Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Lula cuidará pessoalmente de regulamentação da mídia em próximo governo

Por Miguel do Rosário

07 de julho de 2014 : 13h23

Matéria publicada no Valor de hoje informa que Lula “será protagonista político no 2º mandato” de Dilma Rousseff.

O ex-presidente irá liderar o debate, segundo a reportagem, sobre assuntos que Dilma “eventualmente não queira tomar parte”. Eu diria que Lula assumirá as missões politicamente mais espinhosas, resguardando a presidenta.

A primeira proposta citada pelo jornal é o projeto para “regulamentação dos meios de comunicação eletrônicos, que são concessões públicas, defendida por aliados como o presidente do PT, Rui Falcão, e o ex-ministro Franklin Martins.”

Nos últimos meses, o debate sobre a regulamentação da mídia tem sido mencionado cotidianamente na grande imprensa. Isso é um ponto positivo. O lado negativo é que persiste a campanha de desinformação sobre o significado deste debate.

Hoje mesmo, há um artigo de Carlos Alberto Di Franco, no Globo, que trata do assunto como só mesmo um representante da Opus Dei, como ele é, faria. Intitulado “Ataque à mídia”, Di Franco desfila um rosário de meia-verdades e mentiras sobre as intenções daqueles que desejam um sistema de informação mais democrático para o Brasil.

Em dado momento, Di Franco diz que “Cuba e Venezuela, ditaduras cruéis e antediluvianas, são o modelo concreto da utopia petista”.

Daí você vê o baixo nível a que essas figuras querem arrastar o debate. Vamos deixar Cuba de fora do debate. Não acho que seja “ditadura cruel e antediluviana”. Aliás, antediluviana? Esses caras perderam o senso do ridículo.

Venezuela não é uma ditadura. Afirmar isso num país com tantas eleições e tanta imprensa de oposição, é simplesmente mentira.

A democratização da mídia não é uma “utopia petista”. É uma demanda de todos os partidos de esquerda, incluindo aí o PSB, onde temos um de seus principais quadros, Luiza Erundina, na frente dessa luta. O PCdoB incluiu a democratização da mídia como prioridade política da legenda. Todos os movimentos sociais organizados defendem a democratização da mídia brasileira.

Chamar de “utopia petista”, portanto, é apenas uma tentativa desonesta de reduzir a importância do debate.

Di Franco, além disso, omite que a principal referência dos ideólogos do projeto de regulamentação da mídia brasileira está na Europa, não na América Latina.

A referência à Europa e EUA faz parte, inclusive, de uma estratégia política para fugir do ambiente extremamente preconceituoso que contamina redações e universidades, contra a América Latina.

À utopia petista, a direita representada por Di Franco contrapõe o seu profundo “viralatismo”, que só enxerga coisas boas nos países ricos. Tudo que vem da América Latina é pobre, bolivariano, antidemocrático. EUA e Europa invadem países, aprofundam a desigualdade social, espionam outros governos, mas para nossos vira-latas conservadores o mal está em governos populares democraticamente eleitos da América Latina.

Daí a gente lhes dá um xeque-mate, ao defender uma democratização da mídia que se inspire no modelo europeu. Já seria um grande começo.

Ao final do texto, Di Franco põe sua esperança em novos “protestos”, os quais, segundo ele, apesar de que alguns sejam “francamente impróprios e deselegantes”, enviam “recados muitos claros”.

Ora, Di Franco. Desde quando depredar lojas e bancos, é “deselegante”? Ao contrário, acho que depredar uma agência do Itaú ou uma concessionária de carros de luxo é até bastante elegante, a depender do ponto-de-vista. Só que é crime.

Não se esqueça, Di Franco, que os protestos também enviaram “recados muito claros à grande mídia”… Ou você esqueceu esse detalhe?

 

Midia Manifestação

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

52 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Antoniio.nodari

24 de julho de 2014 às 10h22

A hora da midia está chegando !!!!!!

Responder

marcos

09 de julho de 2014 às 22h11

Tem gente aqui se fazendo passar por petista e criticando a lei das midias com o claro intuito de tumultuar e desmobilizar. Aos críticos, acordem. Lei de midia existe em TODOS os países civilizados, pois a midia para ser livre tem que se responsabilizar e respeitar nossa constituição. O que vemos hoje no Brasil é um verdadeiro massacre organizado por 6 famílias contra qualquer avanço social. Isso tem que acabar. Não avançaremos na democracia sem uma lei que puna os golpistas e promova a ampla diversidade social nas mídias.

Responder

    luiz mattos

    10 de julho de 2014 às 11h25

    São tucanos!

    Responder

belem

09 de julho de 2014 às 15h44

quem tiver interesse basta acessar http://www.paraexpressaraliberdade.org.br

conhecer. Assinar. Coletar assinaturas de conhecidos e amigos, etc. Entregar em um dos postos de coleta.

Depois é só participar das mobilizações pela aprovação.

Sorte.

Responder

Fábio B. Marinho

08 de julho de 2014 às 22h29

Olha, eu até torço para que seja verdade, mas me parece mais um daqueles Chamariscos para atiçar a militância em época eleitoral, pq do que se viu do PT até agora, nada nos me faz crer nessa possibilidade.

Responder

Fábio B. Marinho

08 de julho de 2014 às 22h29

Olha, eu até torço para que seja verdade, mas me parece mais um daqueles Chamariscos para atiçar a militância em época eleitoral, pq do que se viu do PT até agora, nada nos me faz crer nessa possibilidade.

Responder

O Cafezinho

08 de julho de 2014 às 21h59

Juscelino Santos quem falou em trostki, Stalingrado, fidel? Regulamentação da mídia foi feita por Europa e EUA

Responder

Dilter Folha

08 de julho de 2014 às 17h58

Chora Petralhada.

Acabou!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

FORA DILMA FORA PT.

Diler Folha

DESPERTA BRASIL!

Deutschland über alles

Responder

    Miguel do Rosário

    08 de julho de 2014 às 18h05

    Olha a alegria dos coxinhas! Vamos eleger um presidente alemão para o Brasil, né?

    Responder

tielo

08 de julho de 2014 às 16h54

O povo se preocupa tanto com este assunto,da mesma forma que se preocupa com a reforma politica, nas minhas rodas de conversas 11 em cada 10 pessoas desconhecem totalmente o assunto, sabem dizer no máximo ” abaixo a rede globo. Alias ainda não consegui entender também o que seria essa tal de redemocratização da mídia. Fico imaginando se O Cafezinho fosse a Globo teríamos manchetes no Jornal Nacional do tipo ” impostos da Petrobas pagam estádios da copa em 1 mês. Acho que teríamos mais do mesmo,a mesma parcialidade, só que do outro lado

Responder

Juscelino Santos

08 de julho de 2014 às 16h27

Kkkk. Eu sou petista antes de qualquer um de vcs ai valeu? So que antes, vem a minha nacionalidade, a minha realidade. Karl Marx, Leon Trostk, Stalin, Fidel Castro, Hugo Chaves e outras cositas mas nao se aplicam em nosso Brasil. Parem de sonhar, reflitam dessa ideia absurda. E viva Dilma Roussef companheira que sofreu no passado e nao quer o revanchismo de volta.

Responder

    luiz mattos

    10 de julho de 2014 às 11h27

    Se vc for petista eu sou tucano,mijo em seu petismo!

    Responder

papalegua

08 de julho de 2014 às 10h25

Devemos intensificar a campanha , usaremos todos os meios para isso. A lei de Médios tem que ser comentado em rodas de amigos , no trabalho ,no futebol de fim de semana e etc…

Responder

Constantino Luz de Medeiros

08 de julho de 2014 às 13h19

Vejo pessoas dizendo que votam no PT mas com o mesmo argumento falacioso da direita que controla a imprensa golpista brasileira. “Direito de falar o que quiser”. Esse argumento falacioso – típico da sociedade norte americana fascista – esquece que, se seis famílias são donas de todos os meios o que se fala é o que ELES querem: isso não é democracia, é plutocracia. Pare de curtir a TV Revolta, Juscelino Santos, pois, o verdadeiro petista não chama os companheiros de “revolucionários de boteco”. Essa frase é de coxinha disfarçado. É cada uma…

Responder

Juscelino Santos

08 de julho de 2014 às 13h09

Sonhar nao custa nada Wilson Bazzo. O CARA como vc diz quando saiu da presidencia da republica ostentava indices de 80% de aprovacao e nao conseguiu emplacar essa aberracao de proposta. Esses indices conseguidos pelo CARA naquela epoca nunca mais retornarao, pois essa imcompetente assessoria dele esta cada vez mais levando a imagem dele para o buraco. Se o CARA nao conseguir se desvencilhar desses revolucionarios de buteco e perigoso ele se afundar mais ainda. Deixa o CARA trabalhar.

