Paris Café: O PT tem um projeto de governo? Qual é?

Colunista da Folha chuta o pau da barraca

Por Miguel do Rosário

27 de janeiro de 2014 : 21h29

Ricardo Melo, colunista da Folha, publicou hoje uma fortíssima denúncia contra a parcialidade da Justiça em favor do PSDB. Eu reproduzo abaixo alguns trechos. Será que Joaquim Barbosa vai pedir o “ostracismo” para ele?

*

Assim caminha a impunidade
(…)

Vários pesos, várias medidas. Enquanto o chamado mensalão petista foi julgado com celeridade (considerado o padrão nacional) e na mesma, e única, instância suprema, o processo dos tucanos recebe tratamento bastante diferente. Doze anos (isso mesmo, doze!) separam a ocorrência do desvio de dinheiro para o caixa da campanha de Eduardo Azeredo (1998) da aceitação da denúncia (2010). Com o processo desmembrado em várias instâncias, os réus vêm sendo bafejados pelo turbilhão de recursos judiciais.

Daí para novas prescrições de penas ou protelações intermináveis, é questão de tempo.

(…)

Se na Justiça mineira o processo caminha a passo de cágado, no Supremo a situação não é muito animadora. A ação contra Azeredo chegou ao STF em 2003. Está parada até agora.

(…)

Certo mesmo é o contraste gritante no tratamento destinado a casos similares. Em todos os sentidos. Tome-se o barulho em torno de um suposto telefonema do ex-ministro José Dirceu de dentro da cadeia. Poucos condenam o abuso de manter encarcerado um preso com direito a regime semiaberto. Isso parece não interessar. Importa sim reabrir uma investigação sobre uso de celular, que aliás já havia sido arquivada. Resultado: com a nova decisão, por pelo menos mais um mês Dirceu perde o direito de trabalhar fora da Papuda.

Por mais que se queira, é muito difícil falar de imparcialidade diante de tais fatos, que não são os únicos. As denúncias relativas à roubalheira envolvendo trens, metrô e correlatos, perpetrada em sucessivos governos do PSDB, continuam a salvo de uma investigação séria. Isso apesar da farta documentação colocada à disposição do público nas últimas semanas. Vê-se apenas o jogo de empurra e muita, muita encenação. Alguém sabe, por exemplo, que fim levou a comissão criada pelo governo de São Paulo para supostamente investigar os crimes? Silêncio ensurdecedor. Mesmo assim, cabe manter alguma esperança na Justiça -desde que seja a da Suíça.

ricardomelo

Ricardo Melo

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

17 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Calebe

09 de dezembro de 2016 às 19h42

Os tucanos frequentam os mesmos salões dos juízes, as mesmas premiações, possuem sociedades, parentescos, ou seja, são inimputáveis.

Responder

Dedé Penha

03 de fevereiro de 2014 às 22h24

O Hermes Couto Figueiredo está na folha de pagamento dos Tucanos, né? Ou deve sere um dos advogados do Trensalão.

Responder

Joao Fernando

28 de janeiro de 2014 às 23h22

Esse blog é top demais.

Responder

Libertad Martinez

28 de janeiro de 2014 às 20h25

Justicia que justicia? enrolación, después pasan 10 años aí julgan dan 123 años de condena y el resultado es ,que responden em libertad total.Nunca pensé que sepudiera llegar a uma situación así.

Responder

Dibo Amorim Cuba Filho

28 de janeiro de 2014 às 19h22

Qual justiça, a que nega o direito de o governo paulista ter acesso aos documentos da denúncia Cade/ministro da Justiça, em que aparecem documentos traduzidos fora do contexto? A justiça hoje está nas mãos do grande partido

Responder

Jose Carlos Romancini

28 de janeiro de 2014 às 04h45

A invenção faz parte da sensibilidade.
A ideia provoca o avivamento do aguçar.
Deleite, gozo, o sensual desejo da alma,
num desfruir quase carnal de satisfação.
Consciente no sentir um estremecimento
que desenvolve conceitos em acuidade
e opera a revalorização na arte de fuçar.
Revolve a dormência, o torpor, a calma
e se lança na fantasia da intuição.
Refastela-se num fruir o reconhecimento…
Nesse prazer dolente, verdadeira hiperalgia,
libera a arte do agrado, o apreciar d1BOMDIA!

Responder

Walber Leandro

28 de janeiro de 2014 às 02h07

UMA COISA É CERTA, ÉLA SAINDO OU NÃO O FIM DELA ESTA PROXIMO. HOJE CONVERSANDO COM UM DONO DE BANCA DE JORNAIS, O MESMO ME INFORMOU QUE ESTA QUASE FECHANDO, PORQUE EM CADA DEZ (10) JORNAIS ELE CONSEGUE VENDER SOMENTE CINCO (05)..QUANDO VENDE.

Responder

Mário Nascimento

28 de janeiro de 2014 às 01h23

Para quem ainda não viu, sugiro que conheçam o site que “chutou o pau da barraca” contra os coxinhas anti-Copa, falando tudo que eles precisavam escutar: http://vivaacopa.bravesites.com/

Responder

Gislaine

27 de janeiro de 2014 às 23h16

Não será demitido, vai dar muito na cara. Será calado, ficará no ostracismo.

Responder

Luiz

27 de janeiro de 2014 às 23h12

Nossa justiça não é só uma MERDA. Ela é imoral.

Responder

Henrique

27 de janeiro de 2014 às 23h08

O P$DB + a mídia corporativa + as elites + aparelharam o STF e a PGR. Tá tudo aparelhado!

Responder

Rubem Gonzalez

28 de janeiro de 2014 às 01h07

a folha de vez enquando ameaça desembarcar do PIG, parece que é algum redator que tira férias ou folga dos outros. devemos identifica-lo..

Responder

Jorge M Sardinha

28 de janeiro de 2014 às 00h33

Vamos aguardar os próximos capítulos…

Responder

Helton Braga

28 de janeiro de 2014 às 00h03

Esse tem peito, merece uma medalha e um aumento de salário.

Responder

Sonia Lula da Silva

27 de janeiro de 2014 às 23h47

deve estar de “aviso breve”kkkkkkkk

Responder

Renato Juscelino

27 de janeiro de 2014 às 23h41

Provavelmente! os Frias ñ perdoam!

Responder

Cleide Portella

27 de janeiro de 2014 às 23h34

Será que vai ser demitido?

Responder

Deixe uma resposta para Dibo Amorim Cuba Filho