PARIS CAFÉ: Lula volta ao jogo e polariza com Bolsonaro. Quais os novos desafios?

41 reitores fazem manifesto contra golpe

Por Miguel do Rosário

11 de dezembro de 2015 : 10h04

Os golpistas tem um problema grave. Não aparece um professor de direito para apoiar o golpe, um jurista importante, e agora todos os reitores fazem manifesto contra o impeachment.

Há algum reitor que apoia o golpe?

Não.

***

No blog do Planalto.

Quinta-feira, 10 de dezembro de 2015 às 18:10 (Última atualização: 10/12/2015 às 19:19:51)

Para reitores de 41 universidades, impeachment é ‘tentativa de confisco à democracia’

Berzoini a reitores: instrumento constitucional como impeachment não pode ser usada de forma leviana pelos que querem simplesmente tomar conta do Estado para usá-lo ao seu bel-prazer. Foto: Naiara Pontes

Reitores e pró-reitores de 41 instituições federais – universidades e institutos técnicos – entregaram nesta quinta-feira (10) ao ministro Ricardo Berzoini, da Secretaria de Governo, uma carta de manifestação contrária à abertura do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

O documento afirma: “Diante das ameaças que colocam em risco o Estado democrático de direito e as importantes conquistas que marcam a política em nosso País, nós reitores e reitoras das instituições da rede federal de educação, manifestamos veementemente posição contrária a qualquer tentativa de confisco à democracia e à República brasileira”

A nota foi lida para o ministro pelo presidente eleito do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), Marcelo Machado.

Ricardo Berzoini informou que entregará o documento à presidenta Dilma, que está em viagem à Argentina, e expressou contentamento pela livre iniciativa dos educadores em promover e assegurar a legitimidade de processos democráticos no País.

O ministro também disse aos reitores acreditar não ser possível que o impeachment, “um instrumento democrático e constitucional, seja usado de forma leviana e irresponsável por aqueles que querem simplesmente tomar conta do Estado brasileiro para usá-lo ao seu bel-prazer”.

Confira abaixo a íntegra de apoio dos reitores à presidenta Dilma.

carta-conif

O Planalto também fez um vídeo:

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

53 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Aparecida Jesus Oliveira

12 de dezembro de 2015 às 21h44

Não vai ter golpe DILMA fica

Responder

Cicero Severo

12 de dezembro de 2015 às 09h34

“Só quem viveu na era FHC/PSDB sabe o que é crise,” Pobreza e miséria-FHC quebrou o Brasil 3 vezes e entregou ao FMI.FHC sem moral em 13 novembro 1998.

Responder

    Celso Junqueira

    12 de dezembro de 2015 às 11h46

    UM ANO de racionamento de energia!!

    Responder

Luiz Guilherme De Lemos Martins

12 de dezembro de 2015 às 04h33

#ForaEduardoCunha #Nãovaitergolpe #Dilmafica #Cunhanacadeia

Responder

Wellington Silva

12 de dezembro de 2015 às 01h58

Claro: MANTER A MAMADA!!!

Responder

Shiirley Ramos

11 de dezembro de 2015 às 22h34

Thais Guedes hahaha

Responder

Wilfried Hemmer

11 de dezembro de 2015 às 22h14

Tudo com medo de perder a teta…

Responder

Wendel Barroca Valadão

11 de dezembro de 2015 às 21h01

Porque só agora é golpe ????? Por favor intelectuais ,me expliquem isso !!!!!

Responder

    Michelangelo Santini

    11 de dezembro de 2015 às 21h40

    Não precisa ter um alto grau de discernimento para saber porque AGORA É GOLPE, Wendel. Mas seu grau de cognição está muito abaixo do mínimo necessário para se entender alguma coisa mesmo! Pra resumir e não deixar muito difícil pra você, vou só dizer uma coisa: #DILMAFICA.

    Responder

    Luciano Vanusa

    12 de dezembro de 2015 às 09h25

    UE ninguém respondeu

    Responder

    Celso Junqueira

    12 de dezembro de 2015 às 11h49

    Eles estavam errados. Assim como os de agora. E mais: segundo o advogado Lavanére, que entrou com pedido de impeachment do Pres. Collor atendendo ao sr. FHC, o PT foi o ÚNICO grande partido que não assinou o documento. Tá?

    Responder

Carlos Donizetti Alves

11 de dezembro de 2015 às 20h31

Ficou bem este nome para uma página patrocinada pelo governo Dilma. A única coisa que sabem fazer é tomar cafezinho…

Responder

Luciana Castro

11 de dezembro de 2015 às 19h55

#foracunha #naovaitergolpe

Responder

Helio Eduardo Pinto Pinheiro

11 de dezembro de 2015 às 19h54

“NÃO VAI TER GOLPE”!!!! E SE HOUVER, EU NÃO ACEITO! E ESTAREI NAS RUAS!!!……………..PRO QUE DER E VIER!!!

Responder

Kleber Silva

11 de dezembro de 2015 às 18h59

#naovaitergolpe #dilmafica #foracunha #mimimicheltraidor

Responder

Rose Verdan

11 de dezembro de 2015 às 18h34

ESSE GOLPE Ñ É NADA ,SÓ INTERESSA A MAIS DA METADE DA POPULAÇÃO . FORA PT E FORA PSDB

Responder

    Michelangelo Santini

    11 de dezembro de 2015 às 21h45

    O golpe interessa a mais da metade? Não foi o que as urnas disseram, meu caro amigo.
    Nas urnas, A MAIORIA DECIDIU PELA CONTINUIDADE DA PRESIDENTE DILMA! Nas urnas, DEMOCRATICAMENTE, todos decidirão pela continuidade do crescimento popular!

    Responder

      Michelangelo Santini

      11 de dezembro de 2015 às 21h46

      decidiram*

      Responder

Rose Verdan

11 de dezembro de 2015 às 18h34

ESSE GOLPE Ñ É NADA ,SÓ INTERESSA A MAIS DA METADE DA POPULAÇÃO . FORA PT E FORA PSDB

Responder

Pedro Arrigoni

11 de dezembro de 2015 às 18h02

Se a dilma cai quero ver quem vai bancar essa pagina.

Responder

Mauricio Cardoso Bento

11 de dezembro de 2015 às 17h30

~marxistas~

Responder

Alvaro Kureke

11 de dezembro de 2015 às 17h24

cambada d ecomunistas… bandidos …

Responder

Maria Lucia

11 de dezembro de 2015 às 17h20

“A História não é exemplo, a História é lição, tiremos dela, nos dias de hoje, todas as consequências possíveis.”(Mario de Andrade (?))

Dia 16 nossa resposta ao golpe tem que ser definitiva !!!!
VAMOS PRA RUA !!!

#ADemocraciaExigeMais
#NãoVaiTerGolpe
#DilmaFica

https://www.facebook.com/JovenseEsquerda/videos/403325606504296/

Responder

Alexandre Rosses

11 de dezembro de 2015 às 16h49

Dilma13

Responder

Valdir Bernardes

11 de dezembro de 2015 às 16h14

Responder

Maria José Protásio

11 de dezembro de 2015 às 16h13

Responder

Ana Oliveira de Lima

11 de dezembro de 2015 às 14h42

#naovaitergolpe

Responder

Ivo Vanda Reis

11 de dezembro de 2015 às 14h00

Sim, impeachment e golpe!!!! Mas , por favor, vamos ao golpe……

Responder

Wilton Cézar

11 de dezembro de 2015 às 13h31

Excelente! Cristiano Penha, diria mais, a existência de um bando de revoltados por ter perdido as eleições de 2014, tumultua o cenário político, que por sua vez afeta o econômico, criando assim uma instabilidade total.

