Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Sergio Moro não leu Machado de Assis?

Por Miguel do Rosário

10 de abril de 2015 : 19h11

o-alienista-machado-de-assis-13948-MLB4140771282_042013-F


 

Eu não tenho simpatia nenhuma pelo ex-deputado federal e ex-petista André Vargas.

Com todo o respeito, acho-o um idiota.

Voar, com a família toda, em jatinho de Youssef, figurinha ultraconhecida pelas barras do tribunais, só mesmo sendo um idiota.

Aquele gesto com o braço erguido, ao lado de Joaquim Barbosa, foi de uma estupidez sem limites.

O nosso debate sobre a Ação Penal 470 sempre foi difícil.

É fácil defender, junto a opinião pública, que político tem de ir para a cadeia.

Nadar contra a corrente é complicado.

O senso comum brasileiro chega ao ponto das pessoas quererem ver todos os políticos metralhados, conforme ouvi outro dia de um sujeito no elevador.

Além disso, tivemos que arrancar o debate sobre processo penal das mãos egoístas dos juristas.

Tivemos que estudar o assunto. Estudar ética, leis, política, democracia, para tentar convencer ao menos uma parte da opinião pública, que não se pode extrapolar a lei em nome de uma duvidosa (e cínica e hipócrita) luta contra a corrupção.

Uma democracia não pode suportar a validação do justiçamento midiático, embora isso seja, infelizmente, tão comum.

André Vargas, quando diretor de comunicação do PT e depois como deputado federal, nunca fez nada em prol da luta contra a mídia mais agressiva e mais concentrada do planeta.

Nunca participou do debate sobre os erros da Ação Penal 470.

Depois de milhares de textos, debates, entrevistas, a gente conseguiu formar um bom núcleo, ainda minoritário na sociedade, mas bastante representativo e qualificado intelectualmente, que se convenceu, através das provas apresentadas e dos argumentos, de que a Ação Penal 470 continha inúmeros erros, muitos deles grotescos.

Conseguimos também, contra toda a mídia, mostrar que Joaquim Barbosa era uma pessoa autoritária e que não foi um juiz honesto e isento.

Aí André Vargas tenta faturar em cima das pequenas vitórias políticas que obtivemos, com aquele braço idiota erguido, produzindo um tensionamento completamente desnecessário?

Além do mais, foi desrespeito. Uma coisa é jornalista, blogueiro, militante, cidadão, ativista, meter o malho em autoridade, seja do Executivo, seja do Legislativo, seja do Judiciário.

A liberdade de expressão nos dá o direito de criticar todo mundo.

Mas um deputado federal, obviamente, tem de manter a compostura diante de ministros do STF.

Se quisesse criticar JB, que o fizesse num discurso inteligente proferido na tribuna, em que explicasse, tranquilamente, o seu posicionamento.

Também não boto a mão no fogo por André Vargas.

Aliás, não boto a mão no fogo por ninguém.

Agora, me parece que o juiz Sergio Moro e os procuradores da Lava Jato estão surtando completamente.

Eles deveriam reler o conto O Alienista, de Machado de Assis, no qual o médico da cidade começa a prender todo mundo, porque suspeita que todo mundo tinha um parafuso a menos na cabeça.

No pedido de prisão do MPF, uma afirmação típica deste neo-realismo fantástico judicial que estamos criando no Brasil:

‘Há notícias de que André Vargas teria atuado para indicar o diretor de marketing da CEF, Clauir dos Santos‘, aponta o Ministério Públicos Federal em seu parecer sobre o pedido de prisão do ex-deputado.”

Há notícias de que teria atuado para indicar…

André Vargas pode ser um idiota.

Pode até mesmo ser um corrupto.

Mas na democracia em que eu gostaria de viver, seria necessário oferecer provas mais concretas para prender alguém.

Afinal, o que é pior? Prender um inocente, prender um culpado ou violar o princípio da presunção da inocência e, com isso, pôr em risco as liberdades civis de um país com 200 milhões de pessoas?

E se todos os juízes do Brasil resolverem prender, sem nenhuma prova, todo e qualquer cidadão, antes de qualquer condenação, apenas porque um promotor desconfia de você e pediu a prisão?

E se o promotor, humano que é, tiver alguma implicância pessoal ou política contra um cidadão?

Nunca haverá um debate, no Brasil, sobre os limites de juízes e promotores?

Aliás, existe algum limite? Se um juiz proceder a um julgamento injusto, será punido?

Se um promotor acusar injustamente, será punido?

Sobretudo, é preciso deixar a prisão como último recurso.

Abra-se um inquérito sobre André Vargas, procure-se provas, depois façam um julgamento justo, deixem-no se defender, arrumem um juiz equilibrado que não se confunda com a acusação e que analise imparcialmente os dois lados.

Dêem-lhe o direito a todos os recursos cabíveis.

E aí, se houver condenação em última instância, que se prenda a pessoa. Ou melhor, que se aplique uma pena alternativa à prisão, como se faz em qualquer país minimamente civilizado.

É assim que se faz numa democracia moderna. Ao menos, é assim que deveria ser feito.

Nossa mídia, que se criou sob os auspícios da ditadura, parece defender o esfola e mata para seus adversários políticos.

