Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Sobre o republicanismo do PT: lavando a louça suja

Por Miguel do Rosário

23 de julho de 2015 : 14h38

Temos que conversar melhor sobre o republicanismo do PT.

Vou falar rápido porque tenho de lavar a louça suja da cozinha.

Antes, de fazê-lo, porém, preciso lavar a louça suja de algumas ideias.

Depois discutiremos isso em mais profundidade, porque é um assunto muito sério.

Num debate um pouco áspero com uns conhecidos de tweet, percebi que o “republicanismo” é uma doença mortal e suicida, e contaminou muito mais gente do que eu imaginava.

Os militantes do PT e do governo mais fanáticos disseram coisas assombrosas, que apenas reforçaram minhas suspeitas.

Grande parte do PT não sabe mais o que é republicanismo.

Diante da minha defesa de que o governo precisa nomear pessoas alinhadas ao governo para cargos estratégicos, eles reagiram como se eu estivesse defendendo o engavetamento de denúncias.

Não é isso.

Muito pelo contrário.

É preciso estabelecer parâmetros éticos muito rígidos. Muito mais do que hoje.

Mas é preciso, igualmente, estabelecer parâmetros de confiança muito mais sólidos.

Um governo precisa ter um nível de coesão interna sólido e seguro.

Nomear golpistas para o STF, como o governo fez com Joaquim Barbosa, Ayres Brito, Luiz Fux, etc, como fez com o novo diretor da PF, não tem sentido.

Não são éticos e não são confiáveis.

Isso não é republicanismo.

O que mais me assustou, contudo, na militância fanática do PT foi a defesa da estratégia de dar dinheiro à Globo.

Os petistas mais “republicanos” foram ainda mais longe: disseram que o governo não só estava certo em dar tanto dinheiro à Globo, porque assim manda a lei, como deveria ignorar os blogs e, para seguir a lei, dar dinheiro para Google, Yahoo e Facebook.

Sim, disseram isso.

E quando eu protestei, acusaram-me de pretender que o governo destinasse para o meu blog todo o dinheiro destinado à Globo.

Respondi que esse tipo de acusação era a mesma coisa que acusar um nacionalista, que protestasse contra a entrega da Petrobrás para os estrangeiros, de querer ficar com toda a produção de petróleo do país para abastecer o seu próprio carro.

Outros começaram a atacar os blogs, de forma geral: são os fanáticos que desconfiam dos blogs de esquerda porque estes criticam o governo e o PT.

Ou seja, sem argumentos, começaram a lançar suspeitas sobre minhas intenções, numa prova de que, para provar que o seu republicanismo é honesto, estão dispostos a todo o tipo de desonestidade intelectual e jogo sujo.

Fiquei ofendido. Levo uma vida tremenda difícil há muitos anos, como blogueiro independente. Sem ajuda de governo, partido, sindicato, Odebrecht, mídia, nenhuma empresa.

Sou independente puro sangue. 100% negritude.

O mínimo que peço a esses “republicanos” petistas é que me respeitem.

Se luto pela democratização das verbas publicitárias do Estado, não é para mim, é para dezenas de milhares de sites na internet, que poderiam respirar melhor e receber uma pontapé inicial, para produzirem conteúdo diferente e proporcionar mais pluralidade de reportagem e opinião à população brasileira.

E para o Estado seria muito melhor: mesmo o governo torrando bilhões na grande mídia, ninguém sabe o que o governo está fazendo. O resultado, portanto, é contraproducente.

Esse republicanismo petista, além de burro, covarde e suicida, ficou meio doido.

Se a Globo convencer esses petistas de que é “republicano” entregar o governo do Brasil diretamente ao Tio Sam e dar nosso petróleo de graça às companhias americanas, é capaz deles fazerem isso.

Temos que remover, de dentro do PT e da esquerda em geral, esse republicanismo esquizofrênico.

Isso não é republicanismo.

Isso é o que a mídia inculcou na cabeça do petismo do que seja republicanismo.

O único republicanismo de verdade é defender a democracia e o povo!

Para isso, é preciso sim reduzir o dinheiro dado à grande mídia e injetar recursos na internet livre!

É preciso nomear um diretor da Polícia Federal alinhado aos grandes projetos populares do governo!

Quanto ao ministros do STF, nem falo mais nada, agora é tarde. O PT perdeu o bonde da história e o Brasil (incluindo o próprio PT) pagou e paga um preço altíssimo pelos covardes, vendidos à mídia, que nomeou para lá.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

59 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Renato

27 de julho de 2015 às 18h43

Não acredito que o admirável Miguel, aos 49 do segundo tempo, resolveu lavar a louça suja PTralha. Parece que a esquerda entrou num absoluto colapso e a culpa mais uma vez é justificada com clichês ridículos: coxinhas, mídia golpista tucanada e blá blá blá!!!

