Lançamento do livro “Lawfare: uma introdução”, com Lula

O suposto primo de Beto Richa e o suposto jornalismo da Folha

Por Miguel do Rosário

27 de março de 2015 : 09h51

CBG4a3TWUAEq8Rq


São dias divertidos para as redes sociais.

Outro dia Reuters e Globo deixaram escapar uma matéria não revisada, onde se lê uma engraçadíssima observação do redator, entre colchetes: “pode tirar, se achar melhor”.

No caso, o trecho que poderia ser “tirado”, era uma observação sobre a corrupção no governo FHC.

Hoje é a vez da Folha nos brindar com um meme já pronto.

Ao publicar matéria sobre um primo do governador Beto Richa, o jornal tasca no título o adjetivo “suposto”.

Aí você vai ler a matéria, e o próprio governo do Paraná admite que o sujeito é primo de Beto Richa. Não é primo em primeiro grau, mas primo.

Entretanto, o mais estranho nem é isso.

O mais estranho é que o parentesco não tem tanta importância. As investigações mostram que o sujeito tinha grande influência no governo do Paraná. E há inúmeras imagens do empresário Luiz Abi Antoun em confraternização social com o governador.

O título da Folha apenas revela a insegurança e falta de entusiasmo de redatores em publicar qualquer denúncia envolvendo o PSDB.

Por isso é tão engraçado.

O uso do termo “suposto” – que aliás aparece na reportagem de maneira repetida, se referindo inclusive ao esquema – é uma maneira um pouco menos aloprada de mostrar, ao diretor de redação e ao dono da empresa de mídia, que qualquer referência desconfortável ao tucanato poderá ser removida, “se achar melhor”.

Reproduzo abaixo trecho de post publicado pelo blog Baixo Clero, sobre o caso:

Primo de Beto Richa indicava, fiscalizava e negociava com empresas que deviam para a Receita

O empresário Luiz Abi Antoun, “primo” do governador Beto Richa (PSDB), teria influência no governo do Estado e responsabilidade política no esquema de propina organizado por fiscais e auditores da Delegacia da Receita Estadual de Londrina. É o que apontam as investigações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Ele teria influência na Receita Estadual, a ponto de indicar nomes para ocupar cargos no órgão. A informação é corroborada por Marcelo “Tchello” Caramori, o ex-assessor da Casa Civil preso em janeiro sob a suspeita de envolvimento num esquema de favorecimento à prostituição de adolescentes. O “primo” de Beto Richa também teria interferência em fiscalizações feitas pelo órgão e faria negociações com empresas que tinham dívidas tributárias com o Estado.

Caramori afirmou, em depoimento prestado ao Ministério Público, que Abi é de fundamental importância na estrutura política do Estado, sendo de conhecimento público o grau de influência e determinação que ele exerce no governo Beto Richa. Outra declaração do ex-assessor explica o episódio em que Abi foi “apagado” de uma foto publicada pela Agência Estadual de Notícias na qual ele estava dentro do gabinete de Beto Richa. É que Abi demonstra a preocupação de não aparecer em fotografias e de não se expor publicamente.”

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

32 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

mario

01 de abril de 2015 às 16h18

Outro dia, numa reportagem sobre a Operação Zelotes, um jornalista do grupo RBS usou 3 vezes a palavra “suposto”.

Responder

surreal

30 de março de 2015 às 14h13

Revoltados on Line

Responder

josé bento

30 de março de 2015 às 07h19

“Suposto primo”. Não gente! Esta é de lascar o cano da Botina!! OS Coxinhas vão pirar de vez.

Responder

Márcio Henrique

28 de março de 2015 às 20h32

Lúcio Lima

Responder

Mauricio Bernardi

28 de março de 2015 às 17h56

Meu Primo Vinny. Já vi esse filme.

Responder

Rainédson Freire

28 de março de 2015 às 12h28

“Suposto” primo do Richa?????????????????? Ou é ou não é cara pálida…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Messias Franca de Macedo

28 de março de 2015 às 08h21

… Ainda sobre ‘a insatisfação’ dos(as) apoiadores dos DEMoTucanos e indignados(as) do ‘braZil’!…

#####################

“Você vai conseguir vencer essa! Força AVC!!”; “Estamos juntos AVC. Não mata não por favor, só deixa ele vegetativo, cagando na cama.”; “Morre que passa.”; “#SomosTodosAVC”; “O demônio tá vindo buscar!”; estas foram algumas mensagens postadas após a notícia de que o ex-ministro José Dirceu foi internado em Brasília; “Como será possível continuarmos debatendo não apenas política, mas qualquer assunto nesses termos? É com este tipo de debate sério que iremos melhorar o Brasil?”, questiona Lino Bocchini, de Carta Capital

