Ato em defesa da imprensa

Especulações conspiratórias sobre a Lava Jato

Por Miguel do Rosário

02 de março de 2015 : 17h05

netosampaio-veja-golpe-contra-dilma-lula-democracia-bandida (1)


 

Siga o dinheiro, pensei comigo mesmo, e entrei no site Donos do Congresso, para verificar quem foram os principais doadores para o senador Alvaro Dias, do Paraná.

Pensei em Alvaro Dias por causa de suas antigas relações com o doleiro Alberto Youssef. Na campanha de 1998, Dias andava para lá e para cá no jatinho do doleiro.

Como é tucano, porém, não houve problema, nem na época nem agora.

Dias é da mesma região de Sergio Moro e Alberto Youssef, e se há uma conspiração na maneira como a Lava Jato passou a ser tocada, o senador provavelmente está envolvido.

Outra figura central na conspiração é o advogado de Youssef, o doutor Antonio Augusto Lopes Figueiredo Basto, que tem feito astutas dobradinhas com a mídia.

Sempre que alguém próximo a Alberto Youssef faz denúncias envolvendo o PSDB, Basto trata de ocupar todos os jornais com veementes negativas.

O exemplo mais notório é de Leonardo Meirelles, o laranja de Youssef. Meirelles afirmou que Youssef operava para o PSDB. A mídia deu a informação, mas logo em seguida a neutralizou com negativas frenéticas do advogado de Youssef.

A Lava Jato começou investigando, como o nome diz, esquemas de lavagem de dinheiro.

Quando esbarrou em contratos da Petrobrás, porém, mudou completamente de direção e passou a ser instrumentalizada como uma arma da oposição contra o governo.

Aí teria começado o que tomo a liberdade para chamar de conspiração.

Quando o uso o termo, não penso em “illuminatis”, nem em algo parecido ao Protocolo dos Sábios de Sião.

Todas as forças políticas conspiram, de uma forma ou de outra. É normal. Se não gostar do termo, use “operação política”.

A coisa só não é normal quando envolve, por exemplo, a manipulação desonesta de um processo legal, através de aparelhos do Estado, como o Ministério Público, setores da PF e membros do Judiciário.

Também não é normal quando a imprensa, organizada num regime de cartel ideológico, passa a promover uma perseguição unitaleral a um campo, lançando mão dos instrumentos mais sujos à sua disposição: não promove um debate plural, estimula o linchamento, não dá o contraponto; age, em suma, com o mesmo espírito panfletário de um jornalzinho radical editado por extremistas.

Uma conspiração política envolve um conjunto de agentes, nem todos necessariamente conscientes dos métodos usados, mas unidos em torno do objetivo central.

No presente caso, o objetivo central é derrubar a presidenta Dilma, criminalizar o PT e destruir politicamente o ex-presidente Lula.

O principal doador de Alvaro Dias é o homem mais rico do Paraná e um dos mais ricos do país, o empresário Joel Malucelli.

Em 2014, Malucelli doou, através de duas de suas empresas, quase R$ 1,3 milhão a Alvaro Dias.

ScreenHunter_5536 Mar. 02 14.58


 

Malucelli atua pesadamente no ramo da construção civil, incluindo concessões públicas de estradas, hidrelétricas, aterros sanitários, etc.

Aí eu descobri algumas coincidências curiosas.

A mídia procura abafar essa informação, mas a gente a tem repetido. Antonio Augusto Lopes Figueiredo Basto, advogado de Alberto Youssef, foi conselheiro da Sanepar, estatal do Paraná, por um bocado de tempo (sempre durante governos tucanos).

Nesse período, achei um processo, onde consta apenas a sua assinatura, no qual Basto homologa a vitória de uma empresa de Joel Malucelli numa licitação para a estatal.

Aparentemente não há nada demais, mas acredito que devemos divulgar esse tipo de coincidência, quando aparecer. Se o caso envolvesse um petista, iria para a capa dos jornalões, em tom de denúncia. Aqui a gente tenta divulgar com prudência.

Numa ata de 2011, Basto aprova um contrato da Malucelli Seguradora, no valor de R$ 1,6 milhão, para um “seguro de garantia judicial” da Sanepar.

sanepar


Em 2014, Joel Malucelli tentou ser candidato a governador pelo PSD. Ao cabo, porém, o partido se coligou ao PSDB de Beto Richa, que venceu no primeiro turno.

O principal patrocinador do PSD do Paraná foi o próprio Joel: doou R$ 3,45 milhões para o PSD em 2014.

Malucelli também é dono das repetidoras da TV Bandeirantes do Paraná; e das principais rádios integrantes do Sistema Globo, CBN e Rádio Globo.

Outra construtora fortemente ligada ao PSDB, que teria bastante interesse em ver as grandes empreiteiras destruídas, é a Valadares Gontijo, que doou, através de uma de suas herdeiras, Ana Maria Baeta Valadares Gontijo, mais de R$ 16 milhões para o PSDB, em 2010.

ScreenHunter_5539 Mar. 03 14.56


 

O valor é bem superior à doação de qualquer outra empreiteira ao PSDB, ou a qualquer partido.

É também a doação individual mais alta já feita no país, em qualquer época.

Doações individuais muito altas, em geral, são feitas por doadores-candidatos, o que não é o caso de Ana Maria.