Responder

    Miguel do Rosário

    27 de julho de 2015 às 20h48

    Besteira. Não é clichê

    Responder

Luís CPPrudente

24 de julho de 2015 às 21h20

O republicanismo insano do PT e até mesmo do Governo Dilma faz com que os próprios PT e Governo Dilma sofram diariamente ataques no ministério público, no judiciário e na imprensa mafiosa do PIG.

É necessário pulverizar as verbas publicitárias do Governo Federal e estatais, estas verbas deveriam ser usadas para promover a diversidade regional, cultural e de pensamento. E não como é hoje onde as verbas publicitárias só divulgam o pensamento monolítico do PIG.

Responder

Gilberto Moraes

24 de julho de 2015 às 20h52

Posição corretíssima.

Responder

Gilberto Moraes

24 de julho de 2015 às 20h52

Posição corretíssima.

Responder

Marcelo

24 de julho de 2015 às 15h39

Miguel eu sou filiado ao partido, militante da Democracia Socialista e leitor ávido do teu blog. Acho que quem disse as coisas que tu referiu devem estar fora do seu juízo normal ou são tão mal informados quanto a audiência do Jornal da Globo. Isso também reflete a inércia do meu partido, de uma forma geral em promover formação política. Há boas iniciativas pontuais, mas nada estrutural, infelizmente.

Responder

Marcos Faria

24 de julho de 2015 às 01h57

Caro Miguel, concordo com sua posição e não sou favorável que um governo gaste tanto com publicidade, é muito dinheiro gasto e mal gasto, porque estão sustentando seus inimigos. Pode ser que muitos que o criticaram possa ser petista, mas são aqueles que ainda usam “viseiras”. Sou filiado ao PT, e muito crítico da postura dos governos petistas. Não gosto da teoria dos extremos. Acho que o caminho do meio é sempre menos equivocado, tanto que os extremos sempre tendem a se encontrar. Por um republicanismo burro, governos petistas estão como “dormindo com o inimigo”. O governo Lula foi o melhor da história deste país, mas teve um erro grave de não ter um projeto de nação. Ele seguiu o modelo neoliberal, porém dando um pouco para os mais pobres. É só comparar o valor gasto com os programas sociais e valores pagos de juro de uma dívida duvidosa. Lula não fez nenhuma reforma estrutural no país. Não sou contra o Lula, muito pelo contrário, mas temos que ser realistas e não tapar o sol com uma peneira.

Responder

Elizabete Rodrigues

24 de julho de 2015 às 02h12

A vontade que tenho seria dar uma chacoalhada na Presidenta Dilma, para ver se desperta, sai da inércia e do mundo cor de rosa que só ela enxerga ou finge enxergar ao seu entorno.

Responder

Rosimar Nunes

24 de julho de 2015 às 01h29

Concordo 100% com você, Miguel. Pelo menos nesse assunto, não consigo imaginar algum argumento sério para a discórdia. Além disso, não estamos procurando na blogosgera informações nem opiniões tendenciosas, seja pra que lado for. Queremos ser informados por articulistas de esquerda, mas inteligentes o suficiente para criticar o que precisa ser criticado. Jogo limpo. Verdade olho no olho. É esse o tipo de informação que precisamos. Por isso sou viciada no Cafezinho e muito raramente consigo discordar da sua linha editorial. Abaixo o fundamentalismo!

Responder

Elcio Rabello

24 de julho de 2015 às 01h15

muito boa…. perfeito … sempre pensei assim, onde tem o poder de uma nação em jogo esse ato “republicano” foi um suicídio !!!

Responder

José

23 de julho de 2015 às 21h16

O republicanismo do PT aparelhou a Polícia Federal com tucanos e antipetistas em geral e levou à seguinte situação: o Brasil é o único país do mundo que tem uma polícia política da oposição (!!!)