É um jogo perigosíssimo esse, porque abre caminho para a pior ditadura de todas, a ditadura judicial, um pesadelo que talvez seja ainda pior do que a ditadura militar.

Sergio Moro se tornou uma espécie de Luis Napoleão dos setores burgueses que o idolatram. A jurisprudência proto-fascista que ele está criando vai se voltar contra todo mundo, inclusive os mesmos burgueses que hoje o apoiam.

E aí teremos o 18 de Brumário de Sergio Moro…

Eu não entro nesse jogo.

Não quero que aqueles que eu considero meus adversários políticos, os Caiados, os Malafaias, os Aécios, os Cunhas da vida, sejam julgados com ódio.

Não quero que sejam humilhados pela mídia por anos a fio, como fazem com os petistas.

Também não tenho, graças a Deus, o prazer mórbido em ver ninguém atrás das grades.

Para mim, o encarceramento, a violação mais brutal ao que possuímos de mais sagrado, a nossa liberdade física, deveria ser aplicada apenas para crimes que atentam contra a vida humana.

Todos os crimes não ofensivos à vida humana deveriam ser tratados com penas alternativas. Essa é a tendência hegemônica em todos os debates modernos sobre filosofia penal, nos ambientes mais avançados e humanistas.

Para corrupto, a melhor pena, a mais útil à sociedade, é tirar-lhes o dinheiro. Quebrar seu sigilo bancário, tomar-lhes o patrimônio.

Na verdade, a prisão de André Vargas me pareceu um gesto de desespero dos procuradores e do próprio Moro.

Como se eles quisessem se manter sob os holofotes a qualquer preço, com medo de perder a atenção que a mídia deveria estar dando à Operação Zelotes, que lida com desvios muito superiores, e cuja investigação não ameaça o emprego de ninguém, nem paralisa a economia, nem tem por trás nenhum juiz midiático disposto a ganhar o prêmio Faz Diferença, da Globo.

Será que o nosso valente Ministério Público e o nosso altivo Judiciário estão criando núcleos de “polícia política”, em que alguns podem ser presos, mesmo sem provas, mesmo sem haver nenhuma condenação contra a pessoa, apenas porque isso repercute bem na mídia?

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

58 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Rope

06 de junho de 2017 às 21h41

Thniking like that shows an expert’s touch

Responder

a vida como ela é

12 de abril de 2015 às 15h50

E você não leu todo o texto do link

Responder

a vida como ela é

12 de abril de 2015 às 15h48

Miguel, o Sergio Moro não leu Machado de Assis, e não leu todo o texto no link do seu post, basta le-lo, que ira perceber,que o pedido de prisão, não baseou-se apenas no ” Há noticias”. Houve também uma quebra de sigilo fiscal, na qual se comprovou a emissão de notas fiscais fraudulentas na filial da empresa citada no Paraná.

Responder

Eunice

12 de abril de 2015 às 15h29

Estou assistindo a TVT. Ideli Salvati se pergunta “por que existe o tal Bônus de Volume”?
E eu me pergunto Sera que Ideli nunca teve uma reunião com quem cuida disso, no governo, e nunca olhou pra cara da figura e nunca disse, vamos acabar com BV?
Os responsáveis só falam em ir pra rua. Mas os do gabinete podem fazer muito mais que as ruas.

Responder

Daulto Bitencourte Garcia

12 de abril de 2015 às 17h02

Facebook Vou sugerir-lhe com sua permissão aleitura de alguns livros que li ano passado: noticias do planalto Sergio Conti, mil dias de solidão Claudio Humberto, Sonhando Grande Cristiane Correa, Capitão Fracasso Theofilé Gautier, fammas e cronóbios Cortazar, Ler vai ensinar-lhe ser imparcial e aceitar realidades. Prazer.

Responder

Daulto Bitencourte Garcia

12 de abril de 2015 às 16h58

FacebookSra. Naira, esse livro que a senhora recomenda eu li quando tinha uns 19 anos. É engraçado como pessoas que vivem defendendo corruptos contumazes como a turma da petrobras e do mensalação, vive sugerindo aos outros lerem. É provavel que em toda sua vida a senhora não leu o que li na primeira metade de minha vida. Nãoperco tempo assistindo globo ou lendo veja, embora reconheça ser uma revcista importante para desmascarar hipócritas. Vou sugerir-lhe algumas leituras importantes. Bom final de semana. Obrigado

Responder

Messias Franca de Macedo

12 de abril de 2015 às 12h51

Pasme,

o autor e, sobretudo, a fonte:

Em cem dias, algo mudou

Por jornalista CELSO MING – experiente jornalista, colunista econômico do jornal Estado de S. Paulo

Apesar das trapalhadas políticas da presidente Dilma, coisas relevantes – e boas – aconteceram na área econômica nestes cem primeiros dias de governo

(…)

11 Abril 2015 | 16:00

http://economia.estadao.com.br/blogs/celso-ming/em-cem-dias-algo-mudou/

Responder

Messias Franca de Macedo

12 de abril de 2015 às 11h51

BOMBA! EXTRA!… ‘#VEMPRARUA’!

A NOTÍCIA QUE OS(AS) ‘COXINHAS’ VÃO AMAR!

