STF discute prisão em 2ª instância

Engenheiros denunciam: Lava-Jato está promovendo o desmonte da indústria nacional

Por Miguel do Rosário

18 de setembro de 2015 : 13h58

Estamos diante de um sinistro ataque ao Brasil.

A operação Lava Jato, sob pretexto da necessária luta contra a corrupção, está promovendo um desmonte das grandes empresas nacionais de engenharia.

É o que denuncia a Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros.

Sob aplausos de uma multidão manipulada pelos meios de comunicação, o Ministério Público e o Judicário mais caros do mundo estão solapando a economia nacional, destruindo empregos e empresas estratégicas.

E tudo isso para que?

Para combater a corrupção?

Não.

O combate à corrupção é movido pelo espírito do interesse público. Pelo desejo de defender o interesse público. Se o combate à corrupção se politiza a tal ponto em que o interesse público fica em segundo plano, então não estamos mais diante de uma combate genuíno à corrupção, e sim diante de uma conspiração judicial que manipula os instrumentos de uma investigação verdadeira, na qual foram apurados atos verdadeiros de corrupção, para atingir um objetivo político escuso. Tão escuso que se abandona qualquer prudência, qualquer cuidado em relação ao interesse nacional, apenas para obter os aplausos efêmeros de uma mídia decadente e golpista.

Juízes, delegados e procuradores, protegidos pela estabilidade de seu emprego, desfrutando dos mais altos salários do serviço público, estão destruindo empresas nacionais.

Com apoio da mídia, naturalmente, que blinda e abafa todos os abusos da operação, que omite todos os indícios de que a estão transformando numa caça às bruxas, que estão usando uma estratégia de terrorismo econômico, derrubando a economia brasileira com vistas a promover uma ruptura política antidemocrática.

Consultoras independentes já estimaram que a Lava Jato custará mais de R$ 140 bilhões à economia brasileira, para só falar de números. Mas se saírmos dos números, se pensarmos nas grandes estratégias econômicas do país, então o prejuízo é ainda maior.

E a mídia ainda fica alardeando que haverá “recuperação” de 1 bilhão de reais, uma gota no oceano dos prejuízos causados à economia brasileira.

É muito sintomático que, à medida que a crise econômica se aprofunda, o juiz responsável pela Lava Jato demonstra mais e mais euforia com seu trabalho sujo, tirando selfies entusiasmadas com pessoas ingênuas, manipuladas por uma imprensa historicamente descomprometida com os interesses nacionais.

Uma imprensa que não representa o interesse das empresas nacionais, uma imprensa que é antes um braço do imperialismo, como tem demonstrado ser desde a década de 50, sempre, sempre, sempre se posicionando contra o interesse do povo brasileiro, sempre contra a democracia, e sempre a favor de interesses obscuros do capital estrangeiro.

A Lava Jato está promovendo um massacre no emprego da engenharia nacional.

Dessa vez, cumpriremos aqui no Brasil a profecia de Spengler sobre o poder diabólico de manipulação da imprensa massificada.

A opinião pública vai sendo conduzida, qual um bando de zumbis desorientados, na direção de seu próprio abismo.

E o governo, acuado pelo massacre diário, e que nunca entendeu a importância de desenvolver instrumentos eficazes de comunicação, é obrigado a baixar a cabeça e a elogiar aqueles mesmos que minam a economia brasileira.

Em nome de um republicanismo mal ajambrado, um republicanismo despolitizado, um republicanismo cujos critérios não são definidos pelo interesse popular, mas por corporações que nunca foram republicanas, o governo elogia aqueles mesmos que trabalham diuturnamente para lhe destruir.

Leiam o editorial abaixo, do presidente da Federação de Engenheiros, e depois leiam a matéria de capa da revista Em Movimento, a partir da página 18, sobre a perda de empregos no setor.

***

No site da Fisenge

Em defesa da engenharia nacional e do povo brasileiro

Por Clovis Francisco do Nascimento Filho, presidente da Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros | FISENGE

“Quando o terror invade um povo, transforma muitas vezes um pusilânime num herói”, disse o ex-presidente Getúlio Vargas. A história se repete e o que estamos assistindo nos meios de comunicação é a construção de vilões e heróis diante de uma farsa maniqueísta. A operação Lava-Jato – que denuncia escândalos na Petrobrás – está promovendo um movimento de ataque à nação brasileira. Isso porque em vez de apurar com rigor e responsabilizar as pessoas, a Operação está tomando pulso em torno da destruição das empresas brasileiras, das riquezas nacionais e da soberania do país. Obras paralisadas em todo o território nacional promovem demissões em massa, estagnação da economia e interrupção de projetos e serviços. Reivindicamos a apuração e a responsabilização dos casos de corrupção, mas não permitiremos que estes fatos abram uma avenida de oportunidades para uma política entreguista e de destruição da engenharia nacional.

Este cenário é fruto de atitudes, no mínimo, irresponsáveis e nada republicanas. Em nome de um discurso falseado, juízes e parlamentares, invocados pelos setores conservadores da sociedade, vêm destruindo o país. Na Câmara dos Deputados, seu presidente atual representa o retrocesso, a face mais perversa da direita brasileira. Este cidadão lidera o avanço da agenda conservadora de retirada de direitos e ataques às minorias. O Brasil, desde 2002, retomou um importante processo de desenvolvimento com inclusão social. Milhares de brasileiras e brasileiros puderam ter acesso às universidades e ao mercado de trabalho. Vivemos um período de crise da acumulação capitalista em nível mundial por uma disputa esquizofrênica por mercados. Por outro lado, a nova geopolítica quebrou a unilateralidade com a instituição dos BRICs, bloco formado por países emergentes como Brasil, Rússia, Índia e China.

O governo precisa tomar a dianteira deste processo e aprofundar as mudanças estruturais necessárias, como a reforma política e a democratização dos meios de comunicação. Para tanto, irá contar com a participação de sindicatos ao lado dos movimentos sociais na luta por mais direitos e mais democracia. Defendemos incondicionalmente o fortalecimento da engenharia nacional, o Estado Democrático de Direito e a soberania da nação. Mais direitos e mais democracia. Não permitiremos retrocesso!

*

Leiam a revista da Fisenge, em especial a matéria que fala do massacre de empregos e empresas promovido pela irresponsabilidade com que a Lava Jato está sendo conduzida.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

195 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Carlos Ebert

27 de junho de 2019 às 23h35

Era só não ter roubado tanto, a ponto de quase ter quebrado a Petrobras. Agora ficam de nhe nhe nhem . Vigaristas

Responder

Jéssica Trindade

29 de janeiro de 2019 às 17h16

Excelente texto, realmente estão acabando com o patrimônio nacional, com a engenharia nacional. E as privatizações sem estratégia irão piorar muito a situação dos engenheiros brasileiros e de todo povo. Infelizmente a maioria ainda não conseguiu enxergar isso, movida por uma imprensa que prega aquilo que gera lucro, uma impressa anti-democrática, liberalista.
Parabéns ao criador desta página.

