Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Requião dá umas palmadinhas em Sergio Moro

Por Miguel do Rosário

29 de dezembro de 2015 : 17h14

Quem sou eu para falar mal do juiz Sergio Moro, este heroi, este paladino glorioso na luta contra a corrupção no país!

O homem que salvou 2015, segundo a Veja!

Posso apenas lhe fazer algumas singelas e humildes advertências sobre o que poderiam chamar de “relações promíscuas” com a mídia.

Eu mesmo já andei cometendo a imprudência de associar o Prêmio Faz Diferença a uma propina da mídia, ainda mais antiética do que uma propina propriamente dita, porque mais capciosa, mais falsa, mais hipócrita.

Sergio Moro agora é figurinha carimbada em eventos da grande mídia: Faz Diferença, Abraji, reuniões de socialites bancadas por João Dória, evento da Veja.

E agora resolveu retribuir a paparicação com opiniões contrárias à única lei, aprovada há pouco, que protege cidadãos contra os arbítrios de uma mídia cevada na ditadura: a Lei do Direito de Resposta.

O senador Roberto Requião, autor da Lei, tenta explicar a Moro que, ao contrário de ser censura, trata-se de um instrumento de liberdade política, para cidadãos até então vulneráveis a grupos de mídia sem nenhum compromisso com a democracia, liberdades civis e a dignidade humana, direitos consagrados em nossa Constituição.

Leia abaixo.

Requião explica ao Moro o Direito de Resposta

Ele não entendeu…

No site do senador Roberto Requião (PMDB-PR) (via Conversa Afiada):

O que o juiz Moro não entendeu sobre a Lei de Direito de Resposta
Como autor da Lei do Direito de Resposta (Lei 13.188/2015), venho retificar erros cometidos pelo juiz Sérgio Moro na consideração dos efeitos da lei, segundo matéria publicada no Valor (24/11/2015). As observações equivocadas do jovem magistrado foram dadas à luz no palco da Associação Nacional dos Editores de Revistas, beneficiários dos equívocos de interpretação.

Dentre os erros que merecem reparo, destaca-se o de que a norma poderia ser usada como instrumento de censura. Definitivamente não. Sou dos que mais lutaram para combater a cassação das liberdades fundamentais instituídas pelo regime militar. Entre as arbitrariedades que nos eram impostas, a censura era uma das mais deletérias e cruéis.

E o que configura a censura? Para a ciência política, ela é o exame prévio de um texto de caráter artístico ou informativo, feito por um ente censor, a fim de autorizar sua publicação, exibição ou divulgação.

O inciso V do art. 5º (que confere, em tese, o direito de resposta proporcional ao agravo) possui todos os elementos naturais de uma norma de eficácia plena; apesar disso, tem sido, na prática, tratado como norma de eficácia limitada, ou seja, como se não pudesse produzir efeitos enquanto não fosse regulamentada por lei.

Daí que quase ninguém que tenha sido ofendido tenha tido, na prática, a tempo e modo, o direito ao contraditório na divulgação de matérias ofensivas. A imprensa acusa, julga e condena, sem direito ao contraditório. Essa era, até agora, a regra.

O que ocorria antes da Lei da Direito de Resposta era que, veiculada uma ofensa pela imprensa, feria-se a honra de uma pessoa sem que a ela se concedesse o direito de ofertar aos mesmos destinatários, seu contraditório, ou seja, sua versão dos fatos.

Antes da Lei do Direito de Resposta, no caso de ofensa divulgada, restava ao ofendido esmolar perante os meios de comunicação ofensores a divulgação de eventual resposta que, no mais dos casos, era noticiada de modo restrito e insuficiente. No caso da imprensa escrita, em geral, em uma irrisória seção de “erramos” ou em notas de rodapé. Isso quando não era simplesmente desconsiderado o pedido de resposta.

Em suma, a resposta proporcional ao agravo, esta sim, era submetida à censura. O censor era o próprio ofensor que, a seu critério (se é que tinha critério) decidia por veicular ou não a resposta, dando-lhe a dimensão e o destaque que desejasse, sem que o ofendido tivesse a quem recorrer. Feria-se, assim, de morte o princípio da proporcionalidade da resposta em relação ao agravo, consagrado no texto do inciso V do art. 5º da Constituição Cidadã.

No mais das vezes, dez, vinte ou mais anos depois, o Poder Judiciário condenava o meio de comunicação a pagar indenizações – muitas delas insignificantes – e a veicular uma resposta que de forma alguma surtiria o efeito do dano à honra produzido para divulgação da ofensa.

Ao lado do direito de resposta, a Constituição assegura “a todos o acesso à informação” (inciso XIV do art. 5º). E esse direito de todos a ouvir o contraditório tem sido por anos violado quando a imprensa não atende aos pedidos dos ofendidos de veiculação de suas respostas.

