Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

A caravana passa: Brasil vai produzir caças

Por Miguel do Rosário

31 de março de 2015 : 08h36

gripen_ng_br__by_plamber-d4rwks6


 

Os vira-latas latem diante das capas apocalípticas dos jornais, mas a caravana continua seguindo em frente.

Brasil e Suécia firmaram um convênio, ontem, que servirá de base para a criação de um novo pólo industrial no país: a indústria de caças militares.

“Dentre as ações do programa de transferência tecnológica estão o estabelecimento, a partir de 2015, de um grupo de professores suecos no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em São José dos Campos. Além da criação de curso de pós-doutorado em Engenharia Aeronáutica financiado pela SAAB e pelo governo sueco, também no ITA.”

O objetivo é transferir essa tecnologia para a indústria área brasileira, que poderá, a partir de então, produzir caças modernos para vender ao governo.

*

No blog do Planalto.

Brasil e Suécia anunciam programa de transferência de tecnologia aeroespacial

Brasil e Suécia firmaram convênio para transferência de tecnologia aeroespacial nesta terça-feira (31). O anúncio foi feito pelo presidente dos Conselhos de Administração da SAAB, Marcus Wallenberg, após reunião com a presidenta Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto.

O convênio é resultado do acordo fechado entre Brasil e Suécia pela compra de 36 caças militares Gripen da empresa sueca SAAB AB, anunciado em outubro do ano passado. Segundo Walllenberg, a previsão é que até 2019 a primeira das aeronaves contratadas pelo governo brasileiro já esteja em operação.

“O mais importante dessa audiência com a presidenta Dilma foi justamente o nosso acordo consensual em torno da possibilidade concreta do projeto FX2, do caça sueco, de modo a envolver a participação da indústria brasileira nesse projeto e assegurar transferência tecnológica, efetivamente, à indústria aeroespacial brasileira”, afirmou o executivo em entrevista coletiva.

Dentre as ações do programa de transferência tecnológica estão o estabelecimento, a partir de 2015, de um grupo de professores suecos no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em São José dos Campos. Além da criação de curso de pós-doutorado em Engenharia Aeronáutica financiado pela SAAB e pelo governo sueco, também no ITA.

A iniciativa inclui ainda o apoio para estada de doutores suecos no Brasil e concessão de bolsas de mestrado e doutorado para cientistas brasileiros, no âmbito do programa Ciência sem Fronteiras. Além disso, a cooperação pretende atingir futuramente áreas como energia sustentável, tecnologia ambiental, defesa, segurança, transporte e desenvolvimento urbano.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

57 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

JUBA

22 de junho de 2015 às 14h51

Vamos a caça de juízes e tucanos corruptos.

Responder

Douglas Tanganelli

02 de abril de 2015 às 13h22

Eugenio, leia com atenção.

(sic) O objetivo é transferir essa tecnologia para a indústria área brasileira, que poderá, a partir de então, produzir caças modernos para vender ao governo…

Dentre as ações do programa de transferência tecnológica estão o estabelecimento, a partir de 2015, de um grupo de professores suecos no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em São José dos Campos. Além da criação de curso de pós-doutorado em Engenharia Aeronáutica financiado pela SAAB e pelo governo sueco, também no ITA.

A iniciativa inclui ainda o apoio para estada de doutores suecos no Brasil e concessão de bolsas de mestrado e doutorado para cientistas brasileiros, no âmbito do programa Ciência sem Fronteiras. Além disso, a cooperação pretende atingir futuramente áreas como energia sustentável, tecnologia ambiental, defesa, segurança, transporte e desenvolvimento urbano.

Responder

Valtair Almeida

01 de abril de 2015 às 19h47

Eugênio, quem está mal informado é você. A transferência de tecnologia para a produção do caça Gripen faz parte do acordo com a Suécia. E para produzir avião não é preciso primeiro produzir automóvel. Aliás o Brasil já produz avião: já ouviu falar da embraer que vende o Bandeirante para o mundo inteiro? E também produz automóvel cem por cento nacional: conhece o jipe Troller?

Responder

Juba

01 de abril de 2015 às 16h12

Você pensa que os caras que participam aqui são todos brasileiros patriotas?

Responder

Roque Ströher

01 de abril de 2015 às 18h23

Caças aos corruptos ?

Responder

Roque Ströher

01 de abril de 2015 às 18h23

Caças aos corruptos ?

