Ato em defesa da imprensa

Otto Dix

O inacreditável sadismo da Globo

Por Miguel do Rosário

24 de novembro de 2013 : 15h06

É inacreditável. Não contente em exercer o papel principal no show midiático que condenou os réus do mensalão.

Não contente em pressionar e amedrontar os ministros do STF para que eles condenassem sem provas, ou mesmo contra as provas.

Não contente em mandar Joaquim Barbosa abrir mais uma exceção histórica e prender os réus antes do julgamento dos últimos embargos.

Não contente em prender os réus num feriado de 15 de novembro.

Não contente em prender em regime fechado réus que tinham direito a semi-aberto.

Não contente em encarcerar um homem tremendamente doente, um herói nacional, um dos políticos mais íntegros do sistema partidário brasileiro, um homem que, mesmo que se o considere culpado (e não é), é evidente que não oferece nenhum perigo à sociedade, e mereceria uma prisão domiciliar.

Não contente em publicar charges verdadeiramente doentias e sádicas contra José Genoíno.

Não contente em fazer tudo isso, a Globo agora se dedica a perseguir os réus dentro da prisão. Acompanham seus passos e denunciam, diuturnamente, qualquer mínimo conforto como “regalia”. O que pretendem? Jogar os outros presos contra os réus? Assassiná-los?

A impressão que temos é que a Globo quer só vingança. Quer tortura, sangue e morte. E está conseguindo.

Os espíritos mais animalescos, mais sádicos, mais doentios, foram despertados com o espetáculo romano da Globo e outros órgãos de mídia.

Aonde isso vai parar?

Eu sei. Isso vai se reverter contra a própria Globo. A arrogância do poder está cegando a empresa para uma consequência óbvia. Cresce cada vez mais o número de pessoas indignadas com essa sessão diuturna de tortura midiática.

Já sabemos que, infelizmente, não há mais juízes em Berlim.

Mas há juízes em Portugual, na Itália e em outros países.

E ainda há cidadãos no Brasil.

Nunca se viu a imprensa fazer isso nem com assassinos e estupradores. Nunca se viu os jornais fazendo campanha para que um preso seja maltratado na prisão. Sim, porque é isso que estão fazendo. Estão promovendo uma campanha para que os réus sejam agredidos, visto que estão incitando ódio e ressentimento contra pessoas que já estão em situação frágil, sem poder reagir, sem poder rebater tanta covardia.

Mesmo que os réus fossem culpados (e não o são), porque não deixá-los em paz? Já não conseguiram prendê-los? Já não foram humilhados o suficiente? Como falar em regalias para os réus que estão sendo achincalhados na mídia? Regalia de quê? De ver sua família – sim, porque isso atinge toda a família do réu – sendo torturada há oito anos, e até hoje, pelos meios de comunicação?

Abaixo, a nota publicada na capa do Globo, de hoje.

ScreenHunter_2958 Nov. 24 14.55

Otto Dix

Otto Dix

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Celeste Costa

25 de novembro de 2013 às 15h36

Revoltante, mas o q fazer?

Responder

Rogerio Espinheira

24 de novembro de 2013 às 19h25

O esquema midiatico está montado para até as eleições sangrar o PT, todos os dias, nos noticiários de todos os veículos de comunicação.

Responder

Luciavera Pereira

24 de novembro de 2013 às 17h51

Tá na hora de novas manifestações e urgentes. Sadismo é pouco, eles tem mesmo é medo de estar do lado de lá depois de tantas barbaridades que patrocinaram, manipularam e acobertaram. Isso tudo é por medo. Por isso tentam qualquer calhordice, valem-se do poder de “pseudo-jornalismo” inculcando bobagens, mentiras e incitando ” o ódio partidário”, vejam os senhores que gravíssimo é tal procedimento do que deveria ser um jornalismo imparcial e honesto, mas fazem tudo isso pra tentar manter o própria pele. Eles tem noção do quanto fizeram nas ultimas décadas Aterrorizam, fazem e desfazem a bel prazer já sentiram muito medo, podem crer, quando os manifestantes estavam na porta deles. Porque deixá-los, continuando fazer maldades! Já escolheram o lado tem que arcar com as consequências, não é?? Como sempre digo e acredito, pra toda ação há uma reação… plantou colheu, cedo ou tarde as consequências virão, ah sim virão. E ademais não há bem que sempre dure, mas também não há mal que nunca se acabe. Nossa história, a do Brasil, desde sempre esteve sob a insignia do mal, portanto a hora é agora, já basta de reacionarismo e coronelismo que estão tão habituadas a nossa elite. O tempo, e a Historia de lutas de um povo por justiça, liberdade e fim da desigualdade sempre desmente a pseudo-historia. Aleluia!

Responder

Lilana Lima

24 de novembro de 2013 às 17h16

Como disse um amigo, não existe ninguém pra encarar essa midia canalha! Daí o encantamento do xerife JB por ela!

Responder

Mariana Silveira

24 de novembro de 2013 às 17h11

O texto abaixo não fala sobre o assunto, mas fala sobre o ódio que é trabalhado nas pessoas pelos meios de comunicação, isto nos ajuda a entender o efeito manada que estão tentando causar no país. Será que queremos um país que destilem o ódio do Barbosa e da imprensa? Somos aquilo que contemplamos, o que nos tornaremos contemplando a personalidade irascível do JB e ódio da imprensa? Que tipo de seres humanos estamos nos tornando? Isso aqui tem um conceito interessante sobre ódio emprestado”Ódio Emprestado – Você fica sabendo de uma história, de alguma coisa que alguém te contou e toma um partido. O que que é um partido? Eu vou fazer de conta que é comigo e fico com raiva também dessa pessoa que me falaram. Isso é ódio emprestado. Isso nós fazemos com os governos, com as pessoas, com os amigos, com os parentes, a gente faz isso. Irmãos, isto é altamente destrutivo para o coração humano. Não aceite isto, você não nasceu nem está envolvido numa situação para piorar ela. Você foi envolvido na situação pra melhorar a situação. Não aceite ódio emprestado. Não aceite ódio emprestado, não aceite a dor que é de outras pessoas pra vc tb ficar envenenado. Em nome de Jesus, é hora de começar a pensar, qual é a sua índole?” Maiza Ribeiro

https://www.youtube.com/watch?v=ujCHbHCIx2g.

Responder

Vera Borda Candido Pereira

24 de novembro de 2013 às 17h08

Acho que isso tudo não vai acabar bem…

Responder

Deixe uma resposta