Se o juiz Moro e os leitores do Valor refletirem sobre os fatos verão que, se censura houve, foi até a promulgação da Lei do Direito de Resposta. E não só censura, mas também violação do direito de todos à informação. É o que acontece, por exemplo, quando um trecho selecionado de um depoimento de delação em processo criminal é clandestinamente dado a conhecer, em geral com exclusividade, a um determinado órgão de imprensa (o chamado vazamento seletivo). Talvez incomode aos beneficiários desta reprovável prática hoje banalizada que os prejudicados venham a querer fazer uso da Lei do Direito de Resposta para assegurar o contraditório.

A Lei do Direito de Resposta não possui qualquer dispositivo que censure o trabalho da imprensa. Apenas amplia a informação fornecida, por proporcionar aos ofendidos o direito de responder sem ser censurado pela poderosa censora, o quarto poder, a imprensa.

Manifestações como esta do Juiz Moro no palco da Associação dos Editores de Revista, assim como a da OAB perante o STF, o que revelam é a fabulosa dimensão do poder da grande mídia e sua imensa insatisfação com a Lei do Direito de Resposta, a guardiã da democracia e do contraditório sem censura.

Roberto Requião, Senador da República

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

120 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

ulysses freire da paz jr

04 de março de 2016 às 06h55

Toda “figurinha carimbada em eventos da grande mídia” http://julius-hensel.ch/wp-content/uploads/2014/10/Human-2.jpg assim como os bois de piranha: Mensalão, Lavajato….destinam-se a manter oculto o CERNE da falta de verbas para Tudo , sobretudo: Saúde, Educação, Transporte, Infraestrutura, Segurança … https://www.youtube.com/watch?v=1hhRRhP79Kk

Somente a maçonaria pode engessar a imprensa e o judiciário. https://www.youtube.com/watch?v=aFzke1cCwUg

Responder

Sergio Castro Pimenta de Souza

31 de dezembro de 2015 às 02h03

Postagem ridícula. Coisa de PETRALHAS!!!

Responder

    Everton

    31 de dezembro de 2015 às 08h44

    tradução de um relincho!

    Responder

Marcos Lopes

31 de dezembro de 2015 às 00h23

Moro está deslumbrado e já começa a se sentir “na obrigação” retribuir os “afagos” que a imprensa lhe dá por prender petistas. Pergunto: qual seria sua imagem se ele passasse também a prender tucanos?

Responder

Maria Celia Borges Borges de Freiotas

30 de dezembro de 2015 às 19h26

Qualquer forma de idolatria é perigosa. O juiz deve desempenhar o seu papel e pronto.

Responder

Andre Mesquita Gil

30 de dezembro de 2015 às 16h42

Acho que os repórteres, colunistas, blogueiros de esquerda ou direita de escrever seus artigos sem induzir ou lropagar o ódio. Acho que estes profissionais tem grande chance de tentsr melhorar o senário que hoje se encontra nas discussões políticas. Bom, é apenas minha opinião. ..

Responder

João Luiz Marcelino

30 de dezembro de 2015 às 16h00

Agora só Falta o Requião explicar pro Sérgio Moro…o que ele deve fazer na sequencia dessa reportagem…..http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/12/1724257-delator-afirma-que-diretor-de-empresa-levou-r-300-mil-a-aecio.shtml

Responder

Rangel Maria

30 de dezembro de 2015 às 15h28

QUANDO O PARANÁ TERÁ OUTRO GOVERNADOR COMO O SENHOR ! O SENHOR FECHAVA AS CONTAS DO ESTADO SEM AUMENTAR, ENERGIA, SEM AUMENTAR, AS TACHAS DE ÁGUA E ESGOTOS, ALIAS, PARECE ATÉ QUE ESGOTOS É O PRATO PRINCIPAL, SOBE ABSURDAMENTE, O SENHOR CONGELAVA AS PASSAGENS DE ÔNIBUS HOJE, VIROU MODA PRECISA DE DINHEIRO SOBE, AS PASSAGENS, E AS CONTAS PUBLICAS, E O POVO ??? ADORA

Responder

Newton Backes

30 de dezembro de 2015 às 15h16

Requiao . Voce e uma mosca do coco do cavalo do bandido. Nao volte mais pro parana seu bosta do cu lavado

Responder

Pedro Henrique Furtado

30 de dezembro de 2015 às 14h25

Felizmente para o Brasil, os tribunais não são formados apenas de Levandowskys & Toffolis. Vez por outra nos aparece um herói do porte de um Joaquim Barbosa ou Sergio Moro, para desespero dos PTralhas e demais “cumpanheiros” de roubalheira. Já que não se pode evitar as investigações, e as consequentes condenações, mais fácil atacar os juízes, certo?

Obviamente o PT não inventou a corrupção, mas o lulo-petismo a consagrou como metodologia de governo. Segundo definição de um ministro do STF, nosso país vive hoje sob uma cleptocracia: termo de origem grega que significa, literalmente, “governo de ladrões”, cujo objectivo é o do roubo de capital financeiro de um país e do seu bem-comum.