Responder

Eugênio Issamu

01 de abril de 2015 às 18h20

Miguel Do Rosario, ou você está sendo ingênuo ou agindo de má-fé, o Brasil NÃO produz um “automóvel” NACIONAL… e vai PRODUZIR um Caça de Combate?? Pelo visto, acho que você pensa que a EMBRAER é uma empresa brasileira, tal qial, a VALE, acorde!!

Responder

Cícero Alves

01 de abril de 2015 às 17h31

Responder

Cícero Alves

01 de abril de 2015 às 17h31

Responder

Zélia Bastos

01 de abril de 2015 às 17h13

Se não tiver ” comissão ” na compra/ venda dos caças já está bom !

Responder

Zélia Bastos

01 de abril de 2015 às 17h13

Se não tiver ” comissão ” na compra/ venda dos caças já está bom !

Responder

Larry Carvalho

01 de abril de 2015 às 16h44

Deixem latir

Responder

Cely Bertolucci

01 de abril de 2015 às 14h45

… Se é para a defesa … No war!

Responder

Fernando Garcia

01 de abril de 2015 às 14h32

E aliás, foi uma grande decisão da Dilma em escolher o Gripen.

Responder

Fernando Garcia

01 de abril de 2015 às 14h29

Antes de criticar a imprensa é preciso assistir a TV.

Responder

Fernando Garcia

01 de abril de 2015 às 14h25

Olha isso já foi amplamente divulgado na TV inclusive um reporter da Record voou nos caças que faziam parte da concorrência. Além disso o FX2 é apenas uma parte do programa de reaparelhamento. Tem o Prosub, o blindado Guarani, o Sisfron, e o Sisgaaz. Olhem isso. Reportagem da Rede Record sobre o Prosub.

Responder

Iasmin Moris

01 de abril de 2015 às 14h23

Hum..tem que ser caça aos tucanos

Responder

Paulinho Machado

01 de abril de 2015 às 13h46

Deveria produzir TB caças a corrupto deste governo sem moral

Responder

    Fábio Lima

    01 de abril de 2015 às 11h09

    Você já viu corrupto caçar corrupto? Nem no governo petista é tão burro assim.

    Responder

Paulinho Machado

01 de abril de 2015 às 13h46

Deveria produzir TB caças a corrupto deste governo sem moral

Responder

Marco Espirito Santo

01 de abril de 2015 às 13h34

A transferência da Tecnologia e o seu próprio desenvolvimento Nacional, fará grandes progressos. Assim foi no AMX para o projeto do E-Jet Embraer 170/175/190/195.

Responder

Marco Espirito Santo

01 de abril de 2015 às 13h34

A transferência da Tecnologia e o seu próprio desenvolvimento Nacional, fará grandes progressos. Assim foi no AMX para o projeto do E-Jet Embraer 170/175/190/195.

Responder

Osorio Marques

01 de abril de 2015 às 13h27

É MUITA BOFETADA NA CARA DO PSDB, CRIOU ANTICORPOS E, RELAXOU

Responder

Sara de Paula

01 de abril de 2015 às 13h24

Anderson Rodrigues

Responder

Sara de Paula

01 de abril de 2015 às 13h24

Anderson Rodrigues

Responder

Socorro Lira

01 de abril de 2015 às 13h08

não gosto de guerra. poderia produzir outra coisa mais útil à humanidade

Responder

Fernanda Alvares

01 de abril de 2015 às 13h03

??????? ??????

Responder

Benedito Barros Afonso

01 de abril de 2015 às 12h55

Deixem a Mulher trabalhar!

Responder

Aparecida Benavides

01 de abril de 2015 às 12h42

O Governo precisa ,ter na Midia Televisiva ,um horário para dar conhecimento a toda a população de tudo que está ocorrendo;eque a Midia não divulga.

Responder

    Gislene Lobo

    01 de abril de 2015 às 12h58

    …E estão acontecendo muitas coisas sim, eu acompanho e tenho até uma pasta arquivo com muitas reportagens, mas como sempre o povo prefere o foco do ódio e da discórdia, mas com o tempo tudo vai ser esclarecido.

    Responder

Gislene Lobo

01 de abril de 2015 às 12h40

Brasilllllllllll…

Responder

Will Chung Ho

01 de abril de 2015 às 12h40

Que foto maluka!

Responder

Bruno Lizandra

01 de abril de 2015 às 12h35

Estou feliz em poder participar desse projeto pela Embraer!

Responder

    Pedro Pereira

    01 de abril de 2015 às 10h19

    Parabéns Bruno!

    Responder

Ésio Borges

01 de abril de 2015 às 12h21

Adryel Lima

Responder

Deixe um comentário