Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Quem vai dar o golpe no Brasil?

Por Miguel do Rosário

15 de setembro de 2012 : 14h01

 

Agora vocês entendem porque eu ataco tão violentamente a tese de que é possível governar sem base legislativa, sem força política? Essa é uma tese perigosíssima, sobretudo para a esquerda, que não tem apoio da mídia, e que apenas conta com apoio do empresariado enquanto a economia for bem. Há um setor do empresariado progressista, ligado à produção, mas há também um setor financeiro reacionário, corrupto, profundamente insatisfeito, por exemplo, com a concorrência dos bancos públicos e a determinação do governo de reduzir spread e juros.

Um país de economia diversificada como o Brasil, e com tantos recursos naturais, encontrará financiadores para qualquer aventura golpista, sendo que a estratégia pós-moderna é o golpe branco, por dentro da lei, baseado na manipulação da informação.

A guerra do Iraque, por exemplo, foi um golpe branco, um conluio entre a indústria bélica, mídia e setores do governo, para arrancar do contribuinte americano alguns trilhões de dólares. Conseguiram. A guerra pode ter sido um fiasco, e a mídia depois confessou que mentiu, mas o dinheiro foi embolsado pelos barões das armas. Do ponto-de-vista financeiro, portanto, a guerra foi um sucesso absoluto.

Recentemente, testemunhamos na América Latina dois golpes brancos: em Honduras e no Paraguai.

O do Paraguai, mais recente, chocou a opinião pública brasileira, mas contou com apoio da mídia (a nossa, e a deles também, claro) e de setores da direita (a nossa e a deles).

E agora vemos o Supremo Tribunal Federal realizando um julgamento não ortodoxo do mensalão, condenando sem provas, encarnando um estarrecedor tribunal de exceção. Confiram a entrevista com Wanderley Guilherme dos Santos para a Carta Capital.

No que toca à mídia, não faltará disposição. Esta é a razão do título do post, que é uma citação de um livro publicado por Wanderley em 1962, no qual ele analisa a situação política e prevê o que irá acontecer.  Não quero acreditar em golpe no Brasil. Acho que não chegaremos a tanto, mas golpe é golpe justamente por ser uma surpresa. Ninguém contava com o golpe de 64, assim como não contavam em Honduras ou Paraguai. Um pouco de paranóia, se dosada com bom senso, não faz mal a ninguém.

A Veja desta semana traz uma reportagem bombástica de capa. Depois do julgamento sem provas, dos grampos sem áudio, agora temos uma entrevista sem entrevistado. A revista traz revelações dadas por Marcos Valério que não foram ditas por Marcos Valério, mas colhidas em depoimentos de parentes, amigos e associados. Ou seja, a velha e boa fofoca ganhou status de entrevista e matéria jornalística. PS: Marcos Valério não apenas não deu a entrevista como não confirmou as informações nela contida.

Sabe o que é pior? As pessoas acreditam. Lembro que uma vez eu li uma matéria sobre uma pesquisa de cientistas ingleses, que descobriram que as pessoas tendem a acreditar mais em fofocas do que em seus desmentidos.

A reportagem ataca, obviamente, Lula, que é uma espécie de vilão-mor da Veja. Ela ocorre na mesma edição em que se publica uma resenha do último livro do blogueiro da revista, Reinaldo Azevedo, intitulada, muito criativamente, País dos Petralhas II.

O objetivo da matéria é criar um fato bombástico para repercutir nas primeiras páginas dos jornais de domingo, constará do Fantástico, e pautará os grandes órgãos de imprensa, aliados nessa estratégia. Faltando pouco mais de 20 dias para a eleição municipal, a Veja tenta levar Serra, candidato à prefeitura de São Paulo, para o segundo turno.

Não se trata de considerar Lula um intocável. Mas não se pode pautar a agenda política de um país com base em fofocas. Se Marcos Valério tem alguma coisa a dizer, que o diga de sua própria boca, e prove.

Nesse momento em que a direita se vê cada vez mais enfraquecida, não podemos baixar a guarda, porque o bicho se torna mais feroz quando está acuado. A esquerda tem de se fortalecer, ampliar sua base legislativa, aprimorar as instituições, e construir, paulatinamente, um sistema de comunicação mais democrático. O Brasil se tornou grande demais para ficar à mercê de meia dúzia de barões da mídia.

Para isso, o governo tem de fazer um PAC da Internet, investindo o que for necessário, urgentemente, para elevar a banda em todo país, porque somente a internet pode nos libertar do risco de um golpe branco midiático. Este PAC deveria conter os seguintes pontos:

  1. Consolidar, de uma vez por todas, uma banda larga de alta potência em todo país, ao custo menor possível para o usuário.
  2. Incentivar a criação de canais de TV exclusivos de internet.
  3. Incentivar a criação de websites, blogs e portais  jornalísticos e culturais, que sejam independentes de corporações. Sei que já existem milhares de websites e blogs independentes, mas quase nenhum é profissional. Para isso, entrará o investimento do poder público. Temos de fazer leis que obriguem municípios, estados e União a patrocinarem a mídia independente – a partir de critérios republicanos, evidentemente.

O Leviatã midiático está mais desesperado – e por isso perigoso – do que nunca. O novo lance da Veja deve nos preparar para o que virá em 2014. Em 2010, sofremos na pele o risco de um retrocesso brutal por conta da aliança entre grande mídia e oposição conservadora. Essa é a razão pela qual eu não acredito em aventureiros solitários. A guerra política não é para adolescentes mimados. Governos de esquerda, ou aliados à esquerda, tem de ser fortes, com base legislativa sólida e confiável, ancorados em processos consolidados de articulação política entre partidos, sindicatos, movimentos sociais, empresariado e sociedade civil. Se não for assim, se não agirmos com inteligência e coesão, estaremos expondo nosso povo a um risco que ele não merece correr.

Lula foi um grande estadista, mas o importante não é o indivíduo. É o projeto político. Esse projeto deve ser assegurado, porque a democracia, em si, não muda muita coisa, o que muda é a luta política no interior da democracia. A luta para assegurar crescimento econômico, empregos, juros baixos, mais investimentos em infra-estrutura, e aprimoramento constante dos serviços de educação e saúde oferecidos pelo poder público.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

37 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

@SauloCoelhoAju

17 de setembro de 2012 às 12h45

Reflexão sempre interessante de Miguel do Rosário. Boa leitura! http://t.co/bUcFEqdh

Responder

Pedro Cruz

16 de setembro de 2012 às 16h20

Para enfrentar a mídia o GOVERNO POPULAR precisa de respaldo no CONGRESSO E NAS RUAS. Alguem contaria, para enfrentar uma guerra deste tamanho, com o respaldo do Congresso ou das RUAS (ruas são todos voces, cara palidas)??? Eu não. Como contar com um Congresso que não concorda em chamar a veja para depor, com tantas provas de crimes?????
Por que temos este Congresso???? Pelo voto, cara pálida.
Por que tal aliança??? para conseguir crescimento economico, equilibrio fiscal e distribuição de renda, cara pálida.

Responder

@c_vicente1965

16 de setembro de 2012 às 11h20

Quem vai dar o golpe no Brasil? – http://t.co/JfcLcgC6

Responder

@frc_vfco

16 de setembro de 2012 às 09h47

Quem vai dar o golpe no Brasil? – http://t.co/ZnoEGBJL – Veja e a entrevista sem entrevistado

Responder

@JailsonMOVA

16 de setembro de 2012 às 08h31

@rfalcao13 @VICENTINHOPT @DepMarcoMaia @depluizalberto RT “@migueldorosario: Quem vai dar o golpe no Brasil? – http://t.co/YRqqdmpn“”

Responder

Elson ( o original )

16 de setembro de 2012 às 06h50

O Rupert Murdoch tupiniquim que se cuide, a batata dele tá assando há muito tempo!

Responder

Elson ( o original )

16 de setembro de 2012 às 06h48

Se alguém pensa que não haverá troco está enganado, Dilma vai deixar o barco correr e quando chegar a hora certa ela vai a resposta à altura, quem viver verá!

Responder

H.92

16 de setembro de 2012 às 03h28

Essa revista do Cachoeira é qualquer coisa, é sério, eles botam qualquer coisa na capa, QUALQUER COISA, o jornalismo morreu. Ler um exemplar daquilo, uma vez, é estarrecedor e diz muito sobre a elite conservadora do país.

O pior é que nada vai acontecer, os caras botam qualquer coisa para o seu “público” cativo ler, mesmo se aquilo for uma tremenda orquestração e nada acontece, é mentira atrás de mentira e nenhuma providência é tomada pra parar o mar de lama. Logo um veículo de credibilidade zero e que vive de mensalão dos governos tucanos…

Sinceramente também tenho medo.

Responder

E..

16 de setembro de 2012 às 02h45

É preciso dizer que essa história que esquerda no poder irá morrer de fome só ganhando o honestamente possível é ideologia criada pelo PIG. A magnífica Chauí já provou cientificamente de que se esquerda não tiver esquema tal quál os demais para financiar campanhas e ficar dependendo só do que militante mulambendo, sujo e mal cheiroso, arrecada vendendo broche em ônibus, nunca consquita o poder.

Responder

Entretanto

16 de setembro de 2012 às 02h41

O pai de todos do golpe foi o contra Collor, quando o PIG pintou a cara de um bando de moleques, fez esses se passarem como se fosse povo, quando tudo que queria era projetar para política gente que já estava programa para ser milhões de vezes mais corrupta do que turma do Collor.

Responder

Miguel Oliveira

16 de setembro de 2012 às 02h21

Dilma parece que a princípio tentou ser civilizada e também confiou na isenção da justiça. Agora parece que percebeu que”está tudo dominado” pela mídia e os interesses imperialistas que a dominam, e que tem que partir para a luta antes que o golpe se materialize. Primeiro tratou de defender Lula das desqualificações de fhc, e agora deixando o Civita com a brocha na mão. Ela já teve paciência demais com esses bandidos e penso que agora veremos a verdadeira Dilma. Estou ansioso para ver os próximos rounds da luta que está começando.

Responder

Troll Retardado

16 de setembro de 2012 às 01h40

Po, só te resta deletar meus posts?
Ficarás 24 horas por dia cuidando deste cemitério?

Responder

    Miguel do Rosário

    16 de setembro de 2012 às 01h53

    Eu ponho filtros, retardado, rs. Não preciso ficar tomando conta.

    Responder

Troll Débil Mental

16 de setembro de 2012 às 01h23

E PETRALHA DESTA VEZ NÃO GRITA: “CADÊ O ÁUDIO?” AH, GRITA, VAI… TIO REI QUER OUVIR! Ué… Que estranho!!! Desta vez a esgotosfera não está pedindo o áudio com a entrevista de Marcos Valério. Por quê? Será que a canalha, desta vez, sabe mais do que eu? Peçam o áudio, vai!!! Leitores deste blog, deem início a esta corrente: “Petralhas, peçam o áudio com a entrevista do Valério!” Pô, desse jeito eu não faço “O País dos Petralhas III”… Por Reinaldo Azevedo

Responder

    Miguel do Rosário

    16 de setembro de 2012 às 01h25

    Não pede o áudio porque não teve entrevista, retardado.

    Responder

    E..

    16 de setembro de 2012 às 02h35

    Na santa efigênis se consegue áudio na voz de qualquer pessoa dizendo o que se queira e por apenas R$ 100,00

    Responder

@EngCas

16 de setembro de 2012 às 00h06

O Cafezinho » Quem vai dar o golpe no Brasil? http://t.co/FV5t7MTX

Responder

@frc_vfco

15 de setembro de 2012 às 23h43

Quem vai dar o golpe no Brasil? – http://t.co/ZnoEGBJL – pé na realidade, sem tirar o olho do(s) futuro(s)

Responder

@luisotaviolopes

15 de setembro de 2012 às 23h39

Entender pq a mídia virou partido, e como o Fla x Flu de Veja, Mervais e Cia emulam jornalismo FOXNEWS http://t.co/mJkkv4oL #fascism

Responder

@Lucimarfs

15 de setembro de 2012 às 23h00

Não entendo por que a Veja ainda é lida e comprada. “A Veja desta semana traz uma reportagem bombástica de capa…. http://t.co/6kMkpx6b

Responder

@wagnersuita

15 de setembro de 2012 às 21h08

@migueldorosario Atenção e informação de qualidade neste momento é importante por isso agradeço o artigo http://t.co/KzQagLtx

Responder

Adriano Matos

15 de setembro de 2012 às 19h41

Irretocável o post, Miguel. Lúcido, otimista e disposto à luta.Grande abraço.