Responder

Nonato Luz

13 de abril de 2016 às 07h54

É pensar no caso Panamá Papers, quem recebeu os vazamentos foi uma organização de “jornalistas investigativos”. Essa tal organização é patrocinada pelas fundações Ford, Rockefeller e, pasmem, Soros.

Claro que a direita acha que são todos anjos a serviço do bem, para enfrentar os comunistas. Com certeza eles pensam no bem do Brasil, tirar o controle do petróleo das mãos de brasileiros é um ato de desprendimento e amor ao Brasil. Como posso pensar em teoria da conspiração? Como posso acreditar no Wikileaks?

A ICIJ patrocinada pelo Soros é muito mais “séria.”

Responder

Nonato Luz

13 de abril de 2016 às 07h35

Não tem respeitar a direita, eu não acredito em burrice extrema, na realidade é medo de pobre. Ainda têm medo de comunistas, não há risco no Brasil de estatizar toda economia, todos sabem disso, é jogar conversa fora.

Mas aí achar que a tal teoria da conspiração não existe, é ser burro ou entreguista.

Será que acreditam que aquelas bombas no Iraque era pra defender a liberdade? Pra defender a democracia? O controle do petróleo era apenas um detalhe?

Por que o nosso Pré-Sal não seria alvo?

Responder

    Gian

    13 de abril de 2016 às 09h25

    Acho que voce precisa reciclar este discurso, o pré sal ja foi leiloado, foi entregue aos chineses ou voce acha que a Mobil quer ficar com a Petrobras? Enquanto voce fica acreditando nestas conspirações os quadrilheiros do PT já entregaram a PB depois de quebra-la.
    Leia mais, se informe mais quem sabe vc muda o discurso.

    Responder

Gian

11 de abril de 2016 às 20h20

Tudo que vem de sindicato é suspeito e sem qualquer base de credibilidade. Eu como engenheiro sou e sempre fui favorável ao combate da corrupção, dos conchavos e dos cartéis. Escrevi muito e não falou nada de útil, a lava jato é a maior conquista do Brasil, vamos acabar com a corrupção que está sim acaba com os empregos e com a dignidade de quem é sério.

Responder

    Santa Claus

    12 de abril de 2016 às 07h18

    Deveria melhorar sua escrita. Seu texto ficou confuso e muito mal escrito. És engenheiro mesmo?

    Responder

      Gian

      12 de abril de 2016 às 12h58

      Tudo que vem de sindicato é suspeito e sem qualquer base de credibilidade. Eu como engenheiro sou e sempre fui favorável ao combate da corrupção, dos conchavos e dos cartéis. ESCREVEU muito e não falou nada de útil, a lava jato é a maior conquista do Brasil, vamos acabar com a corrupção, que ESTA SIM acaba com os empregos e com a dignidade de quem é sério.

      O texto anterior estava com erros de digitação, que foram corrigidos agora. Eu tenho nome e sobrenome, portanto tu sabes com quem esta falando, não uso pseudônimos. Eu graças a Deus tenho muito orgulho da minha profissão e repito, nunca compactuei com conchavos e cartéis e muito menos acredito em qualquer coisa que venha de sindicato, por serem um bando de pelegos!

      Responder

    Marcus Rodrigues

    13 de abril de 2016 às 04h12

    E tu como engenheiro não percebe como é claro o conchavo de governo (USA) e empresas internationais, com politicos “brasileiros”(que se dizer guardiões da moral e honestidade) e empresários brasileiros sem compromisso com o publico em vendor nossas elementos e fontes de riqueza? Pois isto está claro, só basta vontade e honestidade para ver.

    Responder

      Gian

      13 de abril de 2016 às 06h22

      Voce tem razao, o Brasil sangra debaixo do nosso nariz, devido a ganância de uma quadrilha que tomou conta do país nos ultimos 13 anos, roubaram tudo e a todos, acabaram com a maior empresa do país e hoje estão doando para os chineses. Saia da ilusão venha para o mundo real, o plano de perpetuação de poder instalado pelo PT dizimou a industria brasileira, detonou a saúde, acabou com a educação e sucateou a infraestrutura. Porque tu achas que estamos cim 10 milhões de desempregados, porque tem zika, dengue, chikungunha, porque o povo morre na porta do SUS, porque tu nao consegues ter segurança no Brasil, tenho milhares de porquês sem resposta! Tu vens com esta historia conchavo e conspiração de USA, CIA, FBI, Imperio do Mal, acorda para a realidade, quem defende estas e outras teorias para justificar as ações desta quadrilha ou esta levando alguma vantagem ou esta tomando muito chá de ayuhasca ou fumando muita maconha velha.

      Responder

        Marcus Rodrigues

        13 de abril de 2016 às 09h25

        Sem fazer uso de nenhuma das substâncias a que você sugeriu, é muito facil constatar que o declinio dos items de interesse publico que você citou, se alinha com o sequestro do congresso e da camera federais, atravez de investmentos pesados de capital nas campanhas políticas, por politicos dos partido comprometidos com a origin do finamciamento das campanhas deles. Desde estão o que o presidente ditava as duas outras cases derrubava. E pra eles o quanto pior em saude, educação, segurança melhor, para trazer o pais até este ponto que se encontrar hoje. Quanto mais barata a petrobras melhor. Seja honesto e veras, engenheiro.

        Responder

          Gian

          13 de abril de 2016 às 09h41

          Nao preciso ser engenheiro para ver que voce acredita em sandices e historias mal contadas provenientes desta quadrilha que dominou o pais, se voce nao consegue ver que a destruicao economica do Brasil advem de uma plano maquiavélico implementado por um partido quadrilheiro que queria se perpetuar no poder e o pior que a politica populista acabou com a nossa economia. Voce acha que alguem vai comprar uma industria quebrada, pior conseguiram acabar com a Petrobras, um simbolo da engenharia brasileira, e na calada da noite venderam o Pre Sal para os chineses, hoje eles vao fabricar todos os equipamentos en Shangai e Singapura e extrair por enquanto 30% de todo o complexo. Infelizmente a incompetencia, um projeto nada republicano e um bando de bandidos conseguiram retrair a economia em niveis de 3 decadas atrás, parabens! Sei que nao vou mudar o seu pensamento, mas quem sabe voce consegue entender um pouco mais da realidade e viver menos na fantasiosa historia que voce acredita. Nenhum estado aguenta os desaforos que vem sendo praticados, ninguem aguenta mais mentiras e enganações, apesar de estar aposentado pelo INSS e tambem aqui ser roubado, tenho a certeza absoluta que jamais compactuarei com bandidos como estes que se escondem atras de um partido politico.

MARCELINO

11 de abril de 2016 às 09h46

TEM QUE PROCESSAR ESSES ENGENHEIROS PELA MENTIRA DIZER QUE A LAVA JATO ESTA FAZENDO O DESMONTE DA INDUSTRIA BRASILEIRA APRENDERAM A MENTIR COM A PRESIDENTE

Responder

Jonas Vaquer

10 de abril de 2016 às 13h40

A MAIOR FRAUDE DA HISTÓRIA.

http://www.alfredo-braga.pro.br/discussoes/fraudegananciaeusura.html

Responder

Masa Arantes

22 de setembro de 2015 às 23h11

Inversão de valores. O que está promovendo o desmonte da petrobrás é a má gestão do governo e sua roubalheira!!!!!!!