######################

Definida magistrada que julgará mensalão mineiro

DOM, 12/04/2015 – 11:36

ATUALIZADO EM 12/04/2015 – 11:37

Sugerido por LACosta

(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://jornalggn.com.br/noticia/definida-magistrada-que-julgara-mensalao-mineiro

###################

… Um aviso aos blogues ‘sujos’:

tarefa à vista: dossiê juíza Melissa Pinheiro Costa Lage!

‘Capiche’?!

EM TEMPO: as coisas já estiveram [muito] melhor para os fascigolpistas!

E as obras do PAC urgem: reforma e ampliação da Papuda!

Responder

não vai cair ninguém

12 de abril de 2015 às 02h27

https://www.youtube.com/watch?v=t3217H8JppI

Responder

não vai cair ninguém

12 de abril de 2015 às 02h05

Agora que Dilma cedeu os anéis ao maçom Michel Temer para preservar os dedos me veio a mente está carta de um grão mestre da maçonaria de lá Britain;

Cara Soror:[1]

Faze o que tu queres deverá ser o todo da Lei.

Muito obrigado pela sua última carta. Eu não esperava menos. Tão logo alguém assume um cargo de autoridade, mesmo em uma escala muito pequena, seus problemas começam em uma escala muito maior.[2]

Imagine você, se puder, tudo aquilo que passei neste último quarto de século ou mais. Meus subordinados estão sempre me pedindo por ascensão na Ordem; eles acham que somente se fossem membros do 266º grau tudo no jardim seria maravilhoso. Eles acham que apenas se possuíssem os segredos do 148º grau seriam capazes de realizar todos aqueles milagres que atualmente escapam de seu alcance.

Esses pobres idiotas! Eles não compreendem a diferença entre Poder e Autoridade. Eles não entendem que existem dois tipos de graus, completamente diferentes.

Por exemplo, na teoria da Igreja de Roma um bispo é uma pessoa à qual foi conferido o poder mágico de ordenar sacerdotes. Ele pode escolher uma pessoa totalmente indigna para tal ordenação, isso não faz diferença; e o sacerdote, por mais indigno que possa ser, tem apenas que seguir a fórmula correta que realiza o milagre da Missa, para que aquele milagre seja realizado. Isto é porque na Igreja nós estamos lidando com uma qualificação religiosa em oposição à qualificação mágica ou científica. Se a Royal Society[3] elegesse um sapateiro, como poderia fazê-lo, isso não investiria o Novo Companheiro com o poder de determinação de um ponto de ebulição, ou de realizar a leitura de um Vernier.

No nosso próprio caso, embora a Nossa autoridade seja pelo menos tão absoluta quanto a do Papa e a da Igreja de Roma[4], ela não confere a mim qualquer poder transferível para os outros por qualquer ato de Nossa vontade.[5]

A nossa própria autoridade veio a Nós porque foi conquistada, e quando Nós conferimos graus a outras pessoas a Nossa dádiva é inteiramente ineficaz a menos que o beneficiário tenha realizado seus esforços.[6]

Colocando em termos ligeiramente diferentes: Qualquer grau concedido é, por assim dizer, um selo sobre um resultado preciso; e embora possa ser de Nosso agrado explicar o segredo ou segredos de qualquer grau ou graus concedidos a qualquer pessoa ou quaisquer pessoas, isto não faz o menor efeito, a menos que ele prove pela sua própria pessoa, que a habilidade de realizar aquelas funções as quais todos Nós realizamos lhe concederão o direito de realizar e o Conhecimento para realizar.

Quanto mais você progride na Ordem, mais você se encontrará importunado por pessoas que simplesmente falharam em compreender este ponto da teoria Mágica.

Um outro ponto, é que o ato de ensinar é em si mesmo muito complicado; mesmo coisas simples tais como viajar no plano astral não serão realizadas qualquer que seja a quantidade de ensinamentos, a menos que o aluno tenha tanto a capacidade quanto a energia e também a habilidade teórica e intelectual para conduzir as práticas de modo bem sucedido. (Eu já falei bastante sobre isto na minha carta sobre Aptidão.)[7]

Eu achei que é muito importante que você reforce estes pontos para todas as pessoas. É absolutamente lamentável assistir aos esforços em vão dos incompetentes; eles são tão sérios, tão sinceros, tão merecedores, sob todos os aspectos, de toda recompensa possível e, ainda assim, eles parecem incapazes de avançar um único passo.

Há outro lado deste assunto que realmente se aproxima do ato criminoso. Existem vários professores, mestres, bispos e sabe-se lá deus mais o que, andando por aí e fazendo algo pouco melhor do que vender graduações, graus e segredos. Tais práticas, de fato, não são melhores do que a fraude comum.

Por favor, fixe em sua mente que Conosco qualquer grau, qualquer cargo de autoridade, qualquer tipo de classe, é completamente sem valor, exceto quando não for apenas um carimbo sobre a realização ou conquista real.[8]

Pode parecer a você que eu estou chutando um cachorro morto, que é pouco melhor que perda de tempo para eu continuar insistindo, como estou fazendo agora, que aquilo que qualquer pessoa comum pensaria era evidente para a inteligência mais mediana; porém como uma simples questão de fato, quanto mais você avança na Ordem, e quanto mais pessoas você conhece, mais você encontrará esta atitude, algumas vezes absurda e algumas vezes abominável, se erguendo e lhe golpeando na face.

Esta é uma das razões porque quanto mais eu envelheço e quanto mais experiência eu adquiro sobre a natureza humana, mais eu me convenço da sabedoria dos Chefes da A.·. A.·., onde a associação com qualquer outra pessoa exceto o seu superior imediato ou a pessoa sobre a qual você é responsável, é desencorajada de todas as formas possíveis.

Naturalmente existem exceções. É necessário, embora lamentavelmente seja assim, para que a instrução sobre as práticas pessoais sejam dadas ou recebidas. Por tudo isso, eu gostaria de pode lhe mostrar 200 ou 300 cartas que eu recebi nos últimos vinte anos ou mais: elas me dizem sem sombra de dúvida que qualquer coisa como fraternização resulta apenas em problemas. Quando você desejar instrução do seu superior, deveria ser apenas para questões bem definidas e nada mais. Qualquer violação desta convenção é quase certeza de levar a um tipo ou outro de problema. Isso pode, de fato, ser considerado como um defeito de concentração se houvesse a comunicação entre quaisquer pares de membros da Ordem, exceto em casos de necessidade.

Eu sei que deve parecer difícil para a irmandade mais frágil da Ordem que devamos mostrar pouca evidência de sucesso na Grande Obra com a qual todos nós estamos comprometidos. É uma convenção bastante universal que o sucesso deve ser medido pelos membros. As pessoas gostam de sentir que elas têm centenas de Lojas das quais possam obter assistência nos momentos de desânimo.

Contudo, uma satisfação muito mais verdadeira e profunda é encontrada quando o estudante conduziu o seu trabalho satisfatoriamente totalmente através dos seus próprios esforços. Certamente você teve exemplos suficientes nestas cartas, onde em momentos de desespero a pessoa subitamente desperta para o fato de que apesar de todas as aparências, ela tem sido observada e protegida por um plano superior. Eu poderia dizer, de fato, que esta experiência da proteção secreta dos Chefes da Ordem vale por mil testemunhos aparentemente suficientes dos fatos.

Eu gostaria que você mantivesse isto muito bem guardado no seu coração, querida Irmã, e mais ainda, tenha em mente o que eu escrevi nesta carta de modo que possa reconhecer, quando a oportunidade surgir, que a melhor evidência do poder e da inteligência da Ordem é ser constantemente encorajado ao longo do caminho difícil por episódios tais que sejam possíveis de se explicar por meio do que poderia ser considerado como circunstâncias normais.

Finalmente, deixe-me insistir que isto é um sintoma definido de problema de saúde Mágica, quando a ânsia pela manifestação daquele poder e inteligência surge entre o obreiro e a sua obra.

Amor é a lei, amor sob vontade.

Fraternalmente,
666

Responder

Messias Franca de Macedo

12 de abril de 2015 às 01h19

AVISO AOS NAVEGANTES!

A patacoada fascigolpista de 12/04/2015 será um fiasco!

ENTENDA

Após ‘trocentos’ anos sem assistir ao programa ‘Fatos & Versões’ [GloboNews], ingerir três comprimidos de Plasil®

(antiemético), somente para acompanhar o que seria dito sobre o movimento ‘#vemprarua’!

A âncora Cristiana Lôbo [de Raiva] e os *convidados a dedo “nem respiraram o tema”!

Quanto mais abordá-lo!

*’jornalistas amigos dos patrões barões da grande MÉRDIA nativa’!

“As penas amestradas do PIG”, diria o Ciro Gomes!

Responder

Solano

11 de abril de 2015 às 19h57

Esse é apenas o ensaio para a prisão do José Dirceu. É só aguardar.

Responder

Messias Franca de Macedo

11 de abril de 2015 às 17h54

[Fora de pauta!
É sobre “a campanha ‘Ovos no CUnha'”!]
Camisa-de-força nos incendiários! Querem atear fogo no Brasil! ENTENDA
Enquanto houver tempo de salvar a oficialização do *’hospirco braZil’!
*um, digamos, ‘mix’ de hospício e circo!
Perdão aos malucos!
Perdão aos palhaços!
E, preventivamente, perdão às meretrizes!
Eduardo Cunha avisa [Teori] Zavascki que não quer depor à Força-Tarefa da Lava Jato
O presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB), um dos políticos que tiveram o pedido de instauração de inquérito no âmbito da Lava Jato autorizado pelo Supremo Tribunal Federal, enviou uma petição à Corte argumentando que “não precisa” depor à Força-Tarefa da Operação na Petrobras porque “já prestou explicações detalhadas publicamente e em recursos enviados ao tribunal.”
(…)
Na petição, Cunha também alega que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deveria ter solicitado esclarecimentos a ele antes de apresentar pedido de investigação ao STF.
Com informações da Folha e da Agência Brasil
FONTE [LÍMPIDA!]: http://jornalggn.com.br/noticia/eduardo-cunha-avisa-zavascki-que-nao-quer-depor-a-forca-tarefa-da-lava-jato#comment-628279

Responder

    Messias Franca de Macedo

    11 de abril de 2015 às 17h55

    [Momento de meditação!]
    … “Aqui pra ‘nois'”, tem hora que eu penso que o [Eduardo] CUnha “não bate bem da caixola”!
    Falando a sério!
    Não deve ser somente a blindagem bandida do PIG!
    A causa de tanta desfaçatez e cinismo!
    E petulância mórbida!
    Por exemplo, aquele olhar para o alto dos holofotes (sic) revela também um devaneio de origem cromossômica!
    Alguma deformação das cadeia de bases nitrogenadas e /ou na estrutura da desoxirribose e/ou do grupo fostato das moléculas do DNA!
    “Sei lá!”
    Talvez o nosso Nero dos Trópicos!
    E logo no Brasil!
    PQP!

