Live com Miguel do Rosário (convidado especial: Luiz Moreira)

#MinhaAmigaSecreta

Por Lia Bianchini

25 de novembro de 2015 : 21h58

Por Lia Bianchini, repórter especial do Cafezinho

Desde terça-feira (24), as redes sociais têm sido inundadas de textos e mensagens da campanha #MeuAmigoSecreto, uma onda criada por mulheres para denunciar atos machistas cotidianos que são cobertos com o véu da normalidade.

A campanha surgiu na véspera do Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher e vem dando voz, principalmente, a um aspecto quase esquecido da realidade feminina: a violência psicológica. Grande parte dos depoimentos denunciam relacionamentos abusivos, gaslighting, silenciamento em espaços políticos, racismo e lesbofobia.

Sabe-se que o Brasil está longe de ser seguro para mulheres. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o país ocupa a quinta posição no ranking mundial de violência contra a mulher. Aqui, a taxa de homicídios de mulheres é de 4,8 a cada 100 mil. Aqui, uma mulher é estuprada a cada dez minutos.

Porém, é sintomático que, no dia de enfrentamento à violência contra a mulher, as denúncias atenham-se majoritariamente ao que fere psicologicamente e não fisicamente. Esse é o cerne da mudança que precisa a sociedade machista em que vivemos. A violência psicológica é o ponto de partida para a violência física.

Um homem só chega à agressão física, ao estupro, ao assassinato porque tem a certeza de sua superioridade em relação às mulheres. Porque o machismo e o patriarcado estão tão enraizados, que fazem com que uma mulher seja vista apenas como mais um objeto de desejo e posse masculino.

O aspecto mais interessante da campanha é a complexidade dos depoimentos: ao mesmo tempo em que há uma generalidade muito grande, cada relato é incisivo e parece se adequar a um único homem. Fato que, também, só demonstra a abrangência do machismo na sociedade.

Os homens que violentam psicologicamente as mulheres são pais de família, namorados, maridos, amigos de uma mesa de bar, colegas de trabalho, são ideologicamente de esquerda ou de direita, tanto faz. Quando o assunto é o tratamento às mulheres, todos tornam-se o mesmo machista.

A exemplo da recente campanha #MeuPrimeiroAssedio, a #MeuAmigoSecreto é um passo à frente na luta que as mulheres têm empenhado por direitos e autonomia. A luta feminista no Brasil nunca esteve tão próxima de um ponto de cisão das engrenagens tradicionais e retrógradas da sociedade.

Nas redes e nas ruas, a primavera feminista brasileira vem mostrando que o tempo de abaixar a cabeça e ser subserviente às vontades masculinas passou. As mulheres brasileiras têm deixado nítido e indubitável que não mais toleram caladas as violências diárias que sofrem.

O machismo e o patriarcado dificilmente acabarão amanhã ou em um futuro muito próximo. Mas uma coisa é certa: eles não passarão impunes. Porque #MinhaAmigaSecreta não é uma, mas sim as mais de 100 milhões de mulheres brasileiras que estão dando um basta na violência machista. Vai ser impossível calá-las.

*Foto: Mídia NINJA

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Frank

27 de novembro de 2015 às 14h08

Estamos vivendo em meio a todos os tipos de violências, que só aumentam. Paz e liberdade são conquistas realizadas com muita luta. Quem tem interesse de que o entendimento das leis e execuções penais sejam tão fracas em nosso país? Ora execuções penais…não temos prisão perpétua com trabalhos forçados ou sem, mas temos penas de no máximo 30 anos, que com todas as malandragens jurídicas a maioria dos criminosos não cumpre nem um terço das penas, de repente os bandidos já estão livres, soltos, causando a maior insegurança nos cidadãos. Com certeza não é de nosso interesse que as leis de execuções penais sejam tão fracas. Já chega. Já passou da hora de acabar com essa festa do prende e solta, que deve ser uma grande fonte de dinheiro para alguns e ninguém procura saber como funciona esse processo, nem os jornalistas se interessam, falam só dos sintomas e nunca dos que causam essas fraquezas, não questionam a articulação dessa indústria do favorecimento do crime, talvez porque a mídia sobrevive de desgraças e quanto pior melhor para ela. E o PIG favorece o caos, quando falam a palavra “governo”, essa nem sempre está contextualizada e nem sempre se sabe a qual governo o PIG se refere, se é federal, estadual ou municipal, a palavra governo quando falada pelo PIG é para enganar os midiotas e só ajudam seus fantoches no congresso em interesse próprio. Não podemos esquecer nunca, que a lei do jeito que está é produto das políticas de favorecimentos ENTREGUISTAS que perduraram por séculos. Precisamos rever o processo de penas da alçada da justiça e que venha a REGULAMENTAÇÃO PARA DEMOCRATIZAR A MÍDIA, porque o começo do fim da impunidade passa primeiro por ela. Na mídia há muita liberdade e pouca responsabilidade. O direito de resposta já ajuda, mas ainda falta muito.