Responder

Donaldo Alves

23 de julho de 2015 às 22h56

comungo desse ponto de vista faz algum tempo. O PT se deixou levar pelo canto da sereia do tal republicanismo………não sei se ainda da tempo de reverter……….mas vou pras ruas de qualquer jeito

Responder

Euler

23 de julho de 2015 às 19h48

Corretíssima sua postura, Miguel. O PT tem uma turma de bundões, que ao que parece controlam a máquina partidária e a cada vez menor parte do governo que lhe cabe. Para a população em geral é o PT quem responde por tudo, pelos erros e acertos. Como a mídia é controlada 100% pela direita – e em grande parte por causa desse falso republicanismo do PT – o que povão ouve nas rádios e TVs é que o PT está infestado de bandidos, que a crise é culpa do PT, que todos os problemas da humanidade são causados pelo PT. Se o PT tivesse investido numa mídia alternativa, mesmo que fosse pela Internet, financiando milhares de blogs e sites com produção exclusiva, a realidade hoje seria outra.

Em relação aos órgãos e instituições é a mesma coisa. Cabe ao governo do PT controlar a PF que está ligada ao poder executivo. Quem já imaginou algum governador de estado dar tamanha autonomia e liberalidade para suas polícias civis e militares? Claro que não se deve usar a PF para atacar os inimigos, mas, aceitar que a PF aja sem o controle direto de quem foi eleito pelo povo é entregar este órgão para a pressão midiática ditar o que ele deve fazer.

O mesmo acontece em relação ao STF, TCU, MPF. É atribuição do governo federal indicar os seus membros (salvo o TCU, que é um terço indicado pelo governo federal). Ora, claro que o critério do governo tem que levar em conta os padrões éticos, morais, etc., mas não poderia, jamais, deixar de considerar as opções ideológicas dos indicados, porque não vivemos numa sociedade de anjos e inocentes.

Pelo contrário. O PT, principalmente, se elegeu numa aliança com parte da direita fisiológica e nunca contou com o apoio da Casa Grande. Por isso mesmo, era certo que deveria se cercar de gente de confiança para os embates políticos que aconteceriam quando as propostas populares fossem colocadas na mesa.

Mas, estou convencido de que essa lenga-lenga desse falso republicanismo defendido por alguns petistas não passa de uma justificava para a covardia do PT em travar a luta ideológica e política contra a direita. Uma covardia típica de quem concilia com os de cima, e teme o enfrentamento político e ideológico aberto, como fazem, por exemplo, os governos da Venezuela, da Argentina, da Bolívia, do Equador, que hoje têm, pelo menos, uma grande massa da população disposta a ir para as ruas defender os seus governos. Será que o PT, com seu republicanismo de araque, tem essa mesma força? Não é o que estamos assistindo hoje, infelizmente, com a direita ganhando cada vez mais espaço, com a blindagem institucional dos tucanos diante das “republicanas” instituições. E ninguém da população reconhece esse republicanismo do PT como algo que justifique práticas imorais ou mesmo as omissões do PT.

Responder

Messias Franca de Macedo

23 de julho de 2015 às 18h58

… Prezado, ínclito e destemido jornalista Miguel do Rosário, apesar de não ser uma surpresa colossal, estou estarrecido diante da sua narrativa!
Realmente, ao que parece, ‘o [tíbio] PT da Governança’ não mais concebe a militância cujo horizonte é a utopia!
O PT infestado de arrivistas e burocratas gélidos!
Para se ter uma ideia simplória, aqui em Feira de Santana, o PT elegeu três vereadores:
um “já pulou para os braços do ‘prefeitim’ do DEMo”!
O coronel prefeito e o grupo dele estão há 20 anos no poder!
O outro vereador é representante dos Rodoviários!
E fiquemos por aqui no oportunismo!
O outro, também nunca vi fazer uma defesa pública diante dos ataques criminosos que o próprio Partido enquanto instituição, a presidente Dilma Rousseff e o [eterno] presidente Lula vêm sofrendo sistematicamente…

Para completar a lambança, o ex deputado Sérgio Carneiro, oriundo do carlismo, deixou o PT, e agora é um dos homens fortes na atual gestão municipal dos DEMOcratas, arqui-inimigo das esquerdas da região…

Exemplos não faltam a demonstrar a contaminação do partido o PT], seja por arrivistas, seja por aventureiros desprovidos de senso ideológico!
E vergonha na cara!
Aproveitadores militantes!

EM TEMPO: nossa absoluta solidariedade ao conspícuo e honesto jornalista Miguel do Rosário!

RESCALDO: não fosse a verdadeira militância e a internet, esses “republicanos petistas” já estariam, há muito tempo, ralando na oposição!
Ou, quiçá, cooptados em algum ninho da situação direitista!