    EM TEMPOS FASCIGOLPISTAS: quiçá fosse de bom alvitre os médicos do Congresso Nacional procederem a uma tomografia computadorizada e ressonância magnética do crânio do parlamentar!
    Um exame antidoping, aplicação de psicotestes…
    “Tudo vale a pena, mesmo que as despesas não sejam pequenas!”
    Perdão, Fernando Pessoa!
    E ao cofre das viúvas brasileiras também!
    Uma consulta com aquele nosso grande neurocientista!
    Paga com dinheiro público?
    Sim, mas vale(ria) a pena!…
    Ou não?!
    E bem que o parlamento brasileiro poderia criar o ‘Bolsa Divã’!
    De uso exclusivo do atual presidente da Câmara dos Deputados!
    Ô!
    “No Brasil não existem coincidências!”

    Responder

Messias Franca de Macedo

11 de abril de 2015 às 16h41

AVISOS/RECOMENDAÇÕES aos(às) ‘coxinhas’ &$ demais “‘Cansados(as) e cheirosos(as)'” do Brasil!

###################

“Se você for a manifestação de amanhã em Curitiba não esqueça de levar faixas de protesto contra a corrupção no governo do Paraná!
A *Ferrari pilotada pelo Beto Richa estará na frente da manifestação de amanhã, junto com o **Marcio Albuquerque Lima?
Tudo indica que a ‘Ferrari’ com que o Beto Richa corria e se exibia em Londrina foi comprada com dinheiro roubado na receita estadual. Argh !”

Por senador Roberto Requião

(*em referência ao carro com o qual o governador tucano compete nas pistas de Londrina;
**seu parceiro de corrida nas pistas de Londrina)

FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/parana247/176811/Requi%C3%A3o-pede-protesto-contra-a-corrup%C3%A7%C3%A3o-no-Paran%C3%A1.htm

Responder

Messias Franca de Macedo

11 de abril de 2015 às 15h17

… Creio que seja um dos *textos mais cirúrgicos produzidos nesse período sob o jugo do ‘golpe jurídico-midiático ainda ora em curso desde o antanho do Mentirão’!
Um pedagógico e lapidar libelo histórico!
*Há no Brasil ilhas de poder, com um juiz de Curitiba no centro
SAB, 11/04/2015 – 10:18
Por André Motta Araújo
O Brasil resiste a um poder fragmentado?
(…)
FONTE [LÍMPIDA!]: http://jornalggn.com.br/noticia/ha-no-brasil-ilhas-de-poder-com-um-juiz-de-curitiba-no-centro-por-andre-araujo

Responder

Daulto Bitencourte Garcia

11 de abril de 2015 às 17h45

Facebook Com certeza senhor, eu não seria acusado, nem preso sem provas cabais, por que não é assim que haje a PMF e a magistratura federal. Todos os presos estão presos por que existem provas cabais, assim como muitos defederam os mensaleiros estão defendendo o petrolão. Não sou desses que defendem direita ou esquerda, postei muitas notas sobre o fato do Robson Marinho não estar preso, só afastado do tribunal de contas de SP. Obrigado.

Responder

Cícero Alves

11 de abril de 2015 às 17h29

Responder

    Carmem Witt

    12 de abril de 2015 às 01h56

    dá para fazer filme sobre a 2′ guerra , o moro de bigodinho, fica um hitlerzinho dqueles…..

    Responder

    Carmem Witt

    12 de abril de 2015 às 01h56

    dá para fazer filme sobre a 2′ guerra , o moro de bigodinho, fica um hitlerzinho dqueles…..