Responder

Moisés Saldanha

27 de novembro de 2015 às 07h38

Responder

    Anônimo

    27 de novembro de 2015 às 10h38

    Que medíocre essa imagem que o Moises Saldanha colocou. Tá cheio de mentira “direitosa”, pra variar. Quanto espantalhos numa imagem só.

    Quando dizemos que presídios vão lotar é por que a maioridade penal, se aprovada, só vai punir pobre, por isso a chance de lotar presídio. E pobre inocente, ou simplesmente suspeito. Quem acha que riquinho menor vai preso é otário. Nunca vi a esquerda combater esteriótipo de classe social e que eu saiba, coxinha e elite branca são apelidos, como apelidam os idiotas quem milita na esquerda como “esquerdopatas”.

    Quem protesta contra a corrupção só do PT são eles. Não adianta dizer que o protesto da esquerda só se concentra contra o Cunha. Até por que, o Cunha é o herói de vocês, coxinhas.

    O PT não acabou com a miséria, apenas contribuiu decisivamente com sua diminuição. Outro espantalho.

    Ignorar o embargo à Cuba é ser anta de pai e mãe e isso nada tem a ver com livre mercado, até porque Cuba, não fosse o embargo, faria nada além de transações comerciais internacionais legítimas, como qualquer país do mundo, mas o grande Xerife do mundo não deixa, pois ele manda. A terra da Liberdade, sabe, aquela que defende a liberdade na base da invasão e bombardeio.

    Quem defende o fim do consumismo?? Ou defende-se um consumo responsável? E que mal tem defender um salário mínimo de 3000 reais? Quem trabalha merece receber pouco? Vcs são mesmo capitalistas?

    Dilma não ganhou por mérito. Ganhou por número maior de voto. Mérito não é indicador de nada numa eleição. A legitimidade democrática do eleito pelo voto se dá pela maioria. Que sujeito burro.

    Estado forte não são ideias apenas de Mussolini, que idiotice é essa? Por que não diz que um componente fundamental do fascismo é a supremacia racial, coisa que nunca foi bandeira da esquerda. Ou alguém aqui já viu um cubano defender a morte de eslavos, judeus, ciganos?

    Mas nada disso surpreende, são todos argumentos falaciosos da direita. Mais do mesmo.

    Responder

Marcio Lincoln Reis

26 de novembro de 2015 às 13h19

Respeito às mulheres, precisamos estar sempre vigilantes contra os covardes de toda ordem, inclusive repudiar o governo tirano da Venezuela, que não respeita quem se opõe às suas idéias, mas o Cafezinho se cala contra esse bolivariano assassino e ditador MADURO

Responder

surreal

26 de novembro de 2015 às 09h07

Minha mega sena secreta, vamos investigar. Alguém aí gosta de mega sena? Pois então, o maior prêmio da história 205.000.000,00 sai pra Brasília DF, não é estranho? As emissoras de tv falavam que estava acumulado de novo, o resultado deve sair até as 20:00 mas o site para o sorteio estava fora do ar. O apagão no site durou um bom tempo e de repente aparece um só ganhador e de Brasília. Não é uma beleza? Ninguém viu o sorteio. Somente viram quem estava rodando as esferas, se estavam. Esse tipo de sorteio já está levantando muitas suspeitas. É necessário uma auditoria internacional independente para descobrir qual é a mágica e parar essa lavagem de dinheiro kkkkkkkkkkk.
http://caiutudo.com/fora-do-ar/caixa/noticias/11045-problemas-em-caixa-economica-federal

Responder

Roberto Oliveira

26 de novembro de 2015 às 01h42

#minhaamigasecreta Se diz feminista, mas afirma que a regularização da prostituição como profissão, demanda de várias associações de prostitutas, é a “legalização do estupro”. A questão é complexa e não quero simplifica la, mas se as próprias prostitutas se organizam e exigem o direito de serem reconhecidas e saírem da invisibilidade e do estigma, quem somos nós, pequenos burgueses moralistas, para condena las?

Responder

Deixe uma resposta