Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

Saiu o relatório completo do Datafolha

Por Miguel do Rosário

01 de setembro de 2014 : 17h06

1350457133_d768b598f5 (1)


 

O relatório completo da última pesquisa Datafolha, realizada nos dias 28 e 29 de agosto, que provocou uma onda de compreensível nervosismo em todas as campanhas (exceto na de Marina, onde gerou também compreensível entusiasmo), acaba de ser publicado.

É lamentável que, ao lado da absurda concentração midiática que experimentamos, ainda tenhamos esse outro problema: os institutos de pesquisa pertencem (ou são financiados por) aos mesmo grupos de mídia cuja concentração criticamos tanto.

Mas não posso fazer nada quanto a isso. As pessoas me perguntam sobre o Vox Populi. Pois é, mas o Vox Populi não publica os relatórios completos em seu site, e isso eu acho imperdoável.

Eu acho que o Datafolha e o Ibope são bons institutos de pesquisa. Só não confio neles porque, infelizmente, não posso confiar em nada que seja patrocinado pela Folha e, sobretudo, pela Globo.

Por outro lado, adotando uma postura panglossiana, nota-se um lado bom no fato da Globo, que patrocina Ibope e Datafolha, ser tão histericamente antipetista.

O lado bom é que, não havendo risco desses institutos serem tendenciosos em favor de Dilma Rousseff, podemos analisar os números com essa perspectiva. Se encontrarmos números positivos para Dilma, podemos ter certeza de que são reais. Isso ajuda muito na análise, especialmente quando o analista ensaia a difícil tarefa de manter a objetividade sem perder e sem esconder a sua própria opinião sobre os fatos.

Pois bem, a pesquisa foi considerada muito ruim para Dilma porque Marina abriu uma impressionante vantagem de dez pontos no segundo turno.

Do Aécio, nem se fala mais. É carta fora do baralho. Nem sei se será um apoio importante no segundo turno porque, se apoiar muito abertamente Marina, pode atrapalhar mais do que ajudar, visto que a maioria dos eleitores de Marina vieram de quem pensava em votar nulo, além do voto de protesto, que deverá ficar num nível bem acima da média vista nos últimos anos. Se Aécio aparecer ao lado de Marina, ela correrá riscos de perder o discurso da terceira via.

Além disso, os votos de Aécio não migram automaticamente para Marina, mesmo se Aécio a apoiar abertamente. Eleitor não é boi de rebanho que vota em quem seu candidato mandar.

Dito isso, vamos aos números.

Tanto Dilma como Marina já são amplamente conhecidas pela população. Dilma, por 99% dos entrevistados; Marina, por 94%. Então podemos fazer comparações bastante objetivas entre as duas em relação ao voto espontâneo.

ScreenHunter_4761 Sep. 01 15.17


 

O voto espontâneo tem a vantagem de captar um desejo mais firme do eleitor. Dilma experimentou uma alta de três pontos na votação espontânea e lidera as pesquisas com 27% das intenções de voto.

Marina vem em segundo lugar, com 22%.

A diferença, de 5 pontos, é significativa, porque a margem de erro é de 2 pontos percentuais. Portanto, foge até mesmo de um empate “técnico”.

Eu preparei uma tabela comparativa com os números dos votos espontâneos das duas pesquisas.

datafolha


 

Observe que Dilma cresceu, substancialmente, em todos os segmentos pesquisados. Inclusive entre aqueles mais problemáticos para ela: jovens entre 18 e 24 anos, pessoas com ensino superior completo, ricos, e habitantes das grandes cidades.  A presidenta ampliou sua votação espontânea em todos esses segmentos.

Dilma sofreu uma perda forte no segmento que recebe renda familiar entre 5 e 10 salários, mas o crescimento, também forte, entre as famílias que ganham mais de 10 salários, sinaliza que não houve nenhuma crise especial anti-Dilma entre os abastados.

*

A maior parte do eleitorado considera importante o horário eleitoral. E 53% tem muito ou algum interesse em assisti-los.

ScreenHunter_4762 Sep. 01 16.32


 

ScreenHunter_4763 Sep. 01 16.33


Na segmentação, observamos que os grupos de eleitores onde a presidenta se encontra em desvantagem, como a classe média e os eleitores mais instruídos, são os que revelam mais interesse em assistir ao horário eleitoral.

Junto ao segmento onde Dilma perdeu mais votos na espontânea, por exemplo, os eleitores com renda familiar entre 5 e 10 salários, o interesse pelo horário eleitoral gratuito na TV é de 61%!

Como a campanha eleitoral de Dilma é inegavelmente superior, em qualidade e tempo, a de outros candidatos, não será surpresa se ela ganhar eleitores nessa faixa.

horario


 

O problema de Dilma se concentra no segundo turno, e é grave.

2turno_data


 

A força de Dilma está na população mais pobre e no Nordeste, onde, mesmo assim, Marina conseguiu avançar bastante. Num segundo turno, Dilma ganha de 48 X 43 entre famílias com renda familiar até 2 salários, e de 52% a 41% no Nordeste. A petista também ganha no interior e nas cidades com até 50 mil habitantes.

Mas a presidenta terá que melhorar ainda muito a sua performance no Sudeste e nas cidades médias e grandes.

A principal força de Marina está concentrada nas famílias com renda mensal entre 5 e 10 salários: a ex-ministra tem 67% dos votos num segundo turno, contra 25% de Dilma.

Na segmentação por religião, para o segundo turno, vemos dados que explicam perfeitamente o pragmatismo eleitoral de Marina ao recuar das propostas de política gay. Observe que Dilma não caiu entre os católicos; ao contrário, até oscilou positivamente um ponto. Sua queda entre uma pesquisa e outra se concentrou entre os evangélicos e kardecistas.

 

ScreenHunter_4768 Sep. 01 16.49


 

Curiosamente, Dilma repete no segundo turno uma performance que já detectamos nos votos espontâneos no primeiro: ela cresceu fortemente entre as classes mais ricas, embora ainda se mantenha bastante atrás de Marina Silva. No segmento com renda acima de 10 salários, a vantagem de Marina, que era de 43 pontos no dia 15 de agosto, passou para 23 pontos no dia 29 do mesmo mês.

ScreenHunter_4769 Sep. 01 16.53


 

A rejeição à Dilma concentra-se principalmente entre os mais jovens e mais ricos, embora por razões, provavelmente, bastante distintas. Entre jovens entre 16 e 24 anos, a rejeição à Dilma chega a 41%. Entre os que possuem curso superior, é de 50%. A rejeição entre os pobres é baixa. Começa a crescer muito a partir das famílias com renda acima de 2 salários, até chegar a 53% entre os que ganham mais de 10 salários.

 

ScreenHunter_4770 Sep. 01 16.56


Abaixo, o relatório completo.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

27 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Márcio

06 de setembro de 2014 às 07h27

É suficiente um olhar breve no Brasil de ontem e no Brasil de hoje para percebermos que mudamos muito e continuamos a mudar para melhor. Burrice é retroceder.
Sigamos em frente Brasil !!!! DILMA POR MAIS 4 ANOS !!!!

Responder

tiao

04 de setembro de 2014 às 11h52

Tenho sessenta anos de idade,e apesar de ter andado muito durante a minha vida,jamais fui abordado por um pesquisador.E para deixar bem claro a minha posição: Voto Dilma,voto 13 !

Responder

Carmem Vitalino

02 de setembro de 2014 às 22h48

CONCORDO.

Responder

jacques noronha maia

02 de setembro de 2014 às 09h51

Os jovens e os alienados da mídia ( pig) também!

Responder

Deborah Teixeira

01 de setembro de 2014 às 23h52

Tenho que ser sincera: ou a Dilma melhora nos debates, ou ela perde feio da Marina.

Responder

    Carlos Roberto

    01 de setembro de 2014 às 21h48

    Note em 2010 Dilma não tardou para reconhecer e melhorar sensivelmente e da mesma forma que ela deu um nocaute em Aécio ela vai partir para cima de Marina no próximo encontro, não tenha dúvidas.

    Responder

laura

01 de setembro de 2014 às 20h34

Eu NAO acredito nessa porcaria. Pois esses Institutos ALTERAM SIM as pesquisas CONTRA DILMA e a favor de quem querem.

Responder

Ricardo

01 de setembro de 2014 às 20h29

Impressionante a variaçao entre os kardecistas. Honestamente, este dado deve estar furado com certeza.

Responder

Rui

01 de setembro de 2014 às 18h50

Já que o Miguel não confia no Datafolha e no Ibope (eu não entendo então porque ele perde tempo fazendo “análises” baseadas nas respectivas pesquisas), que tal reunir algumas dúzias de petralhas espalhados pelo país e fazer a própria pesquisa! Assim teríamos dados mais fidedignos, não é mesmo! A ideia está lançada!

Responder

    Miguel do Rosário

    01 de setembro de 2014 às 19h43

    Eu só confio nas urnas.

    Responder

      luiz mattos

      01 de setembro de 2014 às 19h49

      Petralha é tua mãe seu safado.

      Responder

        Cláudio

        01 de setembro de 2014 às 22h15

        Minha mão não é petralha, minha mãe é apartidária , mas tenho um primo petralha; é o fracassado da família. Pelo piti que você deu, deve ser o seu caso!

        Responder

      Luiz

      01 de setembro de 2014 às 19h56

      EU TAMBÉM !!!!!!!

      Responder

    Christiano Almeida

    01 de setembro de 2014 às 21h49

    Rui, numa boa, leia generosamente o blog do Sakamoto na uol do último domingo p.p. Dar-te-à uma idéia do que fizeste agora. Tu não lestes o texto não, homem de Deus? Vou escrever para que tu entendas (tá bom assim?): “… O lado bom é que, não havendo risco desses institutos serem tendenciosos em favor de Dilma Rousseff, podemos analisar os números com essa perspectiva. Se encontrarmos números positivos para Dilma, podemos ter certeza de que são reais. Isso ajuda muito na análise, especialmente quando o analista ensaia a difícil tarefa de manter a objetividade sem perder e sem esconder a sua própria opinião sobre os fatos…” Entendeu, ou não? Se não entendeu meu digníssimo, ora, ora, vai estudar um pouquinho interpretação de texto.

    Responder

      Rui

      02 de setembro de 2014 às 00h14

      Christiano, numa boa quem tem que estudar é você e não só interpretação de textos; gramática também, mais especificamente conjugação verbal. “Se (você) não entendeu (verbo usado na terceira pessoa do singular) meu digníssimo, ora, ora vai (tu)-(imperativo usado incorretamente na segunda pessoa)- estudar….”. O correto é ” se (você)não entendeu… vá (você) estudar…”, mas nem mandar corretamente alguém estudar, você sabe!E olha que na adolescência o estudo da língua portuguesa não era meu forte, hein!

      Responder

joao vr

01 de setembro de 2014 às 18h25

esta pesquisa sustenta quando disse num post passado que Dilma tem mais votos dos evangélicos que marina quando estavam dizendo q quem daria a vitória a marina seria os evangélicos. quero dizer aqui para quem pensa assim que o pastor quando fala em politica na igreja ele tira voto do candidato q ele apoia crente odeia que use a igreja pra politica se pastor pedir voto de cabresto ai que o voto não vem. igreja se fala de salvação de libertação e mudança de vida politica fala do portao pra fora marina tem muito voto de comoção do povo mas não totalmente dos evangélicos. falo por conhecimento de causa. e outra se marina tem esses votos ai a culpa e da mídia e do próprio governo pois tanto Miguel e muitos de nos falamos q a comuniçao do governo e de péssima qualidade.

Responder

Isabella

01 de setembro de 2014 às 18h16

Podemos saber em quais municipios esta pesquisa se realizou? Pois me disseram que foram municipios escolhidos à dedo aonde em 2010 o PSDB obteve maior votação…

Responder

    Luciana

    01 de setembro de 2014 às 22h21

    Pois é Isabella. Também fiquei com essa dúvida… e acho isso muito importante!!!

    Responder

    Vitor

    02 de setembro de 2014 às 11h48

    Também no achei! O IBOPE disponibilizou os municípios da pesquisa deles, mas do Datafolha eu não encontrei…

    Responder

JORGE CASADO

01 de setembro de 2014 às 17h44

NOVA POLÍTICA X VELHA POLÍTICA – (Por Jorge Casado)
O QUE É A “NOVA POLÍTICA DA MARINA”?? SERIA TIPO-AMAR É:
• Entregar a coordenação de sua campanha, “à herdeira do ITAÚ”, maior banco privado do país e o que mais demite? Com que finalidade? É questão de Gestão ou Diretriz?? Ou seria comprometimento, como em 2010 ?? E o mais preocupante, ela defende a moça, dizendo ser uma grande “Educadora”. É… Pode ser, (deve medir 1,85ms), e deve treinar os Gerentes de Agências nos processos de demissão !!!

• Anunciar aos 4 ventos e em 1ª mão, para os banqueiros, “Autonomia Total” do “Banco Central” e não deixar claro o que isso significa para o povo, para o país e para os trabalhadores em geral. Depois dizer durante anos à fio, ser radicalmente contra os transgênicos e ter um “Vice” do agronegócio, que mais lutou pela aprovação dessa Lei, como Deputado ??