Messias Franca de Macedo
Feira de Santana, Bahia
Brasil – em homenagem ao ‘Cafezinho’!
Quando

Responder

    Messias Franca de Macedo

    23 de julho de 2015 às 19h05

    ajustes:

    Exemplos não faltam a demonstrar a contaminação do partido [o PT]

    Saudações democráticas, progressistas, civilizatórias, nacionalistas, antigolpistas e antifascistas,

    Messias Franca de Macedo
    Feira de Santana, Bahia
    Brasil – em homenagem ao ‘Cafezinho’!

    Responder

Messias Franca de Macedo

23 de julho de 2015 às 18h17

… Depois da palhaçada matinal do Garcia “das organizações (sic) Globo”, o âncora do programa e os demais ‘sopradores de microfone’ desancam, escracham o governo federal, a presidente Dilma Rousseff, o Lula, o PT!
Sem dó nem piedade!…

E, pasme, quando alguma liderança do PT concede entrevista a esses alienados e pilantras, “é bonito de ver a troca de afagos, elogios, amabilidades…”
‘Os republicanos do PT’ elogiando “a qualidade e a isenção do jornalismo implementado!”

Ô RRRAAAAAAAIIIIVVAAAAAAA!

Responder

    Messias Franca de Macedo

    23 de julho de 2015 às 18h38

    … Ah, outro reles questionamento:
    No ‘MAU Dia Brasil’ do rádio o Garcia das organizações (sic) Globo do FIFALÃO menciona “por alto” “as pedaladas do [eduardo] ‘CU(nha)’ “do Tucano ‘Aécio Furnas Forever'”?!

    Muito pelo contrário:
    o boçal [pseudo-]jornalista considera o atual presidente da Câmara dos [300-400 ou mais picaretas!] Deputados “um gênio da política”!

    Viva o nosso [nosso?!] republicanismo militante!

    Responder

Messias Franca de Macedo

23 de julho de 2015 às 17h47

LIÇÕES DE ‘REPUBLICANISMO’ PARA OS ‘REPUBLICANOS’ DO PT DA GOVERNANÇA
Por Alexandre Garcia “das organizações criminosas Globo do FIFALÃO &$ da sonegação bilionária”
Edição de 23/07/2015 do indefectível ‘MAU Dia Brasil’ do rádio

“As anotações contidas no aparelho celular do empreiteiro Marcelo Odebrecht têm uma força muito superior à força dos argumentos do escândalo do Watergate, que nos EUA derrubou o presidente Richard Nixon.
(…)
Os agentes da Polícia Federal encontraram, por exemplo, as anotações: ‘avisem ao Edinho que a campanha da Dilma e do [Fernando] Haddad dinheiro na Suíça’… O Edinho é o atual ministro-chefe da Secretaria de Comunicações Sociais da Presidência, e foi tesoureiro na época da campanha da Dilma.
Mais anotações:
‘Vaca, Vaca deve ser em alusão ao Vaccari, o tesoureiro do PT preso na Operação Lava Jato, toda hora mencionado, R$ 27 milhões, 3%. Dissidentes da Polícia Federal trabalham para paralisar as investigações.’
(…)
Enquanto isso, algo muito estranho está acontecendo no ‘Reino da *Brasilândia’! A advogada Beatriz Catta Pretta, que negociou todos os acordos de delação premiada, renunciou a todas as suas causas e a todos os seus clientes, e vai sair do Brasil [vai para Miami!].
Ora, só pra lembrar, até hoje ninguém sabe exatamente porque o ministro Joaquim Barbosa deixou o Supremo numa atitude **’suuurrrpreeeeeeendentemeeeeeeente’ semelhante. É, é, é **’muuuuuito estraaaaaaanho’!
(…)
Ah, e a Grécia está muito melhor do que nós!
(…)

*’Brasilândia’ é um dos termos utilizados pelo boçal [pseudo-]jornalista, que revela todo o desdém, todo o menoscabo, todo o escárnio ao país
**o(a) dileto(a) (e)leitor(a) “deve ter entendido a ênfase nas pronúncias!
Lembrando que o povão está ouvindo “a estrela Global”!

Responder

    Messias Franca de Macedo

    23 de julho de 2015 às 18h06

    NOTA FÚNEBRE:
    Todas as manhãs dos dias úteis, o ex porta-voz da ditadura militar divulga o programete panfletário-terrorista ‘MAU Dia Brasil’ do rádio!
    Utilizando-se dos sinais eletromagnéticos, o Garcia “da Globo” destila todo o ódio figadal, reacionarismo, parcialidade, estratagemas capciosas, instrumento apologético ao ‘golpe jurídico-midiático ainda ora em curso desde o antanho do Mentirão’!
    E, pasme, o palco fascista possibilitado por Concessões Públicas do Estado brasileiro!

