Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Partido da Marina defende a escuridão

Por Miguel do Rosário

28 de outubro de 2013 : 20h43

Lá fui eu sondar o site da Rede para ver se tem novidades. Eu gosto de política, por isso sou blogueiro. E não quero saber sobre Marina apenas pelos jornais.

No site da Rede, há 10 posts em destaque na capa. Seis são artigos ou entrevistas de Marina. Muito “horizontal” essa rede…

Um é sobre a participação de indígenas em universidades do Mato Grosso do Sul. O tema é interessante, mas o post é café com leite, sem dados, sem links externos, um press release chato sobre uma palestra.

Há uma notícia publicada no site Planeta Sustentável, onde se informa sobre um tal de Índice de Saúde do Oceano, que faz um ranking dos países. O Brasil, segundo a notícia, foi “aprovado, mas sem muito louvor”.

Só que o índice é meio estranho. Olhem quem fica em primeiro lugar: as “ilhas Heard e Mcdonald, região deserta do Oceano Antártico que faz parte da Austrália, foram as mais bem pontuadas no ranking, com 94 pontos, seguidas pela Ilha Saba, que fica no Caribe e integra a Holanda (90 pontos).”

Assim até eu.

As duas únicas propostas “programáticas” na página da Rede são duas piadas prontas:

1) I Encontro Programático entre #Rede e PSB, evento a se realizar amanhã, segunda-feira, dia 28, em São Paulo. No evento, sonháticos e pessebistas poderão brincar à vontade de fazer “programa”. Em seguida, os dirigentes do PSB fecharão acordo com o governador Geraldo Alckmin, seus trenzinhos milionários e suas pinheirinhos embebidas em sangue…

redepsb1encontro

2) Uma entrevista com um pesquisador norte-americano (claro que é norte-americano) que alerta que “a escuridão está em perigo (e a gente nem vê)”.

A entrevista do americano é até interessante, para um diletante. Mas é engraçado ver um candidato a presidente de uma nação em desenvolvimento, com problemas terríveis de pobreza, defender “a escuridão”…

Talvez Marina tenha, enfim, encontrado uma proposta para os black blocs: todo mundo vestindo preto, num país às escuras.

Pensando bem, a proposta até que é coerente para quem é contra as hidrelétricas. Para que Belo Monte? Muito melhor apagar a luz.  Com exceção das agências do Itaú, é claro.

(Publicado originalmente no Tijolaço).

BlackBox (1)

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Jorge Pereira

29 de outubro de 2013 às 09h11

Miguel,

Este coxinha aqui vai ficar impune ?!?

http://www.conversaafiada.com.br/tv-afiada/2013/10/28/procurador-esquecido-se-lembra-de-prender-o-dirceu/

Tenho certeza que esse cara arquivou isso aqui a mando de alguém do PSDB.

No mínimo a atitude dele foi de prevaricação.

Se não for movida uma forte campanha contra esse camarada, e através dessa campanha o MPF seja sensibilizado e possa, assim ensejar uma punição para ele…caso contrário, ele continuará impune.

Sinceramente, sinto nojo de todo o sistema judiciário brasileiro.

Responder

Rui Barbosa Jr.

29 de outubro de 2013 às 00h13

Dá até saudades do Enéas!

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?