Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Cientista político alerta: JB atacou Dilma e não podia fazer isso

Por Miguel do Rosário

28 de fevereiro de 2014 : 13h07

Essa entrevista é uma bomba.

O fato de estar publicada na CBN, que pertence às organizações Globo, mostra que não está sendo possível conter a avalanche de críticas ao JB. Ela está vindo com muita força, de todos os lados, de pessoas esclarecidas e preocupadas com o direito, com a justiça e, sobretudo, com a democracia, conceitos agredidos violentamente pelo sociopata político Joaquim Barbosa.

O cientista político Claudio Couto, da Escola de Administração Pública da FGV de São Paulo, denunciou o presidente do STF, Joaquim Barbosa, por fazer acusações de cunho político e partidário contra seus colegas e contra a presidente da República. “Ele não podia fazer isso, pois um juiz deve ser neutro”, diz Couto.

Ele aborda ainda a possiblidade do STF reverter decisões sobre o mensalão, mesmo que isso contrarie a “opinião pública”. Couto lembra que o STF deveria ser uma instituição contra-majoritária, ou seja, mais preocupada com os direitos individuais do que com a opinião da maioria, até porque esta é uma opinião contingente e volátil, que hoje pode estar de um lado, e amanhã, de outro.

Com a expressão de “alerta ao Brasil”, Joaquim Barbosa fez praticamente um chamamento ao golpe. Foi o que entendi após ouvir essa entrevista de Couto.

E é isso mesmo o que eu acho que Barbosa fez: chamou um golpe. Ou preparou os fundamentos de seu discurso eleitoral, cometendo um gravíssimo crime político, em dose dupla: juiz não pode exercer atividade político-partidária e não se pode usar a TV Justiça para veicular propaganda política.

A grande pergunta: qual será o partido que abrigará este louco incensado pela mídia?

20140203043257_facebook

O “justiceiro” e seus fãs

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Martin Gundelach

01 de março de 2014 às 14h16

Ai ai… Pessoal ignorando que a votação terminou 6 a 5. Ou seja, o JB tá longe de ser o único que acreditou haver crime. Vamos lembrar também que nas outras acusações os mensaleiros foram julgados como criminosos pela maioria, e por isso estão presos e cumprem pena na cadeia. Um fugiu do país antes (pra vcs verem quem estão defendendo).

Tratam-se de criminosos poderosos e ricos, que mesmo na cadeia têm mil benefícios, ao contrário de todos os presos pobres do país. São esses caras que vocês defendem. E depois acusam um dos juízes, só um deles, de ser golpista. Só porque ele foi mais vocal nas acusações. Porque a verdade dói.

Vale lembrar que ele já falou que não vai ser candidato a nada. Enquanto isso a Dilma força a superprodução da Petrobras, com riscos de vida aos funcionários das plataformas, justamente em ano eleitoral, para usar como propaganda. Depois falam de golpe. Hipócritas.

Responder

Azuir Ferreira Tavares Filho

28 de fevereiro de 2014 às 19h23

PELA HONRA DO BRASIL NAÇÃO, O MENTIRÃO TEM DE ANULAR.

É uma vergonha Nacional, decepção na nossa História.
Foi de descrença no Geral, mancha a nossa Memória.
É uma Vergonha e decepção, pro nome da pátria sujar.
Pela honra do Brasil Nação, o Mentirão tem de anular.

Crime contra a Soberania, querem nossa Pátria vender.
Não são de cidadania, não fazem a Pátria defender.
Ao Delúbio Conspiração, pra ao Brasil desmoralizar.
Pela honra do Brasil Nação, o Mentirão tem de anular.

Por todo lado divulgado, já do saber de toda gente;
O Dinheiro era Privado, dizer ser Público é indecente.
Dizer Público é Mentirão, é ao Judiciário envergonhar
Pela honra do Brasil Nação, o Mentirão tem de anular.

Foi Privado o Dinheiro, por isso o BB nunca reclamou.
Pizzolato demais verdadeiro, liberação nunca assinou.
Quem não honra a constituição, fácil faz prevaricar.
Pela honra do Brasil Nação, o Mentirão tem de anular.

Os Trabalhos de propaganda, já pagos e bem feitos.
Não pode uma farsa ciranda, nos enganar nestes jeitos.
A Própria Globo Televisão, que recebeu pode atestar.
Pela honra do Brasil Nação, o Mentirão tem de anular.

Todo mundo conhece Dirceu. Vida e palavra assumida.
Patriota que se conheceu, lutou por Brasil toda vida.
Nosso Herói de imensidão, que sempre só fez Honrar
Pela honra do Brasil Nação, o Mentirão tem de anular.

Êle é de toda a confiança, personifica honestidade.
Um Cavalheiro da Esperança, uma vida de dignidade.
João Paulo é Distinção, todos que conhece faz exaltar.
Pela honra do Brasil Nação, o Mentirão tem de anular.

Um Grupo de Honra e Tino, trajetória dourada forjou.
Bem Aventurado é Genoino, que no Araguaia lutou.
É de Heroísmo e distinção, sempre fez nos orgulhar.
Pela honra do Brasil Nação, o Mentirão tem de anular.

Azuir Filho e Turmas de Amigos: do Social da Unicamp, Campinas, SP, Amigos de Rocha Miranda, Rio de Janeiro, RJ e Amigos de Mosqueiro, Belém do Pará.

Responder

Maria De Fatima Cabral

28 de fevereiro de 2014 às 21h24

O cafezinho pergunta qual partido abrigará o JB? Tirano! Resp. Partido da Imprensa Golpista-PIG.

Responder

Anônimo

28 de fevereiro de 2014 às 15h10

Atenção. Vamos tomar cuidade. Nem a Dilma nem ninguém do governo deva dar resposta alguma a Barbosa. O que ele fez foi uma provocação. Agiu como agente provocador. Responder-lhe neste momento é fazer o jogo do golpismo, é tudo que ele e o PIG querem.

Responder

    Jr

    28 de fevereiro de 2014 às 16h11

    concordo.

    Responder

Celso Orrico

28 de fevereiro de 2014 às 14h43

Miguel, lembra da última vez que um arrivista fez esse chamado? ao invés de preto o povo vestiu verde e amarelo e foi para as ruas para botar o maledeto pra fora..

Responder

    cezar arrue

    28 de fevereiro de 2014 às 16h13

    Perdão, Celso, mas foi o contrário. Collor pediu q saissem de verde e amarelo e o povo vestiu preto.

    Responder

Sergio Messias Dos Santos

28 de fevereiro de 2014 às 16h12

Miguel, estava pensando isto a manhã toda. Acho que Dilma e os Ministros tem que dar uma resposta a nação. Acho que deveriam trazer a tona os erros de JB para que ele se explique também a nação. Desequilibrado.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?