Malucelli e Valadares Gontijo, portanto, são os primeiros suspeitos de integrarem o elo financeiro de uma conspiração que pode lucrar, e muito com os desdobramentos da Lava Jato.

Em novembro de 2013, a JMalucelli anuncia o maior contrato da história da construtora, R$ 800 milhões, para participar das obras da hidrelétrica de Jirau, substituindo a Camargo Correa, cujas relações com o Consórcio Energia Sustentável do Brasil, controlador da Jirau, haviam “azedado”.

A informação confirma que a JMalucelli, cujo dono é suplente do senador Alvaro Dias, além de seu maior doador, tende a ser uma das principais beneficiadas com a destruição das empreiteiras acusadas na Lava Jato.

O grupo Malucelli possui, dentre dezenas de empresas, um importante banco, o Paraná Banco, que registrou um lucro líquido de R$ 150,2 milhões em 2014, alta de 15% sobre o ano anterior. Os ativos totais do banco totalizaram R$ 6,1 bilhões ao final do ano passado, avanço de 25%.

Possivelmente, o Paraná Banco, que trabalha principalmente com oferta de crédito para o funcionalismo público do estado, foi um dos grandes beneficiados com o desaparecimento do Banestado, o banco público do Paraná, vendido para o Itaú por uma bagatela.

O Banestado foi destruído após o saque promovido por sucessivos governos demotucanos.

Mais tarde, o juiz Sergio Moro – mais coincidências –  seria o responsável por julgar os desdobramentos penais do escândalo Banestado, que tinha como pivô o mesmo Alberto Youssef.

As relações de Joel Malucelli com a Globo, sua rede de relações no Paraná, sua ligação orgânica com o PSDB, fazem dele um dos principais suspeitos de integrar o núcleo de uma operação política para derrubar Dilma Roussef.

Essa é uma investigação, de qualquer forma, que está só começando.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

75 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Anônimo

21 de junho de 2015 às 12h07

Porque não usarem todo esse tempo perdido nessas investigações e (etc) para melhorias ao nosso Brasil?.
Quanto tempo perdido.
quantas coisas a ser feito e esse povo brindo de ser político.
Gente, bola pra frente vamos fiscalizar de agora em diante!.
O que passou passou.
políticos, juntem se vamos governar o país em vez de críticas um ao outro.
Precisamos de vocês.
Deus permitiu que vocês chegacem até aí então facão a diferença pliase.
deixa que a gente escolher o próximos governantes.

Por favor.

Nós Brasileiros estamos contando com vocês.

Responder

Gilson Fubá

03 de março de 2015 às 22h21

Parabéns. Jornalismo investigativo é isto. O resto é papagaio de plantão. Estou propagando como posso e na expectativa de novos “capítulos”.

Responder

Paulo Ferreira Damasceno Filho

03 de março de 2015 às 19h04

É só puxar o fio da meada e investigar as perigosas ligações entre público e privado patrocinadas pelos tucanalhas, sem que nada venha à tona, graças ao criminoso silêncio da mídia e um judiciário que afronta qualquer garantia processual, vazando seletivamente qualquer indício baseado em “ouvir dizer” desde que sirva de munição contra Dilma e o PT.

Responder

Valmont

03 de março de 2015 às 15h48

Há evidências de que Malucelli e Moro têm relações de parentesco, além de serem famílias tradicionais da mesma região.

http://www.jornali9.com/noticias/denuncia/informante-da-lava-jato-e-suplente-de-dias-parente-de-moro-e-dono-da-globo-pr#.VPH-zS4PDx8.facebook

Responder

    Miguel do Rosário

    03 de março de 2015 às 16h01

    isso é bobagem. tem milhões de malucelli e milhões de moro no paraná.

    Responder

      José Luis Pereira

      03 de março de 2015 às 16h39

      Como são tucanos, trata-se, evidentemente, de uma coincidência…

      Responder

Odair Martins

03 de março de 2015 às 15h28

VOLTOU A INFLAÇÃO: AFETA MAIS O ASSALARIADO;
CORTE DE GASTOS: OS PENSIONISTAS E O SEGURO DESEMPREGO PAGA;
FALA-SE AGORA EM AUMENTAR A IDADE PARA APOSENTADORIA;
VOLTA A INFLAÇÃO: AUMENTA-SE A TAXA DE JUROS;
NAÇÃO EDUCADORA: DIMINUI-SE O FIES?????

Responder

fernando perchin

03 de março de 2015 às 15h19

Dia 23/02/2015 depositei na conta do Miguel R$190,00 ,na caixa econômica federal,referente 12 meses de assinatura do blog,estou esperando a senha meu email:fernandoperchin@hotmail.com

Responder

    Miguel do Rosário

    03 de março de 2015 às 16h06

    Fernando, já identifiquei sua assinatura. A Monica vai lhe enviar.

    Responder

Carlos

03 de março de 2015 às 15h07

O MITO DA CAVERNA DE PLATÃO E A REDE GLOBO

Este breve artigo tenta fazer um paralelo entre a obra A República, Livro VII, do filósofo grego Platão, e atuação do oligopólio midiático brasileiro com a liderança da Rede Globo.
Primeiramente, vejamos a atuação desse oligopólio a respeito dos diversos fatos criminosos que envolvem várias autoridades brasileiras, dos mais variados partidos políticos.
Recordemos os mensalões, o petista e o tucano. No chamado mensalão petista, a grande mídia tornou o caso uma novela de horário nobre, fazendo barba, cabelo e bigode, o que culminou com a condenação de líderes petistas sem prova, devido à aplicação de forma indevida da famigerada Teoria do Domínio do Fato, a qual exige prova do efetivo domínio da situação para a sua aplicação. Ressalte-se que a única “prova” contra José Dirceu foi o depoimento do corréu Roberto Jefferson (De acordo com a jurisprudência penal brasileira ninguém pode ser condenado com base, unicamente, em depoimento de corréu; porém a jurisprudência foi ignorada devido à grande pressão da opinião publicada, o que é diferente da opinião pública).
Não esqueçamos que o julgamento foi concentrado no Supremo Tribunal Federal, julgando quem tinha e quem não tinha foro privilegiado.
Contrariando tudo que ocorrera com o mensalão petista, no mensalão tucano, o qual houve provas concretas, pois a Polícia Federal, em escutas telefônicas, flagrou deputados confessando que receberam R$ 200.000,00 para votarem pela Emenda Constitucional da Reeleição de FHC, a nossa gloriosa mídia familiar não deu o devida atenção ao caso. Lembremos que no mensalão petista o caso virou uma novela diária. O mensalão tucano terminou com a impunidade de sempre, começando pelo desmembramento do processo e envio dos autos para a primeira instância e só. Ressalte-se que a compra da reeleição se deu no ano de 1998, ao passo que a suposta compra de votos pelo PT se deu em 2002.
Vejamos outros casos já bastante conhecidos da blogosfera, em relação aos quais há tratamento extremamente diferenciado da mídia porque envolve, direta ou indiretamente, tucanos: compra da reeleição de FHC, privataria tucana; caso SIVAM; helicóptero do pó (imagina o que meia tonelada de cocaína causaria na Indonésia); aeroporto de Cláudio/MG; metrô de SP; crise da água em SP; roubalheira na Petrobrás no tempo FHC; lista de FURNAS; sonegação BILIONÁRIA da rede BOBO (este caso por motivos óbvios) etc.
E o que tudo isso tem a ver com a obra de Platão? Vamos a ela, pois! (ressalte-se que a obra é escrita em forma de diálogo)
“CAPÍTULO VII do Livro A República. (…) Em seguida – continuei -, imagina a nossa natureza, relativamente à educação ou à sua falta, de acordo com a seguinte experiência. Suponhamos uns homens numa habitação subterrânea em forma de caverna, com uma entrada aberta para a luz, que se estende a todo o comprimento dessa gruta. Estão lá dentro desde a infância, algemados de pernas e pescoços, de tal maneira que só lhes é dado permanecer no mesmo lugar e olhar em frente; são incapazes de voltar a cabeça, por causa dos grilhões; serve-lhes de iluminação um fogo que se queima ao longe, numa elevação, por detrás deles; entre a fogueira e os prisioneiros há um caminho ascendente, ao longo do qual se construiu um pequeno muro, no gênero dos tapumes que os homens dos “robertos” colocam diante do público, para mostrarem as suas habilidades por cima deles.
– Eu os vejo – disse ele.
– Veja também ao longo deste muro homens que transportam toda a espécie de objetos, que o ultrapassam: estatuetas de homens e de animais, de pedra e de madeira, de toda a espécie de lavor, como é natural, dos que os transportam, uns falam, outros seguem calados.
– Estranho quadro e estranhos prisioneiros são esses de que tu falas – observou ele.
– Semelhantes a nós – continuei. – Em primeiro lugar, pensas que, nestas condições, eles tenham visto, de si mesmo e dos outros, algo mais que as sombras projetadas pelo fogo na parede oposta da caverna?
– Como não – respondeu ele -, se são forçados a manter sempre a cabeça imóvel?
– E os objetos transportados? Não se passa o mesmo com eles?
– Sem dúvida.
– Então, se eles fossem capazes de conversar uns com os outros, não te parece que eles julgariam estar a nomear objetos reais, quando designavam o que viam?
– Realmente.
– E se a prisão tivesse também um eco na parede do fundo? Quando algum dos transeuntes falasse, não te parece que eles não julgariam outra coisa, senão que era a voz da sombra que passava?
– Por Zeus, que sim!
– De qualquer modo – afirmei -, pessoas nessa condições não pensavam que a realidade fosse senão a sombra dos objetos.
– Exatamente – disse ele.
– Considera pois – continuei – o que aconteceria se eles fossem soltos das cadeias e curados da sua ignorância, para ver se, regressados à sua natureza, as coisas se passavam deste modo. Logo que alguém soltasse um deles, e o forçasse a endireitar-se de repente, a voltar o pescoço, a andar e a olhar para a luz, ao fazer tudo isso, sentiria dor, e o deslumbramento impedi-lo-ia de fixar os objetos cujas sombras via outrora. Que julgas tu que ele diria, se alguém lhe afirmasse que até então ele só vira coisas vãs, ao passo que agora estava mais perto da realidade e via de verdade, voltado para objetos mais reais? E se ainda, mostrando-lhe cada um desses objetos que passavam, o forçassem com perguntas a dizer o que era? Não te parece que ele se veria em dificuldades e suporia que os objetos vistos outrora eram mais reais do que os que agora lhe mostrava?
– Sem dúvida – afirmou.
– Portanto, se alguém o forçasse a olhar para a própria luz, doer-lhe-iam os olhos e voltar-se-ia, para buscar refúgio junto dos objetos para os quais podia olhar, e julgaria ainda que estes eram na verdade mais nítidos do que os que lhe mostravam?
– Seria assim – disse ele.
– E se o arrancassem dali à força e o fizessem subir o caminho rude e íngreme, e não o deixassem fugir antes de o arrastarem até à luz do Sol, não seria natural que ele se doesse e agastasse, por ser assim arrastado, e, depois de chegar à luz, com os olhos deslumbrados, nem sequer pudesse ver nada daquilo que agora dizemos serem os verdadeiros objetos?
– Não poderia, de fato, pelo menos de repente.
– Precisava de se habituar, julgo eu, se quisesse ver o mundo superior. Em primeiro lugar, olharia mais facilmente para as sombras, depois disso, para as imagens dos homens e dos outros objetos, refletidas na água, e, por último, para os próprios objetos. A partir de então, seria capaz de contemplar o que há no céu, e o próprio céu, durante a noite, olhando para a luz das estrelas e da Lua, mais facilmente do que se fosse o Sol e o seu brilho de dia.
– Pois não!
– Finalmente, julgo eu, seria capaz de olhar para o Sol e de o contemplar, não já a sua imagem na água ou em qualquer outra parte, mas a ele mesmo, no seu lugar.
– Necessariamente.
– Depois já compreenderia, acerca do Sol, que é ele que causa as estações e os anos e que tudo dirige no mundo visível, e que é o responsável por tudo aquilo de que eles viam um arremedo.
– É evidente que depois chegaria a essas conclusões.
– E então? Quando ele se lembrasse da sua primitiva habitação, e do saber que lá possuía, dos seus companheiros de prisão desse tempo, não crês que ele se regozijaria com a mudança e deploraria os outros?
– Com certeza.
(…)
– Imagina ainda o seguinte – prossegui. – Se um homem nessas condições descesse de novo para o seu antigo posto, não teria os olhos cheios de trevas, ao regressar subitamente da luz do Sol?
– Com certeza.
– E se lhe fosse necessário julgar daquelas sombras em competição com os que tinham estado sempre prisioneiros, no período em que ainda estava ofuscado, antes de adaptar a vista – e o tempo de se habituar não seria pouco – acaso não causaria o riso, e não diriam dele que, por ter subido ao mundo superior, estragara a vista, e que não valia a pena tentar a ascensão? E a quem tentasse soltá-los e conduzi-los até cima, se pudessem agarrá-lo e matá-lo, não o matariam?
– Matariam, sem dúvida – confirmou ele.
– Meu caro Glauco, este quadro – continuei – deve agora aplicar-se a tudo quanto dissemos anteriormente, comparando o mundo visível através dos olhos à caverna da prisão, e a luz da fogueira que lá existia à força do Sol. Quanto à subida ao mundo superior e à visão do que lá se encontra, se a tomares como a ascenção da alma ao mundo inteligível, não iludirás a minha expectativa, já que é teu desejo conhecê-la. O Deus sabe se é verdadeira. Pois, segundo entendo, no limite do cognoscível é que se avista, a custo, a ideia do Bem; e, uma vez avistada, compreende-se que ela é para todos a causa de quanto há de justo e belo; que, no mundo visível, foi ela que criou a luz, da qual é senhora; e que, no mundo inteligível, é ela a senhora da verdade e da inteligência, e que é preciso vê-la para se ser sensato na vida particular e pública.
– (…)”

Analisando esta passagem da obra é fácil concluir que há uma enorme coincidência entre os encavernados de Platão e milhões de brasileiros que se limitam ao conhecido PIG; milhões de brasileiros que não dormem sem assistir ao JN, NOVELAS, BBB, FAUSTÃO, CALDEIRÃO etc., além da fraude que é o futebol da REDE BOBO.
É incrível como há milhões de brasileiros que acham que o governo do PT foi mais corrupto que os outros só porque o PIG tenta criminalizar o PT a todo custo e voltar a mandar soberanamente no país.
É incrível como há milhões de brasileiros que acham que o governo FHC foi mais próspero que o do PT só porque assim quer o PIG.
É incrível como o caso do helicóptero do pó pode cair no esquecimento só porque o PIG esconde por envolver gente próxima dos tucanos.
É incrível como a PRIVATARIA TUCNA e a LISTA DE FURNAS passaram incólume só porque o PIG escondeu.
É incrível como o caso do aeroporto de Cláudio/MG é um não assunto só porque envolve o candidato tucano Aécio Neves, que é o eterno candidato do PIG.
É incrível como o caso de SONEGAÇÃO BILIONÁRIA da REDE BOBO passa longe do conhecimento dos brasileiros só porque o PIG esconde.
É incrível como milhões de brasileiros não percebem que essa operação lava-jato está levando a Petrobrás ao fundo do poço; o que vai culminar com a entrega do pré-sal às empresas americanas. Primeiro vão dizer que a Petrobrás não tem condições de explorar o pré-sal, depois mudam o regime para concessão e aí, finalmente, está entregue o nosso pré-sal, que seria totalmente investido em educação.
É incrível como milhões de brasileiros acreditam que a falta de água em São Paulo é culpa de São Pedro e não da incompetência tucana em vinte anos de governo, só porque o PIG não informa corretamente as pessoas.
O mais recente escândalo escondido pelo PIG é a lista HSBC. Imaginem porque será? Certamente, deve ter muito graúdo tucano nessa lista, além de peixes graúdos do próprio PIG. Aliás, os tucanos não assinaram o requerimento de CPI para investigar o escândalo do HSBC.
Corrupção no PIG só é escândalo se envolver alguém do PT ou aliado do governo.
Enfim, do mesmo jeito que era difícil tirar alguém da caverna e levá-lo à luz, é igualmente difícil tirar alguém das garras do PIG. O problema do PIG não é o que ele publica, é o que ele manipula e o que não publica.
Em resumo, o PIG é a caverna da alegoria de Platão. Consequentemente, a democratização da mídia é a luz que o Brasil precisa.

Responder

Odair Martins

03 de março de 2015 às 13h41

A NÃO SER QUE VOCÊS NEGUEM A VOLTA DA INFLAÇÃO,
ESTA, IRONICAMENTE, VAI AFETAR MAIS PESADAMENTE
AS CLASSES C E D, E AQUELES QUE VIVEM DE BOLSA FAMÍLIA.
SERÁ QUE AQUELES QUE SÓ QUEREM ALIMENTAR SUA FAMÍLIA ESTÃO PREOCUPADA
COM A “MÍDIA GOLPISTA”?

Responder

lorena

03 de março de 2015 às 13h37

Já virou ‘ejaculações’ conspiratórias, e os eleitores de Paulo Maluf, Newton Cardoso, Orestes, Alckmim, Sarney, ACM, vão às ruas pedir impeachment da Presidenta

Responder

Luís CPPrudente

03 de março de 2015 às 12h40

Seguindo o dinheiro, com certeza vai se chegar nos bolsos dos tucanos e da imprensa mafiosa do PIG, claro que passando por alguns magistrados que tem capangas por aí.

Responder

Nelson Canesin

03 de março de 2015 às 14h34

Impressionante as informações levantadas pelo blog, enquanto a nossa midiazona não investiga nada (aliás, esconde) quando se trata do psdb.

Responder

Nelson Canesin

03 de março de 2015 às 14h34

Impressionante as informações levantadas pelo blog, enquanto a nossa midiazona não investiga nada (aliás, esconde) quando se trata do psdb.

Responder

Dilma Coelho

03 de março de 2015 às 11h28

Bloqueou meu comentário?

Responder

Eric Guimarães

03 de março de 2015 às 10h56

Miguel, posso colocar mais lenha na fogueira? Aí vai:
Pode chamar de conspiração mesmo. Malucelli é uma tradicionalíssima (e bota tradicionalíssima) família da capital Curitiba.
Sou daqui e sei que havia fortes especulações que os Malucelli haviam falido na década de 90 (não da mesma forma e sob os mesmos pretextos, mas como os Matarazzo em SP).
Todavia, o nome reergueu, como pode ver.
É mais uma evidência do que Bresser disse: os ricos odeiam o PT pelo simples fato do PT ter como foco proteger os pobres.
E o que os ricos fazem? Levantam aliados para usurpar a posição dos aliados do PT.
Pelo visto, Valadares Gontijo e JMalucelli já demonstraram sua fidelidade ao PSDB. Agora, basta o PSDB fazer sua parte política que terão aliados que lucrarão muito em um curto espaço de tempo para mantê-los no poder com seus financiamentos eleitorais.

É esperar para ver.
Isso é uma evidente conspiração. Só não sabíamos que tinha tanta gente envolvida.

Responder

Marcos

03 de março de 2015 às 10h12

Infelizmente, o que vale mesmo é a versão do fato apresentada pela g_lobo.

Responder

mineiro

03 de março de 2015 às 09h47

votei nessa m…………….de pres. mas todo mundo sabe que essa pres. nao tinha condiçao de governar esse pais. ela é frouxa , covarde , omissa , nao tem peito para enfrentar essa turma. quando começou o 2º mandato dessa sujeita covarde que governa o pais , ela teria que ter mudado de postura desde o começo, teria e tem que ir para cima dessa corja golpista. nao o que ela fez , recuou de novo , e pos um min. dos banqueiros no governo e começou a rapinagem nos trabalhadores. ai nao a quem aguente uma coisa dessas , ela desde de enfrentar a direita , ela cravou uma faca nos trabalhadores. tem que mudar de postura mesmo e ir para cima dos golpistas , governo , movimentos sociais , a esquerda , o pt progressista e nao o da direita, o lula tem que tomar frente nessa guerra. nao é mais batalha, virou uma guerra e nos temos ir juntos , se nao esse pais vai para o buraco. se cair na mao do pmdb aquele partido vira casaca, nos estamos todos ferrados. mesmo sendo essa sujeita que esta govenando nos temos que estar do lado dela , nao eu goste do jeito dela administrar. mas para o pais nao cair nas maos da elite.

Responder

fernando perchin

03 de março de 2015 às 08h07

Dia 23/02/2015 fiz um deposito na caixa economica federal em nome do Miguel,referente assinatura por 12 meses do blog,mandei vários e-mails ,mas obtive êxito para conseguir a senha.

Responder

a vida como ela é

03 de março de 2015 às 07h29

Resumindo, Álvaro Dias e PSDB, mão dao diferente de Dilma,Lula e o PT, tudo farinha do mesmo saco,e tem um bando de desocupados, que ao invés de criminalizar todos esses bandidos,perdem seu tempo tentando defende-los, ou tentando justificar seus atos.

Responder

helio

03 de março de 2015 às 05h48

Paulo Roberto Costa em novembro disse ter comprado o PSDB(Sérgio Guerra) para melar a CPI da Petrobrás por R$ 10 milhões.Agora Alberto Youssef declara que também pagou R$ 10 milhões aos mesmos meliante.Receberam de todos os lados?

Responder

Luciano Machado

03 de março de 2015 às 01h12

SURREAL! Resolvi ver o jornal da Globo e foi uma sequencia de ataques ao governo federal e a Petrobras. No intervalo, pasmem, duas propagandas, uma da Petrobras e oura do Governo federal. É dose…

Responder

Messias Franca de Macedo

03 de março de 2015 às 00h16

Um pouco da biografia da esposa do “juiz do Brasil”, o togado de primeira instância o tal de ‘Sérgio Moro no PSDB’!

#######################

(…)
O escritório de Advocacia Zucolotto Associados em Maringá. O escritório defende várias empresas do Ramo do Petróleo, como: INGRAX com sede no Rio de Janeiro, Helix da Shell Oil Company, subsidiária nos Estados Unidos da Royal Dutch Shell, uma multinacional petrolífera de origem anglo-holandesa, que está entre as maiores empresas petrolíferas do mundo. A Shell é concorrente direta da Petrobras.
Além das empresas do Ramo de Petróleo, o escritório presta serviços para empresas de Farmácias e Clínicas Médicas. Uma em especial chamou a atenção, tirando as empresas do ramo de Petróleo. A Paranaense Perkons, empresa investigada pelo MPF por comandar a Máfia dos Radares no Sul do país, e nos estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal.

FONTE: http://www.jornali9.com/noticias/denuncia/esposa-de-juiz-da-lava-jato-e-assessora-juridica-de-vice-de-beto-richa-psdb

Responder

Messias Franca de Macedo

02 de março de 2015 às 23h28

[MAIS MUNIÇÃO PARA O MIGUEL!]

Informante da Lava Jato é suplente de Dias, parente de Moro, e dono da Globo/PR

28/02/2015 12h45 – Atualizado em 28/02/2015 12h45

(…)

FONTE: http://www.jornali9.com/noticias/denuncia/informante-da-lava-jato-e-suplente-de-dias-parente-de-moro-e-dono-da-globo-pr#.VPH-zS4PDx8.facebook

Responder

Vitor

02 de março de 2015 às 23h05

Miguel, muito bom! A história está muito bem montada, faz bastante sentido! Falta apenas alguma coisa mais concreta! Continue seu trabalho, tenho certeza que achará mais coisas!

Responder

Luiz Barone

03 de março de 2015 às 01h57

Vamos esperar que o stf coloque a quadrilha do psdb na cadeia

Responder

    Aron Ghidalevich

    03 de março de 2015 às 11h46

    Acho que é esperar demais de um órgão que está dando mostras de parcialidade (note o trensalão paulista).

    Responder

    Luiz Barone

    03 de março de 2015 às 11h49

    mas esse procurador não está sendo engavetador, e o trtensalão paulista a culpa fou do capitão do mato e do stf de n]ão apurar

    Responder

    henrique de oliveira

    03 de março de 2015 às 10h46

    O STF é a quadrilha do PSDB.

    Responder

Martin Mikoski

03 de março de 2015 às 01h09

Nunca é tarde para saber…

Responder

JORGE SOUZA

02 de março de 2015 às 21h37

Srs. se seguirem a empresa ASAMAR SA de Minas Gerais, certamente encontrarão o elo que a liga a operação Lava-Jato e ao nosso glorioso Aécio Neves.

Responder

Laure

02 de março de 2015 às 21h22

Boa Miguel.

Responder

gg

02 de março de 2015 às 21h18

Viva o Cafezinho. Valeu. Repassarei o maximo que puder.

Responder

Messias Franca de Macedo

02 de março de 2015 às 21h13

… Depois desta matéria sensacional do conspícuo e impávido jornalista Miguel do Rosário, a Presidência da República tem o dever/obrigação institucional de repatriar o egrégio delegado da PF o doutor Paulo Lacerda!…

A ordem ao delegado Lacerda: “Siga o dinheiro [da Lava jato]!”

Na equipe, os doutores Protógenes Queiroz e Fausto De Sanctis!

Presidência da República, salve o Brasil!

A história do país, o futuro da nação e o honesto povo trabalhador brasileiro agradecem, penhoradamente!

Responder

    Messias Franca de Macedo

    02 de março de 2015 às 21h16

    … Por favor, repassem a matéria do Miguel do Rosário aos empreiteiros que estão sendo torturados na Guantánamo do Paraná’ do juiz de primeira instância, o tal do ‘Sérgio Moro no PSDB [e a esposa advogada também]’!

    Comunicado extensivo aos familiares!

    Responder

Brasileira

02 de março de 2015 às 20h42

Miguel e ainda tem esta noticia sobre o Coordenador da Campanha de Aécio Neves, ter sido sócio de empreiteira, será que esta empreiteira se safa:

http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2015/02/jose-agripino-foi-socio-de-grande.html

Responder

Zé Gabriel

02 de março de 2015 às 23h26

Excelente trabalho de jornalismo investigativo, parabéns!