    Responder

Messias Franca de Macedo

11 de abril de 2015 às 14h00

O GOLPE ESTÁ SENDO JUDICIALIZADO, TELEVISIONADO – E ‘RADIONIZADO’! I ENTENDA
Na manhã de 09/04/2015, um médico “conceituado” na cidade utilizou uma concessão do Estado brasileiro para promover a apologia ao golpe de Estado e incitamento do ódio ao PT na população, ocupando espaço em duas emissoras de rádio que funcionam numa mesma estrutura – Rádio Sociedade 970 AM e Rádio Princesa FM.
Emissoras da Rede Capuchinhos de Rádio Católicas [do lucro!], Feira de Santana, Bahia.
O mote: convocar a população a participar do ato do próximo domingo promovido pelo movimento ‘#vemprarua’.
Indagado sobre o impeachment da presidente Dilma Rousseff, afirmou:
“A presidente Dilma Rousseff foi ministra das Minas e Energia e da Casa Civil, integrante do Conselho de Administração da Petrobras, presidente do Brasil… Portanto, a presidente está envolvida no escândalo de corrupção da Petrobras!”
A calúnia não leva em consideração que inexiste o mais tênue indício de envolvimento da atual presidente da República.
Acrescentou outros motivos:
Comentou sobre uma chacina que ocorrera – há poucos dias – na cidade como sendo um exemplo cabal de que o caos está institucionalizado no país, o que reforça a tese do impedimento.
Em seguida, requentou um factoide criminoso divulgado na última Sexta-Feira Santa através de um *jornaleco pertencente a grupos de extrema direita da região. A denúncia de que teria havido corrupção na gestão de um hospital da cidade sob administração do governo estadual (PT). Calúnia já desmentida em razão da total inconsistência das acusações – e mediante apresentação de documentos por parte dos acusados.
Disse o médico: “Se não houve corrupção em decorrência de superfaturamento na compra dos materiais, então houve porque as técnicas cirúrgicas aplicadas estão ultrapassadas!”
*’Folha do Estado’
O médico afirma que defende a saúde pública, no entanto, assevera textualmente que “atua exclusivamente no setor privado”! (sic)
Aproveitou para anunciar a venda de camisas para o evento, em tom de deboche: “Promoção: compre uma camisa por R$ 15,00 e, pagando mais R$ 15,00, leve outra! As camisas estão à venda em minha clínica [de nome tal, endereço tal…]…”
RESCALDO: “Soltos, todos soltos!”
Ah se ‘nois tivéssemos um Ministério Público confiável!
E Ministério das Comunicações e Justiça idem!

Responder

Messias Franca de Macedo

11 de abril de 2015 às 13h10

Além dos blogues ‘sujos’,

a contra-mídia que falta ao país!

E a vítima é o mordomo!

https://www.youtube.com/watch?v=s7yr3yeQ0Hk

Responder

paul moura

11 de abril de 2015 às 11h23

Imaginei que era somente eu que tinha percebido essa situação. Tentar continuar aparecendo, mas felizmente, parece que não.
Bem pensado MIGUEL, não há nenhum outro motivo e eu acrescentaria. Agora estão investigando verbas publicitárias da CEF? Ou seja, não terminaram a instrução do processo da Petrobrás e enveredaram para outro lugar sem mais nem menos.
E por que um investigação sobre a CEF seria conduzida no Paraná?
Desde o principio, Miguel, não tinha dúvidas que essa operação foi planejada nos mínimos detalhes visando a desestabilização política do pais.
Miguel não tem como resgatar aquele processo sobre o prefeito de Maringa, Gianotto do PSDB, onde o Sérgio Moro foi testemunha do Youssef e de seu Advogado Chefe.
Há ainda ações contra Youssef que não foram julgadas depois de 13 anos.
Veja esse post de londrina:

Responder

Mauro

11 de abril de 2015 às 10h36

O problema é que a maioria das pessoas não querem ter trabalho, preferem o caminho mais fácil, rotular, julgar, condenar, sem se dar ao trabalho de ler, pesquisar para ver se o que ela ouve, ou lê é verdade.

Responder

Messias Franca de Macedo

11 de abril de 2015 às 09h25

[Fora de pauta! E dentro (sic) do alvo!]

… As pessoas de bem deste país têm que criar, urgentemente, o movimento cívico e civilizatório ‘Ovos no CUnha’!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Responder

    Messias Franca de Macedo

    11 de abril de 2015 às 10h01

    … Que o “açodamento” [seletivo!] da ‘Guantánamo do Paraná’ não esqueça do DEMoTucano Álvaro Dias! ENTENDA

    Bomba! O vídeo que liga doleiro da Petrobrás ao PSDB
    Por Miguel do Rosário, postado em outubro 22nd, 2014 | 133 comentários

    https://www.ocafezinho.com/2014/10/22/bomba-o-video-que-liga-doleiro-da-petrobras-ao-psdb/

    Responder

      Messias Franca de Macedo

      11 de abril de 2015 às 10h02

      O VÍDEO também aqui:
      https://www.youtube.com/watch?v=6WaCQuGT1q8

      Responder

        Messias Franca de Macedo

        11 de abril de 2015 às 10h02

        E MAIS:

        Segundo a Procuradoria de Defesa do Patrimônio Público de Maringá, suposto esquema teria alcance em 11 Estados

        Desvio de verba envolve mais de 130 pessoas
        RONALDO SOARES
        DA AGÊNCIA FOLHA, EM MARINGÁ, PARANÁ

        (…)
        Depoimento
        No depoimento, ele afirmou que campanhas de políticos do Paraná como o governador Jaime Lerner (PFL) e o senador Álvaro Dias (PSDB) foram beneficiadas com dinheiro desviado dos cofres públicos, em operações que teriam sido comandadas pelo ex-prefeito Gianoto.
        (…)

        FONTE, pasme: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc0403200125.htm

        E MAIS…

        Ufa!

        Responder

Expedição Perdidos Mas-Mais

11 de abril de 2015 às 11h51

E

Responder

Pafúncio Brasileiro

11 de abril de 2015 às 03h56

Miguel, sábio e explêndido o seu texto. Mexe com as pessoas sensíveis. Parabéns !