Responder

Anderson Moraes

22 de setembro de 2015 às 21h44

Criar dificuldades (Parar Obras), para vender facilidades (Privatizar)!!!

NOTA: Investigar, correto! Prender os Corruptos, correto! Exigir o Retorno do dinheiro proveniente de irregularidades, correto! Mas o Judiciário mandar parar as obras para investigar não é o ideal, e duvido que se fosse um serviço essencial, iria se mandar parar as obras.
Por exemplo se houver alguma suspeita de irregularidades em uma concessionária de energia, o Judiciário iria mandar a empresa parar de fornecer energia, é claro que não, ou para não ficar na suposição vou dar um exemplo do que já acontece, quem conhece o transporte publico do Rio sabe que, O METRO A SUPERVIA, BARCAS e diversas empresas de Ónibus são investigadas em vários processos, mas seus serviços não param, pois imagine o caos para a população e a economia, mas com a PETROBRAS, seus Fornecedores e Parceiros é diferente, pois afeta apenas uma parte da população que faz parte do setor e isso não sensibiliza o judiciário, mas prejudica muitas famílias que fazem parte desse segmento. Então qual a solução o mais correto é bloquear contas, sequestrar os bens das empresas e pessoas envolvidas, aplicar Multas, entre uma série de outras medidas de proteção de garantias de recursos e exigir ao final das investigações o retorno do dinheiro conseguido de forma ilícita ou com preços acima dos padrões de mercado possa voltar aos cofres públicos. Na verdade, do meu ponto de vista é exatamente o contrario do que se tem feito. Pois na minha visão se uma comunidade precisa da construção de uma ponte e o poder publico descobre irregularidades na obra, o mais adequado é obrigar por força de instrumentos legais que a obra seja construída no seu prazo previsto, mas no seu preço justo. Parar a obra é penalizar a população duas vezes.

Responder

Arantaurus Lord

22 de setembro de 2015 às 20h20

Quantos engenheiros conhecem a FISENGE, filiada a CUT, filiada ao PT, filiado a corrupção que levou à operação lava-jato, que não nasceu na Petrobras mas chegou lá tão gritante era a corrupção?
Ora, a Petrobras não foi bem adm pelo governo PT há 13 anos e agora vem vcs defendem ladrões em nome da engenharia. Garanto que muito engenheiro gritou e não foi ouvido. Por quê?

Responder

Darker Pamplona

22 de setembro de 2015 às 19h15

LAVAJATO ESTÁ DESMONTANDO O MAIOR ESCÂNDALO DE CORRUPÇÃO DO MUNDO.

Responder

Fisenge

21 de setembro de 2015 às 15h13

Agradecemos a publicação, companheiro! :)

Responder

José Eduardo Leme

21 de setembro de 2015 às 02h02

Os petralhas rolaram a bola. Mas, agora, a pergunta que não quer se calar, Será ??? que não são do mesmo time. ?!?!?!??

Responder

Odilon Alves Filho Odilon Alves

21 de setembro de 2015 às 01h12

O Bom censo vai prevalecer! É só o PT Renunciar o governo que o Brasil volta e ter credibilidade e a crescer!

Responder

Jonas De Almeida Federighi Jr.

20 de setembro de 2015 às 15h37

Quem desmontou não foi a Lava Jato. O Policial ao descobrir o corpo não pode ser acusado do assassinato.
Sergio Moro

A culpa é da conivência de “certos” “empresarios” e até “engenheiros” que se locupletaram com a Quadrilha Petralha. Não vejo nem Sindicato nem o CREA expulsando esses senhores. Eles são culpados pela destruição das Empresas de Engenharia. Os Engenheiros precisam entender que por trás da Engenharia tem que prevalecer a Ética e os Valores da Verdade, da Honra e da Honestidade. Vamos reconstruir novas empresas com Valores corretos.

Responder

Heitor Bravi

20 de setembro de 2015 às 14h24

SANTA IGNORÂNCIA, BATMAN!

Responder

Djalma Manoel de Azevedo

20 de setembro de 2015 às 14h03

O desmonte da quadrilha que o PT organizou no pais.

Responder

Alexandre Carvalho

20 de setembro de 2015 às 02h43

Culpa da Dilma. Colocou o Zé (ruela) como ministro da justiça e esse não faz nada em face dos abusos do primeiro juiz caolho da república de Guantanamo. Enquanto isso a horda de ratazanas lideradas pelo garoto do Leblon e pelo cleptomaníaco religioso acabam com a economia. Tudo isso regado com a sempre lavagem cerebral midiática da população acéfala. Resultado: Crise!

Responder

Ridalva Brito Egidio Erhardt

20 de setembro de 2015 às 01h40

Esses juizes politizaram a Vaza Jato e não querem prolongar até quando? Está na hora de dá um basta. Sabemos que os envolvidos do PSDB não estão sendo convocados logo é necessário dar um basta. Já se prolongou mais do que devia.

Responder

Katia Araujo

20 de setembro de 2015 às 00h41

Fabricio Araujo

Responder

    Fabricio Araujo

    20 de setembro de 2015 às 00h43

    Está cumprindo o seu papel. Privatização dos recursos naturais é o novo colonialismo.

    Responder

Vini Schumacher

19 de setembro de 2015 às 23h18

Nos roubam descaradamente e tem neguim concordando é isso? Que insano

Responder

Patricia E Mesquita

19 de setembro de 2015 às 21h22

Demolição, destruição, para não deixar pedra sobre pedra, afinal é dirigida por vira-latas com complexo de país tupiniquim.

Responder

hcc

19 de setembro de 2015 às 17h13

E, registre-se, o mesmo processo poderia prender quem fosse corrupto e recuperar algum dinheiro, sem destruir setores importantes da economia nem causar o desemprego de centenas de milhares de trabalhadores.
A associação com a criminosa mídia é que levou a isso. A destruição da petrobrás era o intento da mícia e em certa parte conseguiu usando o lava jato. Que foi pedra sobre pedra, foi, e é, tristemente seletiva.
Houve deliberada intenção de destruir a economia puxada pela mídia corrupta. E continua.
A história registrará este desastre total.

Responder

Guilherme

19 de setembro de 2015 às 15h29

Toda vez que ouço falar nessa questão, lembro-me de um antigo desenho do Pica-pau que, para recuperar uma moeda que caiu no ralo, resolve dinamitar toda a tubulação da casa.

Responder

Newton Trevisol Bittencourt

19 de setembro de 2015 às 17h23

Tacalepau Moro, cadeia neles.

Responder

Alfredo Pereira

19 de setembro de 2015 às 16h32

Não fizeram as reformas necessárias, entre elas, democratizar os meios de comunicação. Agora, o ciclo progressista, infelizmente, está chegando ao fim!