Responder

JURIDICO

08 de julho de 2014 às 09h57

MIGUEL o importante e não dar feed back a esses trogloditas da direita… eles continuarão a mentir para seus leitores como esses fossem idiotas

Responder

sergio

08 de julho de 2014 às 02h55

A lei de Médios só vai sair com uma movimentação do eleitores, via projeto de iniciativa popular.
Assim, o Congresso Nacional vai ter que engolir e tira-se o foco do Poder Executivo.

Responder

Wilson Bazzo

08 de julho de 2014 às 00h35

O assunto é tão importante para o Brasil que só o CARA pode encarar,garanto que o povo vai junto com ele msmo com o poder midiático fazendo a guerra que virá!!!

Responder

Wilson Bazzo

08 de julho de 2014 às 00h35

O assunto é tão importante para o Brasil que só o CARA pode encarar,garanto que o povo vai junto com ele msmo com o poder midiático fazendo a guerra que virá!!!

Responder

Rui

07 de julho de 2014 às 20h45

“democratização da mídia não é uma “utopia petista”,aí o blogueiro cita o minúsculo PCdoB e cita a insignificante Erundina (defenestrada do PT, depois de ter os direitos partidários por um ano)e os movimentos sociais, aqueles criados e mantidos pelo Petê, que não tiveram coragem de dar as caras nos protestos de junho. Miguel, pare de comer mortadela e tentar peidar Caviar! Seja honesto e admita que a população não está nem aí para regulação de mídia. Um país que está em sétimo lugar em número de homicídios, com um sofrível sistema educacional e de saúde, tem muita, mas muitas prioridades precedente á regulação da mídia, a não ser que se ache que todas essas mazelas são culpa da mídia!

Responder

Juscelino Santos

07 de julho de 2014 às 23h19

Voto no PT. Vota na Dilma. Eu sei que este projeto de controle nunca passara ou sera aprovodo por tramites burocraticos no Congresso Nacional. A nao ser que Dilma Roussef crie-o atraves de MP. Mas nao acredito nisso. Nossas instituicoes sao mais fortes que meia duzia de gatos pingados e certamente barrara por meio de mobilizacoes a implantacao dessa aberracao de proposta. O Brasil nao e Argentina nem Venezuela e nem laboratorio para experiencias. A nossa realidade e outra. Primeiro querem tirar a liberdade de imprensa e depois disso vira o que ? E preciso parar com esse discurso de que fulano e de esquerda e que sicrano e de direita. Isso ja acabou, nao existe mais o muro de Berlim, nao existe mais a U.R.S.S. Somos todos brasileiros e cada um pensa diferente e segue a sua vida. Nem por isso o mundo vai acabar. A maior frustracao do homem e saber que ele nunca sera o dono da verdade.

Responder

Iracema Leal

07 de julho de 2014 às 23h17

Só esqueceram que ela não está sozinha e sua história mostra que é guerreira e não tem medo de nada. Quanto a Lula, ele bem que tentou ser “nice” com esse pessoal dos grandes grupos de mídia, mas a realidade mostrou que esses caras não têm noção de nada. São incapazes de exercer o papel de informar a população com o mínimo de decência. Lula deu a eles verbas de publicidade a rodo, tratou-os sempre de forma republicana e só recebeu golpismo de volta. Agora ele está mordido, e não duvido nada de que comandará a regulação da mídia, sim. Aliás, aposto nisso.

Responder

Sérgio Marinho Marques Cavalcanti

07 de julho de 2014 às 22h53

Eu não duvido, já que o Lula sabe como chegar lá, e se não fez nada sobre isto no seu governo é porque as coisas não estavam assim c/estão e c/ele a turma chegava mais de mansinho e como Brizola na precisão ele contra atacava, só estouraram a coisa com a Dilma, mais por ser mulher e acharem que ela não aguentaria as pressões, só esqueceram que ela não esta sozinha, está com o Lula e nós.