Responder

Paulo Roberto Junior

11 de abril de 2015 às 02h44

Minority Report. Moro poderia fazer o segundo filme no lugar de Tom Cruise

Responder

    Carmem Witt

    12 de abril de 2015 às 01h55

    se botar um bigodinho , pode fazer filma sobre a 2′ guerra mundial…

    Responder

Messias Franca de Macedo

10 de abril de 2015 às 22h48

A manifestação de domingo está sendo preparada pela Globo, PM e FPF

Por jornalista Renato Rovai

abril 10, 2015 22:34

É impressionante como se perdeu completamente qualquer limite na tentativa apear a presidenta Dilma do governo. Neste domingo, os que pedem impeachment vão às ruas de novo em diversas partes do país. A mobilização pelas redes está muito menor do que nas vésperas de 15 de março e tudo indica que ao menos os atos de São Paulo e do Rio de Janeiro serão bem menores. Mas para que eles não sejam um vexame, principalmente em São Paulo, um vergonhoso esquema foi preparado para impulsioná-lo.
A Federação Paulista de Futebol, segundo consta, a partir de uma recomendação da Polícia Militar do governo do estado tucano e com a anuência da TV Globo, definiu que não era o caso de ter jogo de futebol na cidade de São Paulo no domingo às 16h. E exatamente num momento em que o Paulistão entra na fase decisiva.
Corinthians e São Paulo jogarão no sábado. Palmeiras às 11h do domingo. E o Santos, às 16h, em Santos. Que para quem não é do estado fica a 70 km da capital.
Até há pouco eu imaginava que o jogo do glorioso alvinegro praiano seria televisionado para todo o estado. Mas assistindo ao Linha de Passe da ESPN Brasil acabo de descobrir que não. A TV Globo teria aberto mão da transmissão do jogo das 16h. E o torcedor santista ficará chupando dedo e ouvindo o jogo pelo rádio se não tiver comprado o pacote do campeonato paulista.
Ou seja, a Globo abriu mão de transmitir um jogo na etapa final do Paulista para focar toda a sua cobertura na manifestação de São Paulo e tentar levar mais gente à Paulista.
Ao mesmo tempo, a PM já avisou que vai fechar as duas mãos da avenida, mesmo sem saber se isso será necessário.
O espetáculo está montado.
A Globo vai convocar a manifestação, a PM vai organizar tudo para que as pessoas acabem indo ao ato como se fossem à praia e o governo de São Paulo provavelmente vai mandar liberar as catracas do metrô, como fez em 15 de março numa atitude inédita.
É tudo tão bizarro que não dá pra acreditar que nenhuma liderança política do governo federal denuncie a canalhice.
Vão esperar pra falar depois. E dessa forma ajudarão a promover um novo panelaço que será comemorado como um gol pela mídia tucana.
Agora é preciso reconhecer uma coisa, não deve ser fácil fazer oposição no Brasil. Porque o governo sozinho se derrota.
PS: Numa democracia séria e com um governo minimamente corajoso a Globo seria ao menos advertida por usar uma concessão pública para promover uma manifestação de caráter político partidário e com o objetivo de derrubar um presidente eleito.

FONTE: http://www.revistaforum.com.br/blogdorovai/2015/04/10/manifestacao-de-domingo-esta-sendo-preparada-pela-globo-pm-e-fpf/

Responder

Marisa Castilho

11 de abril de 2015 às 01h44

E quanto ao Senador Álvaro Botox Dias ?!!!… Também usou jatinho do amigo Yussef …

Responder

    Luís CPPrudente

    10 de abril de 2015 às 23h40

    Ah, mas o senador Álvaro Botox Banestado Dias é mui amigo do Dr. Moro!

    Responder

      Vicente

      11 de abril de 2015 às 11h42

      Liberar o metrô (dinheiro público) para pagar manifestação partidária?
      Que interessante. Alguém de SP, por favor, filme as catracas liberadas do metrô.

      Responder

    Carmem Witt

    12 de abril de 2015 às 01h54

    ,,mas era para o bem ,interesse do povo,,,kkkkaaaaa

    Responder

    Marisa Castilho

    12 de abril de 2015 às 03h43

    Ah…tá !…

    Responder

Edilene Máximo

11 de abril de 2015 às 01h38

Nem eu!

Responder

Messias Franca de Macedo

10 de abril de 2015 às 22h18

… “Esse açodamento todo” em mandar prender irá acabar quando o primeiro Tucano da série estiver para ser engaiolando!

“‘Vamo’ pra frente!”

Responder

    Messias Franca de Macedo

    10 de abril de 2015 às 22h19

    errata desprezível:

    quando o primeiro Tucano da série estiver para ser engaiolado!

    Responder

Vani Moura Guarani Kaiowá

11 de abril de 2015 às 00h57

Eu tb!

Responder

Mônica Regina dos Santos

10 de abril de 2015 às 21h34

Miquel, eu achei este texto SEN-SA-CI-O-NAL (confesso que não sei se é assim que se separa!). Se você me permite, assino embaixo e os que criticam, na verdade, são apenas os incapazes de perceber a lucidez, a coerência e o espírito democrático que te movem! Excelente, parabéns!

Responder

    Márcio Souza

    11 de abril de 2015 às 01h22

    Porra, mas é burra mesmo !

    Responder

Daulto Bitencourte Garcia

11 de abril de 2015 às 00h28

Facebook Amigo o que mais faço é ler bons livros. Tenho certeza que ao longo de meus 73 anos (não defendendo corruptos) li muito mais livros de economia, filosofia, literatura, etc que o senhor. Só não defendo corlrupto.