28 DE MARÇO DE 2015 ÀS 07:31

Em

* ‘ÓDIO POLÍTICO: AVC DE DIRCEU LEVA INTERNAUTAS A PEDIR SUA MORTE’

FONTE: http://www.cartacapital.com.br/blogs/midiatico/jose-dirceu-tem-suspeita-de-avc-e-milhares-pedem-sua-morte-612.html

e aqui:

* http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/174973/%C3%93dio-pol%C3%ADtico-AVC-de-Dirceu-leva-internautas-a-pedir-sua-morte.htm

Responder

Messias Franca de Macedo

28 de março de 2015 às 07h58

Promotoria quer investigar secretária de Beto Richa (PSDB/PR) no caso de fraude em licitação

CARLOS OHARA
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, EM LONDRINA

27/03/2015 20h43

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/03/1609425-promotoria-quer-investigar-secretaria-de-richa-no-caso-de-fraude-em-licitacao.shtml

Responder

ricardo silveira

28 de março de 2015 às 01h45

Que falta faz à democracia uma lei que discipline a comunicação assegurando a todos os cidadãos as informações necessária à sua participação na vida pública. Com mídia partidária, com jornalistas sabujos não há democracia, só manipulação e negócios.

Responder

Alberto Capucci Filho

28 de março de 2015 às 01h50

FHC e #SupostoPrimo, #PodemosTirarSeAcharMelhor e se estiver doendo muito…

Responder

Luiz Felipe Sahd

27 de março de 2015 às 20h50

Os jornalistas da Folha só faltam escreve: “a suposta existência do suposto primo”. Indigência cognitiva grave tem limites! Até para a Falha de São Paulo.

Responder

Cleiton Souza

27 de março de 2015 às 19h59

Como assim? Ou é primo ou não é! Agora é suposta mãe, suposto pai, suposto filho, suposto irmão, suposto eu… Vou ali fazer um DNA para ver se eu sou eu mesmo!

Responder

Angelo

27 de março de 2015 às 16h36

Calma, gente. Vocês não sabem como é difícil confirmar parentesco.
Exige um enorme e exaustivo trabalho de investigação jornalística.
:-)

Responder

josé eduardo franzon

27 de março de 2015 às 16h26

Partido da SUIÇA, democracia brasileira.

Responder

Maria Vilanir De Brito Pereira

27 de março de 2015 às 18h49

Como eu posso ser suposta prima do meu primo ? suposta mãe do meu filho? Essa é demais.

Responder

Ana Lucia Anaissi

27 de março de 2015 às 18h28

Daqui a pouco vão dizer que o cara é um petista que quis se infiltrar na família do pobre governador desamparado.

Responder

Edson Carlos Santa Rosa

27 de março de 2015 às 18h09

A mídia golpista perdeu a vergonha de vez. Ridículo.

Responder

Denise Forganes

27 de março de 2015 às 18h09

E o “artigo” sobre a sabesp….assinado por dois supostos jornalistas…parece panfleto de propaganda, da sabesp…

Responder

Edson Carlos Santa Rosa

27 de março de 2015 às 18h07

Eu suponho que pode tirar se achar melhor.

Responder

Gélson Arsand

27 de março de 2015 às 17h04

Por supuesto!!!!!! Podemos tirar, boss !!!!!!

Responder

Gélson Arsand

27 de março de 2015 às 17h04

Por supuesto!!!!!! Podemos tirar, boss !!!!!!

Responder

Maurício Simionato

27 de março de 2015 às 16h55

Se o bisavô de um é irmão da avó do outro, então é primo.

Responder

Franco

27 de março de 2015 às 13h40

Está na Lei: Vincular tucano a qualquer caso de corrupção exige também, agora, exame de DNA.

Responder

Herik Franco

27 de março de 2015 às 16h38

Hilário. Agora é necessário exame de DNA para vincular o PSDB a casos de corrupção?

Responder

Claudio Paulon de Carvalho

27 de março de 2015 às 16h34

Gilson de Carvalho

Responder

Alberto Martins Soares

27 de março de 2015 às 16h28

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!

Responder

Marcos Coutinho

27 de março de 2015 às 16h23

Partido da Suposta democracia brasileira. Kkkkk #podemostirarseacharmelhor

Responder

    Ricardo

    27 de março de 2015 às 14h52

    Ah! ah! ah! Muito boa!!!

    Responder

Julio Cesar Abreu

27 de março de 2015 às 16h21

O S da sigla PSDB é de “suposto”? Kkkkk

Responder

Deixe uma resposta