Ato em defesa da imprensa

O besteirol antichavista do Globo

Por Miguel do Rosário

07 de novembro de 2013 : 13h18

Hoje eu me deparei com a seguinte notinha editorial enfiada, qual uma cobra, no meio da página 6 do Globo.  Você está distraído, lendo um jornal, e lá vem uma serpente chavista (ou melhor, anti-chavista) morder seu pé. 

 

ScreenHunter_2899 Nov. 07 12.42

A nota é uma extraordinária síntese de estupidez. Pode ser lida no sentido inverso. Quando a ideologia condiciona ações de jornalismo, surgem excentricidades.

Em primeiro lugar, empresário não é trouxa. Ninguém vai vender à Venezuela porque o Planalto pediu ou estimulou. Vendem para ganhar dinheiro. E estão ganhando. Muito. As exportações brasileiras para a Venezuela cresceram tanto, que nem vou botar o percentual aqui porque vai soar irreal.  Vamos aos números absolutos. O Brasil exportava menos de 800 milhões de dólares para a Venezuela em 2002. Em 2012, exportou quase US$ 10 bilhões.

Quem é mesmo que está deixando a “ideologia” falar mais alto aqui?

Sobre o aumento das dívidas da Venezuela para com exportadores brasileiros, creio que este salto nas vendas esclarece tudo, não? Antes, a Venezuela não devia nada ao Brasil porque também não comprava quase nada. Só quem fica me devendo é quem compra meus produtos.

Tem que cobrar, pressionar, para sair logo o pagamento, mas é óbvio que a Venezuela vai pagar, até para continuar comprando.

ScreenHunter_2880 Nov. 07 10.30

E tem mais.

A notinha diz que que a Venezuela “quebrou”. Como é que é? Vocês sabem qual o país que possui as maiores reservas de petróleo do mundo?

Sim, a Venezuela.

Segundo matéria publicada na revista Exame, em junho deste ano, a Venezuela tinha quase 300 bilhões de barris em reservas provadas, em 2012. Para você ter uma ideia, o nosso maior campo do pré-sal, Libra, arrematada há algumas semanas por um consórcio liderado pela Petrobrás, tem de 8 a 15 bilhões de barris.

*

As 20 maiores reservas de petróleo do mundo

As reservas globais de petróleo provadas atingiram 1.668,9 bilhões de barris no final de 2012, quantidade suficiente para garantir exatos 52 anos e 9 meses de produção mundial de energia. Os dados são da edição 2013 do relatório estatístico anual da BP, documento de referência para o setor. Segundo o estudo, ao longo da última década, as reservas globais de petróleo cresceram 26%. Os países da Opep continuam a dominar o ranking, controlando 72,6% das reservas mundiais.

Atualmente, o Brasil ocupa a 15ª colocação do ranking. Levando em conta as estimativas conservadoras, que apontam que o pré-sal possui reservas da ordem de pelo menos 60 bilhões de barris de petróleo, o país tem chances de entrar para a lista das 10 maiores potências petrólíferas até 2030, ultrapassando Estados Unidos e Líbia.

1º – Venezuela

Participação mundial: 17,8%
Reservas provadas em 2012: 297.6 bilhões de barris
Reservas provadas em 2002: 77.3 bilhões de barris
Crescimento em 10 anos: 285%

Falar que a Venezuela quebrou, sabendo que tem a maior reserva de petróleo do planeta é sinal de que a “ideologia” já comeu o cérebro dos editorialistas do Globo.

Chavez-Lula1-400x253

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

12 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Jose Mesias

08 de novembro de 2013 às 04h31

Não é possível como certos países não vivem de produzir nada importam quase tudo! Só acho esse argumento de que a direita impede isso meio anos 70! Se o governo quisesse garantia meios de produção local e segurança as mercadoria do exterior que chegam ao país! afinal eles não tem um armamento pesado de guerra do exercito!

Responder

Jose Silva

08 de novembro de 2013 às 00h13

dá uma olhada nessa aqui: http://youtu.be/5xrbk6ceM_M

Responder

Jose Mesias

07 de novembro de 2013 às 20h51

Obs: petróleo só gera valor quando ele é extraído! que adiante ter 9 trilhões de reservas se nem papel higiênico esse pais tem muito menos um setor de petróleo desenvolvido?

Responder

Jose Mesias

07 de novembro de 2013 às 20h39

Ok eu nunca gostei da globo mas um pais que nem papel higiênico tem e que cria ministério da felicidade e do papai noel quem pode levar a sério?

Responder

Luiz

07 de novembro de 2013 às 18h26

A Globo malha a Venezuela e Chaves por que este botou pra quebrar com o monopólio da mídia, que estava concentrada em 95% em seu pais.
Quando teremos algo semelhante por aqui ?

Responder

Marcos Pecci

07 de novembro de 2013 às 16h33

mentirada global que pega um monte de imbecis lobotomizados que papagueiam e ruminam sem gastar um neoronio ( por não ter nenhum, é claro)!

Responder

Américo Jurca

07 de novembro de 2013 às 16h03

É mesmo, meu caro??? Tem enorme quantidade de reservas provadas mas está em séria crise econômica que pode bem acabar retirando o poder das mãos dos chavistas.
Os números em favor do Maduro , em apoio da população, não são bons hoje.
É melhor vocês não misturarem Lula com Chávez, não em compromisso com uma mudança social efetiva.A proximidade dele com Lula se baseava tanto na salada ideológico chavista como , o mais importante, em necessidade de apoio.
Chávez estava com Lula , mas chamava Fernando Henrique de “Mi maestro”.
Portanto,ainda que houvesse muitos defeitos em Chávez(que certamente não suplantavam suas qualidades),melhor não misturar a “esquerda da direita” brasileira, o Lula, com a Venezuela.

Responder

    Miguel do Rosário

    07 de novembro de 2013 às 14h24

    Americo, a questão não é essa. Maduro pode perder eleição, o petróleo continua lá. A Venezuela pode estar até numa crise, mas quebrada, não está. Ao contrário, foi um dos países que mais cresceu nos últimos anos.

    Responder

Rabotchiaia Drugina

07 de novembro de 2013 às 15h57

o que podemos fazer, realmente, pra acabar com a globo? tah difícil.

Responder

Marcelo Chiabai Bento

07 de novembro de 2013 às 15h40

Pedro de Sá

Responder

Doriva Ferreira

07 de novembro de 2013 às 15h30

afinal essa merda dessas organizações GLOBO ta do de quem?com certeza e sempre esteve dela própria…ha ha ha ha ha …..

Responder

Marco Espirito Santo

07 de novembro de 2013 às 15h23

De fato, não dá para aguentar o besteirol da Globo e seus coxinhas. A ignorância é até desculpável quando se falta informação, agora um veículo de informação ser ignorante é demais.

Responder

Deixe uma resposta