Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Lava Jato aprimora métodos de tortura

Por Redação

06 de dezembro de 2015 : 18h10

Abaixo, trecho de clipping enviado por um leitor.

***

Lava Jato: Texto do colunista Elio Gaspari, na Folha e em O Globo, descreve que “saiu das cadeias de Curitiba a seguinte informação: dois presos da Lava Jato estavam presos na carceragem da Polícia Federal e foram transferidos para o presídio estadual. Numa noite, vários presos entraram na cela onde eles estavam, urinaram, defecaram e foram embora”. E acrescenta que “dias depois se ofereceram para colaborar com a Justiça”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Juarez Oliveira

26 de setembro de 2016 às 17h59

Paladino juiz Sérgio Moro (PSDB-PR), em su missão de caçar petistas e acobertar tucanalhas.

Responder

jossimar

07 de dezembro de 2015 às 14h25

Na Itália explodiram os Moros de lá antes que destruíssem completamente o país. Mas grande parte do estrago já estava feito.

“Giovanni Falcone (Palermo, 18 de maio de 1939 — Isola delle Femmine, perto de Palermo, 23 de maio de 1992) foi um juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra. Foi assassinado pelo mafioso Giovanni Brusca, juntamente com sua esposa e seus guarda-costas, ao passar de carro por uma estrada que foi dinamitada por explosivos instalados criminosamente.”

“Paolo Borselino foi morto num atentado, onde a viatura em que estava explodiu, menos de dois meses depois de Giovanni Falcone ter sido assassinado.[2]

Quem sabe aparece um corajoso por aqui também.

Responder

Hell Back

07 de dezembro de 2015 às 13h47

Esse homem é perigoso, ele acredita no que diz. (sobre Hitler)

Responder

Adilton

07 de dezembro de 2015 às 12h59

Ele deve estar se achando lindo nesta foto…
Tadinho…

Responder

Maria Rita

07 de dezembro de 2015 às 12h14

Tortura escatológica! E ele deve piorar, a lava jato não está nada bem na foto. Muitos desconhecem uma verdadeira investigação jornalística. Marcelo Auler está fazendo história e séria. Os desvios não ficam só na área do Moro, está em toda a operação.

Responder

Celso Junqueira

07 de dezembro de 2015 às 09h36

O problema do Brasil é MORAL… isso mesmo: de Moro.

Responder

Luís CPPrudente

07 de dezembro de 2015 às 09h36

É uma característica do Homem de Preto da Vara de Guantánamo, sendo fascista a tortura é um instrumento corriqueiro do dia a dia dele.

Responder

    Hell Back

    07 de dezembro de 2015 às 11h49

    Sim; e sua evolução será a execução em massa. Estou sentindo uma leve sensação de déjà-vu. Involuimos para uma sociedade fascista!

    Responder

Dorgival

07 de dezembro de 2015 às 00h44

Um aspecto sombrio que dá calafrios. Deve ser uma alma atormentada que busca na tortura uma forma de lidar com suas frustações inconfessáveis. Sente- se um Deus e porisso age como estivesse acima do bem e do mal. Sujeito perigoso esse.

Responder

Deixe um comentário