Responder

José Silvério Lemos

19 de setembro de 2015 às 16h07

Engano de vcs!!a Petrobras q já foi uma das maiores do mundo não precisa ser privatizada! Pra quê? Não formalmente! Ele foi privatizada entre amigos, pelo PT e o PMDB, essa a verdade! Uma petroleira dar prejuízo de bilhões como pode? E a refinaria de Pesadena? Só uma Das empreiteiras vai devolver como troco R$700 milhões aos cofres públicos! Imaginem quanto deve ter roubado é dividido com os sócios do PT e do PMDB?
Então não sejamos ingênuos: já privatizaram-se a muito tempo e ficam nessa conversa fiada para enganar pessoas de boa fé! É muito triste eu concordo mas é muito melhor a verdade que acreditar em mentiras!

Responder

José Silvério Lemos

19 de setembro de 2015 às 16h01

Kkkkkkk

Responder

Alfredo Araújo

19 de setembro de 2015 às 15h18

Fora PT

Responder

Elliel G Barros

19 de setembro de 2015 às 14h55

É DEMolição!

Responder

João Carlos Machado

19 de setembro de 2015 às 14h03

Clovis Nascimento,
Excelente amigo.

Responder

Victor Davidovich

19 de setembro de 2015 às 12h52

Brenner Oliveira

Responder

Pedro Thiago

19 de setembro de 2015 às 11h03

Indústria suja!

Responder

Paulo Costa

19 de setembro de 2015 às 09h15

Absurdo

Responder

Edson Castro

19 de setembro de 2015 às 08h24

O povo tem que acordar e dizer um não pra manobras e interesses da mídia que pertence a esses grupos de políticos que querem o nosso petróleo e entregar aos estrangeiros.

Responder

Fernando EAdriana

19 de setembro de 2015 às 04h54

Os interesses dos países hegemônicos e suas corporações não podem prevalecer, se td esse barulho fosse p/ acabar c/ corrupção estávmos mt bem, mas esse barulho é p/ privatizar até a alma do brasileiro.

Responder

Ivori Gluzezak

19 de setembro de 2015 às 04h53

Kkkkkkkkkk

Responder

André John Fig

19 de setembro de 2015 às 04h02

Se não fosse a Lava Jato,os ratos iriam roer tudo.Mas tem jumento que prefere manter a viseira e culpar fatos externos pra justificar o roubo de seus deuses!!!

Responder

Alexandre Carvalho

19 de setembro de 2015 às 03h50

Cley Tavares agora a culpa do fracasso econômico é da lava jato.. pode isso kkkkkk… ressalta-se, que a lava jato está desarticulando um astronômico rombo da corrupção… kkkkk…

Responder

André Luiz

19 de setembro de 2015 às 03h37

Ah claro, o PT é totalmente inocente, tudo culpa da ”lava a jato”. Mano na boa, hipocrisia não tem nada a ver com partido politico, Tá pondo o PT no lugar de Jesus, para com isso mano

Responder

Felipe Streif

19 de setembro de 2015 às 03h32

A roubada e na administrada Petrobrás cancela investimentos e a Lava Jato é que demonsta investimento ? Vcs são uns mentirosos FDPs

Responder

José Jericó Jericó

19 de setembro de 2015 às 03h31

E VOCÊS AINDA NÃO VIRAM NADA DESTA SUJEIRA CHAMADA GOLPISMO….

Responder

João Novaes

19 de setembro de 2015 às 03h08

O instituto Dilma Maluca Bolada , em resposta as Universidades em greve por falta de verba faz o seguinte discurso : Nos estamos em contato com Barack Obama e EUA , para a NASA ajudar no caso . E já obtivemos respostas . Vamos mandar petistas para estudar em Marte . Mas terão que ser igual ao macaco que pilota nave espacial do filme guerra nas estrelas . Já o rombo na camada de ozônio é problema passageiro . Cuba também esta cooperando. Pois enquanto o PT e o Lula mandam dinheiro para ajudar ditador cubano com porto , a exportar caixinhas de charuto . O Brasil vai levando fumo .

Responder

Ivo Menezes

19 de setembro de 2015 às 02h42

Tudo contra os interesses nacionais. Um grupo (…) de servidores, sob proteção da mídia, ataca continuamente a Petrobrás ( numa investigação sem fim ); um grupo (….) de parlamentares apresentam e reapresentam projetos de lei para entregar o petróleo; o governo, alvejado pela mídia e pela oposição ( o que dá no mesmo ), busca sua própria sobrevivência e, quando pode, tenta apagar incêndio. Fica cada vez mais claro por que somos o que somos, mesmo tendo o que temos.

Responder

Nonato Luz

18 de setembro de 2015 às 22h46

O Brasil está dividido em duas proposta distintas.

A nacionalista, com a defesa de um estado forte que tenha o controle estrátegico de suas riquezas, Petrobras, BB, BNDES, etc e, e esse estado fomente políticas sociais para eliminar desigualdades.

A liberal, com a defesa do estado mínimo, não haverá empresas deestado, mercado será o gestor e indutor de tudo, baseado na concorrência e na meritocracia.

Pode até se chamar ou não de esquerda e direita, são propostas diferentes, há mocinhos e bandidos dos dois lados, mas não são farinha de um mesmo saco. Não é o que eu acho, isso é claro e cristalino.

Responder

Rafael Ody Romanha

19 de setembro de 2015 às 01h37

Pensei que fosse o governo que estivesse desmontando a indústria nacional…só pensei

Responder

Iracema Lima

19 de setembro de 2015 às 01h36

#ForçaDilma #DilmaEstamosComVocê

Responder

Néya Pedroso

19 de setembro de 2015 às 00h26

Só enrolação, melhor fazer uma auditoria na Lava jato.

Responder

Nonato Luz

18 de setembro de 2015 às 21h15

Miguel,

Parabéns pela matéria e pela paciência no bate bola.
Não é fácil.

Responder

    Nonato Luz

    18 de setembro de 2015 às 22h29

    Um elogio precisa de moderação ? Sou fã de OCafezinho.

    Responder

Kika Zanon

18 de setembro de 2015 às 23h11

de um jeito ou de outro, vão conseguir os objetivos, essa meleca do aético é para desviar a atenção desse povo manipulável e servil; os irmãos koch, conseguiram interferir nas eleições da california e congresso estadunidense, imagina a festa wue fazem aqui no país de tucanos entreguistas…

Responder

Wemersonpraide Praide

18 de setembro de 2015 às 22h37

olha aí Rogerio Barros Silva

Responder

André Godinho

18 de setembro de 2015 às 22h12

Até que ponto não há envolvimento da gringalhada nisso?

Responder

Eduardo Jadelias

18 de setembro de 2015 às 22h05

Edezio Lima

Responder

Airton Faé

18 de setembro de 2015 às 22h04

Que não sobre pedra sobre pedra, se objetivo de limpar o Brasil dos ladrões do dinheiro do povo for alcançado.

Responder

Eduardo Jadelias

18 de setembro de 2015 às 22h02

Marcelo Borges

Responder

Eduardo Jadelias

18 de setembro de 2015 às 22h02

Jorge Campelo

Responder

    Jorge Campelo

    19 de setembro de 2015 às 14h50

    Eduardo fico triste quando pessoas inteligentes não conseguem ver além das coisas, lembro muito de nossa referencia JESUS CRISTO, ele sempre falava para todos e mostrava para muitos, porém poucos conseguiam de fato LER o OUVIR o que ele dizia…mas o que esta acontecendo deveria exercer uma leitura diferente em toda a população Brasileira, mas espero que não faça o contrário e sei de uma coisa pessoas que não estão na linha de FOGO tambem não estão gostando a ex. o GRANDIOSO MINISTRO Gilmar Mendes (vugo Boca Mole, para os intimos)…espero que no fim tudo dê certo.

    Responder

Eduardo Jadelias

18 de setembro de 2015 às 22h02

Ely Costa

Responder

Monica Figueiredo

18 de setembro de 2015 às 21h55

o desmonte está rolando a muito tempo.Bem antes da Lava-Jato…..

Responder

Allan Mello

18 de setembro de 2015 às 21h53

O país está perdido mesmo! O povo já não sabe quem é bandido e quem é mocinho, tem gente q torce para a justiça não ser feita! Coloque um tapa olho em um burro de carga e ele seguirá em frente para o caminho q for indicado!

Responder

Jose Do Carmo da Silva

18 de setembro de 2015 às 21h44

vamos quebrar tudo e fazer de novo mas esses ratos tem que sair

Responder

Ricardo Costa

18 de setembro de 2015 às 21h26

A lava jato??? E os ladrões desviando dinheiro para pagar proprina ao partido e eleger à presidência?

Responder

Rose Andrade

18 de setembro de 2015 às 20h49

Responder

Rose Andrade

18 de setembro de 2015 às 20h48

Responder

Cibelle Cabral Nascimento

18 de setembro de 2015 às 20h47

Marcelo Mann

Responder

Rose Andrade

18 de setembro de 2015 às 20h47

Responder

Rose Andrade

18 de setembro de 2015 às 20h45

Responder

Rose Andrade

18 de setembro de 2015 às 20h45

Responder

Rose Andrade

18 de setembro de 2015 às 20h43

Responder

Rose Andrade

18 de setembro de 2015 às 20h43

Responder

José Roberto da Costa

18 de setembro de 2015 às 20h31

A desgraça de muitas familias de trabalhadores honestos e a fortuna adquirida roubando o patrimônio público.

Responder

Gustavo Lima

18 de setembro de 2015 às 20h20

PETROBRAS VAI DEMITIR 5 MIL TRECEIRIZADOS OBRIGADO DILMA !

Responder

jacó

18 de setembro de 2015 às 16h40

É LULA meu PRESIDENTE em 2018 e DILMA já recupera aprovação. tenho dito.

Responder

    EU AMO O PT

    18 de setembro de 2015 às 17h07

    Vc é um acéfalo. Tenho dito.

    Responder

      Miguel do Rosário

      18 de setembro de 2015 às 18h02

      Hummmmm

      Responder

Alexandre

18 de setembro de 2015 às 16h33

Olha, esse negócio de dificultar a vida de empresas no fundo serve para abrir entrada a outras. Petrobras, Metrô, Furnas, licitações em prefeituras pelo Brasil tem pedágio, se não é para político, é para algum funcionário ou funcionários. Se é assim em empresas privadas, quanto mais nas publicas onde há mais procedimentos a serem cumpridos pelos “candidatos a inapto a fornecer”.
Tem que ir a fundo, mas principalmente a sociedade tem o direito de auditar as empresas públicas e com transparência. Senão tudo e qualquer produto e serviço para as empresas mencionadas acima continuará custando sempre pelo menos 10 x mais caro que qualquer cidadão brasileiro paga pelo mercado.

Responder

Rodrigo Cavalcanti

18 de setembro de 2015 às 19h31

Mas isso é óbvio. Basta recapitular o episodio Pasadena. Parecia o apocalipse, o fim do mundo, o berço de toda corrupção do planeta terra (ou pelo menos do Brasil). Um péssimo negócio, para a “petralhada comuno-bolivariana” financiar a corrupção, destruição do patrimonio nacional. Aí (haha) Pasadena simplesmente não só revelou-se um ótimo negócio como também LUCRATIVO – até mesmo para o grupo Abril, hahahahaha… http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/pasadena-foi-a-unica-a-obter-lucro-no-grupo-petrobras

Responder

Célia Nadir Anselmi

18 de setembro de 2015 às 19h28

Que não fique pedra sobre pedra. Que paguem !

Responder

Antonio Benedito B Silva

18 de setembro de 2015 às 19h13

Acaba depois vende

Responder

Gustavo Lima

18 de setembro de 2015 às 19h13

EU SOU ASSALTADO AI DOU QUEIXA NA POLICIA E A POLICIA PREDENDE O ASSALTANTE E DEPOIS EU PROCESSO O DELEGADO PQ PRENDEU O ASSALTANTE ?

Responder

Ramon Barros Lopes

18 de setembro de 2015 às 16h10

Como separar os canalhas que comandam empresas familiares das empresas..a mesma motivação que os levou a corrupção levou a delação..interesses exclusivamente particulares de levar vantagem em tudo…talvez a criação de uma empresa pública de obras com quadro próprio de trabalhadores para execução de obras públicas impensável neste momento de redução do Estado…antes da lava jato os agentes públicos corruptos temiam as gravações de imagem e dos telefones…a delação acabou com isso…eu empresário corruptor agora faço negócios escusos e depois aceito a delação…quem se ferra são os agentes públicos que representam o elo mais fraco do delito praticado pela elite..a sociedade tem uma posição na questão do tráfico de drogas que não repete na corrupção…se acabar o consumo acaba o tráfico..também se acabar com os corruptores acaba a corrupção..

Responder

André Sarmanho

18 de setembro de 2015 às 19h03

O desmonte da quadrilha que assaltou os cofres públicos, vc quer dizer…

Responder

Kepler Tiburcio

18 de setembro de 2015 às 18h51

O Juiz estava fazendo um trabalho “bom” até o momento em que resolver parar as empresas. Neste instante o prejuízo causado foi muitíssimo maior do que o dinheiro recuperado dos roubos. Prejuízo incalculável que os brasileiros já estão arcando.

Responder

Lulu Pereira

18 de setembro de 2015 às 18h47

Ontem liquidamos o gilmar, agora devemos liquidar o moro

Responder

Rafael Magrini Moreira

18 de setembro de 2015 às 18h47

Pelo que temos assistido, o objetivo é esse mesmo, para desestabilizar o país, a pretexto de combater a corrupção.

Responder

Evilania Andrade

18 de setembro de 2015 às 18h36

A Dilma tem que parar a Lava Jato o mais rapido possivel. Estao destruindo as empresas brasileiras e o emprego. Ta quase impossivel de sobreviver no Brasil.

Responder

    Marcelo Drumstick

    19 de setembro de 2015 às 12h18

    Claro… E fingimos que ninguém roubou a Petrobras?

    Responder

    Evilania Andrade

    19 de setembro de 2015 às 12h27

    Mas ta causando prejuizos de 140 bilhoes ,sendo que a Lava jato devolveu 1 bilhao e tambem parou as empresas de construçao civil ,aqui em goias a Odenbrech parou a construçao dos viadutos e gerar empregos para a populaçao local.