Responder

Cissa

07 de julho de 2014 às 19h16

Miguel, veja essa pérola do PSB.
http://noeliabritoblog.blogspot.com.br/2014/07/prefeitura-do-recife-pagou-r-1-milhao.html

Responder

Jamile Bonfim

07 de julho de 2014 às 21h56

Esse assunto e a reforma política só vão para frente com apoio e manifestação popular …. vamos nos preparar para ir para as ruas.

Responder

    Américo

    10 de julho de 2014 às 17h25

    Vamos exigir o marco regulatório é nosso dever é a nossa obrigação, chega de manipulação.

    Responder

Roberto Leonardo Ferreira

07 de julho de 2014 às 21h41

Juscelino Santos o problema não é gostar de um partido A ou B o problema é os caras criminalizarem como os direitistas fazem com o PT.E olhem só,se nós observarmos no mundo a direita é tida como radical,perversa e opressora sempre tirando do social e colocando em bancos e coisas do gênero.Muitos não discutem política,fatos e dados,mas sim,xingam,falam mal,não ouvem a verdade e visam apenas o poder.Tem um programa de rádio aqui de PE que desde quando o Eduardo decidiu se candidatar a presidente vem mudando o discurso contra o PT e nos debates só chamam “especialistas” que metem o pau,mentem descaradamente,etc.Ultimamente não aparece nenhum deles em debates que equilibre opiniões,ou seja,contra ou a favor,apenas batem e criminalizam.Hoje mesmo foi dito no debate que esse novo decreto “polêmico” iria ter agora um “escárnio na forma de “representantes do povo” e que teria até representantes de: cheira colas e traficantes agora,pode isso??É o nível de “especialistas” que ouço agora sem nenhuma responsabilidade moral e social mentindo descaradamente.Ou seja,é o poder que a direita quer acima de tudo!

Responder

Juscelino Santos

07 de julho de 2014 às 21h01

Agora pessoal ai do “O Cafezinho” vejam como a liberdade de imprensa e uma coisa maravilhosa. Em nome dessa liberdade nos estamos aqui trocando ideias. Duvido que se existisse esse tal de “controle da imprensa” isso seria possivel. Bye bye

Responder

Juscelino Santos

07 de julho de 2014 às 21h01

Agora pessoal ai do “O Cafezinho” vejam como a liberdade de imprensa e uma coisa maravilhosa. Em nome dessa liberdade nos estamos aqui trocando ideias. Duvido que se existisse esse tal de “controle da imprensa” isso seria possivel. Bye bye

Responder

luiz mattos

07 de julho de 2014 às 17h57

A proposta inicial era para fazer parte do programa de governo e dilma opta por ouvir mais uma vez o canalha mercadante.
Estou desanimado e não creio mais em dilma,não farei mais campanha para presidente somente para Padilha e jamais pedirei votos para skaf que enterrou a cpmf e foi até barbosa para ferrar com o POVO pobre de São Paulo.
Não sou Palhaço!

Responder

Juscelino Santos

07 de julho de 2014 às 20h51

Desde 1989 voto no PT. Isso nunca me atrapalhou com amigos que pensam ao contrario. Nao existe unanimidade. Sendo assim, e natural que uma pessoa pense diferenta da outra. Isto se chama Democracia e Democracia se chama Brasil. Apaguem esta ideia de controle da imprensa.

Responder

    luiz mattos

    07 de julho de 2014 às 18h07

    A Nação e a democracia não suportam mais viver sob constante ameaça de golpe.

    Responder

Juscelino Santos

07 de julho de 2014 às 20h51

Desde 1989 voto no PT. Isso nunca me atrapalhou com amigos que pensam ao contrario. Nao existe unanimidade. Sendo assim, e natural que uma pessoa pense diferenta da outra. Isto se chama Democracia e Democracia se chama Brasil. Apaguem esta ideia de controle da imprensa.

Responder

Juscelino Santos

07 de julho de 2014 às 20h45

A primeira vez que escutei que o PT queria censurar a imprensa foi no Jornal da Globo. Depois foi na Revista Veja. Nao levei a serio por que tanto a Veja e a Globo sao contrarios ao Governo do PT. Mas ao ver nesta pagina, O Cafezinho, que comunga o pensamento petista, fiquei triste e desorientado. Nao acredito que o Lula seja simpatico a essa proposta lunatica. Isso soa como uma politica revanchista. Nao leva a lugar nenhum.

