Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Bandido confesso do futebol é sócio da família Marinho

Por Miguel do Rosário

29 de maio de 2015 : 13h54

O escândalo de corrupção da Fifa não apenas bateu às portas da Globo.

Já entrou na casa.

O Cafezinho está recolhendo muitas informações sobre o tal J.Hawilla, que ainda não teve tempo de processar.

Mas fique, por enquanto, com uma informação quentíssima, divulgada há pouco pela Rede Brasil Atual: o bandidão confesso J. Hawilla, dono da Traffic Group, maior agência de marketing esportivo da América Latina, é sócio da família Marinho em várias tvs do interior de São Paulo.

Ou seja, há muito anos, um bandido confesso, em aliança com a Globo, mantém o controle da opinião pública no maior estado brasileiro.

Não é a tôa que o PSDB domina o estado há décadas, nem seja jamais incomodado pela Justiça.

Nem nos surpreende que coxinhas psicóticos xinguem ex-ministros do PT em restaurantes…

*

Globo esconde que J. Hawilla é sócio de filho de João Roberto Marinho

Conseguirá a ‘vênus platinada’ convencer o público – e a Justiça – de que ‘não sabia’ que seus sócios pagavam propinas a cartolas pela transmissão de jogos de futebol?

por Helena Sthephanowitz, para a Rede Brasil Atual

publicado 29/05/2015 11:46, última modificação 29/05/2015 13:34

Acusações ainda não foram feitas, mas sobram suspeitas de irregularidades no futebol da Globo
Ao noticiar o escândalo de corrupção internacional de subornos no futebol que levou à prisão do ex-presidente da CBF, José Maria Marin, o Jornal Nacional da TV Globo omitiu informações relevantes ao telespectador.

A começar pelo fato de J. Hawilla ter sido diretor de esportes da própria Rede Globo em São Paulo – tendo sido antes repórter de campo – e já nessa época, começou paralelamente a comercializar placas de publicidade em estádios. Ali nascia o empresário com forte ligação com a emissora.

Em 2003 J. Hawilla fundou a TV TEM, sigla de Traffic Entertainment and Marketing, que forma uma cadeia de TVs afiliadas da Rede Globo no interior de São Paulo. As TVs de Hawilla cobrem quase metade do estado de São Paulo: 318 municípios e 7,8 milhões de habitantes, alcançando 49% do interior paulista. Entre as cidades cobertas estão, São José do Rio Preto, Bauru, Sorocaba e Jundiaí.

A dobradinha Hawilla-Globo não para por ai. Foi também do Grupo Globo que o empresário comprou, em 2009, o Diário de São Paulo. Ele já era dono da Rede Bom Dia, de jornais em cidades da área coberta pela TV TEM.

Faltou também o JN noticiar que, os negócios da Globo com Hawilla que fazem parte da programação nacional da emissora. A produtora TV 7, que é da Traffic, faz os programas Auto Esporte e o Pequenas Empresas, Grandes Negócios, apresentados na Globo aos domingos, já há alguns anos.

Mas o que ninguém sabe e nem a Globo conta é que J. Hawilla é sócio de Paulo Daudt Marinho, filho e herdeiro de João Roberto Marinho, na TV TEM de São José do Rio Preto (SP).

João Roberto Marinho é um dos três filhos de Roberto Marinho que herdou o império da Rede Globo. O próprio João Roberto é sócio de dois filhos de J. Hawilla (Stefano e Renata) na TV TEM de Sorocaba (SP). Aliás a avenida em São José do Rio Preto onde fica a TV TEM ganhou o nome de Avenida Jornalista Roberto Marinho, em homenagem ao fundador da ‘vênus platinada’.

No Jornal Nacional de quarta feira (27) , muito brevemente, William Bonner citou a Globo, como se quisesse dizer aos espectador, “Não temos nada com isso”. O jornalista leu: “A TV Globo, que compra os direitos de muitas dessas competições, só tem a desejar que as investigações cheguem a bom termo e que o ambiente de negócios do futebol seja honesto”. Assim seco, sem entrar em detalhes.

helena

J. Hawilla foi condenado nos Estados Unidos por extorsão, conspiração por fraude eletrônica, lavagem de dinheiro e obstrução da Justiça. Os crimes foram cometidos na intermediação de subornos para cartolas da Fifa, da CBF e outras confederações de futebol por contratos de direitos televisivos e de marketing. Ele admitiu os crimes e, para não ir para a cadeia, delatou quem recebia propinas e negociou pagar multa de quase meio bilhão de reais.

Entre suas operações mais comuns, estão propinas pagas à cartolagem dos clubes para intermediar a comercialização com emissoras de TV, como a TV Globo, dos direitos televisivos de transmissão dos jogos.

Segundo o departamento de Justiça dos Estados Unidos, as empresas de TV e de outras mídias pagavam à empresa de marketing de J. Hawilla, que conseguia os direitos de comercializar as transmissões, e depois repassava uma “comissão” aos cartolas.

As propinas acontecem há pelo menos 24 anos e envolveram jogos da Copa América, da Libertadores da América e do torneio Copa do Brasil, segundo os investigadores dos EUA.

Ao longo dos anos a maioria destes jogos no Brasil foram transmitidos com exclusividade pela TV Globo, que cedia alguns jogos para a TV Bandeirantes – mas sob limites rígidos – para livrar-se de acusações de concentração econômica e práticas anti-concorrenciais.

Se até o momento de fato não há acusações contra emissoras de TVs que tenham chegado ao conhecimento público, também é difícil afirmar que não pesam suspeitas. A Justiça dos Estados Unidos e o FBI disseram que as investigações estão apenas no começo.

Todo mundo tem direito à presunção de inocência e ao benefício da dúvida, mas depois de passar anos fazendo jornalismo na base da pré-condenação, testes de hipóteses, “domínio do fato” e do “ele não sabia?” para tentar fazer política demotucana, será difícil convencer o telespectador de que a Globo “não sabia” que seus sócios pagavam propinas a cartolas pela transmissão dos jogos que a emissora transmitiu.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

45 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Pedro Pereira

30 de maio de 2015 às 00h40

russia, Qatar, direito de transmissão, R. Murdock, COPA CENTENÁRIO EUA, cucarachas recebendo propina na terra deles, história sinistra, tem que esperar cenas

mas e aí, a FIFA não é privada? eles podem fazer o q quiser, ou não?

Responder

Messias Franca de Macedo

30 de maio de 2015 às 00h24

Nova Vinheta TV TEM Sorocaba 2015 do J. Hawilla ( Afiliada Globo )

https://www.youtube.com/watch?v=QJKJhvovy_4

Responder

Messias Franca de Macedo

29 de maio de 2015 às 20h08

Rede Record denuncia sonegação fiscal da Rede Globo

https://www.youtube.com/watch?v=JPLNJEesxG4

Responder

Pedro Gbr

29 de maio de 2015 às 22h47

Achei um pouco redundante o ‘entrou dentro’, não sei se foi proposital. rs

Responder

Leici

29 de maio de 2015 às 19h40

Caiu a casa! Chega desses mafiosos fazerem o que bem entendem!

Responder

Messias Franca de Macedo

29 de maio de 2015 às 19h29

MUTIRÃO CÍVICO-NACIONALISTA PELO FORA REDE ‘Gllobo’ CORRUPTA’!
Ou o Brasil acaba com as organizações (sic) Globo ou as oraganizações (sic) Globo acabam com o Brasil!
Não há meio-termo!

#############################

EUA DESENHAM CAMINHO DA PROPINA QUE ATINGE A GLOBO

Na entrevista coletiva em que apresentou ao mundo as vísceras da corrupção na Fifa, a secretária de Justiça dos Estados Unidos, Loreta Lynch, foi didática, até desenhou o caminho da corrupção na entidade; entre os personagens que pagaram propina para adquirir direitos de transmissão da Copa do Mundo, Libertadores, Copa América ou Copa do Brasil, estão os grupos de mídia que transmitem os eventos; segundo Lynch, a corrupção é “sistêmica, desenfreada” e funciona há pelo menos 24 anos; se a Globo é dona dos direitos de todos os campeonatos investigados e mantém relações empresariais com o pivô do escândalo, o brasileiro José Hawilla, dono da maior afiliada da emissora, a TV TEM, e réu confesso de crimes de extorsão e lavagem de dinheiro, fica difícil acreditar no editorial da edição de quarta-feira do “Jornal da Globo” de que “não pesam suspeitas sobre as empresas de mídia que compraram desses intermediários os direitos de transmissão”

29 DE MAIO DE 2015 ÀS 17:21

(…)

FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/esporte/182955/EUA-desenham-caminho-da-propina-que-atinge-a-Globo.htm

Responder

Messias Franca de Macedo

29 de maio de 2015 às 19h25

O poderio de J. Hawilla nos direitos de transmissão de jogos
SEX, 29/05/2015 – 16:22
ATUALIZADO EM 29/05/2015 – 16:27
Patricia Faermann
Sete anos após ser criada, a empresa de J. Hawilla, Traffic, assume a organização e a comercialização de direitos de TV da Copa América

(…)
Na investigação da Polícia dos Estados Unidos, que teve operação deflagrada nesta quarta-feira com a prisão de sete dirigentes de futebol, em torno do escândalo de corrupção da Fifa, o Departamento de Justiça americano aponta que J. Hawilla teria pago propina em campeonatos da Copa América, antes e após 2010, na Liga dos C. da Concacaf, após 2013, na Copa do Brasil e no patrocínio à CBF.
(…)
Em trecho da denúncia do Ministério Público dos Estados Unidos, afirma que houve propina no contrato para direitos de transmissão da Copa América: “Em conexão com a compra dos direitos de transmissão das Copas América e partidas do Centenário da Conmebol e Concacaf, Datisa concordou em pagar US$ 110 milhões em suborno aos denunciados Jeffrey Webb, Eugenio Figueiredo, Rafael Esquivel, José Maria Marin, Nicolás Leoz e outros dirigentes do futebol. Datisa concordou em fazer esses pagamentos em várias parcelas ao longo da duração dos contratos. Ao menos US$ 40 milhões já foram pagos”
Além dos direitos de transmissão
Em outro trecho da investigação, mostra que o contrato de US$ 160 milhões da CBF com a Nike, intermediado por Hawilla, rendeu pelo menos US$ 15 milhões em propina ao ex-presidente da entidade, Ricardo Teixeira. De acordo com a denúncia, J. Hawilla pagou a Teixeira “metade do dinheiro que ganhou com o patrocínio, totalizando milhões de dólares de propina”.
(…)

FONTE [LÍMPIDA]: http://jornalggn.com.br/noticia/o-poderio-de-j-hawilla-nos-direitos-de-transmissao-de-jogos#comment-659821

Responder

Ivone Azevedo da Fonseca

29 de maio de 2015 às 21h22

Que novidade…leia a história de como a fama marinho conseguiu a concessão do canal de televisão…pura lama!

Responder

janio ieso

29 de maio de 2015 às 17h22

Tudo isso é um LARANJAL da família MARINHO.

Responder

Normahannah Jenner Rosas

29 de maio de 2015 às 20h21

Incrível é como a Justiça Brasileira a polícia Federal etc… nunca tenha investigado e nem desconfiado de nada.Fraudes dessas magnitudes nunca chamaram atenção? Muito estranho,estranho demais.

Responder

Arthur Bento

29 de maio de 2015 às 19h34

TDs vão ficar na condição de Maluf, se sair do Brasil é extraditado! =)

Responder

Amorim

29 de maio de 2015 às 16h27

Seria o JHawilla laranja dos Marinhos?

Responder

    Miguel do Rosário

    29 de maio de 2015 às 16h51

    Também to pensando nisso

    Responder

André Silva

29 de maio de 2015 às 19h19

Já “”entrou dentro”” de casa…??

Responder

Lisa Gatti

29 de maio de 2015 às 19h08

nossa ,vaõ mexendo ,osujo falando do mal lavado!

Responder

Pedro Americo Maribondo

29 de maio de 2015 às 18h32

Terremoto no J.Botanico.

Responder

Juliana Cruz

29 de maio de 2015 às 18h17

Bateu de novo? Ela mora lá dentro….

Responder

Jorge Silveira

29 de maio de 2015 às 18h14

J. Hawilla sempre foi um laranja. Se mexer mais um pouquinho vai feder.

Responder

Vera Lucia Alves Milanez

29 de maio de 2015 às 17h57

bota as informaçòes aí pra gente.

Responder

Gui Medeiros

29 de maio de 2015 às 17h52

e ainda perguntam o pq deste resultado

Responder

João Paulo Gomes

29 de maio de 2015 às 17h26

Alguém lembra disso? Esse cara é capaz de roubar qualquer coisa! https://www.youtube.com/watch?v=IVZbulmbsc4

Responder

João Paulo Gomes

29 de maio de 2015 às 17h18

E a fuga do Del Nero da Suíça? kkkkk que piada! Um canalha! Estranho que quem foi entrevistá-lo no aeroporto foi o SBT, e a Globo, cadê?

Responder

João Paulo Gomes

29 de maio de 2015 às 17h14

Pra mim essa é a piada do ano! Infelizmente com o dinheiro do povo.

Responder

Geninho Hey Oh

29 de maio de 2015 às 17h13

Lei para os bandidos graúdos daqui, temos que “importar” a Justiça.O caso HSBC, FIFA,Zelotes desmoralizam a justiça nacional, um judiciário corrupto e corporativo.Gloebbels, vc não está mais nas “mãozinhas boas” do Judiciário brasileiro(sic).

Responder

Vitor

29 de maio de 2015 às 14h13

“Ou seja, há muito anos, um bandido confesso, em aliança com a Globo, mantém o controle da opinião pública no maior estado brasileiro.” – Bem exagerada essa frase.
E nada tem a ver com o maníaco do restaurante que é da capital…

Responder

    Miguel do Rosário

    29 de maio de 2015 às 14h26

    Por que exagerada?

    Responder

      Vitor

      29 de maio de 2015 às 16h01

      “mantém o controle da opinião pública no maior estado brasileiro”
      Ele é dono de uma retransmissora para 7,8 milhões de pessoas em um estado com 44 milhões… Acho que ele não tem esse poder todo não!

      Responder

Moisés Moisa Rodrigues

29 de maio de 2015 às 17h11

Só foram presos sul-americanos. Entre europeus e estadunidenses não há corruptos. Aí tem.

Responder

Rodrigo Jardim Rombauer

29 de maio de 2015 às 17h03

que dúvida

Responder

William Costa

29 de maio de 2015 às 17h03

Eu quero ver o circo pegar fogo.

Responder

Rodrigo Jardim Rombauer

29 de maio de 2015 às 17h03

que dúvida

Responder

Katia Galvão

29 de maio de 2015 às 17h01

Miguel que coisa boa de ler!!

Responder

Luís Henrique Martin

29 de maio de 2015 às 16h58

Ministério Público de SP dá medalha a bandido
29 maio 2015Miguel do RosárioConteúdo Livre12 comentários
Outra notícia para a seção de humor mórbido do blog.

O Ministério Público de São Paulo, além de não investigar tucanos e amigos de tucanos, ainda lhes enche de medalhas e homenagens.

Em 2008, o MP fez cerimônia em homenagem a José Maria Marin, ex-presidente da CBF e ex-governador do Estado de São Paulo, para lhe conceder o Colar do Mérito Institucional do Ministério Público.

Tudo bem que o MP não podia adivinhar que Marin seria preso alguns anos depois; mesmo assim, vale a dica para o MP ser mais prudente em sua relação com a comunidade política.

Afinal, o MP deveria tem a função de investigar políticos, não de lhes dar medalhas.

Sabemos que a promiscuidade entre o PSDB e o Ministério Público espelha, em verdade, a velhíssima promiscuidade entre o MP e a Casa Grande, ou entre políticos e as autoridades que deveriam lhes investigar.

No caso do trensalão, o procurador responsável, Rodrigo De Grandis, “esqueceu” o processo numa gaveta errada por anos a fio. Muito tempo depois, uma investigação na Suíça obrigou o MP a retomar o caso. De Grandis, no entanto, foi perdoado pelo ministro do STF, Gilmar Mendes (sempre ele). Recentemente, todos os políticos tucanos foram poupados pelo Ministério Público.

Tucano, como se sabe, só é preso na Suíça…

Essa promiscuidade entre MP e o partido da Casa Grande (PSDB) se torna ainda mais chocante quando se observa que petistas ou políticos com alguma ligação com o PT tem o tratamento oposto: mesmo sem provas, são condenados, em função do esforço inaudito do Ministério Público para acusá-los, inclusive de crimes que, às vezes, não tinham nada a ver com o escopo inicial da investigação.

Lembrando que o senador Aécio Neves também organizou, em 2014, uma homenagem à José Marin.

Responder

Leo Lira

29 de maio de 2015 às 16h57

William Costa,Jacqueline Souza

Responder

Leo Lira

29 de maio de 2015 às 16h57

William Costa,Jacqueline Souza

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes Os Principais Eleitores de Bolsonaro