Responder

Zé Gabriel

02 de março de 2015 às 23h26

Excelente trabalho de jornalismo investigativo, parabéns!

Responder

Jota

02 de março de 2015 às 20h18

Tudo Bem, mas e ai, alguém sabe o que pode ser feito para reverter esse jogo? Pois com o PIG eles estão dando de goleada.

Responder

Pedro Lima

02 de março de 2015 às 20h07

O Cafezinho vai revelar mais uma bomba!
Estou sentindo o faro de jornalista turbinadíssimo.

Responder

Mazinho Andrade

02 de março de 2015 às 22h48

O Botox anda meio sumido.Se não está na lista do Janot, tá no HSBC…

Responder

Elimar

02 de março de 2015 às 19h46

A máscara dessa quadrilha tucanalha há de cair…

Responder

Rodrigo Lima de Castro

02 de março de 2015 às 22h25

O Petraglia conhece bem o Figueiredo Bastos lá do Atlético Paranaense.

Responder

Bernardo

02 de março de 2015 às 19h19

Miguel, vou aproveitar a deixa pra falar sobre o uso do termo “conspiração” e variantes.

Estou me baseando apenas em impressões e experiências pessoais, mas a palavra “conspiração” de fato parece dar a qualquer texto um quê de maluquice e paranoia, pelo menos aos olhos de quem é cético. Nesses tempos difíceis, em que a concentradíssima mídia brasileira aponta seus canhões contra o governo e contra a esquerda, o ceticismo é a melhor arma contra a imprecisão de seus tiros.

Se me permite a sugestão, acredito que abandonar o termo “conspiração” seria uma boa ideia pra não afastar de imediato justamente o leitor que tem massa crítica suficiente pra enxergar a perseguição unilateral que anda acontecendo e quem sabe mesmo questionar as próprias percepções até então construídas em meio a um debate viciado.

Responder

Heitor

02 de março de 2015 às 19h15

Álvaro Dias? Não acredito.
Ele é tão crítico da corrupção quanto o Agripino Maia.
kkkkkkkkkkkkkk

Responder

Jorge Borges

02 de março de 2015 às 21h41

De cair o queixo e na mídia não sai uma linha disso . Se isso aí envolvesse no lugar de Alvaro Dias , digamos , Fernando Haddad , o mundo estaria acabando . É isso que me desanima . Quando sai qualquer denuncia contra o PT , na mesma noite assistimos os pústulas da oposição dizerem “Este caso mostra como é a corrupção no PT” . Mas saindo no Cafezinho , não aparece nenhum político do PT para repercutir . E jamais saberíamos , não fosse a inquieta veia investigativa de Miguel do Rosário

Responder

MANREL

02 de março de 2015 às 18h35

FAMÍLIA DE GIOVANNI MALUCELLI E MORO REUNIDA NO CENTRAL – MORRETES

01- marido da Célia Buerst
02- Célia Buerst
03- Jurema Malucelli Pelanda
04- Lorena Malucelli Pelanda
05- Elisangela Malucelli Pelanda
06- Zeca Gobbo
07- Sonia Gobbo
08- Geórgia (filha da Andréa Moro, neta do Vilson Moro)
09- Não existe
10- Luíza Malucelli Romanus
11- Ziomar Malucelli
12- Rafael Malucelli
13- Osmar Malucelli
14- Luci Stocco Hunzicker (esposa do Éric)
15- Jean Carlo Robassa Hunzicker
16- Fábio Scarante (filho do Ernesto e Eglê do tio Narciso)
17- Ana Vitória (filha do Fábio)
18- Carla Macedo Scarante (esposa do Fábio)
19-
20- Wlandemiro (Wlande) Malucelli (Achiles; João)
21- Dóris Caron Macedo
22- Helena Maria França Sundin
23- Joel Malucelli ( Janguito; João)
24- Vó Judite (esposa Joanito; Sebastião ; João)
25- Cinthia Malucelli Amantenecks filha Wlande Malucelli
26- Magdalena (Nena) (João)
27- Rose Malucelli Thá (Janguito; João)
28- Aline França Sundin
29- João – Cibele Moro – marido
30- Cibele Moro (Janguitinho; Teleta)
31- Waldemar Malucelli (Achiles; João)
32- Regina Malucelli Kummer
33- Tia Edite De Bona
34- Sirley Malucelli Lippiman (Humberto ; João)
35- Andréa Moro filho do Wilson Moro
36- Cristina Malucelli Lipimamm
37- Larissa Malucelli Kummer
38- Tia Nenê, esposa do Tio Wilson Moro
39- Rosaldo Malucelli (Janguito; João)
40- Mariana , Cibele Moro; Janguitinho; Teleta
41- Letícia filha do Wilson Moro; Margarida ( Teleta)
42-
43-
44- Ivetinha

Responder

Wagner Moraes

02 de março de 2015 às 21h05

Fundação Blogoosfero

Responder

Wagner Moraes

02 de março de 2015 às 21h05

Fundação Blogoosfero

Responder

Wagner Moraes

02 de março de 2015 às 21h04

Tânia Gerbi Veiga Urias Macedo Nelson Canesin Luiz Case Reginaldo Casemiro

Responder

Wagner Moraes

02 de março de 2015 às 21h04

Tânia Gerbi Veiga Urias Macedo Nelson Canesin Luiz Case Reginaldo Casemiro

Responder

Wagner Moraes

02 de março de 2015 às 21h02

Beto Mafra Stanley Burburinho Pedro Carlos Rosely Coimbra Joel Silveira Leite

Responder

Walter Cesar Mercadante

02 de março de 2015 às 20h57

Vamos divulgar bastante até dia 13 de Março. Fogo no rabo deles!

