondado), ante 25,6 (26, no arredondado) da faixa de propaganda política.

No acumulado do ano até o fim de julho, o “Jornal Nacional” tem 30 pontos de média. Ou seja: a queda com o começo da campanha na TV é de cerca de 17%.

O bom desempenho do horário eleitoral na Globo poderia ser atribuído ao sucesso do programa que o sucede, a novela “Avenida Brasil”, uma das de maior repercussão da última década.

Mas uma análise detalhada dos números mostra que a audiência da propaganda política se mantém estável ao longo dos 30 minutos de duração do segmento. O que significa que a expectativa pelo começo da novela não infla artificialmente o Ibope dos reclames dos candidatos.

Nos três relatórios de audiência minuto a minuto a que a Folha teve acesso, a oscilação entre a média dos 15 primeiros minutos e a dos 15 últimos da faixa eleitoral é de, no máximo, 1,4 ponto para cima. (LUCAS NEVES)

PS O Cafezinho: Ué, o povo não andava descrente em política? Ao que parece, o interesse do povo pelos candidatos está crescendo na medida em que o Jornal Nacional perde influência.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

@blogdomello

11 de setembro de 2012 às 15h44

É TV ligada sem ninguém vendo, à espera da novela RT @migueldorosario: Horário eleitoral bate a Globo http://t.co/wHRqm4cX

Responder

@rldigital

11 de setembro de 2012 às 12h30

Horário eleitoral c/ audiência bombando! Ué, mas e a tal descrença na política? http://t.co/CQKjTug6

Responder

@quantotempodura

11 de setembro de 2012 às 12h05

QUE ISSO NOVINHA QUE ISSO Horário político dá mais audiência que jornal nacional – http://t.co/xB8AAtwJ

Responder

@migueldorosario

11 de setembro de 2012 às 12h01

Horário eleitoral bate a Globo http://t.co/O3Q82fOI

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina