Paris Café: O PT tem um projeto de governo? Qual é?

A revolução dos malucos de coturno

Por Miguel do Rosário

07 de março de 2014 : 22h00

Um pensador famoso dizia que a história se repete. Primeiro vem como tragédia, depois como farsa. Poderia dizer também que as complexidades sociais geram demandas, num primeiro momento, de novas soluções políticas.

Num segundo momento, às vezes, criam soluções de ordem psiquiátrica.

Eu até estava preocupado com esse golpe militar que um bando de sociopatas pretende deflagrar nas próximas semanas.

Não estou mais. Os caras são muito fim de comédia. O Wandinho já escreveu um excelente post sobre eles. E quando o Wandinho faz isso com alguém, é para jogar a cal em cima e ir embora, porque não sobra pedra sobre pedra. Só gargalhadas.

Entretanto, a história mostra que malucos podem ser perigosos, então acho melhor que as pessoas e autoridades responsáveis nesse país, tomem alguma atitude contra essa palhaçada. Prudência não faz mal a ninguém. Se tem militar entrando nessa, deve ser preso imediatamente como conspirador contra a ordem pública, contra os valores democráticos e contra o interesse nacional.

Um golpe militar causaria um dano incomensurável à imagem do Brasil no mundo, provocaria uma guerra civil e destruição econômica. Não é uma brincadeira que podemos ficar fazendo impunemente nas redes sociais.

Hoje eu recebi de uma fonte que se diz “um soldado de uma das forças armadas que não quer aderir a isto” um panfleto que andam distribuindo nos quartéis.

10008402_618334384902647_414679048_n

Os golpistas já escreveram até um Ato Constituinte, que derrubaria a presidente e o vice, e daria o cargo para… Joaquim Barbosa. Claro, quem mais?

É muito sintomático que todos os malucos golpistas e autoritários venerem Joaquim Barbosa, e que Barbosa seja o candidato dos sonhos do Partido Militar.

Já tem um bocado de páginas no Facebook exigindo a presidência da república para o General Heleno e Joaquim Barbosa. Algumas pedem Barbosa na cabeça da chapa, outros preferem Heleno.

Outro ídolo dos doidos é Arnaldo Jabor. Por que será?

 

barbosa_2014

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

14 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Miguel do Rosário

11 de março de 2014 às 13h04

Abraao, não é verdade. Saúde e educação estão melhorando. Há gente da classe média hoje, com plano de saúde, preferindo se tratar no SUS, em casos de alta complexidade. A educação tem avançado bastante. Dilma ampliou muito número de creches, de estudantes em ensino integral, mandou milhares estudarem no exterior, o pronatec, ensino profissionalizante, já atende milhões de jovens. Não entre na onda da mídia de que nada presta.

Responder

abraao

09 de março de 2014 às 13h25

Esta revolta que estao afirmando que estar prestes acontecer,so estar ganhando forca pela incompetencia deste governo,pelo roubo aos cofres publicos e pior pelo descaso com o povo,fora inseguranca,falta de educacao e saude…votei sempre na esqueda por sonhar com uma mudanca e ainda estou esperando pelo menos por sua decencia e autoridade para mudar este sistema,criado pra ferra o povo.

Responder

sandro

09 de março de 2014 às 10h21

Eles não suportam a democracia, principalmente se ela tiver um viés social.

Responder

Celso Orrico

08 de março de 2014 às 17h55

Miguel, se essa maluquice evoluir talvez voltemos ao ambiente de acirramento semelhante ao da época do comício da Central do Brasil, só que o País mudou e a História será outra..não acredito que as Forças Armadas, hoje constituída por pessoas na sua maioria que nem tinham nascido na época do Golpe de 64. adira à essa aventura..concordo com vc: é um golpe natimorto..

Responder

Jose Francisco Oliveira

08 de março de 2014 às 11h33

Uma vez golpista, sempre golpista.

Responder

Rogério Bezerra

08 de março de 2014 às 01h24

Os Militares não entrarão nessa, seu boçalzinho. O desespero da elite antiga e de seus empregadinhos é saber que o Brasil foi em frente sem eles. Saímos da inércia social e começamos a subir os muros ( montanhas) que separam ricos e pobres. Mas os filhos dos trabalhadores estão virando dotô também ( os meus tb) segurem que está em formação uma nova elite. Chorem na cama (ou Maiame), que pode ser menos doído.

Responder

Erich Lie Ginach

08 de março de 2014 às 04h05

Falou a sabedoria, o cientista político Antonio Celso Salmazo! Temos que imprimir em ouro o que ele escreveu.

Responder

    ANTONIO CELSO SALMAZO

    15 de março de 2019 às 17h42

    É agora bocal, que o lulla esta na cadeia o que você me diz?

    Responder

Maria Mercedes Nobre

08 de março de 2014 às 01h39

ESPELHO, ESPELHO MEU, HAVERÁ NO MUNDO ALGUÉM MAIS BOBO DO QUE EU

Responder

Valquiria Leu

08 de março de 2014 às 01h36

A essa altura do campeonato?terá que ser um merda bem maior para cobrir a merda dos merdas .

Responder

Leandro Gonçalves

08 de março de 2014 às 01h28

eu não

Responder

Levinson Santos

08 de março de 2014 às 01h20

Tem todo o potencial para ser uma versão brasuca do Fujimory, JB tem todos os requisitos de um ditador…

Responder

Umbelina Souza

08 de março de 2014 às 01h08

Estão querendo chafurdar.

Responder

Antonio Celso Salmazo

08 de março de 2014 às 01h07

Exatamente primeiro o Lulla foi uma tragedia. E agora a Dillma eh uma comedia…

Responder

Deixe uma resposta para Levinson Santos