    Responder

    Maria Regina Gomes Kanegae

    19 de setembro de 2015 às 21h05

    Então deixemos roubar? Cuidado com o seu bolso meu caro.

    Responder

    Rocha Miguel

    22 de setembro de 2015 às 01h42

    Ao contrário à lava jato está a cumprir um importante papel como “nunca se viu antes na história desse país “, q é desmascarar esses políticos q estão levando esse maravilhoso país à guerra civil.

    Responder

Nancy Soares

18 de setembro de 2015 às 18h24

Vixe.

Responder

Antonio Henrique Siqueira

18 de setembro de 2015 às 18h17

A reboque da destruição causada pela lava jato do irresponsavel e inconsequente Moro Tucano,.tem os milhares de desempregados da construção civil.

Responder

Antonio Celso Salmaso

18 de setembro de 2015 às 18h17

Cafezinho mas a Dilma diz que foi ela que mandou investigar; como fica entao??? Ela não seria a culpada???

Responder

Roberto Hobold

18 de setembro de 2015 às 18h14

Mas o Moro e os promotores vão se preocupar com o quê? O salário deles está garantido, às custas dos impostos que pagamos.

Responder

    Thierry Lacombe

    19 de setembro de 2015 às 18h30

    Cada um deveria fazer o seu papel como o Moro e os proxuradores. As empresas tem que responder pelos seus atos ilicitos.

    Responder

    Roberto Hobold

    19 de setembro de 2015 às 19h51

    Só que noutros países eles não destroem as empresas em nome da justiça. Veja o caso do HSBC, por exemplo, estipularam uma multa, mas não acabaram com o banco.

    Responder

    Jonas De Almeida Federighi Jr.

    20 de setembro de 2015 às 15h38

    Quem desmontou não foi a Lava Jato. O Policial ao descobrir o corpo não pode ser acusado do assassinato.
    Sergio Moro

    A culpa é da conivência de “certos” “empresarios” e até “engenheiros” que se locupletaram com a Quadrilha Petralha. Não vejo nem Sindicato nem o CREA expulsando esses senhores. Eles são culpados pela destruição das Empresas de Engenharia. Os Engenheiros precisam entender que por trás da Engenharia tem que prevalecer a Ética e os Valores da Verdade, da Honra e da Honestidade. Vamos reconstruir novas empresas com Valores corretos.

    Responder

Eduardo Santtos

18 de setembro de 2015 às 18h10

kkkkkkkkkkkkkkk…… adorei a piada O Cafezinho, sua sutil ironia é de muita inteligência.

Responder

Aristóteles Medeiros

18 de setembro de 2015 às 18h00

este é o verdadeiro plano deles, atrasar o Brasil.

Responder

    Marcelo Drumstick

    19 de setembro de 2015 às 12h17

    Quem atrasou o Brasil foi quem nomeou ladrões pra desviar da Petrobras pra partidos…

    Responder

    Patricia E Mesquita

    19 de setembro de 2015 às 21h23

    Uahhaha hahahaha

    Responder

    Jonas De Almeida Federighi Jr.

    20 de setembro de 2015 às 15h38

    Quem desmontou não foi a Lava Jato. O Policial ao descobrir o corpo não pode ser acusado do assassinato.
    Sergio Moro

    A culpa é da conivência de “certos” “empresarios” e até “engenheiros” que se locupletaram com a Quadrilha Petralha. Não vejo nem Sindicato nem o CREA expulsando esses senhores. Eles são culpados pela destruição das Empresas de Engenharia. Os Engenheiros precisam entender que por trás da Engenharia tem que prevalecer a Ética e os Valores da Verdade, da Honra e da Honestidade. Vamos reconstruir novas empresas com Valores corretos.

    Responder

Marcelo Miranda

18 de setembro de 2015 às 17h58

Acho que no desenho podia estar escrito no outro navio, em vez de “lava-jato”, “4ª Frota, US Navy”

Responder

André Rol

18 de setembro de 2015 às 17h54

Roubam pra caralho e reclamam das conseqüências.

Responder

EU AMO O PT

18 de setembro de 2015 às 14h51

Só para ver se entendi. Segundo o seu texto, o melhor então é não investigar?

Responder

    Miguel do Rosário

    18 de setembro de 2015 às 16h17

    Não. tem que investigar a fundo, mas sem medidas que paralisem as atividades das grandes empresas de engenharia. Não se pode jogar a água da banheira junto com o bebê.

    Responder

      EU AMO O PT

      18 de setembro de 2015 às 17h10

      rsrsrsrsr, vcs petistas e essa mania nojenta de conversar por meio de metáforas toscas e pobres… afff.

      Quais medidas paralisaram as atividades das empresas? Até onde sei nenhuma empresa envolvida foi considerada inidônea (apesar de serem).

      Então Miguel, como vc sugere que a investigação seja feita. Vamos lá, nos dê essa lição de como deveria ser feito.

      Responder

        Miguel do Rosário

        18 de setembro de 2015 às 17h27

        Paralisaram sim.

        Responder

      L@!r M@r+35

      18 de setembro de 2015 às 17h20

      Neste caso, eles jogam fora o bebê porque acham que ele é feio… Fosse boa pinta como o Aécio eles nem mexiam com isso… kkkkkkkkk

      Responder

        EU AMO O PT

        18 de setembro de 2015 às 20h12

        Ok, a investigação é por causa da feiura. Talvez dos atos…

        Responder

Fabio Saba

18 de setembro de 2015 às 17h49

Ta, o Governo Federal se associa com aos megas empresarios para escarnicar a maior empresa nacional e uma das maiores do Mundo e a culpa é da PF. Porra, eu nao posso estar lendo isso. Trata-se um artigo direcionado ao jardim da infancia? Juro q eu ate voltei ao comeco do artigo para ter certeza do q estava lendo. Sei la, ate passou pela minha cabeca estar lendo o blog do Jiselito ou do Sensacionalista. Pois parecia piada.

Responder

    MyNina SI

    18 de setembro de 2015 às 17h56

    É incrível como tem jovem mal informado ou mal intencionado. O PT com plano de poder, quebra o país e a culpa é da polícia…Eu odeio o Bolsonaro, mas são esses discursos que alimentam o ódio da extrema direita.

    Responder

Grace De Moura

18 de setembro de 2015 às 17h47

Se o interesse é privatizar, o negócio é sucatear e desacreditar! A lava Jato está cumprindo sua missão

Responder

    Marcelo Drumstick

    19 de setembro de 2015 às 12h13

    Isso se chama investigar. Reclame com um governo corrupto que nomeou raposas pra tomarem conta do galinheiro. Infelizmente está atingindo quem está envolvido, ou parte… Ainda falta o chefão.

    Responder

    Grace De Moura

    19 de setembro de 2015 às 18h59

    Isso se chama investigação seletiva e justiçamento. Acho que você não ouviu ou leu o discurso de Gilmar Mendes em seu pronunciamento durante a decisão do financiamento das campanhas. Assim como Gilmar, Moro não é diferente e ambos tem o mesmo interesse: criminalizar um partido político e desacreditar uma ideologia. Acho engraçado ninguém falar nada sobre a Operação Zelotes, Tesnsalão, ou mesmo,Mensalão Mineiro. Esse foco na Petrobrás tem como objetivo desmoralizar a empresa para fins privativos. Ou você acha que o projeto de Jose Serra para vender o pré sal é à toa? Faltam vários chefões entre eles narcotraficantes.

    Responder

    Mario De Sousa Barros Barros

    19 de setembro de 2015 às 19h23

    Será que nós brasileiros vamos permitir isso? Não podemos, mas não mesmo!

    Responder

    Mario De Sousa Barros Barros

    19 de setembro de 2015 às 19h23

    Hipócritas!!!!

    Responder

    Jonas De Almeida Federighi Jr.

    20 de setembro de 2015 às 15h38

    Quem desmontou não foi a Lava Jato. O Policial ao descobrir o corpo não pode ser acusado do assassinato.
    Sergio Moro

    A culpa é da conivência de “certos” “empresarios” e até “engenheiros” que se locupletaram com a Quadrilha Petralha. Não vejo nem Sindicato nem o CREA expulsando esses senhores. Eles são culpados pela destruição das Empresas de Engenharia. Os Engenheiros precisam entender que por trás da Engenharia tem que prevalecer a Ética e os Valores da Verdade, da Honra e da Honestidade. Vamos reconstruir novas empresas com Valores corretos.

    Responder

    Eduardo Limaudi

    22 de setembro de 2015 às 13h24

    Grace De Moura, como a Petrobras tem capital aberto em bolsa, então o “privatizar” significa que o Governo esteja desvalorizando as ações da empresa para daqui a pouco vender suas ações restantes no mercado, de forma que a participação do governo seja reduzida para menos de 50% das ações com direito a voto da companhia. Assim, quem comprar as ações na baixa, realizara um lucro extraordinário. Ok, faz sentido se os governistas estiverem intencionados a adquirir essas ações, no entanto qualquer um também pode se beneficiar, inclusive você, comprando ações da Petrobras agora, na baixa. Você ja garantiu as suas?

    Responder

    Grace De Moura

    22 de setembro de 2015 às 13h25

    Não, porque não tenho dinheiro para investir em ações. Você já garantiu as suas?

    Responder

    Eduardo Limaudi

    22 de setembro de 2015 às 13h33

    Eu não penso como você, acho que a Petrobras ira cair ainda mais porque e uma empresa com administração publica, contaminada, cargos de direção distribuídos a partidos políticos desde os tempos do FHC, ineficiente. O valor da empresa só tende a continuar caindo. Quando o governo decidir se desfazer de sua majoridade de ações ordinárias, ou quando a Dilma sofrer impeachment, vai melhorar. Quando eu achar que vai subir, vou ter minha cota de lucro também, claro, por que não?

    Responder

    Grace De Moura

    22 de setembro de 2015 às 13h33

    Quem quer vender não é o governo é a oposição. Vou lembrar novamente o projeto do Serra com pretensões de vender o pré sal! E durante o governo FHC tivemos um verdaeiro arrastão nas em presas públicas. Primeiro sucateadas, depois vendidas… A direita só serve a uma classe: a dirigente e sua maior preocupação é continuar tirando cada vez mais de quem tem menos. Tenho profundas críticas ao governo Dilma, inclusive sua falta de atitude e seus cortes equivocados, mas não posso fingir que a Lava Jato tem como fim acabar com a corrupção, caso contrário muita gente da situação estaria no xilindró faz tempo.

    Responder

    Eduardo Limaudi

    22 de setembro de 2015 às 13h39

    Empresa publica no Brasil so funcionou na ditadura. Na democracia (e eu sou totalmente a favor da democracia) as estatais só servem para roubarem e para distribuírem cargos, seja com PT, seja com PSDB ou PMDB. Por isso sou a favor de vender a empresa, vender o pre sal, e o governo receber o $$ das ações e os royalties. Pena que não venderam 3 anos atras, quando ainda valia alguma coisa.

    Responder

    Grace De Moura

    22 de setembro de 2015 às 13h47

    Na ditadura? Os militares abriu o mercado para as transnacionais, a empresa nacional era extremamente desvalorizada e sem investimentos… Não temos nada de bom herdado da ditadura. Lembro da famosa frase de Delfim Neto: o bolo cresceu mas as fatias não foram divididas igualmente. Os anos 80 foi a pior década econômica no Brasil e não foi por a caso, foram os erros cometidos durante os anos de chumbo que provocou uma das piores crises do país. Nada prestava, educação, saúde, direitos básicos negados e o país completamente estragado. Inclusive, foi exatamente na ditadura que iniciou-se o declínio da educação pública no Brasil e isso quem mostra é a história….

    Responder

Murilo Faustino

18 de setembro de 2015 às 17h45

olha isso kkkk ainda tem a cara depau de compartilhar essa coisa, agora sim tenho certesa que o dono dessa pagina e mais um verme corrupto ta tentando jogar a culpa na lava jato para com isso seu senvegonha vai fazer uma coisa ultil seu mancoso …

Responder

Jose Rômulo Oliveira Lima

18 de setembro de 2015 às 17h42

Ah ta entendi, o governo agora ta contra o interesse de quem mesmo ? Como diz aqui na minha terra vão se fudeeeeeeeer!!!!

Responder

João Almeida Santos

18 de setembro de 2015 às 17h32

Qualquer pessoa um pouco informada percebe este lado negativo desta investigação polìtica.

Responder

Francisco Felix Siqueira

18 de setembro de 2015 às 17h26

Eu não li isso. Os pilantras políticos e empresários acabam com a maior empresa brasileira e a culpa é da Lava Jato? Façam-me um favor, deixem a Polícia Federal fazer o trabalho dela e parem de defender esses corruptos

Responder

Thomas Jeffersom

18 de setembro de 2015 às 17h25

O desmonte da industria que se da no país é culpa governista sim, a priorização de investimentos subsidiados por bancos públicos no setor internacional, BNDS financie projetos nacionais, chega de Cuba e países africanos.

Responder

Roberto Junior

18 de setembro de 2015 às 17h22

Já passou da hora de alguma ou algumas autoridades competentes e patriotas se manifestarem a favor do país. O objetivo por trás desse estrago é sem dúvida desmantelar a indústria naval e petroleira . Vide o afundamento da plataforma P-36 e o descaso com o sistema de transporte marítimo no Brasil .

Responder

    Eduardo Santtos

    18 de setembro de 2015 às 18h08

    Vc esta falando do roubo ou da investigação???

    Responder

    Roberto Junior

    18 de setembro de 2015 às 18h14

    Eduardo , dos dois casos , haja vista que já era conhecido por parte da imprensa ( Paulo Francis) que os desvios já aconteciam desde FHC ,mas só se preocupam em investigar de 2003 para cá. Inclusive o absurdo dos desvios em Abreu e Lima , como ficarão? Apenas porque alguns morreram não serão investigados?

    Responder

    Marcelo Drumstick

    19 de setembro de 2015 às 12h13

    Isso se chama investigar. Reclame com um governo corrupto que nomeou raposas pra tomarem conta do galinheiro. Infelizmente está atingindo quem está envolvido, ou parte… Ainda falta o chefão.

