Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Unasul desmente TSE: “nome de Jobim não foi vetado pela Venezuela”

Por Redação

24 de outubro de 2015 : 21h26

Por André Richter, na Agência Brasil

Unasul diz que nome de Jobim não foi vetado pela Venezuela

A União das Nações Sul-Americanas (Unasul) informou hoje (23) que o nome do ex-ministro Nelson Jobim não foi vetado para chefiar a missão do bloco para acompanhar as eleições parlamentares na Venezuela, marcadas para dezembro. Em sua conta no Twitter, a Unasul disse que o nome do jurista é avaliado junto com outras indicações de países do bloco. 

A manifestação da Unasul foi motivada pela decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que se retirou da missão que pretende acompanhar as eleições venezuelanas. Em nota divulgada na terça-feira (20), o tribunal alegou que Jobim foi preterido por autoridades da Venezuela.

O TSE explicou que Jobim foi escolhido para chefiar a missão pelo fato de ser uma autoridade pública “com amplo conhecimento da lide eleitoral e de reconhecida isenção”. Além de alegar que houve veto ao nome de Jobim, o tribunal disse que a demora Conselho Eleitoral da Venezuela para assinar o acordo que permitiria o processo de observação das eleições inviabilizou sua atuação na auditoria do sistema de votação.

A missão eleitoral da Unasul tem objetivo de acompanhar as eleições nos países do bloco para garantir a transparência do pleito. A missão é formada por órgãos eleitorais dos 12 países-membros.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

16 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Celso Bisson

26 de outubro de 2015 às 01h14

então pq a medida EXTREMA ao cancelar a missão/ Ainda querem defender o tal de Maduro?

Responder

Antonio

25 de outubro de 2015 às 22h20

Mais um servicinho sujo do nomeado pelo Lula que preside o TSE.
O Lula foi o melhor presidente que esta país já teve, respeitadas as épocas de cada um, mas nem por isso deixa de ter sua cota de responsabilidade.
Neste e em outros episódios fica claro que Lula agiu de forma irresponsável ao nomear quem nomeou para os tribunais.

Responder

Marcos Portela

25 de outubro de 2015 às 18h12

O QUE VOCÊS FIZERAM NO VERÃO PASSADO, montaram uma OPERAÇÃO de GUERRA contra o GOVERNO e o PT, criaram a LAVA JATO, convocaram em CARÁTER de URGÊNCIA o “Juiz” $ÉRGIO MORO e suas DELAÇÕES COMBINADAS e a MÍDIA GOLPISTA para ATERRORIZAR a NAÇÃO com o GOLPE de ESTADO (há quase um ano), resta saber o que essa MÁFIA de POLÍTICOS, JUSTIÇA e MÍDIA estão tentando ESCONDER, coincidentemente a JUSTIÇA da SUÍÇA investiga a LIGAÇÃO do NARCOTRAFICANTE ABADIA com o Presidente da Câmara dos Deputados, o CUNHA e outros PARLAMENTARES, como aqueles que transportam COCAÍNA em HELICÓPTEROS com HABEAS CORPUS JUDICIAL, qual o envolvimento do ABADIA, que movimentava BILHÕES de DÓLARES no BRASIL, com essa MÁFIA MAÇÔNICA, em novembro de 2013, policiais, INCONSEQÜENTES, prenderam o HELICÓPTERO do SENADOR com 450 kg de COCAÍNA, sem saber de quem se tratava, de IMEDIATO entrou em AÇÃO a OPERAÇÃO LIMPEZA, a JUSTIÇA mandou SOLTAR os PRESOS e DEVOLVER o HELICOCA e a MÍDIA tratou de ABAFAR, imaginem se os POLÍTICOS envolvidos fossem do PT, sem essa ESTRUTURA da JUSTIÇA e da MÍDIA dando SUPORTE, ficariam PRESOS por muito tempo e até hoje eram motivos de CHACOTA na MÍDIA.

Responder

laercio

25 de outubro de 2015 às 14h44

ele queria fiscalizar, e era so pra fazer um passeio em alguns locais escolhidos pelo governo com status de acompanhante.nem iria emitir parecer sobre o processo eleitoral.

Responder

Rodrigo Figueiredo

25 de outubro de 2015 às 15h49

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

J.P. Lorraine

25 de outubro de 2015 às 12h09

O sucateamento dos quadros petistas ocorre com mais intensidade em São Paulo, onde o partido viu sumir mais de 27% dos seus prefeitos, mas o fenômeno é perceptível por todo o país. A reportagem da Folha relembra que o PT perdeu recentemente a única capital nordestina que administrava. No Paraná foram oito prefeitos. Em Goiás, cinco. Até mesmo em Estados governados por petistas há fuga de prefeitos, como ocorre no Amazonas e Tocantins.

Imagine o que ocorrerá nas eleições de 2016 com o PT.
(OAntagonista)

Responder

Diego

25 de outubro de 2015 às 10h14

SÓ PRA RELEMBRAR: ZELOTES R$ 565 BILHÕES

COMO RASTREAR ESSES LADRÕES? CPMF!
Provavelmente no caso, não havia CPMF quando praticaram o crime da remessa clandestina p/ o exterior desses valores. Poderão ser rastreados no retorno com uma nova CPMF, ie. se os reponsáveis fizerem o retorno desses valores. Em todo caso, esses valores são ilegais por cometerem crime contra a Receita Federal e deverão ser repatriados.

http://democraciapolitica.blogspot.com.br/2015/09/os-misterios-da-operacao-zelotes.html

Responder

Paulinho Valero

25 de outubro de 2015 às 10h04

Parece que o cafezinho é mais uma arapuca dos Petistas. É como se diz: Pai, perdoai. Eles não sabem o que fazem

Responder

sergio m pinto

25 de outubro de 2015 às 06h35

Tem coxinha que, quando não tem argumento, desanda a falar besteira. Leu a matéria e não quis entender que quem está vetando o Nelson Jobim é o TSE, que está se retirando da missão que vai observar as eleições da Venezuela. Esse papo de que vai ter treta na votação é o mesmo daqui.

Responder

Haroldo Rogério Bonancio

25 de outubro de 2015 às 04h03

Má vontade e má intenção!

Responder

MacCain

25 de outubro de 2015 às 01h27

Do que vive Ana Amélia. Por que esta senadora só ataca a politica sul-sul. O discurso dela é só venezuela, Cuba….a covarde pouco fala de Argentina….

Responder

Antonio Vieira

25 de outubro de 2015 às 00h47

Felizmente às expectativas de grandes proporções de destruição do furacão Patricia não se confirmo.Que bom.

Responder

Pedro Cesar de Oliveira

25 de outubro de 2015 às 00h15

Tem que mandar o aecio e os parceiros dele pra la de novo;

Responder

    Schmidt Norris

    25 de outubro de 2015 às 11h31

    Huhauahuha. Muito obrigado por me lembrar deste alegre episódio logo de manhã.

    Responder

Murilo Alberto

25 de outubro de 2015 às 00h09

Simplesmente o Tofolli resolveu abortar a missão para não ter que fazer vistas grossas frente à opinião internacional. Determinou que não haverá brasileiros.
O Jobim nem vem ao caso…

Responder

luiz carlos

24 de outubro de 2015 às 21h53

Miguel, desde ontem não consigo mais compartilhar teus comentários. Surge uma mensagem de que o conteúdo não está mais disponível. O que está ocorrendo? Abraço

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina