31.03 Coletiva com o ministro da Saúde

Dilma venceu uma organização criminosa!

Por Miguel do Rosário

01 de dezembro de 2014 : 18h33

ScreenHunter_3044-Dec.-10-15.01

Perrela, o dono do helipóptero e seu amigão do peito, Aécio Neves. Sobre o que estão fazendo, não tenho a mínima ideia, nem quero saber.


 

Eis que o candidato derrotado Aécio Neves – e que, pelo jeito, ainda não se conformou com isso – dá uma entrevista à um programa da Globonews e diz que perdeu a eleição para uma “organização criminosa”.

Aécio tenta surfar, naturalmente, nas investigações da Petrobrás.

Quem ouve desprevenido poderá pensar que Aécio é o presidente da república e que foi no governo dele que a Polícia Federal resolveu investigar a fundo a corrupção nas estatais.

Ora, o que está acontecendo é mérito de Dilma, que nunca interferiu no trabalho da Polícia Federal. Dilma e Lula, porque ambos contrataram milhares de novos delegados federais e agentes da PF, e lhes deram liberdade. Liberdade inclusive política.

Em que outro governo, um grupo de delegados se sentiria livre para fazer festinha em Facebook com invectivas contra o governo?

É um excesso, claro, mas também reflete o clima de liberdade democrática.

É tanta liberdade que chega a flertar com o liberticismo suicida, visto que estes mesmos delegados são os responsáveis pela Lava Jato, uma operação importante, que já prendeu executivos e presidentes de empreiteiras, mas que vem eivada de irregularidades, como vazamentos seletivos para a grande imprensa de trechos de depoimentos sigilosos. Sempre em prejuízo da base aliada.

Mas, enfim, liberticida ou suicida, continua sendo liberdade.

A mesma coisa vale para o Ministério Público, para o Judiciário e para a mídia.

Como o PT não tem força ou presença nessas instâncias, não faz nem pode fazer pressão para abafar.

Com o PSDB, tudo sempre é abafado. Os procuradores esquecem os processos em gavetas. Os juízes estiram os processos por anos, até que prescrevem, e a mídia dá notinhas para cumprir tabela, mas não insiste, não acompanha, não faz editoriais para mobilizar a opinião pública, não se engaja.

E por que?

Porque sempre houve relações orgânicas, familiares, de classe, entre os donos do poder. Os políticos tucanos ou do DEM são parentes e amigos dos juízes e dos procuradores. Frequentam os mesmos restaurantes e fazem as mesmas viagens ao exterior.

Por isso são ídolos nas coxias dos aeroportos.

(E ficam nervosos com os pobres invadindo seu espaço).

Esse é o patrimonialismo denunciado por Raymondo Faoro, viu Gurgel?

Faoro não denunciou o patrimonialismo do PT, como você tentou vender na denúncia do mensalão.

Faoro denunciou o patrimonialismo das classes proprietárias, cujas posses vão minguando, então eles vão colocando seus filhos em cargos públicos para compensar a perda do poder econômico.

A elite então passa a dar mais valor a ocupação de cargos no judiciário, no ministério público, nos altos escalões da polícia, exército. Enfim, dos estamentos.

Por isso, a tese do Fabiano Santos é tão genial. A democracia está desinfetando a corrupção. O atrito entre as instituições, pondo Executivo de um lado, e Judiciário e MP de outro, criou uma independência que nunca havíamos visto.

O ódio político criou a independência que apenas a ética profissional não foi capaz de produzir.

O perigo, naturalmente, seria um novo golpe. Mas como a democracia parece bastante sólida, até por conta da existência, hoje, de uma base social muito mais consciente do que nos anos 60, a briga de poder entre os estamentos pode, no máximo, produzir arbítrios judiciais, como no caso do mensalão.

Mas não golpes de Estado.

*

Leio que o PT irá processar Aécio Neves pela frase proferida.

Ora, não basta!

A resposta tem de ser, sobretudo, política.

Aécio Neves tem de pagar politicamente por sua irresponsabilidade.

A mídia não cobra nada de Aécio Neves.

O tucano e a mídia tentam justificar a derrota depreciando a campanha de Dilma. Dizem que foi mentirosa, suja, etc.

Mentirosa, suja e bandida foi a campanha dele, de Aécio Neves!

A pistolagem midiática toda se uniu em prol do PSDB!

Se Aécio quer continuar a campanha, então vamos continuar.

Vamos lembrar que ele nomeou o próprio pai para a Cemig, que sua irmã cuidou das verbas para a mídia de Minas Gerais, incluindo aí a própria rádio da família, que foram construídos aeroportos, com recursos públicos, para uso particular.

Que ele empregou a parentalha toda no governo!

Que há podres em Claudio, relacionados a trafico de drogas, homicídios, ossadas humanas, que dão para encher vários aeroportos clandestinos!

E muitas outras coisas cabeludas que levantamos durante a campanha. Tudo sempre acompanhado de provas.

Quem se fia apenas em fonte anônima e delação de bandido é a Veja e a mídia corporativa.

Dilma venceu com apoio de uma grande base popular orgânica, que se mobilizou com muita força, sobretudo no segundo turno.

A Petrobrás acaba de criar uma diretoria especializada em combater a corrupção.

Como eu havia previsto, a estatal será modelo também nesse quesito.

Para isso, foi preciso um conjunto de circunstâncias.

O PSDB vendeu metade da Petrobrás na bolsa de Nova York, afundou a P-36 e aprovou leis que flexibilizavam a vigilância dos processos de licitação.

Mesmo com tudo isso, jamais acusaríamos os milhões de eleitores de Aécio Neves de “cúmplices”, como fez um dos âncoras da Globo, Alexandre Garcia.

Nem chamaríamos o PSDB de organização criminosa.

No entanto, podemos afirmar, como diz o título do post, que Dilma venceu uma organização criminosa: esse grupo social nojento que mistura marchadeiros da intervenção militar, udenistas histéricos, zumbis da mídia, colunistas racistas, âncoras da ditadura, fundamentalistas hipócritas, e uma mídia golpista cevada à sombra do regime militar.

As organizações criminosas que vivem da corrupção temem o PT, é claro.

Porque o PT não tem, como o PSDB, o poder de abafar escândalos.

O PT não teve força para impedir que houvesse corrupção na Petrobrás, e isso foi um erro do partido que ele está pagando, e caro; mas também não tem força para impedir a investigação contra a própria base aliada, e esta é uma fraqueza que convêm à nossa democracia.

É uma ironia típica de uma democracia. O ódio político que setores do Ministério Público, do Judiciário, da mídia, e da própria Polícia Federal, desenvolveram contra o PT, acaba se voltando em favor da democracia, ao aprofundarem investigações que, havendo outro partido no poder, jamais seriam aprofundadas.

O risco é a repetição do que ocorreu na Ação Penal 470. Que este ódio se transforme em arbítrio, que direitos de defesa sejam violados e que alguns réus sejam condenados sem provas.

Isso não interessa à democracia, em absoluto.

Pode ser o empreiteiro mais rico e mais cafajeste do país. Pode ser o político mais crápula. Sem provas, não se deve jamais condená-lo apenas porque a mídia quer, ou para vender ao povo que “agora os ricos e poderosos também vão para a cadeia”.

Na história mundial das ditaduras, sempre foi comum ver ricos e poderosos indo para a cadeia. Bastava não ser amigo do ditador da vez. No caso do Brasil hoje, basta não ser amigo dos tiranetes que controlam a mídia e o judiciário.

Sim, porque eles não incomodam, jamais, os amiguinhos da mídia.

A prova disso é que as mesmas empreiteiras flagradas agora pagando propina a diretores da Petrobrás também estavam envolvidas no buraco do metrô. As mesmas! Os mesmos executivos!

Não houve prisão de ninguém. Não houve delação premiada. Não houve nada.

E sete pessoas morreram!

A mesma coisa no afundamento da plataforma P-36, a maior do mundo, da Petrobrás.

Onze pessoas morreram. Não houve investigação decente, prisão, delação premiada. Nada!

Por que? Porque não atingia o PT.

*

Aécio Neves está cada vez mais embriagado por sua derrota.

O chamego dos ricos e da mídia à sua pessoa está lhe fazendo perder a prudência necessária para exercer a atividade política.

Ao invés de se preparar para ser um nome forte para 2018, Aécio continua apostando num terceiro turno agora, imposto pela força da mídia e dos tiozinhos nervosos que marcham na Paulista.

Isso é feio, candidato.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

36 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Surreal

26 de dezembro de 2014 às 11h25

O POVO QUER SABER… SE NÃO QUEREM OU NÃO PODEM CHEGAR NOS VERDADEIROS MAFIOSOS TUCANALHAS, CORRUPTOS SECULARES, VERDADEIROS LESA PÁTRIA, QUALQUER OPERAÇÃO DA PF CONTRA A CORRUPÇÃO SERÁ APENAS OPERAÇÃO POLÍTICA SEM SENTIDO E A JUSTIÇA CONTINUARÁ SENDO UMA BALANÇA MUITO DESEQUILIBRADA. O POVO QUER SABER… E OS MAFIOSOS CORRUPTOS TUCANALHAS SOLTOS??? SOLTOS DE INÚMERAS CPIS. ATÉ QUANDO??? ATÉ QUANDO OS CORRUPTOS TUCANALHAS VÃO CONTINUAR SENDO BLINDADOS PELOS JUÍZES E MÍDIA CÚMPLICE MERCENÁRIA??? O POVO QUER SABER. ATÉ QUANDO??? ATÉ QUANTO??? OU MUITAS EMPRESAS E POLÍTICOS VÃO PAGAR AS PENAS, MENOS O LÍDER DAS CORRUPÇÕES: O PSDB E SEUS PROTEGIDOS? E ATÉ QUANDO A MÍDIA ENTREGUISTA VAI TRAIR O BRASIL???

Responder

Antonio Bezerra da Silva

24 de dezembro de 2014 às 14h13

Ao ver pela 1ª vez o Cafezinho me apaixonei (amor à primeira vista. Parabens a todos que fazem esse belíssimo portal de notícias em que a maioria dos brasileiros, com certeza se conscientizará dos fatos relatados, cuja imprensa golpista não dá ênfase nenhum

Responder

Jorge

09 de dezembro de 2014 às 11h12

kkkkkkkkkkk rachei agora vendo o anuncio do iba no Cafezinho, anuncio de um tablet com a capa da veja

Responder

janio ieso

06 de dezembro de 2014 às 12h13

CRIMINOSO É ELE,QUE VEM ENGANANDO O POVO BRASILEIRO,DIGO OS BOBOS QUE VÃO ATRÁS DE SUAS LOROTAS,COMO A AJUDA DO PIG.

Responder

Fernando Costa

03 de dezembro de 2014 às 20h25

Lixo em estado puro de putrefação! Nunca tinha lido tanta bobagem. Quanto o PT lhe paga?

Responder

    Miguel do Rosário

    04 de dezembro de 2014 às 00h00

    Nada. Qto o PSDB lhe paga?

    Responder

renato

03 de dezembro de 2014 às 00h25

Por um momento, longo é claro.
Olhei eles com camisas de força.
Só faltou o SUS pegar e levar..
Acho que é por isto que eles deram
sumiço em bilhões de reais da saúde.

Responder

Amarilio Lopo Neto

02 de dezembro de 2014 às 17h50

Sou leitor assíduo deste Blog, a ponto de ao saber da tua presença em um debate em Brasília, ter feito questão de ti conhecer, Miguel do Rosário; oportunidade em que travamos curtos debates. Assim, sinto em casa para, pela primeira vez tecer comentários.
Cada vez que leio as noticias pela mídia, incluindo as trabalhadas neste sitio; reporto-me automaticamente aos saudosos Stnanislaw Ponte Preta; cronista do cotidiano brasileiro, que “sem querer querendo”( Bolaños) filosofaram em português( a musica do Caetano dizia ser necessário filosofar em alemão).
Este governo, que nos expusemos nas redes para defendê-lo, segue um roteiro de Wood Allen. As complexidades são tantas, e quando não as tem, por que não cria-las? A priori, não me venham com a ladainha infanto juvenil de dizer: “eu fiz , mas eles também fizeram”. Todas as vezes em que outorguei meu voto( foram todas as vezes) foi para que fosse celebrada a mudança de paradigmas; nunca para reproduzi-los; entretanto, o que percebo, é uma capacidade fabulosa da pratica de reciclar lixo( digo reciclar, mas não seria este o termo próprio, pois é na verdade travestir o lixo em algo reciclado); d’outa banda, vejo os algozes sem a legitimidade para exercer as criticas, soando-me como Satanás em plena pregação de quaresma.
O debate eleitoral se não foi rico de propostas; entretanto, aflorou o debate ideológico. Nesse processo, percebi que a adoção de politascas publicas inclusivas, sem a devida e necessária imersão em estudos de sociologia, história e geografia humana, não raro produz representantes da classe C e D, com ideologias da classe dominante ( Por falar neste assunto, vou ao Gregório de Mattos, quando á época afirmara o drama de alguns escravos libertos : não queriam se ver como classe dominada; queriam reproduzir ao seu modo conceitos e preconceitos da classe dominante, incluído a discriminação dos seus, ao tempo em que a classe dominante não os acolhia como membro do seleto clube) . Os Sindicatos, que poderiam ser um palco para a formação polituica, abdicaram do seu papel, e, não raro a comunicação entre seus pares é confusa e é pautada muito apenas nas reinvidicações classistas. A legitimidade dos representantes dos movimentos sociais ,a cada dia, vai sendo solapada, ora sob o argumento de ser “chapas pretas”, ora por perseguirem projetos políticos-partidarios individualistas. Esta eleição trouxe um suspiro: a sociedade quer participar, quer debater o seu futuro; entretanto fica a incógnita: com quem? Seria com o Chapolim Colorado? A Mula sem Cabeça? O Negrinho do Pastoreio? A Caipora ou com a Cuca?
Hoje, passado dias da eleição, deparo-me com noticias secas, ou seja, desprovidas sequer de cruas. As noticias deste governo chegam à grande massa pelas mídias tradicionais; as mesmas que foramcondenadas em época de eleição. Sinto falta da pessoa que eu me elegi falar com a nação. Tecer uma conversa seria, como lhe é peculiar, ao invés de deixar transparecer que o derrotado venceu.
Nomear industrial sem indústria; não convocar um interlocutor político sério e confiável, que tenha a estatura moral de, quando necessário, discordar da presidência, sem perda de respeito e a compostura é essencial para que um governo funcionar. O governo que passou, que também votei, deixou-me a impressão de que a nau era boa, a comandante inspirava respeito, mas que o astrolabo não funcionava. Confiante na comandante, persisti em reelegê-la.
Se o Stanislaw voltasse do mundo dos desencarnados e visse as ultimas noticias, certamente gargalharia em prantos. Indicar uma ferrenha adversária do pequeno agricultor com pompas de Lady Di é cena para humorístico de baixa qualidade, ainda mais, sem a nomeação conjunta do ministro equivalente a reforma agrária; oportunidade em que a chefe de governo daria o tom do seu programa de gestão. As noticias vagam a bel prazer da grande mídia, que, como demonstrado em campanha consegue vê e produzir fantasmas .
Este governo ainda não começou. Precisa começar.
Amarilio Lopo Neto

Responder

Amarilio Lopo Neto

02 de dezembro de 2014 às 13h21

Caros leitoes,

Nos dias de hoje não consigo me colocar como membro ou simpatizante de um partido. Recolhi-me ao pensamento ecohumanitário; talvz uma visão utopica de ver o mundo, onde se destaca a Figura do Francisco de Assis ( não é o papa). Sou de natureza ecumenica. Fiz este preambulo para situar-me dentro desta visão de mundo que o Brasil se encampa.

Gostop da Boa leitura, por isso me empenho em ler tanto o Nelson Rodrigues) aquele que fala da falsa moral do pequeno burgês), como o inesquecivel Stanislaw Ponte Preta. Abro aqui um parenteses para registrar a saudade que nuto pelo Stanislaw. O quão a sua inteligência nos seria perpicaz nos dias atuais.

Na Q

Responder

Roberto de Paulor

02 de dezembro de 2014 às 12h40

Os coxinhas reaças derrotados,continuam vomitando merda,para eles,só o desprezo,a inveja mata,são as e os,viúvas do FHC,o maior invejoso do LULA,DILMA,PT,não passam de medíocres políticos,PSDB,o partido + ficha suja do PAÍS.

Responder

Mauricio Gomes

02 de dezembro de 2014 às 11h57

E essa agora do PSDB entrar com questionamentos no TSE contra a prestação de contas da campanha da Dilma? Isso é nada mais, nada menos que tentativa de GOLPE que tem ser denunciada e respondida com fogo pesado por parte do PT. Esse moleque irresponsável do Aécio e sua trupe tucana já passaram de todos limites, tem que descarregar artilharia em cima desses pulhas golpistas e vendidos.

Responder

heli fonseca

02 de dezembro de 2014 às 10h42

Desde que eu acompanho seu blog, Miguel, este foi o mais brilhante de todos; ainda mais que você citou a obra fundamental da história brasileira, “Os donos do poder”. Mas precisamos de falar ainda em Capistrano de Abreu, José Honório Rodrigues, Caio Prado Jr, prof. Francisco Iglésias, Perdigão Malheiros, Celso Furtado e outros.
Gostei muito uma vez que você citou “Dos delitos e das penas” (Beccarias), na época do julgamento do “mensalão”.

De seu admirador, HELI FONSECA, de Marataízes(ES).

