Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Suplicy dá cartão vermelho em Gilmar Mendes

Por Miguel do Rosário

15 de fevereiro de 2014 : 16h56

O ideal era que Suplicy respondesse Gilmar Mendes protocolando um pedido de impeachment do ministro. Alguém no Senado, algum dia, terá de mostrar aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que eles não podem tudo. Eles são aprovados pelo Senado e podem ser derrubados pelo Senado.

Mas responder já é um primeiro passo. Então segue abaixo a resposta de Suplicy à Gilmar Mendes, o único juiz do mundo que goza de liberdade para caluniar e injuriar outros cidadãos.

*

Ofício n.º 00113/2014 Teerã, 15 de fevereiro de 2014.

Senhor Ministro Gilmar Mendes,

Tendo em vista a correspondência de V. Exa. datada de 12 de fevereiro de 2014, devo externar que não tenho dúvidas de que, como cidadão, tem todo o direito de se expressar sobre essa ou aquela situação da vida política de nosso país. Porém, como juiz da causa que condenou os acusados, caberia a V. Exa. maior reserva.

Quando V. Exa. questiona, sem qualquer prova material, a regularidade das doações a José Genoino, Delúbio Soares, José Dirceu, e João Paulo Cunha, passa-me o sentimento de que não julgou com base exclusivamente na razão. Isso não é bom para o papel que o Supremo Tribunal Federal (STF) desempenha na Organização dos Poderes da República.

Até onde tenho conhecimento, as famílias dos quatro membros do Partido dos Trabalhadores é que tiveram a iniciativa de fazer a campanha para arrecadar fundos e pagar as multas condenatórias. Não vejo ilegitimidade ou ilegalidade nessa conduta.

E foi isso que me motivou a escrever a V. Exa. – a surpresa de tomar conhecimento de um comentário público, questionando doações sem qualquer fundamento probatório que o amparasse.

E tudo isso, considerando ainda que o julgamento da Ação Penal 470 não está concluído no STF, pois encontra-se em curso a análise dos embargos infringentes.

Noto que V. Exa. não se referiu ao que considero da maior importância em minha carta, qual seja, as decisões que nós do PT e de todos os demais Partidos devemos tomar para prevenir e evitar os procedimentos que foram objeto da Ação Penal 470. Eis porque tenho me empenhado para que venhamos todos, nas campanhas eleitorais, assumir o compromisso de não utilizarmos recursos não contabilizados, de proibirmos as contribuições de pessoas jurídicas, de limitarmos a uma soma módica as contribuições de pessoas físicas e, de exigirmos, durante a campanha eleitoral, a transparência em tempo real, ou nas datas de 15 de agosto, 15 de setembro e ultimo sábado que antecede o domingo das eleições, com o registro na página eletrônica de cada partido, coligação e candidato, de todas as contribuições recebidas. Desta forma, os eleitores terão conhecimento dos doadores e poderão comparar as contribuições feitas com os gastos efetivamente realizados em cada campanha.

V. Exa., que acaba de assumir como ministro efetivo do Tribunal Superior Eleitoral, poderia, pela posição que ocupa, incentivar os formadores de opinião da sociedade no que diz respeito à efetivação desses anseios como normas que têm sido apoiadas pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, pela OAB e muitas outras entidades da sociedades civil.

Atenciosamente,

Senador Eduardo Matarazzo Suplicy

A Sua Excelência o Senhor Ministro Gilmar Ferreira Mendes
Supremo Tribunal Federal
Pça Três Poderes, s/n – Plano Piloto
70175-900 – Brasília – DF

eduardo_suplicy_237_316

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

15 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marcilio Landim Meireles

18 de fevereiro de 2014 às 21h45

um dos maiores idiotas da historia deste País.

Responder

Zé Roberto

16 de fevereiro de 2014 às 19h19

Como sempre o senador Suplicy se comportando como um Papito, PQP!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

marcosomag

16 de fevereiro de 2014 às 13h19

O melhor senador petista é o Roberto Requião!

Responder

Jose Vianna Moreira Moreira

16 de fevereiro de 2014 às 13h07

Careca e caduco,racha fora.

Responder

Marlene Cassel

16 de fevereiro de 2014 às 07h52

Fraquinho demais, mas pra começar, tá valendo…

Responder

Carlos Trindade

16 de fevereiro de 2014 às 03h39

o que eu queria mesmo ver era milhares de depósitos de 13 reais na conta do Dirceu…ainda ha tempo..

Responder

Sylvio Serra

16 de fevereiro de 2014 às 03h11

Velho louco!

Responder

Flavio Campos Soares

16 de fevereiro de 2014 às 02h09

Publica a resposta do Gilmar TB!

Responder

Teresa Andrade

15 de fevereiro de 2014 às 22h41

já é alguma coisa :/

Responder

Sandra Lúcia

15 de fevereiro de 2014 às 21h29

Será que vai acordar, ou foi apenas um bocejo?

Responder

Marcilio Landim Meireles

15 de fevereiro de 2014 às 21h08

Ptista é um povo muito engraçado…….

Responder

Maria De Fatima Cabral

15 de fevereiro de 2014 às 21h08

Já tem muito cartão vermelho do povo brasileiro! Mas esse de Suplicy é especial! Representa todos os brasileiros.

Responder

Jorge Luiz Neves Passos

15 de fevereiro de 2014 às 21h07

O Gilmar faz justiça com a razão sim, a razão dos venais!

Responder

Carlos Nascimento

15 de fevereiro de 2014 às 20h43

a globo só comentou metade da noticia

Responder

Celso Orrico

15 de fevereiro de 2014 às 17h21

Miguel, tribuna de Senador é no Senado da República carta por carta a do jovem assistente de juiz é muito mais consistente e adequada..como diz PHA, o PT não elegeu um senador sequer..

Responder

Deixe um comentário

Por que devemos confiar nas Urnas Eletrônicas? Viaje no Universo Profundo com o Telescópio James Webb O Xadrez para Governador do Ceará