• O Vice (Beto Albuquerque), declarar no domingo 31/08, que mesmo a Marina não tendo bancada para governar), irá mobilizar o povo e os BLACK-BLOCS, para pressionar o Congresso Nacional…Quer dizer, vai virar bagunça?? Isso tudo, depois de o Pastor (?) Mala-Faia (e faia muito, o Mala), pressioná-la para alterar no programa dela, o capítulo que garantia direitos aos homossexuais e o pior… ela obedeceu e mudou. O que esperar daqui pra frente?? GUERRA SANTA?? HOMENS BOMBA??… FANÁTICOS RELIGIOSOS SEM LIMITES ?? ISSO, COM CERTEZA, NÃO É COISA DA “PROVIDÊNCIA DIVINA” A QUE ELA TANTO SE REFERE!!!

• Declarar que “NÃO” irá priorizar o “PRÉ-SAL”, cujos lucros já estão destinados, pelo Governo, 75% para a “Educação” e 25% para a “Saúde” ???

• Utilizar em viagens de campanha, “Jatinho” emprestado, sem dono, sem lenço e sem documentos e envolvido até às ASAS em “Crime Eleitoral” e dizer que a responsabilidade, era do falecido?? “Haja Selfies” (jatinho visto algo parecido). ALIÁS… ALGUÉM JÁ VIU “CAIXA PRETA DE AVIÃO, DAR BRANCO”???

• Ironizar e minimizar, as realizações do atual governo, “totalmente voltado para a política social”, do qual participou por tantos anos…e compará-lo com o nefasto “governo FHC”, que nada fez pelo trabalhador, pelo salário e emprego e quase conseguiu entregar o País, após quebrá-lo por tres vezes?? Isso é brincadeira!!

• Se auto-intitular herdeira de CHICO MENDES, ser desmentida pela “filha” dele e pelos “Seringueiros” e ainda rotular o Chico Mendes de “Elite” ???

• Sair em carro aberto, de costas para o falecido Eduardo, acenando para o povo dele durante o féretro, após ser flagrada sorrindo, em três ocasiões no velório ??

• Por fim, AMAR É: Fazer “logotipo” de campanha, igual ao da Fundação Roberto Marinho (REDE GLOBO)!!! SISSI a Menina dos olhos DELES? ARRIÉGUA. NOCENTI ÚTIL NADA, ZOIÃO. NÓS NÃO PODEMOS PAGAR PRA VER!!!.

Responder

Carlos Roberto

01 de setembro de 2014 às 17h40

Notem o dia de voto é 05/10 portanto, Dilma tem tempo de televisão suficiente para convencer jovens e demais pois 53% tem interesse no horário eleitoral.
Dilma precisa dizer aos jovens que marina não sabe diferenciar trairá de sardinha,Marina tentou de todas as forma impedir a construção de belo monte com o único objetivo; deixar os jovens sem energia elétrica para seus celulares.

Responder

    Rui

    01 de setembro de 2014 às 18h56

    A ministra da Pesca petista, Ideli Salvatti(lembra-se dela!) também não sabia diferenciar UMA sardinha de uma tainha e foi ministra da PESCA. Agora eu lhe pergunto, nobre petista, quem você acha que deveria saber distinguir um peixe do outro! O presidente o ministro da PESCA, o pescado ou a dona de casa!

    Responder

Arthur Caria

01 de setembro de 2014 às 20h29

Pesquisa e lobby são coisas a serem extintas

Responder

Gilberto Sáfar

01 de setembro de 2014 às 20h26

Vale lembrar, que essa amostra, é de antes do recuo de Marina, e os LGBT, somam por volta de 15 milhões de votantes.

Responder

Fabio

01 de setembro de 2014 às 17h19

O erro de Dilma foi no ano passado, nas mega manifestações não ter feito nada para que as revindicações da juventude fossem ouvidas e implantadas.
Ficou um vazio e a impressão que nada mudou.
Eu voto Dilma e espero que a Marina não ganhe, seria um tenebroso retrocesso ao país.

Responder

    Rui

    01 de setembro de 2014 às 18h57

    Os petistas estão delirando. Acham que somente os jovens não vão votar em Dilma. Sabem de nada, inocentes!

    Responder

      Carlos Magno

      06 de setembro de 2014 às 21h43

      Rui,
      Tenho 90 anos – voto na Dilma, sabichão.

      Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina