Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Críticos do PT à esquerda admitem: tucanos são muito piores

Por Miguel do Rosário

30 de dezembro de 2013 : 12h03

Um dos mais ácidos e corrosivos críticos do PT, desde a gestão Lula, Chico Oliveira, deu o braço a torcer. A oposição à Dilma Rousseff é uma alternativa muito pior à situação. Em razão disso, ele votará em Dilma Rousseff. A posição de Oliveira revela que o Brasil não fugirá à polarização entre esquerda e direita em 2014.

O eleitor de esquerda, mesmo aquele mais crítico ao governo, por achá-lo conservador, neoliberal, covarde, e demais epítetos carinhosos (e, em algumas dessas críticas, eu até concordo; acho o governo conservador e covarde no campo da comunicação; e pagou um preço caro por isso este ano), mesmo esses eleitores entendem que os principais adversários da presidenta – Aécio, Campos, Marina e Joaquim Barbosa – representam um pólo muito mais à direita, muito mais conservador, tanto em política econômica quanto em políticas sociais.

Sempre é bom lembrar que as manifestações deste ano, por mais que a imprensa tenha tentado lhes manipular o sentido, tiveram um sentido claro de defender maior presença do Estado. As bandeiras mais fortes, de longe, foram mais investimentos em educação e saúde; cantorias e protestos anti-mídia também as marcaram fortemente.

Dilma perdeu popularidade porque parcelas crescentes da juventude, que não conheceram outros governos, passaram a enxergar o PT como representante do status quo, logo do conservadorismo. Eduardo Campos e Aécio Neves não herdaram esses insatisfeitos. A única surpresa poderia vir de Joaquim Barbosa, que receberia os já tradicionais votos de protesto, mas possivelmente roubando mais votos de oposição do que  do governo.

Abaixo, post de Fernando Rodrigues, repórter do UOL, comentando a entrevista de Chico Oliveira.

*

Chico de Oliveira, crítico do PT, votará em Dilma

Fernando Rodrigues 30/12/2013 08:00

Comunicar erroImprimir
Jair Magri/Roda Viva/Divulgação

No programa “Roda Viva”, da TV Cultura, desta segunda-feira (30.dez.2013), o sociólogo Francisco de Oliveira declara que votará em Dilma Rousseff na eleição presidencial do ano que vem.

Aos 80 anos e crítico do PT (“como força transformadora foi engolido pelo atraso”), partido do qual se desligou em 2003, Chico de Oliveira (como é chamado pelos amigos), afirma ao “Roda Viva” que os atuais adversários do Palácio do Planalto são “a oposição que todo governo gostaria de ter”. E mais: “Ela [a oposição] é tão frágil, tão sem sentido… Não tem um eixo pra martelar junto à população. É mais pela fraqueza das oposições que eu acho que essa eleição está decidida [em favor de Dilma]”.

Em seguida, é indagado: “O senhor vai votar em quem, professor? O senhor revela o voto?”

E Chico de Oliveira: “A provocação é boa, porque eu já estou com 80 anos [completados em 7.nov.2013], passei da obrigação de votar. Mas isso é uma saída fácil. Eu vou votar de novo. Eu vou votar na Dilma”.

Eis o restante do diálogo:

Roda Viva – Embora o senhor diga que ela [Dilma] é uma personagem difícil, coitada, uma personagem trágica… O senhor continua pensando tudo isso?”
Chico de Oliveira – Continuou pensando tudo isso.

Roda Viva – E por que o senhor vota nela então?
Chico de Oliveira – Porque o outro lado é pior. Os tucanos são piores.

O “Roda Viva” desta segunda-feira (30.dez.2013) vai ao ar na TV Cultura de São Paulo às 22h. O programa foi gravado em 11.dez.2013. Por ser o último do ano, teve um formato um pouco diferente do usual. Os entrevistadores convidados foram também instruídos a fazer um debate mais aberto, dando suas opiniões, sobre temas políticos que marcaram este ano.

Intelectual marxista respeitado, Chico de Oliveira disse uma vez que “arrependimento, só no amor. Em política não cabe, cabe análise”. Era uma resposta a respeito de ter votado em Luiz Inácio Lula da Silva em 2006 no segundo turno daquela eleição (no primeiro turno o sociólogo havia ficado com Heloísa Helena, do PSOL).

Às vezes, análises apaixonadas de Chico Oliveira não se comprovam na prática. Em 2006, quando Lula foi reeleito, fez uma avaliação sobre como seria o poder do então presidente da República em mais quatro anos de mandato. Respondeu: “Será fraco. Perdeu a noção de quem é o adversário”. O petista Lula acabou fazendo o governo mais popular da história recente do Brasil e foi forte a ponto de alavancar a campanha de sua sucessora, Dilma Rousseff.

chicooliveira-roda-viva

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

joao siqueira

09 de outubro de 2014 às 12h40

ealmente as pessoas tem memoria curta mesmo,nao se lembra quando milhares de pessoas ficavam mendigando pelas ruas por falta de serviço e que nao tinha nem o que comer,o salario sobia de dez em dez reais,pessoas viviam se espremendo em onibus lotado a inflaçao chegava a oitenta por cento ao mes Vcs se lembra que na epoca pobre nao tinha nem o direito de passar na porta de uma universidade.Pois se eu for falar como era a vida do brasileiro eu ficaria o dia todo aqui.Hoje so nao tem as coisas quem nao quer,porque emprego esta sobrando e quem reclama do governo e os que tem a memoria curta mesmo.
Nao e que eu seja puxa saco do governo,mas reconheço o que esta fazendo,e se com ela esta ruim,sem ela vai ficar muito pior.

Responder

Luciano Prado

01 de janeiro de 2014 às 08h18

Esse cidadão não tem o meu respeito. É oportunista e até parece não bater muito bem da cabeça

Responder

Claudio Rio

31 de dezembro de 2013 às 12h41

Se não for o PT, so o PSOL salva este pais….

Responder

Augusto Ferreira

31 de dezembro de 2013 às 09h25

Ty

Responder

Antonio Celso Salmazo

30 de dezembro de 2013 às 23h33

A defesa dos Petralhas eh os outros tambem roubam, nos podemos roubar…..

Responder

Lucas Bergamo

30 de dezembro de 2013 às 20h08

Que tristeza; A comparação do ruim com o pior.

Responder

Gilberto Gayer

30 de dezembro de 2013 às 17h22

Então que não façam propaganda para a direita

Responder

Murilo Cesar Fonseca

30 de dezembro de 2013 às 14h49

As escolhas do venerando Chico Oliveira, estão diretamente vincularas à experiência e à sapiência que só sua avançada idade foi capaz de lhe garantir !

Responder

Dannty Sá

30 de dezembro de 2013 às 14h47

não precisa ser muito esperto pra saber disso né

Responder

Pedro Antônio Cândido

30 de dezembro de 2013 às 14h33

Chico Oliveira tem exatamente 28 anos a mais que eu! Só concordo em uma coisa com ele: TUCANOS SÃO MUITO PIORES!

Responder

Marco Espirito Santo

30 de dezembro de 2013 às 14h13

kkkkkkkkkkk ainda temos mentes lúcidas.

Responder

Deixe um comentário

Por que devemos confiar nas Urnas Eletrônicas? Viaje no Universo Profundo com o Telescópio James Webb O Xadrez para Governador do Ceará