    Agora, façamos alguns reles questionamentos:
    O Garcia toca no assunto ‘Mensalão do TCÚÚÚÚÚÚÚÚÚ’?!
    No tema ‘tarjas pretas, tarjas brancas’ do DEMoTucano José (S)erra?!
    No ‘nominho’ J. Hawilla?!
    Na delação do doleiro Albert(o) Yousseff que aponta, cabalmente, o Mensalão de Furnas do DEMoTucano *‘Aécio Furnas Forever’?!
    *o mesmo “Ô candidato” fragorosamente derrotado Aécio ‘Never’ do ‘AeroPÓrto da Fazenda do Titio’!
    (…)

    EM TEMPOS “REPUBLICANOS” [pausa para rir]:

    Leitor(a), considerando ‘o republicanismo’ do capilarizador do PIG, as respostas estão, ‘republicanamente’, implícitas!

    Responder

      Messias Franca de Macedo

      23 de julho de 2015 às 18h09

      RESCALDO:

      Aqui em Feira de Santana-Ba, o programete fasciterrorista e antinacionalista ‘MAU Dia Brasil’ é retransmitido pela Rádio Princesa FM 96.9 e Rádio Sociedade AM 970.
      Emissoras da Rede [de Frades] Capuchinhos de Comunicações.
      Empresas católicas [do lucro!].

      Responder

      Messias Franca de Macedo

      23 de julho de 2015 às 19h47

      errata:

      … estratagemas capciosos…

      (em vez de … ‘estratagemas capciosas’… )

      Responder

Anderson

23 de julho de 2015 às 17h39

Tem um artigo do André Araujo d Jornal GGN que retrata esse republicanismo e o vácuo do poder deixado pelo PT.

http://jornalggn.com.br/noticia/o-pt-nao-soube-exercer-o-mando-por-andre-araujo

Responder

JOAO VR

23 de julho de 2015 às 17h36

MIGUEL, VOCE ESTA CERTISSIMO POSIÇAO E SOU SOLIDARIO A VOCE

Responder

Messias Franca de Macedo

23 de julho de 2015 às 16h59

Sim, se disseram isso, não são pessoas confiáveis!
Alienação e/ou má-fé, e fiquemos por aqui!
Bossais tirado a burocráticos de meia tigela!

Responder

    Messias Franca de Macedo

    23 de julho de 2015 às 17h05

    Bossais tirado a burocratas de meia tigela!

    Responder

      Messias Franca de Macedo

      23 de julho de 2015 às 17h19

      retificação:

      boçais (em vez de ‘bossais’)

      Responder

    Messias Franca de Macedo

    23 de julho de 2015 às 17h18

    retificação:

    boçais (em vez de ‘bossais’)

    Responder

      José Carlos Vieira Filho

      23 de julho de 2015 às 20h43

      Messias, esses “republicanistas” não seriam uns kataguri com outro nome?

      Responder

Roberto Locatelli

23 de julho de 2015 às 16h57

– Um agenta da polícia federal praticava treinamento de tiro usando uma imagem de Dilma como alvo;

– Essa mesma polícia “federal” protege os tucanos. Eles põem tarja preta para o nome de Serra não aparecer, inocentam rapidamente os aliados de Aécio no caso do helicóptero do pó, não investigam o propinoduto tucano em Sp;

– A Globo pratica terrorismo midiático 24 horas por dia, seja no noticiário, nas novelas ou nos programas “humorísticos”; o governo não diz nada;

– O STF só tem tucanos, alguns deles colocados lá pelo PT;

– No ministério da fazenda Dilma colocou um representante dos banqueiros;

– O ministro da justiça é tucano disfarçado de petista;

– O governo Dilma não cansa de repassar bilhões e bilhões à sonegadora Globo, enquanto essa mesma Globo pratica sabotagem contra o Brasil.

E justificam tudo dizendo que é “republicanismo”.

Responder

Ana Bemvinda Oliveira Santos

23 de julho de 2015 às 19h45

Apoiado!

Responder

Sheyla Kouri

23 de julho de 2015 às 19h34

Tem razão o blogueiro; sou simpatizante e eleitora do PT desde sempre mas o partido não tem só acertos; infelizmente, e acho até que pela falta de uma oposição decente e responsável atuando em nossa infante democracia, ultimamente o PT tem cometido erros incríveis; precisa urgente de uma correção de rumo e de cabeças pensantes com liderança, que não deixem o partido jogar,como vem fazendo, o joguinho sujo da direita golpista. Força PT.

Responder

    Gilberto Moraes

    24 de julho de 2015 às 20h55

    Fui fundador do PT e deixei o partido há uns 5 anos completamente desiludido com os rumos tomados. Hoje defendo algumas medidas do governo e critico a maioria. Apenas não abandono a defesa da manutenção da Dilma, que considero essencial para a normalidade institucional.

    Responder

    Gilberto Moraes

    24 de julho de 2015 às 20h55

    Fui fundador do PT e deixei o partido há uns 5 anos completamente desiludido com os rumos tomados. Hoje defendo algumas medidas do governo e critico a maioria. Apenas não abandono a defesa da manutenção da Dilma, que considero essencial para a normalidade institucional.

    Responder

Pafúncio Brasileiro

23 de julho de 2015 às 16h13

Miguel, você está correto. Já tinha percebido isso em 2011. A Dilma nunca, nunca mesmo, teve ascêndência sobre a máquina pública. É porisso que fazem o que querem, inclusive, sabotando o Governo eleito. O PN definiu muito bem e coloca ela e o PT como autistas políticos.

Responder

Marcos Portela

23 de julho de 2015 às 18h52

Enquanto isso, GOLPISTAS da imprensa, monopolizados pela GLOBO e FEDERAIS do Paraná, escondem denúncias de corrupção contra PSDB e DEM, panelinha que virou PANELAÇO, a própria imprensa ressuscitando a CENSURA, quem diria!

A FOLHA, DIÁRIO/PE e NE10, bloquearam meus comentários como forma de CENSURA, viva a liberdade de expressão!

Responder

Ligia Pedroza

23 de julho de 2015 às 18h50

Concordo com você. Todo mundo tá doido. E essa turma que aconselha a Presidenta, infelizmente. Do jeito que vai daqui a pouco cassam nosso registro e fica tudo por isso mesmo. Esses são os PeTistas Simpsons…

Responder

Victor Siqueira

23 de julho de 2015 às 15h35

Aff…defendendo o aparelhamento da Policia e Judiciário…depois reclamam que são chamados de comunistas!

Responder

Vera Lucia C. Soares

23 de julho de 2015 às 18h30

Cafezinho, tem razão em parte.
Fico horrorizada com a burrice do Governo, que me perdoe a Presidenta.
Ela é o PT querem viver dizendo que a apuração segue pq não interferem.
Como podem não enxergar a realidade ?
Nomearam , p vários cargos pessoas inimigas, partdárias.
Continuam enxergando os fatos, aliás, sofrendo suas consequências, e, mesmo assim não providência modificações.
Tem que ter coragem p destituir pessoas que quebraram a confiança neles depositadas.
Eles são quem criaram o clima de terror que o jornal americano constatou.
E agora ? Reagir com autoridade que lhe cabe.
Investigações politizadas, quebra da segurança jurídica e proteção dos corruptos da oposição, vulgarmente falando, de forma descarada ou bandida.
Reação devida ao povo brasileiro.

Responder

Ignez rodrigues gil

23 de julho de 2015 às 15h29

Esse “republicanos ” do PT não ouvem as ruas e nem os funcionários federais etc….etc… etc…Dizem que todos têm o “rabo preso ” – e que não concordo. Paro por aqui por aqui.

Responder

Luiz Henrique

23 de julho de 2015 às 15h27

Caro Miguel, respeitosamente, peço que considere meu pensamento, divergente do seu no caso específico do republicanismo, já que concordo com a maior parte do que escreve, conforme dito em outro post.

Quando eu voto em um candidato, eu espero que ele coloque as pessoas certas ao seu projeto na seara do PLANEJAMENTO e da EXECUÇÃO de funções e programas, mas não na seara da FISCALIZAÇÃO.

Como cidadão, não posso deixar esse candidato, por mais que eu goste dele ou dela, escolher quem vai fiscalizá-lo. Isso seria um conflito de interesses brutal, péssima governança. Eu faço e eu mesmo me fiscalizo? Isso não atende aos meus interesses de cidadão (atende ao do político que eu elegi, mas nem sempre seus interesses serão os meus; em situações específicas, ele pode, inclusive, agir de uma forma que eu não aprovaria).

Não podemos defender aparelhamento, esteja quem estiver no poder, e não importa se é assim no resto do mundo, se outros governos aparelham por que isso é governança que não interessa ao cidadão. E não estamos falando de teorias, mas de prática. Nem quem recebeu meu voto merece tanta confiança assim de mim, esta é que é, infelizmente, a realidade prática.

Por esse motivo, o PT e a presidenta Dilma Roussef devem ser enaltecidos, não importa o que haja com eles. Ninguém pode dizer que aparelharam os órgãos de fiscalização da sociedade. Ninguém. Dilma, especialmente, tem sido ainda mais rigorosa, seguido listas tríplices, por exemplo, no caso do Ministério Público. e é assim que interessa ao cidadão.

Não devemos defender aparelhamentos, mas a melhoria sistemática dos mecanismos de proteção aos cidadãos. Assim, os fiscalizadores também têm que ser fiscalizados e este é um ponto crucial da nossa governança política, horrorosa, que precisa melhorar uma barbaridade.

Ninguém nem nenhuma instituição pode estar acima das outras e não dar satisfações do que faz. Darei dois exemplos práticos, discutidos em tese:

1) Se um procurador geral da república se nega a investigar alguém ou engaveta uma investigação (remember o “engavetador geral da república” de FHC, Geraldo Brindeiro), ele deveria se explicar a um comitê externo e independente por que está fazendo isso. Cada caso assim deveria ser justificado a esse comitê, com explicações convincentes. Se Janot, por exemplo, como procurador geral, se recusa a investigar um político, independentemente do mérito da investigação, ele deveria dar explicações do por que se recusou a investigar. Ou do por que está engavetando ou procrastinando alguma investigação.

2) Se um tribunal, seja qual for, é suspeito de julgar não sob critérios técnicos, mas sob pressão seja de quem for, e principalmente, se regras estão sendo quebradas (exemplo: no dito mensalão, vários réus deveriam ter sido julgados na primeira instância, e tanto isso é verdade que o Supremo depois remeteu o mensalão 1, o do PSDB mineiro, à primeira instância e lá ele adormece), então algum órgão superior ao próprio Supremo Federal deveria intervir. Aliás, algum órgão independente deveria intervir nesse mensalão 2, que já está instruído pelo Supremo e bastaria julgar as pessoas envolvidas. É um absurdo esse processo ficar parado em MG, à espera da caducidade. Então, alguém, um comitê, uma instituição, deveria intervir.

A propósito, no mensalão que foi julgado, o Brasil desrespeitou regras que ele mesmo referendou no âmbito da OEA, que até hoje não foi acionada, não entendo por que. E não foi somente por que vários réus mereceriam primeira instância: Joaquim Barbosa não poderia ser relator e também julgar. Conflito de interesse puro que a OEA deveria apreciar.

Em suma, entendo que como cidadão, temos que melhorar a governança dos poderes, não piorá-la, por mais que gostemos do candidato A ou B. Não é por aí.

Responder

Andreia Novaes Miguel

23 de julho de 2015 às 18h25

Louça aqui em casa não falta, anda mais com essa racionamento de água!!

Responder

Fábio Rezende

23 de julho de 2015 às 15h24

Sou petista e concordo com você, Miguel. Penso que falta realismo político ao PT.

Na questão do financiamento de campanhas, o PT aceitou a paridade de armas com os oponentres e enveredou no caixa dois. Foi realista.

Mas na questão do poder, mais especificamente dos vários núcleos do poder, porque o poder não está apenas na chefia do Executivo, mas espalhado nos vários aparelhos estatais, foi extremamente ingênuo, e por isso está purgando.

Falta Maquiavel e Poulantzas nas leituras da direção petista.

Responder

Fernando

23 de julho de 2015 às 15h20

é muito melhor ser Bolivariano do que republicano!!

Responder

Everaldo

23 de julho de 2015 às 15h10

Miguel, interessante artigo de Breno Altman no Brasil247. Leiam.
http://www.brasil247.com/pt/blog/brenoaltman/189699/Apuros-de-Cunha-reabrem-jogo-para-governo-Dilma.htm

Responder

Teri Batelli

23 de julho de 2015 às 18h06

O PT e boa parte da militância estão se prestando ao papel da “esquerda” que a direita gosta. Qualquer partido de direta no mundo pediria aos céus um adversário como o PT: covarde, manso, fraco e extremamente flexível. Não estou no barco da esquerda PSOL, por exemplo, que acho que tem muitas propostas irresponsáveis e até infantis (gosto do PSOL e até votei em deputados deles, porém acho que não estão preparados para o planalto). Não peço que o PT radicalize, mas precisam de um pouco de bom senso e de brio. Miguel, você conseguiu sintetizar bem a situação atual do partido, do planalto e de uma parte da militância. A cena que mais me impressionou, relativo à essa covardia crônica, foi o trecho da entrevista da Dilma com o Jô, quando ele pergunta sobre o projeto de regulamentação da mídia. Logo que ele pergunta ela fecha o semblante, faz aquela cara de mau humor que só ela consegue e diz que isso não será tratado, como que dizendo “não se atreva a dar mais um pio sobre essa heresia”. Esse é o retrato desse governo impotente e perdido. Vamos apanhar mais e se esfarelar mais que está tudo ótimo, estamos sendo gentis com a oposição e a mídia e está tudo bem!

Responder

    O Cafezinho

    23 de julho de 2015 às 18h09

    Pois é, Teri. Perdi esse trecho da entrevista. Mostra bem. É proibido até discutir.

    Responder

    Teri Batelli

    23 de julho de 2015 às 18h16

    Procure a entrevista no YouTube. Este trecho está bem no final, foi uma das ultimas perguntas que ele fez. A cara que ela faz é impagável, achei que foi até mal educada para falar a verdade. Dá para perceber claramente o quanto isso incomoda, o quanto isso é tratado como tabu e heresia. É inexplicável e incompreensível esse medo e essa covardia quando tocam no assunto

    Responder

    Izide Favaron Elias

    23 de julho de 2015 às 23h57

    Esse medo e essa relutância em proceder o óbvio como descrito na matéria, estão deixando a militância séria e comprometida falando sozinha enquanto afaga o algoz. De fato, Dilma perdeu o momento histórico! Choremos a oportunidade perdida e o projeto de um novo Brasil enterrado.

    Responder

    Gilberto Moraes

    24 de julho de 2015 às 20h58

    Fazendo um paralelo com os partidos gregos o PT se assemelha ao Pasok e o PSDB à Nova Democracia. Penso que nas próximas eleições ambos devem perder representatividade.

    Responder

    Gilberto Moraes

    24 de julho de 2015 às 20h58

    Fazendo um paralelo com os partidos gregos o PT se assemelha ao Pasok e o PSDB à Nova Democracia. Penso que nas próximas eleições ambos devem perder representatividade.

    Responder

    Iara Pinheiro

    25 de julho de 2015 às 02h25

    Gente, Se a Dilma mandar pra “esse” congresso qualquer coisa sobre mídia, vai ser uma derrota sem igual… O PT perdeu esse trem. Não tem como!!! E “O Cafezinho”, não se preocupe com petistas radicais, eles deveriam estar mais “p” com a atual situação com a mídia… Também não entendo… Não sou petista mas votei e voto na Dilma no Lula ou em quem eles indicarem, porque foram os melhores até hoje, e duvido que tenha outro partido melhor que o PT, mas estou sempre com o coração na mão…

    Responder

Caique de Paula Pereira

23 de julho de 2015 às 14h56

Ninguém re´presenta melhor esse republicanismo no Governo que, LAMENTAVELMENTE, a Presidenta Dilma e seu Ministro Cardozo.

Responder

    Anônimo

    23 de julho de 2015 às 15h25

    Concordo com você, infelizmente.

    Responder

Paulo ETV

23 de julho de 2015 às 14h54

acho que o quadro é um pouco pior :

o conceito de republicano já vem contaminado desde a escola.

e aí a coisa se torna tautológica,quando a narrativa é midiática.

bem sacado !

um trabalho e tanto e pela frente.

Responder

Carlos Augusto

23 de julho de 2015 às 17h53

Ah, vc descobriu o sectarismo petista só agora?

Responder

Adelson Lima

23 de julho de 2015 às 14h51

Antigamente o idiota ficava acanhado em se manifestar. Hj achando que a tv informa se atrevem a bostejar. Como alguem um dia falou que um dia seremos governados por um idiota por serem a maioria…..

Responder

Karla Viana

23 de julho de 2015 às 17h49

Perfeito Miguel. E quando alguns blogs e mídia de esquerda falam do governo, do PT é para dizer sim que é preciso mudar, fazer mais, ser mais atento à verdadeira democracia e ao povo. É necessário falar, criticar e contribuir para a construção da verdadeira democracia.

Responder

Carlos Dias

23 de julho de 2015 às 14h49

Miguel, sou petista e não compartilho desse “republicanismo”.
Uma das minhas principais refer?ncias atuais são os blogs, especialmente o seu.

Concordo plenamente. Não há nada de republicano (agora sem aspas) em nomear chantagistas, golpistas e indivíduos de ações questionáveis.

Responder

Caique de Paula Pereira

23 de julho de 2015 às 14h47

Falou tudo. Assino junto!!!

Responder

Deixe um comentário