Responder

Odilon Klein

02 de março de 2015 às 20h52

lEITURA RECOMENDADA PARA OS INCENTES ÚTEIS QUE SE DEIXAM LEVAR PELO COITADISMO DO AÉCIO!

Responder

Daniel Monteiro

02 de março de 2015 às 20h40

…….o/o/………..DEFENDA……. O…PT…………..o/o/………
.
Quem defende a DILMA, tem coloca a camisa do PT e sai pelas ruas gritando:
– viva a revolução, viva o aumento da gasolina,
– viva o aumento da taxa selic,
– viva que os Direitos Trabalhistas foram suprimidos,
– viva que o orçamento da educação foi cortado em 7 bi,
– viva que os programas sociais estão sendo cortado (minha casa melhor),
– viva ao aumento dos juros,
– viva que a Luz aumentou 39%,
– viva que o POVO esta cada vez mais pobre,
– viva ao desemprego,
– viva que a Petrobras esta quebrada,
– viva este é o governo que eu quero,
– viva a revolução !!!

Responder

    renato

    02 de março de 2015 às 18h11

    Viva…Este pais não esta entregue e direita…e ela perdeu!!!

    Responder

      renato

      02 de março de 2015 às 18h12

      Ferrado como o amigo diz e entregue a Direita, ninguem merece.

      Responder

    Carlos Roberto

    02 de março de 2015 às 19h14

    Via o Brasil seu infeliz

    Responder

    Carlos Roberto

    02 de março de 2015 às 19h34

    Note agora e veja todo o vídeo e cinta o que é aumento de impostos , desempregos, fome , miséria e conheça um pouco da história do Brasil que você não conhece “FHC”:

    https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=ZZ-K504dPBI#!

    Responder

    Débora Mustafá

    03 de março de 2015 às 00h08

    Quem defende a Dilma ou qualquer outro governo faz o q quiser… Acho q as pessoas precisam respeitar as escolhas individuais… ninguém tem q dizer o q o outro tem q fazer… Nós ainda estamos em uma democracia e sendo assim nos posicionamos se quisermos… vestimos ou não camisas se quisermos… e qdo vestimos as camisas ou hasteamos bandeiras de nossa preferência, ninguém tem o direito de intervir e mto menos se sentir ofendido… Acho mto bom ter cuidado pois isso é fascismo, minha gente! Todos têm o direito de se manifestar qdo e como quiser… e não ser constrangido… fica a dica!

    Responder

    edson

    02 de março de 2015 às 21h20

    Daniel Monteiro, se és rico tudo bem, seja PSDB. Se és daqueles
    que só veio a melhora no GOVERNO DO PT de LULA E DILMA, isto é
    bom emprego,melhora social, economica e financeira, carro, casa, facilidade em cursar faculdade.Ai TENHA cuidado porque ja provaste esse veneno do GOVERNO DO PSDB – FHC.vivia numa pior.

    Responder

    Anônimo

    03 de março de 2015 às 15h27

    Porque você não vai pra Siria, se juntar aos radicais do estado islâmico. Você já deve ter perdido 90% dos seus neurônios. Esta pronto para decepar cabeças. Verifique como foi desastroso o ultimo governo do fhc.É só da uma olhada no PIG DAQUELA ÉPOCA.

    Responder

Jacqueline Rosario

02 de março de 2015 às 20h26

Nome da corrupção no país traduzindo é Psdb!

Responder

    Aron Ghidalevich

    03 de março de 2015 às 11h42

    Não esqueçamos o DEM e o PMDB (sempre na zona de sombra), também merecedores de destaque (-).

    Responder

Mauricio Gomes

02 de março de 2015 às 17h20

Caro Miguel, não existe coincidências. Tá na cara que toda essa operação “abafa ratos” tem somente o propósito de lançar o país no abismo e de quebra destruir o PT, para que a mesma elite de sempre volte a mamar nas tetas do Estado sem ter que repartir o bolo com os pobres. Todo esse ódio não passa de um surto colérico da elite mais egoísta e abjeta do mundo, que detesta o próprio país e o próprio povo. Simples assim.

Responder

    edson

    02 de março de 2015 às 21h35

    Mauricio Gomes estou de acordo com seu excelente comentário.Todavia a Midia com informação distorcida está contaminando a classe social C e D a mais beneficiada pelo Governo
    do PT, tendo em vista a subida para a classe média. Hoje essa
    classe está voltada para a DIREITA e apoiando o PSDB, inclusive no
    Estadco de

    Responder

Benjamin Eurico Malucelli

02 de março de 2015 às 17h14

Como Malucelli, não duvido nem um pouco de seu artigo.

Responder

Kika Zanon

02 de março de 2015 às 20h09

Alvaro Dias e as caronas no jatinho do doleiro….bons tempos aqueles…

Responder

Deixe uma resposta