Responder

Marcel Camargo

02 de dezembro de 2014 às 10h18

Enfim, Petrobras – e a “lava-jatos” – sumiu dos noticiários. Se não sumiu, pelo menos deu um tempo. É óbvio, por razões políticas. Política de oposição, é claro. Palmas para eles. Afinal, quase ganharam as eleições. Importante que as investigações continuem; que todos, todos, os envolvidos tenham a devida punição. Importante que se estendam, e se investiguem também as eletros, bancos e telecons… Mas mais importante mesmo é entendermos o desenrolar dos acontecimentos para a formação sadia de opinião. Ações orquestradas de tempos em tempos, de modo arranjado e extremamente bem organizado, entre a grande mídia e os partidos de oposição, inflados por interesses especulativos ultraconservadores nacionais e internacionais, promovem os verdadeiros insultos à decência republicana e à, em construção, moral democrática no Brasil. Miguel, a organização criminosa são eles!!! Esses ratos têm muita grana pra gastar: são detentores de alguns dos maiores meios de produção; eles alinham a “política editorial” da vez. E os canais de distribuição são bem variados. A mensagem da hora é bater nas palavras “ladrão”, “impecheament”, falta de “legitimidade” e coisas do gênero. Provas? Não precisa. Então o magistrado vai à revista, on line, e de modo requintado, estardalha pra inglês ver; o acadêmico em sua coluna de jornal global late, late, coça, coça; o derrotado, que acha que ganhou, vai ao canal de notícias pago e sensacionaliza drasticamente; mais um punhado de coitados dão entrevistas em canal de TV estatal, em colunas de jornais do mesmo estado, em rádios dos conglomerados. O ex-presidente se deixa tirar algumas fotos e diz, gaguejando, algumas palavras de impacto, daquelas que a classe média reaça gosta de ouvir. Bonito mesmo é o corpo jurídico protocolando representações nos órgãos eleitorais. Daqui a pouco vem livros autografados por ministros (pra variar) e palestras no exterior, bancadas por empresários e think tanks brasileiros para denegrir… adivinhe o que… última chance… o seu próprio povo e país. É até um modo previsível de agir. Um tanto quanto baixo nível, inglório, mas bastante obstinado. Eles sabem que depois da tomada de contas, da diplomação e, enfim, da posse, não há mais o que se fazer. Enfim, este é o nosso contexto político em fins de 2014. Golpe? Não haverá. Se houver, o caos nas ruas se instalará. Economia e ambiente para negócios? Vai muito bem, obrigado. Agora, um clássico mesmo é a Petrobrás. É o filet mignon, a menina dos olhos! Em 2018, outro “escândalo” surgirá, no início do ano de preferência (sabe como é né: após o carnaval, antes da Copa, nos aquecimentos das propagandas eleitorais gratuitas…). Com CPI, holofotes, brigas em redes sociais, brindes com champanhes (aos gritos de “agora vai!”) e sentimento de “vergonha” e “não aguento mais” exteriorizado pelos senadores mais belos da Coisa Pública. Foi assim em 2006, 2010, 2014. No ínterim, a empresa bate recordes de produção e oscila entre a 4ª e 8ª maior exploradora e produtora de petróleo do mundo. Dúvidas sobre as próximas eleições? Difícil. Eles não têm decência para trabalhar pelo bem do país, por isso somente de tempos em tempos se manifestam. Se fossem bons mesmo, dariam um jeito de lavar roupas sujas, de botar a boca no trombone, de cortar a própria pele, de incentivar projetos transformacionais, de mandar investigar tudo e todos, de dialogar, por algo maior, por algo que valha realmente a pena; no caso, a formação de uma grande civilização tropical. Mas pra eles, é tomar o poder; demitir, recontratar, enxugar, segurar, abaixar a cabeça, especular, quebrar e, vender; vender, vender, vender, vender… a Petrobras. Chamar o PT de organização criminosa? Pô, convenhamos: hipocrisia né não?! Criminosos por criminosos então, eles são muito mais sofisticados. Só o povo que não dá muita bola…

Responder

luis castro

02 de dezembro de 2014 às 01h33

Eu fico lendo aqui a indignação de muitos com a passividade do PT e digo a estes que deste mato, o PT, não sai cachorro (reação). O PT é a imagem e semelhança de seu líder, Lula, líder sindical conciliador e avesso ao confronto, podem atacá-lo de todas as formas infames e dele não espere qualquer reação mais energética. Então vejamos, o PT vai completar 12 anos no poder e quem está na cadeia suas duas maiores referências políticas, José Dirceu e José Genoíno, o que o partido fez para impedir isso nada. Que adianta se está no poder se só petista vai pra cadeia, o juiz mais influente do STF é o Gilmar Mendes, todos os processos contra os adversários tucanos ou são esquecidos nas gavetas ou são arquivados e nem uma reação do PT contra isso acontece. Não adianta a presidenta dizer que a Operação tucana Lava Jato vai até as últimas consequências doa a quem doer, vai doer nos petistas como sempre, ou será que algum bobo acredita que uma investigação conduzida por um procurador tucano vai incriminar algum deles, incrimina sim mais um morto, senador pernambucano Sérgio Guerra. Por essa razão ciente da impunidade o candidato derrotado Aécio Neves já iniciou sua campanha para a eleição de 2018, com o apoio do PIG e do procurador paranaense, entrevistas ao longo desses 4 anos não lhe faltarão. O esquema está montado toda vez que o Aécio chamar o PT de organização criminosa, o Moro vaza para o PIG o envolvimento de mais um membro do PT na corrupção do Lava Jato. Processar só não adianta que eles contam com a morosidade da justiça e quando sorteado o processo sempre cai nas mãos de Gilmar Mendes. Não adianta se atacar o Zé Cardoso, da Justiça e Bernardo Plim Plim, das Comunicações, porque eles são apenas subordinados e foram ali colocados e espelham apenas a imagem acovardada do PT e de seus líderes autistas Lula e Dilma, que não se comunicam com suas bases e depois querem que a militância vá para as ruas apanhar dos coxinhas. Sem líder não há liderados. Que saudade do Brizola e de seus tijolaços

