Paris Café: O PT tem um projeto de governo? Qual é?

Wanderley: À espera de pesquisas menos debochadas

Por Miguel do Rosário

20 de agosto de 2014 : 12h53

velorio_de_eduardo


 

O professor Wanderley comenta a observação de Marina Silva, de que não entrou no avião por “providência divina” e diz que aguarda “pesquisas menos debochadas” para avaliar o impacto imediato na distribuição das intenções de voto.

*

TEOLOGIA, NECROFILIA E SUSTENTABILIDADE

Por Wanderley Guilherme dos Santos, cientista político.
Artigo publicado no site Manchetômetro.

Em 16 de agosto, a então candidata a vice-presidente Marina Silva declarou ao jornal Estado de São Paulo que não estava no jatinho em que morreu Eduardo Campos, segundo a reportagem, “por providência divina”. Foi sua primeira declaração sobre o acidente, repetida, com variantes, em todas as suas declarações posteriores.

Espantou-me a teologia implícita na espiritualidade propagada pela missionária Marina Silva. O ardor com que defende a sobrevivência do mais humilde ser terreno, animal, mineral ou vegetal, indiferente aos custos do bem estar do rebanho humano, imprimiu ao tema da sustentabilidade da saúde planetária um rigor imobilista de difícil adesão. Na parte humana de seus mandamentos, os vetos à mudança em costumes e aos experimentos científicos condenariam a espécie às tábuas atuais de causas mortis, intolerância social e crimes. A variante teológica de fundo parecia duramente reacionária.

Mas é ainda mais implacável a teologia da missionária Marina. Para preservar sua missão, providenciou um acidente que matou o candidato a presidente de sua coligação partidária (pois seu verdadeiro partido, o REDE, era declaradamente um mioma que esperava crescer no ventre do hospedeiro PSB), e todos os acompanhantes de Eduardo Campos, pilotos, repórteres, assessores, dos quais não se conhece a confissão religiosa, nem se haviam concordado em sacrificar a própria vida em nome dessa implacável e ególatra missão.

O noticiário tende a difundir a mesma necrofilia teológica, linguagem que a mídia escolheu para enquadrar o acidente e suas conseqüências político-eleitorais. As próximas pesquisas, menos debochadas, informarão qual o impacto imediato na distribuição das preferências pré-eleições.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

10 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

marco

23 de agosto de 2014 às 12h16

Ao propósito,quero me socorrer do titular desse blog,ou do Professor Wanderley ou de qualquer internauta,com talentos naturalmente,pois que eu,inspirado nas imagens,tentei compor um samba-canção,mas somente fiquei no título e se alguém me ajudar,consigo compô-lo ,naturalmente cedendo parcerias. O título do samba-canção,sera SORRIR DE TRISTEZA!Me ajudem…

Responder

marco

22 de agosto de 2014 às 16h37

Com relação aos SORRIDENTES PERSONAGENS acima,gostaria de incluir,serem ao invés de indiferença, demonstrações da NOVA POLÍTICA que pretendem implementar no país.Qual seja,SORRIR DE TRISTEZA!

Responder

Luzeneide Fernandes

21 de agosto de 2014 às 12h17

Pesquisa de BOCA de TÚMULO !!!

Responder

Ricardo J. Fagundes

21 de agosto de 2014 às 02h23

Essa Vaselina da Silva, não serve nem para CARBIDEIRA ela sorri muito em velórios.

Responder

Claudio Manoel Silva

21 de agosto de 2014 às 02h21

Se a globo ver q a Marina for atrapalhar o aecio ja ja vai sair cada coisa….

Responder

enganado

20 de agosto de 2014 às 23h04

A alegria da morte do Campos foi tanto, que a Marina Lacraia esqueceu de convidar um pessoal de pagode/axé/… para uma comemoração no velório. Cínica/dissimulada/falsa …

Responder

Gilda Jabaroca

20 de agosto de 2014 às 23h01

Essa Marina Silva é a mulher do vizinho?
Do vizinho Itaú?.
Do vizinho Natura?.
Do vizinho ONG´s?
De vizinhos que não se interessam ao mínimo pelo povo brasileiro e muito menos pelo seu desenvolvimento.
Cuidado com as sereias plantadas pelos lobbys internacionais que abastacem a imprensa nativa com dolares para nos chantagear e fazer terrorismo.

Responder

Gilda Jabaroca

20 de agosto de 2014 às 23h00

Rabelo denuncia fraude do marido da Marina Silva . https://www.youtube.com/watch?v=pCiVjcXBnC8

Responder

Valdir Porto

20 de agosto de 2014 às 20h03

OLHA A CARA DE FELICIDADE DE MARINA…CRUZES!!!

Responder

Deixe uma resposta