Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Datafolha: Lula mantém olímpicos 52%; ele vai apoiar quem?

Por Miguel do Rosário

05 de abril de 2014 : 18h12

Quando a gente critica a comunicação da presidência da república, não é uma crítica propriamente à Secom ou a Thomas Traumann. É uma crítica à própria presidência, e aos partidos no poder, que não vêem a comunicação como uma área estratégica.

data

A razão da crítica também não é por achar que o governo é maravilhoso e que as pessoas são burras por não verem isso.

A importância da comunicação se fundamenta em dois fatores que esclarecem as confusões acima:

1) Ela é a própria política. O debate político reflete as condições em que o debate acontece. Se há concentração de mídia ou envenenamento da opinião pública, veremos isto imediatamente no debate político.

2) Uma comunicação mais democrática permite ao governo se auto-corrigir com muito mais velocidade, porque a pressão se dá na própria base das corporações públicas. Um servidor de uma estatal, na maioria das vezes, reage de maneira muito mais rápida e efetiva ao que se discute na mídia, sobre a área de sua atuação, do que a decisões palacianas impostas sem a sua participação. A mídia interfere diretamente não apenas no debate público em geral, mas também na própria atitude do servidor público, politizado ou não.

Dito isto, não vou criticar o Datafolha divulgado há pouco, apesar de achar suspeito, naturalmente, uma mudança tão brusca em relação a outras pesquisas recentes, sem que nada de especial tenha ocorrido desde então.

Na verdade, acho até saudável, para quebrar o salto alto da campanha de Dilma Rousseff, que ela tenha experimentado queda nas intenções de voto.

Mas não posso deixar de observar que, se alguém quisesse manipular uma pesquisa, estamos num dos melhores momentos em que é possível fazê-lo de maneira mais ou menos escamoteada. Conforme a campanha for se aproximando do pleito, a maior concorrência de pesquisas, e uma atenção maior dos órgãos de controle, tornarão mais difícil esse tipo de artimanha.

Segundo o cenário do Datafolha, as intenções de Dilma caíram de 44% para 38%. Aécio se manteve em 16%. Campos cresceu para 10%. Entretanto, a presidenta ainda leva no primeiro turno em todos os cenários, com exceção naquele com presença de Marina.

Interessante notar que Lula se mantém imbatível. No cenário com ele, suas intenções de voto são de 52%, o que corresponde a mais de 70% dos votos válidos. E quem será que Lula vai apoiar nesta eleição?

lula

A quedas intenções de voto tem como causa principal a piora das expectativas, embora ao menos uma delas seja bastante positiva: a maioria, 46%, acha que sua própria situação econômica vai melhorar, contra 12% que acha que vai piorar.

ScreenHunter_3606 Apr. 05 17.36

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luiz Gonzaga

06 de abril de 2014 às 20h16

De fato concordo com a afirmação de que o Governo Dilma é péssimo em comunicação; a mídia samba na cara da SECOM desse Governo- eles são muito ruims; e a Dilma também, cá prá nós, não ajuda em nada. Acho que se ela continuar passiva desse jeito, corre sério risco de se apertar num segundo turno.

Responder

manelito

06 de abril de 2014 às 14h27

A vitória de Dilma no 1º turno está QUASE sacramentada.
Vamos agora lutar para o aumento de Deputados Estaduais, Deputados Federais e Senadores do PT e do PCdoB, para ficarmos livres dos CHANTAGISTAS DO PMDB.
Se o PMDB continuar com a maioria de Deputados e Sanadores vao continuar a CHANTAGEAR o governo do PT.

Responder

jõao

06 de abril de 2014 às 12h18

ISTOÉ REVELA CONTA DE R$ 64 MILHÕES DO PSDB NA SUÍÇA
:
Ela se chama “Marília” e foi aberta no Leumi Private Bank, em Genebra; por ela transitaram cerca de R$ 64 milhões das propinas que azeitaram os negócios da Siemens e da Alstom no Brasil; a conta foi também movimentada por homens da cozinha dos governos de Mario Covas, em São Paulo, e até do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso; documentos já estão em poder do Ministério da Justiça e parte dos recursos foi bloqueada por autoridades suíças; e agora: será que tucanos serão denunciados pelo Ministério Público?
23 DE AGOSTO DE 2013 ÀS 21:41
247 – Uma conta bancária na Suíça, conhecida como “Marília”, foi usada para movimentar as propinas que azeitaram os negócios da Siemens e da Alstom com governos do PSDB, em São Paulo. Por ela, transitaram cerca de R$ 64 milhões em propinas e os recursos foram gerenciados por homens da cozinha dos governos de Mario Covas, em São Paulo, e até do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Este é o tema de uma reportagem bombástica da revista Istoé, que acaba de chegar às bancas. Até agora, o procurador Rodrigo de Grandis reluta em denunciar tucanos indiciados pela Polícia Federal (leia aqui). Será que vai manter a conduta?

Responder

Jose Roberto

06 de abril de 2014 às 14h08

Dilma não conseguiu se livrar da sombra do lula,infelizmente pra ela

Responder

Nilsinho Tecladista

06 de abril de 2014 às 09h40

Nós temos Lula . A oposição tem FHC. Quanta diferença hein !!! rsrs

Responder

Elilton Borges

06 de abril de 2014 às 00h18

Hummmm. Uma mudança tão brusca em relação a outras pesquisas recentes, sem que nada de especial tenha ocorrido desde então.

Responder

Maria Lucia Lula Dilma Lemos

05 de abril de 2014 às 23h10

LULA/DILMA DILMA/LULA !

Responder

Vera Borda Candido Pereira

05 de abril de 2014 às 22h48

E só com o Lula na pesquisa, os outros 2 sobem? É isso?

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?