Responder

    Naira Souto

    12 de abril de 2015 às 12h16

    Se tivesse lido, enxergaria mais longe. O Sr só vê o que a mídia lhe permite. Se leu, devem ter sido os 10 mais da Veja. Comece lendo a história da riqueza do homem, esclarece bem a máquina de poder .

    Responder

Raimundo Medeiros

11 de abril de 2015 às 00h06

Estão pedindo muito.

Responder

Gerson

10 de abril de 2015 às 20h54

Vou responder aqui o coxinha lá de cima:

Caro Peessedebista, e se…
E se mais de 400 processos de corrupção fossem engavetados nas gestões de Lula-Dilma, através de um procurador conhecido como engavetador geral da união?
E se várias principais empresas do país fossem doadas a preço de banana para empresários amigos e ainda com o empréstimo através do BNDES no governo Lula-Dilma?
E se esse processo de doação resultasse naquilo que ficou conhecido como privataria tucana e cujo dinheiro voou por asas tucanas através do Banestado para paraísos fiscais?
E se esse governo fizesse de tudo para privatizar a principal empresa de petróleo do país, e comprasse tudo lá fora, gerando empregos em outras partes do mundo, e a nossa indústria parada?
E se esse governo levasse o país a três pedidos de empréstimos do FMI? E, também, se esse governo, comprasse os votos da reeleição, e logo depois da eleição, ganha com a propaganda do real valorizado, uma semana depois, desvaloriza-se a moeda?
E se governos estaduais desse partido estivessem envolvidos em diversos escândalos de roubo do dinheiro público, como o mensalão mineiro, o trensalão paulista, o Detran do RS, Metro de Salvador? E se um senador desse partido, do estado do paraná, fosse frequentador assíduo do jatinho do delator Youssef, e que agora está de bico calado?

Responder

    Anônimo

    10 de abril de 2015 às 21h42

    sensacional!

    Responder

Daulto Bitencourte Garcia

10 de abril de 2015 às 23h44

Não entendo articulistas que deveriam se revoltar contra quem rouba, lesa a pátria, tira remédio de quem precisa, vagas em creche, leitos em hospital, roubando o dinheiro, investem contra os promotores, os juízes. É lamentavel

Responder

    Raimundo Medeiros

    11 de abril de 2015 às 00h07

    Leia um Bom livro q ajuda a entender.

    Responder

    José Josué Neto

    11 de abril de 2015 às 16h28

    Daulto, se os Juízes passarem a prender pessoas sem o devido processo legal, isto pode atingir a todos, inclusive você, basta um Juiz ou Promotor achar que deve prendê-lo. Isto é perigoso demais, devemos manter o que é justo e bom para todos.

    Responder

    Osvaldo Alencar

    11 de abril de 2015 às 17h28

    Ínclito, culto e probo Senhor eu não li que o articulista estivesse investindo contra promotores. Adoraria ver seus arroubos se acaso fosse acusado, preso e injuriado injustamente, sem provas cabais!!!

    Responder

Vicente

10 de abril de 2015 às 20h40

Caro Washington Reis: no governo FHC aconteceram muitas coisas. Só não aconteceu do MPF e da PF investigarem políticos governistas. Você é jovem, talvez não lembre. Vai ver em Minas como o Aécio tratava jornalista que o criticasse.
Veja a seguir uma lista de escândalos não investigados que achei no blog Conversa Afiada.Pesquise sobre. Esta é a diferença: agora estão investigando porque o governo não aparelhou a PF e o MPF. E agora a imprensa denuncia.

Denúncias abafadas: Já no início do seu primeiro mandato, em 19 de janeiro de 1995, FHC fincou o marco que mostraria a sua conivência com a corrupção. Ele extinguiu, por decreto, a Comissão Especial de Investigação, criada por Itamar Franco e formada por representantes da sociedade civil, que visava combater o desvio de recursos públicos. Em 2001, fustigado pela ameaça de uma CPI da Corrupção, ele criou a Controladoria-Geral da União, mas este órgão se notabilizou exatamente por abafar denúncias.
Caso Sivam, Pasta Rosa, Compra de votos para reeleição, Vale do Rio Doce, Privatização da Telebras, Farra do Proer, e por aí vai.

Responder

Messias Franca de Macedo

10 de abril de 2015 às 20h15

FILHO DE PEDRO CORRÊA DIZ QUE IRÁ PROCESSAR MORO

O filho do ex-deputado federal Pedro Corrêa, o advogado Fábio Corrêa Nteo, disse que pretende processar o juiz federal Sérgio Moro, em função do mandado de condução coercitiva para que sua esposa, Márcia Danzi Corrêa, prestasse esclarecimentos à Polícia Federal no âmbito da Operação Lava Jato; “Vou processar o juiz e processar a União. Vou tomar uma medida”, disse Fábio Corrêa. “Isso é um abuso de poder desse juiz porque esse cara é um irresponsável”, disse

10 DE ABRIL DE 2015 ÀS 17:15

(…)

FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/pernambuco247/176719/Filho-de-Pedro-Corr%C3%AAa-diz-que-ir%C3%A1-processar-Moro.htm

Responder

Messias Franca de Macedo

10 de abril de 2015 às 19h47

… Eu não conheço um ‘coxinha’ arrivista que tenha lido!

Passa a régua!

Responder

Deixe um comentário para Messias Franca de Macedo

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?