Responder

Maria Tereza

15 de setembro de 2012 às 18h46

Quero saber até quando nosso país vai aguentar esse antro de bandidos travestido de revista que a veja se transformou?

Responder

@thiaguinhofd

15 de setembro de 2012 às 17h51

VAMOS LER OS DOIS LADOS DAS “ENTREVISTAS”: http://t.co/qQCI4Gvt E Quem vai dar o golpe no Brasil? – http://t.co/2IcxxJjJ

Responder

rildoferreiradossantos@gmail.com

15 de setembro de 2012 às 16h22

Ah! Desculpa o repeteco, mas é que o golpe vem com o apoio da turma do Psol juntos com o Agripino Maia, Álvaro Dias, Sérgio Guerra, Roberto Freire, Demóstenes Torres, Carlinhos Cachoeira, Policarpo Jr., Ali Kamel e outros.

Responder

rildoferreiradossantos@gmail.com

15 de setembro de 2012 às 16h20

Cara, a Conceição Oliveira escreveu no Facebook um protesto bem original e que serve muito bem ao ex-presidente Lula [de quem sou fã incondicional e o tenho como exemplo de pessoa e inteligência] e da atual presidente. Diz a Maria Frô: “Bem feito!”

Bem feito!

Responder

André

15 de setembro de 2012 às 15h56

Deveria ser criado um canal de televisão forte e estatal para que o governo tenha a possibilidade de apresentar de forma acessível a todos sua política, o andamento dos projetos sociais e para que possa denunciar e desmascarar as manipulações da imprensa privada contra o país.

Responder

@movalente

15 de setembro de 2012 às 14h59

Quem vai dar o golpe no Brasil? – http://t.co/VnmNffIH

Responder

@jaimeramos21

15 de setembro de 2012 às 14h41

A estratégia pós-moderna é o golpe branco, por dentro da lei, baseado na manipulação da informação. http://t.co/xSSXqQM6

Responder

@luizmuller

15 de setembro de 2012 às 14h31

No STF e na Veja, a orquestração do Golpe Mafo-Midiático em curso RT anabellbar Quem vai dar o golpe no Brasil? – http://t.co/MOqx7HNS

Responder

@RobertoAlvesBSB

15 de setembro de 2012 às 14h26

Excelente! RT “@anabellbar: Quem vai dar o golpe no Brasil? – http://t.co/JTta1IQW”

Responder

Alex

15 de setembro de 2012 às 14h23

O governo federal precisa antes de mais nada romper definitivamente com todos os investimentos em publicidades direcionados para a imprensa-empresa golpista.

Responder

    Anton

    15 de setembro de 2012 às 15h08

    não pensava assim, mas agora, eu concordo!

    Responder

@anabellbar

15 de setembro de 2012 às 14h14

Quem vai dar o golpe no Brasil? – http://t.co/eNy6JXYW

Responder

@Rodque13

15 de setembro de 2012 às 14h08

Miguel do Rosário:”Depois do julgamento sem provas, dos grampos sem áudio,agora temos uma entrevista sem entrevistado” http://t.co/mCcFbOUT

Responder

@jprcampos

15 de setembro de 2012 às 14h04

“@migueldorosario Quem vai dar o golpe no Brasil http://t.co/p20gSDip / #midiavenal e os bandidos de toga @jornal_cultura @stanleyburburin

Responder

migueldorosario (@migueldorosario)

15 de setembro de 2012 às 14h01

Quem vai dar o golpe no Brasil? http://t.co/ve6SVa1m

Responder

Deixe um comentário