Responder

    luiz mattos

    10 de julho de 2014 às 11h29

    Bebe água de fonte podre e se diz Petista?

    Responder

Juscelino Santos

07 de julho de 2014 às 20h45

A primeira vez que escutei que o PT queria censurar a imprensa foi no Jornal da Globo. Depois foi na Revista Veja. Nao levei a serio por que tanto a Veja e a Globo sao contrarios ao Governo do PT. Mas ao ver nesta pagina, O Cafezinho, que comunga o pensamento petista, fiquei triste e desorientado. Nao acredito que o Lula seja simpatico a essa proposta lunatica. Isso soa como uma politica revanchista. Nao leva a lugar nenhum.

Responder

jose carlos santini

07 de julho de 2014 às 17h42

Muito Bom! Tem que ser um debate longo! Desgastar essa velha mídia decadente!…….e tem mais o Juiz Gilmar Mendes tem que tirar a bunda de cima do processo sobre tipo doação de campanha.

Responder

Juscelino Santos

07 de julho de 2014 às 20h32

Ao inves de ficarem falando e pensando bobagem, procurem fazer alguma coisa de util para o Brasil.

Responder

Juscelino Santos

07 de julho de 2014 às 20h32

Ao inves de ficarem falando e pensando bobagem, procurem fazer alguma coisa de util para o Brasil.

Responder

Juscelino Santos

07 de julho de 2014 às 20h27

Quem quer a censura da imprensa quer legislar em causa propria. E de estranhar que pessoas que viveram e condenavam a censura nos tempos da ditadura queiram implanta-lam. Ora vao a m…..

Responder

Juscelino Santos

07 de julho de 2014 às 20h27

Quem quer a censura da imprensa quer legislar em causa propria. E de estranhar que pessoas que viveram e condenavam a censura nos tempos da ditadura queiram implanta-lam. Ora vao a m…..

Responder

Juscelino Santos

07 de julho de 2014 às 20h21

Supererrado. Todo mundo tem o direito de escutar a bobagem que quiser. Os tempos do PRAVDA ha muito tempp ficou para traz. Retroceder no tempo e um erro.

Responder

Juscelino Santos

07 de julho de 2014 às 20h21

Supererrado. Todo mundo tem o direito de escutar a bobagem que quiser. Os tempos do PRAVDA ha muito tempp ficou para traz. Retroceder no tempo e um erro.

Responder

Jose Roberto

07 de julho de 2014 às 18h55

Quando o ex guerrilheiro Franklin Martins era FUNCIONÁRIO da globo ficava caladinho quanto a regulação da mídia,agora no governo quer a volta da censura

Responder

    Heráclito Marciano

    07 de julho de 2014 às 16h13

    Fala bobagem esse josé roberto, a luta é exatamente pelo amplo direito de expressão e comunicação, A

    Responder

Vitor

07 de julho de 2014 às 14h13

Sou obrigado a lembrar de Tite: “Fala muito!”

Responder

Sérgio Camargos

07 de julho de 2014 às 17h02

Sugestão:
Ao invés de falar em “regulamentação da mídia”
fale-se em:
“regulamentação do MERCADO da mídia”

Responder

Eloy Paulino

07 de julho de 2014 às 16h38

De verdade? Duvido muito. Lula teve dois mandatos e não fez isso. Sou muito otimista em relação ao futuro do país, exceto neste campo. Acho que nunca irei ver a mídia regulada no Brasil.

Responder

    Arlindo

    07 de julho de 2014 às 16h22

    Eloy, pode crer, o Lula faz as coisas nos tempos devidos. Sem, guerra declarada, com o apoio da sociedade organizada vão-se fazendo as mudanças necessárias. Quem viver,m verá.

    Responder

Ines Linden

07 de julho de 2014 às 16h33

Tirou. Uma pena. Eles venceram a batalha, mas a guerra…

Responder

Jorge Couto E Silva

07 de julho de 2014 às 16h27

Regulamentar para quê e para quem?

Responder

Jose Silva

07 de julho de 2014 às 16h27

É o tipo de conversa que eu só acredito vendo. Dilma retirou essa proposta do programa de governo, ou estou enganado?

Responder

Deixe um comentário