Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Mídia usa Jefferson, de novo, como bucha de canhão

Por Miguel do Rosário

06 de junho de 2015 : 09h59

A Folha publica hoje, ao lado de um anúncio pró-impeachment da presidenta, uma entrevista exclusiva com Roberto Jefferson.

Não é bem uma entrevista. É antes um palanque para Jefferson. A mídia usa o ex-presidente do PTB, mais uma vez, como bucha de canhão para atacar o PT.

O momento é oportuno.

Nada como um escândalo velho, mas que ainda sangra, para abafar um outro que não interessa à mídia investigar mais profundamente: o escândalo da Fifa-Traffic, que envolve o principal grupo de mídia no Brasil, a Globo.

Depois de abafarem a compra de votos para reeleição, mensalão tucano, o trensalão, o aecioporto (cadê a explicação? cadê o inquérito?), a Zelotes, a mídia agora tenta de tudo para abafar o “Fifalão”.

Oportuno duplamente: abafa escândalos que envolvem tucanos, e ainda requenta o clima antipetista às vésperas do Congresso Nacional do PT…

Desde a eclosão do mensalão, Jefferson se tornou mais um desses delatores-herois que passaram a ser blindados e usados para darem vazão aos propósitos políticos dos grupos de mídia (que são os verdadeiros partidos de oposição no país).

Genoíno não dá entrevistas. José Dirceu não dá entrevistas. João Paulo Cunha não dá entrevistas. Pizzolato só dá entrevistas ao Brasil de Fato (e que a grande mídia não repercute: alguém já se perguntou porque?).

Já a entrevista de Jefferson é a primeira a ser autorizada pela justiça e vai para a primeira página da Folha e repercute em todos os grandes jornais.

Ele volta a fazer um monte de acusações sem provas. Como já foi expulso da Câmara por mentir, não pode ser expulso de novo.

A entrevista, como era de se esperar, não tem pé nem cabeça. Nela, Jefferson e seu partido são santos.

O repórter pergunta a ele: “Dez anos depois, o PT diz que não se comprovou o pagamento de mesada a deputados.

Jefferson responde: “Havia mesada. A Lava Jato agora clareou isso. Por respeito à decisão do ministro [Luis Roberto] Barroso, eu só posso falar do passado. Mas o [Alberto] Youssef fazia pagamento mensal para vários deputados de partidos da base. Era aquilo que havia na época. As malas chegavam com R$ 30 mil, R$ 60 mil, R$ 50 mil. Não se comprovou porque não fotografaram.”

Ué, por que o repórter não pergunta em seguida: mas então, quem recebeu? Pode dar nomes? De qual partido?

O mensalão foi o escândalo mais investigado na história. Todo o aparato de repressão do Estado foi usado. Quebrou-se o sigilo de dezenas de parlamentares. A imprensa botou em campo todo o seu staff. Por que não se encontrou um mísero parlamentar que tenha recebido essas “mesadas”?

No escândalo da compra da reeleição, a própria Folha publicou vazamentos que mostravam os próprios parlamentares admitindo que haviam recebido propina para votar em favor de FHC.

E hoje o ex-presidente é tratado como um paladino moral. A Folha nunca “requentou” o escândalo da reeleição.

Nem se pode afirmar que “não houve” pagamento a parlamentares. Sabe-se que, infelizmente, há muita corrupção no Legislativo, e que eles recebem propinas de diversas fontes. Mas de quem, a mando de quem, para que? Essas são as perguntas importantes. Os esquemas de corrupção tem centenas de motivos para comprar parlamentares.

Mas tudo isso – e aqui não cabe o advérbio “infelizmente” – precisa de provas.

Que falta vergonha no Legislativo, a gente sabe, mas não podemos acusar sem provas, o que seria sem vergonhice ainda pior; nem generalizar, o que é uma consequência desse jogo irresponsável de acusações levianas, e provoca danos ao próprio sistema democrático.

Não vou acusar Jefferson da primeira sem vergonhice: roubar. Deixo isso para o julgamento da história. Mas a sem vergonhice de acusar sem provas, apenas para fazer o jogo político, é marca registrada dele.

O julgamento do mensalão foi inteiramente construído com base em sua delação. As provas foram montadas a posteriori, a partir de interpretações enviesadas feitas a partir das palavras de Jefferson.

Sem saber de onde veio o dinheiro, por exemplo, foram catar um “petista” no Banco do Brasil, Pizzolato. A escolha do Fundo Visanet como fonte do mensalão não poderia ser mais astuta. O Visanet era um recurso gerido de maneira complexa, e que, por ser privado (pertencia, em contrato, ao Visanet, não ao BB), não passava pelos sistemas públicos de controle. Foi fácil criar uma “teoria” com o Fundo Visanet e engambelar a opinião pública.

Daí construíram mentiras com base em mentiras. E hoje, dez anos depois, entrevistam o mentiroso original.

Críticas ao julgamento do mensalão? Nem pensar. Ainda não é o momento. Talvez mais tarde, quando o PT estiver bem longe do poder, os jornalões aceitem trazer à baila todas as contradições que marcaram aquele escândalo.

A terceira sem vergonhice, que é generalizar, essa cabe à imprensa e ao jogo sujo que pratica diuturnamente, criminalizando a política, jogando contra o Brasil, desacreditando nossa economia, nosso futuro, nossa democracia.

A campanha eterna pelo impeachment, expressa num banner posicionado com destaque na capa do caderno de política do jornal, expressa o caráter da Folha.

O problema desses escândalos políticos é justamente pegar uma corrupção existente e produzir uma explicação interessada politicamente.

Ou seja, a própria narrativa política em torno dos escândalos se torna um outro escândalo, envolvendo uma imprensa também corrupta.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

65 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luzeneide Fernandes

06 de junho de 2015 às 18h54

A Midia e Roberto Jefferson são farinha do mesmo saco …. São corruptos e lixo de esgoto !

Responder

Luzeneide Fernandes

06 de junho de 2015 às 18h54

A Midia e Roberto Jefferson são farinha do mesmo saco …. São corruptos e lixo de esgoto !

Responder

Tania Bessone

06 de junho de 2015 às 18h14

Sobre HSBC, Swissleaks, FIFA não tem nada, né? Tudo velho. Ah! Lembraram do trensalão! Jornalismo de rabo preso.

Responder

Tania Bessone

06 de junho de 2015 às 18h14

Sobre HSBC, Swissleaks, FIFA não tem nada, né? Tudo velho. Ah! Lembraram do trensalão! Jornalismo de rabo preso.

Responder

Nôni Simon

06 de junho de 2015 às 17h50

PIG sendo PIG; e o Jefferson não tem moral prá falar de ninguém, além de corrupto é X9

Responder

Nôni Simon

06 de junho de 2015 às 17h50

PIG sendo PIG; e o Jefferson não tem moral prá falar de ninguém, além de corrupto é X9

Responder

Paulo

06 de junho de 2015 às 13h36

Qual o tamanho de uma mala de R$ 30 mil?

Responder

Jorge Bohnenberger

06 de junho de 2015 às 16h31

Ele tá morrendo e acha que isso vai livrá-lo do inferno.

Responder

Vera Lucia Alves Milanez

06 de junho de 2015 às 16h20

o cara tava morrendo outro dia, onde arranja forças para sacanear., na mídia é claro

Responder

Walker Gadelha

06 de junho de 2015 às 15h53

Para de mimimi, tua fala não vale um tostão, rs..

Responder

Messias Franca de Macedo

06 de junho de 2015 às 12h44

É grave a crise !

O PiG que o diga !

Publicado em 05/06/2015

https://www.youtube.com/watch?v=keePoDY2t94

(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.conversaafiada.com.br/tv-afiada/2015/06/05/e-grave-a-crise/

Responder

Sandra Francesca de Almeida

06 de junho de 2015 às 15h42

Mídia e seu produto barato de merecem. São iguais em perfídia e cinismo.

Responder

Marileide Cavalcanti de Souza

06 de junho de 2015 às 15h40

Só lixo

Responder

Silas Santos Marques

06 de junho de 2015 às 15h36

A mídia coloca-o como “o cara que denunciou” mas ele mesmo é envolvido até o pescoço.

Responder

Silvio Mode

06 de junho de 2015 às 15h36

E O JEFFERSON AINDA NÃO DEVOLVEU OS 4 MILHÕES QUE ELE DIZ TER RECEBIDO….ESTÁ USANDO NA SUA LUA DE MEL????

Responder

Jose Aparicio Correa

06 de junho de 2015 às 15h18

A mídia é bandida e como tal se alia a bandidos.

Responder

Débora Paz

06 de junho de 2015 às 14h54

Dando um jeitinho de aparecer!! Desmoralizado!!

Responder

Débora Paz

06 de junho de 2015 às 14h54

Dando um jeitinho de aparecer!! Desmoralizado!!

Responder

Wilde Gomes

06 de junho de 2015 às 14h45

Dá ouvidos a um presidiário, Folha! Dê espaço às investigações do FBI sobre o caso FIFA.

Responder

Wilde Gomes

06 de junho de 2015 às 14h45

Dá ouvidos a um presidiário, Folha! Dê espaço às investigações do FBI sobre o caso FIFA.

Responder

Carlos Eduardo Almeida Pereira

06 de junho de 2015 às 14h38

Somente desclassificados são utilizados pela mídia contaminada

Responder

Carlos Eduardo Almeida Pereira

06 de junho de 2015 às 14h38

Somente desclassificados são utilizados pela mídia contaminada

Responder

José Soares

06 de junho de 2015 às 14h30

Kkkkkk! Deve ser piada né?

Responder

José Soares

06 de junho de 2015 às 14h30

Kkkkkk! Deve ser piada né?

Responder

Messias Franca de Macedo

06 de junho de 2015 às 11h25

DA SÉRIE ‘TUDO A VER’!

##############################

A credibilidade da Globo se foi.
A do FHC também

Como é que a Globo oferece menos e ganha o monopólio das “transmissões televisivas”?

Publicado em 06/06/2015

(…)
Todo mundo percebe – veja no “E aí, hein ?” – alguns fatos elementares:
– roubam na FIFA;
– roubam na CBF;
– a Globo tem o monopólio da “transmissão televisiva” dos eventos da FIFA e da CBF.
Logo …
Logo, rouba-se também na …
… é melhor deixar o Azenha desenhar para quem não entendeu ainda …
(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.conversaafiada.com….

Responder

Eudocia Prado Sousa

06 de junho de 2015 às 14h18

Só os trouxas ainda acreditam nessa midia golpista. Não dá mais pra levar a sério os que esses jornalecos escrevem. Se acontecer uma catástrofe mundial eu só acredito se eu ler nas redes sociais, e olheque lá nem tudo merece credibilidade. Enfim o mundo está sofrendo de endemia da mentira

Responder

Eudocia Prado Sousa

06 de junho de 2015 às 14h18

Só os trouxas ainda acreditam nessa midia golpista. Não dá mais pra levar a sério os que esses jornalecos escrevem. Se acontecer uma catástrofe mundial eu só acredito se eu ler nas redes sociais, e olheque lá nem tudo merece credibilidade. Enfim o mundo está sofrendo de endemia da mentira

Responder

Messias Franca de Macedo

06 de junho de 2015 às 11h18

… Esse BANDIDO confesso deveria mostrar ‘o darf do STF’!
Pago, óbvio!
E se foi pago, a Polícia Federal deve(ria) investigar “quem são os ‘laranjas’ da ‘vaquinha'”!

Para uma imprensa IMUNDA E CRIMINOSA um “delator” de MERDA, IMUNDO E CRIMINOSO contumaz!

Responder

Clayton Sales

06 de junho de 2015 às 14h07

Folha de SP mais uma vez sendo Folha de SP. Nenhuma surpresa do jornal da ditabranda. E hoje em dia, vai requentar e esfriar de novo. O fundo do poço pra Folha cada vez mais perto.

Responder

Clayton Sales

06 de junho de 2015 às 14h07

Folha de SP mais uma vez sendo Folha de SP. Nenhuma surpresa do jornal da ditabranda. E hoje em dia, vai requentar e esfriar de novo. O fundo do poço pra Folha cada vez mais perto.

Responder

Maria De Fatima Cabral

06 de junho de 2015 às 14h04

Esse Canalha do PTB, está na lista de FURNAS, não tem credibilidade para atacar novamente o PT. Esse cara de pau, marionete da globo golpista, disse outro dia, que vai sair candidato a deputado por SP. Vai perder feio, seu verme.

Responder

Maria De Fatima Cabral

06 de junho de 2015 às 14h04

Esse Canalha do PTB, está na lista de FURNAS, não tem credibilidade para atacar novamente o PT. Esse cara de pau, marionete da globo golpista, disse outro dia, que vai sair candidato a deputado por SP. Vai perder feio, seu verme.

Responder

Gerson Pompeu

06 de junho de 2015 às 14h01

Melhor ele não passar perto de armários…

Responder

    Messias Franca de Macedo

    06 de junho de 2015 às 11h31

    … Aí, ‘elle’ irá “delatar” os… Armários!

    Passa a régua!

    Responder

Gerson Pompeu

06 de junho de 2015 às 14h01

Melhor ele não passar perto de armários…

Responder

Odorico Carvalho

06 de junho de 2015 às 14h00

Esse é o único réu confesso do falso mensalão! Confessou que recebeu 4 milhões, mas jamais disse para onde foi tal dinheiro. Dedurou Zé Dirceu porque seu esquema (dele Jefferson) nos Correios foi revelado por Carlinhos Cachoeira e ele imaginou que partira de Dirceu. Jamais foi provado que houve pagamento mensais, nem jamais foi provado que hoje compra de votos. Mas qual a importância da verdade, num momento em que, no Brasil, Calabar vira herói e Tiradentes, bandido? É o momento de glória dos alcaguetes, dos mentirosos, a pior a classe de ser humano que existe.

Responder

Odorico Carvalho

06 de junho de 2015 às 14h00

Esse é o único réu confesso do falso mensalão! Confessou que recebeu 4 milhões, mas jamais disse para onde foi tal dinheiro. Dedurou Zé Dirceu porque seu esquema (dele Jefferson) nos Correios foi revelado por Carlinhos Cachoeira e ele imaginou que partira de Dirceu. Jamais foi provado que houve pagamento mensais, nem jamais foi provado que hoje compra de votos. Mas qual a importância da verdade, num momento em que, no Brasil, Calabar vira herói e Tiradentes, bandido? É o momento de glória dos alcaguetes, dos mentirosos, a pior a classe de ser humano que existe.

Responder

Eugenia Maria Oliveira

06 de junho de 2015 às 13h57

Esse imbecil precisa mais uns anos de cadeia para se tornar gente.

Responder

Eugenia Maria Oliveira

06 de junho de 2015 às 13h57

Esse imbecil precisa mais uns anos de cadeia para se tornar gente.

Responder

René Amaral

06 de junho de 2015 às 13h55

Só falta uma e revoada de galinhas com diarreia pros Camisas Marrons voltarem à carga.

Responder

René Amaral

06 de junho de 2015 às 13h55

Só falta uma e revoada de galinhas com diarreia pros Camisas Marrons voltarem à carga.

Responder

Euler

06 de junho de 2015 às 10h55

Este tal Jeferson não é aquele picareta que colocou um “mequetrefe” para cobrar comissões de R$ 3 mil nos Correios? E que confessou guardar em casa mais que R$ 2 milhões do chamado mensalão, sem ter dito a quem distribuiu os recursos? E que confessou ter recebido recursos da Lista de Furnas, a mesma empresa na qual uma das diretorias era, segundo Youssef ouviu dizer, controlada por Aécio Neves para receber propina / mensalão de mais de US$ 100 mil? Pois sim, eis aí alguém mais do que credenciado para se tornar herói dos coxinhas e da mídia golpista.

Responder

Osvaldo Alencar

06 de junho de 2015 às 13h54

Quer dizer, então, que o senhor Roberto Jefferson é quem acusa corruptos? Nosso País é uma pândega. Quem é o senhor roberto jeferson para falar em corrupção? O maior corrupto do mensalão, réu confesso, vem falar de corrupção? Deve ter muito coxinha agora do lado dele…

Responder

Osvaldo Alencar

06 de junho de 2015 às 13h54

Quer dizer, então, que o senhor Roberto Jefferson é quem acusa corruptos? Nosso País é uma pândega. Quem é o senhor roberto jeferson para falar em corrupção? O maior corrupto do mensalão, réu confesso, vem falar de corrupção? Deve ter muito coxinha agora do lado dele…

Responder

Oscar Lorenzo

06 de junho de 2015 às 13h52

Esse Jefferson é um reincidente corrupto confesso, só no Brasil para a grande midia dar destaque a um criminoso, a inversão de valores continua a dar as cartas nosso país. Mal feitores aqui viram heróis.

Responder

Carol Santa Cruz

06 de junho de 2015 às 13h50

Como se ele fosse digno de credibilidade

Responder

Carol Santa Cruz

06 de junho de 2015 às 13h50

Como se ele fosse digno de credibilidade

Responder

Marcos A. P. Pecci

06 de junho de 2015 às 13h47

a folha fez editorial fogo amigo! Mas é imprensa tucana canalha!

Responder

Marcos A. P. Pecci

06 de junho de 2015 às 13h47

a folha fez editorial fogo amigo! Mas é imprensa tucana canalha!

Responder

Elizabeth Vargas da Silva

06 de junho de 2015 às 13h46

Olha que esse momento no Brasil é para refletir:Já há provas que o mensalao não foi bem como a mídia mostrou. Os escândalos que envolvem os barões e sonegadores , escravagistas desse país nada se fala? E misturar religião com políticas é assustador, qual à diferença desses pastores e padres que conclamam o ódio com aqueles fanáticos muçulmanos? Só que se remete à culpa de tudo à uma mulher só porque ela é presidente e do PT? Coisas do âmbito Estadual, Municipal com responsabilidade dela? A falta de respeito com às diferenças. Nunca esse país esteve tão alienado, e com idéias e comportamento tão retrógrado, Me assusta ver no face opiniões tão atrasadas , nunca pensei que em pleno século XXI o mundo retrocedesse ao séculos passados. Vamos repensar e lutar para não virarmos um mundo em que a liberdade de tds às maneiras serão proibidas.

Responder

Larry Carvalho

06 de junho de 2015 às 13h46

(y)

Responder

Messias Franca de Macedo

06 de junho de 2015 às 10h45

“Já a entrevista de Jefferson é a primeira a ser autorizada pela justiça e vai para a primeira página da Folha e repercute em todos os grandes jornais.”
Por jornalista Miguel do Rosário

Sim, quais os critérios usados pela “Justiça” para definir essa prerrogativa justamente ao GÂNGSTER?

O ‘miniSTRO’ ‘Zé Tucano’ da Justiça não irá perguntar à “Justiça” o por que de mais essa chicana de natureza política?
E criminosa!

Responder

Messias Franca de Macedo

06 de junho de 2015 às 10h32

… DE GÂNGSTERES PARA GÂNGSTERES!

Ou seja, especificamente, dos Frias para o escroque robert(o) jefferson!
Mais uma tabelinha de criminosos!
O *editorial de hoje (06/06/2015) da ‘Folha’: passar a ideia de imparcialidade!
E pavimentar o solo IMUNDO [mangue] para o PORCO do Bob Jefferson chafurdar!
PIG, Frias &$ robert(o) jefferson ‘tudo a ver’!
É a natureza intrínseca, estúpido!

*Passos lentos
Depois de anos, chamado mensalão tucano conhece pequeno avanço processual; atraso registrado até hoje já ultrapassa o tolerável
Completa-se praticamente uma década desde que o chamado escândalo do mensalão tucano começou a ser investigado.
(…)
Só resta esperar que não se *interponham novos obstáculos no caminho desse processo –mesmo sem atrasos adicionais, já terá atrasado muito mais do que o tolerável.

CACHOEIRA – perdão, ato falho -, FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/minas247/183840/Folha-demora-do-mensal%C3%A3o-tucano-ultrapassa-toler%C3%A1vel.htm

*não se *interponham novos obstáculos no caminho desse processo…

NOTA: Ô Frias calhordas, “me engana que eu gosto”!

Sacripantas!

Responder

Airton Faé

06 de junho de 2015 às 13h21

Se for para derrubar mais ladrões, manda bala.

Responder

Airton Faé

06 de junho de 2015 às 13h21

Se for para derrubar mais ladrões, manda bala.

Responder

Carlos Alberto Curioso

06 de junho de 2015 às 13h13

Responder

Carlos Alberto Curioso

06 de junho de 2015 às 13h13

Responder

Vander Maciel

06 de junho de 2015 às 13h09

Ele é tão confiável quanto a mídia

Responder

Vander Maciel

06 de junho de 2015 às 13h09

Ele é tão confiável quanto a mídia

Responder

Ricardo G. Ramos

06 de junho de 2015 às 13h06

Esse cabotino adora aparecer. Dedo duro escroto.

Responder

Ricardo G. Ramos

06 de junho de 2015 às 13h06

Esse cabotino adora aparecer. Dedo duro escroto.

Responder

Deixe um comentário