Responder

    José Ricardo Romero

    02 de dezembro de 2014 às 09h18

    Concordo com você, Luiz. Se me permite gostaria de acrescentar que é uma infantil ilusão acreditar que os poderosos, os empresários corruptores, agora vão para a cadeia. O judiciário e o ministério público do Paraná (do Paraná, senhores, diria o Gilmar Dantas)estão propositadamente cometendo todos os erros possíveis para deixar argumentos de impugnação das provas e acusações relacionadas aos empresários e empresas. Estas contratam escritórios de advocacia caríssimos, com advogados especializados em livrar a cara dos poderosos, e sairão impunes de todas estas acusações. Esta operação só tem o propósito, explícito, declarado, de lançar sobre o governo e sobre o PT uma nova onde de acusações e processos para minar suas forças e deixa-los acuados durante todo o 2º mandato, como aconteceu com o mensalão. Enquanto isso, você o disse muito bem, Lula e Dilma continuam autistas e o PT mixou a muito tempo.

    Responder

Messias Franca de Macedo

02 de dezembro de 2014 às 01h26

O dia em que os santos protetores de Minas abandonaram Aécio

SEG, 01/12/2014 – 12:04

Por jornalista Luis Nassif

(…)
E Aécio, que era bom em política; em conspiração mostrou-se um aprendiz. Só um amadorismo exemplar para explicar essa campanha carbonária para propor abertamente a guerra política.
Serra sabe que, em todo momento de catarse, a fúria deflagrada volta-se contra seus criadores. Desde a Revolução Francesa, é uma máxima histórica. Agora, enquanto Serra se recollhe e articula nos bastidores com seu amigo Gilmar Mendes, Aécio dá a cara para bater.
Vez por outra, Aécio tem pesadelos horríveis com a gaveta da escrivaninha de Roberto Gurgel sendo aberta e dela saltando o número cabalístico 2009.51.01.813801-0. São as benzedeiras de Minas alertando o filho dileto. Mas Aécio faz ouvidos moucos, enquanto os fantasmas protetores de Minas gradativamente vão se afastando da sua vida.
Ontem, ao declarar-se derrotado por uma “organização criminosa” Aécio abdicou definitivamente de Minas.

FONTE: http://jornalggn.com.br/noticia/o-dia-em-que-os-santos-protetores-de-minas-abandonaram-aecio#comment-522368

Responder

enganado

02 de dezembro de 2014 às 00h48

O titulo correto:”Dilma venceu DE uma organização criminosa! A Direita do BRASIL”. Vou apenas nomear o que escrevo há tempos!
1) o BRASIL tem DONOS: GAFE+rede bunderantes_DB; PF_DB/DEM; STF_DB/DEM; Forças Armadas_DB/DEM; Banca Internacional Anglo Sionista instalada nos EUA/iSSrael; Imprensa-Empresa-Press_tituta-Anglo Sionista com sede nos EUA/iSSrael; CIA; NSA; MOSSAD;
2) “o BRASIL não é para principiantes (Tom Jobim)”, isto serve para nós mortais/Nordestinos/Cariocas/Mineiros/Trabalhadores/Pobres/Prostitutas/Pretos/Petistas/Votantes no PT/Desgraçados/Favelados/Retirantes do Sertão/… etc;
3) As Leis da CONSTITUIÇÃO não se aplicam em qualquer caso, circunstâncias, AOS privilegiados de TODA, TODA, TODA DIREITA. Tem alguém preso da Direita? NENHUM, sob qualquer hipótese! Pergunto: Alguém acha que o FHC algum vai para cadeia por ROUBO? NUNCA, JAMAIS! Pra que servem STF_DB e Forças Armadas_DB? Respondam! de sã consciência. É mais fácil matarem(assassinarem-crime por encomenda da Direita)o LULA e a DILMA e por serem Bolivarianos=Comunista. Pois podem começar acreditar em tal evento!
4) o BRASIL “Não é país para Pobres”, é um País para quem ROUBA/MENTE/DESTROI/ESCRAVIZA/MALTRATA POBRES/DEGRADA, POBRES/ZOMBA DOS POBRES/RICOS/ARROGANTES/AMERICANÓFILOS/OS QUE TEM VERGONHA DE SER BRASILEIROS/CORRUPTORES/HUMILHA POBRES/Trabalhem no Grupo da gRobo… etc;
5) Desde 1500 ATÉ 2002, NUNCA houve roubo da DIREITA, quem ROUBA no BRASIL é o PT/LULA/DILMA.
6) Estou repetindo a ladainha que faço sempre, para fazer crer que, aquilo que escrevo aqui, é chato e repetitivo mas é a verdade, pois minha ficha já caiu a séculos. Pergunto: Se existisse Leis para a Direita, dúvido que o Aético diria essas coisas. Vou mais além, qdo digo que só dando porrada na cara dele, pode ser que tenha respeito por alguém. O Aópio não pensa, quem manda no BRASIL para esse vagabundo ainda são os coronéis do sertão, agora usando outras fardas: Becas/martelo de madeira/fardas verdes-azuis-brancas/PM’s/vovô/amigos do vovô/papai amigo dos militares de 1964/banqueiros Internacionais/FIESP/BRADESCO/ITAÚ/…;

A redação da reportagem é perfeita, IRREPARÁVEL/IRRETOCÁVEL, então tudo que me canso de escrever se encaixa perfeitamente aos atores. Pergunto a todos os leitores e participantes do Blog: ““O AECÍNICO VAI SOFRER ALGUMA PUNIÇÃO PELO QUE DECLAROU?””. Preciso responder?!? Com uma toga de GILMAR MENDES-MARINHO, DIAS TOFOLY, MARCO AURÉLIO DE MELLO, UMA JUIZECA QUE NÃO SEI NOME, STF_DB, PF_DB… . Podem esquecer punição! Conhecem PIZZA? Não! Então vão passar a conhecer. Vou mais longe! Ainda vai processar o PT, por danos morais e vai ganhar! E nós=cidadão-contribuinte-eleitor ainda vamos pagar ao Cheirador da Direita. Aviso o GOLPE está apenas COMEÇANDO, aguardem! A gRobo agora começa as 5 horas da manhã a lavagem cerebral do trabalhador para ter motivos de dar o GOLPE. Esse pessoal da Direita pensa que a gente é burro. Pois fiquem sabendo que usamos o cérebro e vocês a grana e truculência como armas, mas não convencem! Raça de ladrões!

Responder

Messias Franca de Macedo

02 de dezembro de 2014 às 00h33

Ô’Never’, entenda o que é organização criminosa II

###############################

O escândalo do Banestado

Seção ‘Opinião’ – Editorial

FONTE, pasme: jornal ‘O Estado de São Paulo’

Um dos escândalos mais notórios na escabrosa memória do furto de dinheiro público no Brasil – tornado conhecido pela sigla da instituição financeira lesada, o Banco do Estado do Paraná (Banestado), que era público e foi privatizado em 2000 – está se encaminhando para dar em nada. Ou, como se diz, “acabar em pizza”. Decisão adotada em 19 de março pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) extinguiu as penas prescritas de 7 dos 14 ex-dirigentes da instituição condenados pela remessa fraudulenta de R$ 2,4 bilhões ao exterior nos anos 90.
Em 2003, uma força-tarefa investigou o esquema que transferia para paraísos fiscais os lucros da corrupção e do tráfico de drogas por meio de depósitos de doleiros em contas de laranjas e nas chamadas contas CC5 criadas para permitir transferência para o exterior. O ex-gerente de câmbio do Banestado na agência de Foz do Iguaçu, na fronteira com Argentina e Paraguai, Bendito Barbosa Neto, que passou 21 dias na cadeia em Curitiba e teve agora a própria pena prescrita, classificou a atuação do Banco Central (BC) no caso de “permissiva”. Ele, cujo trabalho era informar o BC de todas as transações, justificou o uso da acusação com uma constatação: “O BC fez mudanças na lei, permitindo que qualquer pessoa fizesse depósitos em contas CC5 sem exigir comprovação da capacidade financeira”. E mais: o encarregado de vigiar o uso da moeda corrente no País, segundo ele, “poderia bloquear as operações a qualquer momento, mas não fez isso”.
(…)

http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,o-escandalo-do-banestado-imp-,1025246

Responder

Messias Franca de Macedo

02 de dezembro de 2014 às 00h25

Ô’Never’! Ô D´ÁVILA! Entendam o que é organização criminosa I

########################

JUSTIÇA ELEITORAL CONFERE “TÍTULO” INÉDITO AO PSDB: O PARTIDO MAIS CORRUPTO DO BRASIL

25/09/2014 –

ANÁLISE DOS 317 POLÍTICOS BRASILEIROS QUE FORAM IMPEDIDOS DE SE CANDIDATAR PELA LEI FICHA LIMPA TRAZ UMA DESCOBERTA INTERESSANTE: O PSDB É O PARTIDO POLÍTICO MAIS SUJO DO BRASIL. VEJA O RANKING

Os TREs (Tribunais Regionais Eleitorais) barraram até agora a candidatura de 317 políticos com base na Lei da Ficha Limpa, de acordo com levantamento feito nos 27 Estados do país.

Entre esses fichas-sujas, 53 estão no Estado de SP.

Na divisão por partido, o PSDB é o que possui a maior “bancada” de barrados, com 56 candidatos –o equivalente a 3,5% dos tucanos que disputam. O PMDB vem logo atrás (49). O PT aparece na oitava posição, com 18 –1% do total de seus postulantes.