    Responder

    Jonas De Almeida Federighi Jr.

    20 de setembro de 2015 às 15h39

    Quem desmontou não foi a Lava Jato. O Policial ao descobrir o corpo não pode ser acusado do assassinato.
    Sergio Moro

    A culpa é da conivência de “certos” “empresarios” e até “engenheiros” que se locupletaram com a Quadrilha Petralha. Não vejo nem Sindicato nem o CREA expulsando esses senhores. Eles são culpados pela destruição das Empresas de Engenharia. Os Engenheiros precisam entender que por trás da Engenharia tem que prevalecer a Ética e os Valores da Verdade, da Honra e da Honestidade. Vamos reconstruir novas empresas com Valores corretos.

    Responder

Rodrigo Santana Sacramento

18 de setembro de 2015 às 17h18

Bruno Augusto

Responder

Luis Machado

18 de setembro de 2015 às 17h17

É UMA PAIS DE PUTAS MESMO…..O LAVAJATO…….NAO É O PT? NAO É A DILMA? NÃO É A QUADRILHA…………………..ESTA SE LIMPANDO ESSA MERDA….E AINDA VEM REPORTAGEM PODRE MEDIOCRE DOS QUE TEM CONIVENCIA COM ESSE LIXO DE PARTIDO

Responder

    Claudio Londrina

    18 de setembro de 2015 às 17h24

    Calma garoto,muitos palavrões e pouco conteúdo no seu texto.

    Responder

    Luis Machado

    18 de setembro de 2015 às 17h26

    O SACO DO BRASILEIRO ENXEU MEU CARO…….VIVEMOS UM MOMENTO NOJENTO….ONDE SE VENDEU O BRASIL PARA BANDIDOS…..FALAR MAL DE GILMAR É FACIL….BASTA OBSERVAR A MEDIOCRIDADE DO SEU GOVERNO…….MAS A CIDADE MERECE…..DEPOIS DE TANTOS ANOS ENTREGAR O GOVERNO PRA ESSA CORJA DE BANDIDOS……………….NAO É HORA DE SER POLIDO…..É HORA DE CHUTA ESSE LIXO DO PT…DE UBERLANDIA E DE TODO O BRASIL…………CHEGA DE SER FROUXO

    Responder

    MyNina SI

    18 de setembro de 2015 às 17h57

    Os fisiologistas pedem calma…..

    Responder

    Alexandre Abreu

    18 de setembro de 2015 às 19h02

    Pelo jeito você é fã do Fernando Henrique, né Luis Machado? Rs… E AINDA tem a empáfia de falar de “mediocridade”??? NOS POUPE !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder

    Claudio Londrina

    18 de setembro de 2015 às 19h26

    Luis Machado ,e essa carinha de panela tramontina!!!agora falando serio,concordo com você,mas no mais é esperar 2018,quem sabe seu candidato até lá tenha um plano melhor,ta bom né Luizinho já dei muito palanque pra você,relaxa e goza.

    Responder

    Luis Machado

    18 de setembro de 2015 às 20h23

    eu tenho só que bater palmas para os eleitores da quadrilha, os PTralhas, que apesar de condenado pelo Supremo e boa parte já indiciados novamente, ainda encontramos cidadãos de coração bom que acham que “não é bem assim”…rsrs…a inocência e o coração puro é algo romantico……kkkkkkkkkkk…..no mais……..espero que o imposto majorado (aumentado para os PTistas de plantão) deveria ser o do Arroz e Feijão……..pagamos a conta todos junto……o ZÈ POVIM vendidim da bolsa esmola….e os que realmente trabalham e sustentam a FESTA ……

    Responder

Henrique Novaes

18 de setembro de 2015 às 17h15

É muito óbvio: ao tornar evidente as falcatruas que há na Petrobrás, o investimento automaticamente é reduzido. A culpa não é da Lava Jato e sim da própria Petrobrás.

Responder

Frederico Freder

18 de setembro de 2015 às 17h13

As empresas deveriam ser preservadas, assim como os empregos dos trabalhadores. Elas indenizariam o país e assim poderiam continuar existindo. A operação lava jato foi conduzida de uma forma que causou um prejuízo infinitamente maior do que o dinheiro recuperado.

Responder

Marcos Portela

18 de setembro de 2015 às 17h12

Lava Jato CONTRA CORRUPÇÃO ou GOLPE FEDERAL? Como pode uma INSTITUIÇÃO FEDERAL, no estado do Paraná, ATACAR ESTATAIS e EMPRESAS brasileiras, DESEMPREGANDO milhares no país, alegando COMBATER a CORRUPÇÃO, CONTRADIÇÃO de quem usa TARJAS PRETAS para ESCONDER e INVALIDAR PROVAS de CORRUPÇÃO contra PARTIDOS de OPOSIÇÃO como PSDB e DEM, que aliados a GRANDE MÍDIA mais parecem uma ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA, INSTALANDO o CAOS no país, usando a política do QUANTO PIOR MELHOR, panelinha que virou PANELAÇO. #MoroTemPatrão

PRÓ-IMPEACHMENT ou PRÓ-CORRUPÇÃO? Verdadeira ZONA, PIRATAS do JUDICIÁRIO e BANDIDOS do PSDB e DEM, financiados pela QUADRILHA dos SONEGADORES da MÍDIA e BARÕES do HELICOCA, mais uma vez tentam ROUBAR meu VOTO e os de MILHÕES de BRASILEIROS.

NÃO é BRINCADEIRA NÃO, são BILHÕES de REAIS movimentados pela QUADRILHA MAÇONICA dos SONEGADORES da MÍDIA, MARAJÁS do JUDICIÁRIO, CORRUPTOS do PSDB/DEM e NARCOTRAFICANTES do HELICOCA, não é de se estranhar o grande empenho do CARTEL da MÍDIA (Globo, Veja, IstoÉ, Época, Folha, Estadão…) em querer DESESTABILIZAR o GOVERNO.

Bravo POVO e DIRIGENTES brasileiros, que RESISTEM ao COVARDE ATAQUE das MAZELAS CRIMINOSAS DA MÍDIA, dos MARAJÁS da JUSTIÇA e dos CORRUPTOS do PSDB e DEM, que por TEMEREM enfrentar o LULA em 2018, tentam TOMAR o PAÍS de ASSALTO.

Responder

Anônimo

18 de setembro de 2015 às 17h10

kkkkkkkk A CULPA É DA LAVA JATO KKKKKKKKKKKKK

Responder

Lúcio Nicolau

18 de setembro de 2015 às 17h10

Tem muitos engenheiros que conheço que estão aplaudindo a destruição da indústria do petróleo e de construção pesada, ou melhor, a Lava -jato mesmo tendo perdido seus empregos recentemente por causa dos baixos preços dos commodities.

Dificílimo de entender !!!

Responder

Frederico Freder

18 de setembro de 2015 às 17h09

As empreiteiras americanas vem pra cá e isso já estava previsto. No final deu tudo certo, só que não. As empreiteiras americanas levam para os EUA o lucro que deveria ficar no Brasil.

Responder

Deixe uma resposta