Responder

    Alvaro Kureke

    11 de dezembro de 2015 às 23h13

    O interressante e que vcs comunistas acham que todos q sao contra esse projeto de poder sao revoltados por perder eleiçao; ridiculo isso! Acha que se o pais estivesse essa maravilha alguem estaria querendo trocar aquela inutil , incompetente da Dilma? Claro que tem mesmo que tumultuar o cenario politico como vc diz, em qualquer pais do mundo , pais decente , coisa que o Brasileiro em sua maioria desconhece essa palavra; essa inutil , mal intencionada , mentirosa … ja estaria presa, presaaa! e em outros , mais extemistas, teria sido fuzilada em´praça publica. Quem apoia isso , ou e cego ignorante ou e muito egoista e esta levando algum, com essa palhaçada que e esse desgoverno.

    Responder

      Michelangelo Santini

      11 de dezembro de 2015 às 21h51

      Acha que se estivesse realmente tão ruim A MAIORIA teria DECIDIDO pela CONTINUIDADE da PRESIDENTE? Inútil é o seu comentário, Alvaro.
      Aliás, o Sr. devia ter aproveitado os cursos que a Dilma ofereceu, ao menos teria aprendido a escrever direito. Depois vem dizer que ela não deu oportunidades!

      Responder

    Vera Maria De Melo Smania

    12 de dezembro de 2015 às 00h24

    Eu ia escrever uma resposta para o Alvaro Kureke, mas nem vou perder meu tempo e meu português com uma pessoa tão radical e mal informada. Deve assistir só a Rede globo e ler suas publicações.Vai te informar um pouco melhor, Alvaro.

    Responder

    Wilton Cézar

    12 de dezembro de 2015 às 02h56

    Alvaro Kureke, quer dizer que se não for do agrado da minoria troca-se o presidente? Onde tu viu isso imbecil? Em quais países democráticos ocorrem impeachment com frequência? As eleições foram em 2014 e vcs perderam entendeu ou quer que desenhe? Em 2018 tem eleição de novo, aí tu escolhe um candidato que consiga vencer nas urnas.
    Deixa de ser mais um idiota golpista e vai tentar obter votos pra mala do teu candidato….que saco! Tnc!

    Responder

    Wilson Menezes

    12 de dezembro de 2015 às 16h10

    Na política o grupo majoritário se impõe e solidifica seu plano de governo. A atual presidentA não sabe fazer política. Nem os principais nomes do PT. Dai a oposição deita e rola.

    Responder

Marcos Marcos

11 de dezembro de 2015 às 13h30

Além do mais esse golpe só interssa ao criminoso Cunha, Aécio, Marina e imprensa.

Responder

Marcos Marcos

11 de dezembro de 2015 às 13h29

Creio que os reitores reconhecem que temos hoje o dobro de universitários que na época de FHC.

Responder

    Michelangelo Santini

    11 de dezembro de 2015 às 21h54

    O Dobro?? Meu amigo, só na minha REGIÃO (não estou falando do estado todo) abriram 5 centros UNIVERSITÁRIOS! Universidade Federal de Qualidade! E olha que minha região é pequena…. em menos de 5 horas, dá pra chegar a todos esses centros…
    Hoje, existe, no mínimo, quatro vezes ou cinco vezes mais de universitários. E olha que estou falando só das universidades federais! Não tô nem falando de PROUNI… etc.

    Responder

    Wellington Silva

    12 de dezembro de 2015 às 01h59

    Nada haver. Têmos mais criminosos, mais CORRUPTOS, mais endividados, etc

    Responder

Diego

11 de dezembro de 2015 às 10h28

O dr. Janot tem o poder de pedir a intervenção ao STF para cassar EC. Mas por que não faz? Será que foi comprado? Será que receberá um cargo importante num improvável governo golpista ilegítimo? Ou foi ameaçado? O Brasil não quer mais retrocesso.

Responder

Cristiano Penha

11 de dezembro de 2015 às 12h26

DE VOLTA PARA O PASSADO

A culpa de tudo isso que está acontecendo no Brasil, no fundo, não é de Cunha, Temer, do PMDB, PSDB, DEM, PPS, SDD e outros golpistas, por que de bandidos nada se espera além de bandidagem. Todos sabem que a crise econômica foi agravada pela crise política. É do eleitor que vota em candidatos que nunca tiveram compromisso com o desenvolvimento do Brasil. Se todos tivessem votado em deputados e senadores que pensam no país independente do partido, Cunha não seria presidente da Câmara, o PMDB não teria tanta força, a oposição não seria esse lixo, os projetos de interesse do país e dos trabalhadores teriam sido aprovados e o PT não teria que fazer alianças com um bando de corruptos que só pensam em cargos ou em defender os interesses das corporações que financiaram suas campanhas e consequentemente seus bolsos. FHC também era refém mas comprou o Congresso, foi esperto de colocar um “engavetador” como Procurador Geral, de deixar a PF no limbo, de não criar uma lei anti-corrupção sequer e comprar o silêncio da grande mídia com bilhões em publicidade e financiamentos do BNDES. Aécio faria o mesmo que FHC pois fez isso em MG e Temer vai fazer também, caso assuma. Os corruptos agem pra dar um golpe justamente pra controlar as investigações contra eles próprios ao mesmo tempo em que implantam todas as medidas neoliberais que o empresariado e o sistema financeiro querem, mas que serão um desastre para os trabalhadores, estudantes, aposentados pois significam redução de direitos trabalhistas, achatamento salarial e corte de programas sociais: para os pobres e classe média em geral. Empresários tiveram tudo que queriam no governo Dilma: desonerações (R$ 100 bilhões/ano), redução do custo de energia, desvalorização cambial e queda de juros. O que fizeram? Reduziram preços e investiram na produção? Não, aplicaram no mercado financeiro e essa é uma das razões principais para economia ter parado em 2014 nos levando ao ajuste fiscal. Hoje defendem o golpe pois seus interesses são muito diferentes dos da classe trabalhadora. Impeachment é apenas o ápice da destruição de um projeto que começou em 2003 e transformou o Brasil, que não é suportado pela elite brasileira. O que está em jogo não é o mandato de Dilma. É o futuro que queremos para o país, que pode ser uma volta ao passado desastroso se o golpe vingar.

Responder

Dilter Folha

11 de dezembro de 2015 às 10h21

Eu sei que pessoas de esquerda são limitadas o intelectualmente mas vcs estão passando dos limites!

É óbvio que são contra! !

Foram nomeados pela Dilma! !!

Quem for a favor vai para o saco no DO do dia seguinte! !!
Ora bolas.

Dilter

Responder

    Luiz Felipe

    11 de dezembro de 2015 às 16h55

    Seu cabeça de bagre! Sou advogado militante e não recebo um centavo da União ou seja de qualquer ente chamado governo, seja municipal, estadual ou federal.
    Não me incomodo em que prendam a todos, desde que, sigam as regrinhas do CPP e do C Penal. A Constituição em seu artigo 85 e seus incisos indicam os crimes de responsabilidade da Presidente da República, o que, nada se assemelha a que estes golpistas estão querendo fazer crer.
    Só mesmo um beócio como você para apoiar uma coisa destas. Hoje é a Dilma, amanhã pode ser alguém da sua família.
    Temos de exigir que sigam as regras da Constituição, do CPP e do C Penal. Qualquer coisa fora disto é golpe e tem de ter o repúdio de toda a sociedade brasileira (exceção para pessoas com amebas no lugar de neurônios como você).

    Responder

    Michelangelo Santini

    11 de dezembro de 2015 às 21h55

    Não sabe escrever e ainda chama os outros de limitados… É pra rir…

    Responder

      Michelangelo Santini

      11 de dezembro de 2015 às 21h56

      Não é, Sr, Dilte…?

      Responder

Adolfo Neto

11 de dezembro de 2015 às 12h14

Devem ter esquecido de como o governo FHC era bom para as universidades federais.

Responder

Adolfo Neto

11 de dezembro de 2015 às 12h14

Devem ter esquecido de como o governo FHC era bom para as universidades federais.

Responder

Deixe uma resposta