FONTE: TSE

e também aqui:

http://www.anonymousbrasil.com/brasil/tse-divulga-ranking-de-corrupcao-de-partidos-entre-2000-2009/

Responder

Raul Luedemann

02 de dezembro de 2014 às 02h13

É vero.

Responder

Raul Luedemann

02 de dezembro de 2014 às 02h10

Ahahaha…

Responder

Ana Lucia Anaissi

02 de dezembro de 2014 às 02h05

Venceu várias organizações criminosas! E ainda tem que se desvencilhar de outras.

Responder

Eduardo Oliveira

01 de dezembro de 2014 às 23h10

O deapertar nesses casos não tem saída nem fugas geográficas. A intolerância conservadora incorporou nessa criatura ao ponto de negar o sufrágio em mais de 3.527municípios! Perda de juízo, imprudência ou intolerância? Vamos Trabalhar rapaz pois tuas arestas falam por vós.

Responder

Cidadão

01 de dezembro de 2014 às 22h58

O que fizeram com os grevistas do IBGE?
http://assibge.org.br/en/index.php/fotos/item/1117-fotos-da-entrega-do-documento-no-diret%C3%B3rio-do-pt

Responder

Marivaldo

01 de dezembro de 2014 às 22h22

Leia o artigo de Tarciso de Moraes, um funcionário aposentado da Petrobrás cujo título é: “O PT, a Petrobrás e o calvário com a grande imprensa”:

http://www.geraldojose.com.br/index.php?sessao=noticia&cod_noticia=57724

Responder

marco

01 de dezembro de 2014 às 21h49

Grande matéria.Cabe difundi-la intensamente.

Responder

C.Paoliello

01 de dezembro de 2014 às 21h40

Quem tiver acesso ao NovoJornal, que aécio tirou de circulação porquê denunciava (com provas documentais) os horrores do aecismo, verá que o que está dito acima é apenas a ponta de um imenso iceberg de corrupção que vem grassando no governo de MG nos últimos 12 anos.

Responder

roberto

01 de dezembro de 2014 às 20h28

Não basta processar, tem que tambem atacar. Mostrar toda a pilantragem.

Responder

Marcelo

01 de dezembro de 2014 às 20h15

“Leio que o PT irá processar Aécio Neves pela frase proferida.” Vai ser mais um processo que não vai dar em nada. Por falar nisso, Dilma e Lula já iniciaram o processo contra Veja? Acho que não, né! e nem vão processar. Esse vai ser mais um dos processos de mentirinha que o PT vai iniciar. Os advogados do partido sabem o significado de “exceção da verdade” e sabem que nenhum juiz, talvez com exceção do Enrolowisk, vai ter a cara de pau de condenar quem diga que o PT é partido de ladrões!

Responder

    Miguel do Rosário

    02 de dezembro de 2014 às 02h05

    Me diga. Segundo este conceito, qual partido médio e grande para cima não pode ser chamado de “partido de ladrões”? Minha preocupação não é com o crime, é com a maneira desclassificada e baixa de debater política. Que moral tem Aécio Neves para dizer que “venceu uma organização criminosa”? Além do mais, quem venceu não foi apenas a Dilma, foi a maioria do povo brasileiro. Ele desrespeitou a soberania do povo. Nada surpreendente para um filhote (literalmente, já que seu pai era deputado da ditadura e lhe deu emprego nela) da ditadura.

    Responder

      Vitor

      02 de dezembro de 2014 às 10h44

      Nessa eu concordo com você. O PSDB não tem moral nenhuma para falar do PT, por pior que este tb seja…

      Responder

      Marcelo

      02 de dezembro de 2014 às 14h57

      Ah bom. Pensei que você ia dizer que o PT não é um organização criminosa!

      Responder

Maria Olimpia Junqueira Mancini Netto

01 de dezembro de 2014 às 21h13

Sem dúvida…

Responder

Mauricio Gomes

01 de dezembro de 2014 às 19h03

Miguel,

E aquela famosa lista de Furnas, em que o nome do Aécio aparece? Nunca mais falou-se disso. E também aquela obra faraônica em MG, jocosamente apelidada de Aeciolândia? E tem mais, quantas sessões este canalha compareceu esse ano no Senado? Soltar notinha e dizer que vai processar não basta, haja visto o episódio da Veja que até agora não teve direito de resposta adequado. Até quando iremos ver tanta covardia? Basta sacudir essa “árvore” que as maçãs podres irão cair aos montes. Coragem Dilma!

Responder

Marcao Heleno

01 de dezembro de 2014 às 20h56

EdBolinha, EdEsbórnia e EdChuchu. Faltou o chefe Alcapóne Aécio.

Responder

verita

01 de dezembro de 2014 às 18h49

Acho que ele surrou! Vaidade, medo ou os dois. Aqui em minas não consegue mais nada. Mineiro não aceita este tipo de coisa

Responder

Deixe uma resposta