Além dos escândalos do Mensalão, PeTrolão e assemelhados, falta ainda desvendar os empréstimos secretos do BNDES e chegar aos verdadeiros mandantes do assassinato do Celso Daniel. Vamos aguardar, vamos cobrar.

Enquanto isso, nossa grande líder em Brasilia continua arrastando a nação para o abismo econômico e financeiro. Meus parabens aos PTralhas e seus apoiadores!!

Responder

    Wagner Ortiz

    30 de dezembro de 2015 às 14h11

    O lulo-petismo consagrou? Ou você é desinformado ou mal intencionado:
    1. Pensou privataria, ache um tucano.
    2. Pensou trensalão, existe um tucano nos trilhos.
    3. Pensou Mariana, debaixo da lama existe um tucano.
    4. Pensou Banestado, no cofre está um tucano.
    5. Pensou HSBC, no cofre, mais tucanos.
    6. Pensou em professores e alunos agredidos, feridos, mortos, atrás do fuzil está um tucano.
    7. Falando sério, se algum coxinha me responder sobre as coisas abaixo, eu darei razão:
    Onde está o dinheiro da Privataria Tucana (Teles, Vale, Elétricas, etc)?
    Onde está o dinheiro do Banestado?
    Onde está o dinheiro dos Vampiros?
    Onde está o dinheiro do Banco Marka e Fonte Cindan?
    Onde está o dinheiro do Proer?
    Onde está o dinheiro do TRT/SP?
    Onde está o dinheiro dos Anões do Orçamento?
    Onde está o dinheiro da sonegação da Globo?
    Onde está o dinheiro da Zelotes?
    Onde está o dinheiro da Navalha?
    Onde está o dinheiro da Sudam?
    Onde está o dinheiro dos Sanguessugas?
    Onde está o dinheiro da Pasta Rosa?
    Onde está o dinhero da Máfia das Ambulâncias?22.
    Onde está o dinheiro da Máfia do INSS?
    De onde veio o dinheiro da compra de votos da reeleição de FHC?
    Zelotes, Satiagraha, Castelo de Areia, Mariana, em todos os ESCÂNDALOS citados, estão envolvidos Tucanos Gordos e também os Demos. Nenhum Petista na história.
    Se você me responder, vou reconhecer: o PT é o partido Mais Corrupto da história do Brasil (Hahaha!)

    Responder

      Everton

      31 de dezembro de 2015 às 08h42

      só os grilo!….cri, cri, cri….kkkk

      Responder

Alexandre Moura Moura

30 de dezembro de 2015 às 12h58

o juiz Sergio Moro tem lá seus motivos para tentar quebrar o Brasil e desta forma ajudar os empregadores de sua esposa que é nada mais nada menos do que assessora jurídica do PSDB: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/12/esposa-juiz-sergio-moro-e-assessora-psdb.html

Responder

Alexandre Moura Moura

30 de dezembro de 2015 às 12h58

o juiz Sergio Moro tem lá seus motivos para tentar quebrar o Brasil e desta forma ajudar os empregadores de sua esposa que é nada mais nada menos do que assessora jurídica do PSDB: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/12/esposa-juiz-sergio-moro-e-assessora-psdb.html

Responder

Joao Lemos

30 de dezembro de 2015 às 12h51

Irretocáveis os argumentos do Senador. Parabéns.

Responder

Joao Lemos

30 de dezembro de 2015 às 12h51

Irretocáveis os argumentos do Senador. Parabéns.

Responder

Clair Câmpara

30 de dezembro de 2015 às 10h51

Se os principais veículos de comunicação de massa no Brasil fossem sérios e deixassem os jornalistas fazerem o que aprenderam nos primeiras aulas: ouvir as várias “visões” de um fato e informar o leitor para que ele possa tirar suas próprias conclusões, seria uma lei realmente desnecessária. No país que vivemos é fundamental.

Responder

Claudio Paulon de Carvalho

30 de dezembro de 2015 às 10h30

Gilson de Carvalho

Responder

Ermindo Castro

30 de dezembro de 2015 às 10h27

GRANDE REQUIÃO , DIZ O QUE PENSA , FALA AVERDADE DO JUIZ!!

Responder

L|igia

30 de dezembro de 2015 às 05h45

Passem na Folha, delator entrega Aécio, matéria de hoje 30.12.2015. E agora Moro.

Responder

Nonato Silva

30 de dezembro de 2015 às 04h30

Salvou o país de quê? Algum asteróide iria se chocar com o planeta terra? E Ele, com aquela voz macia, deu voz de prisão ao minúsculo planeta? Sabia não!

Responder

Jose Sandoval

30 de dezembro de 2015 às 04h00

Se Lula apoiar Requião Presidente 2018 ele ganha!

Responder

Volmar Pires

30 de dezembro de 2015 às 03h48

Então fica deste modo:o maluco do Requião é o santinho…e o juiz Moro é o bandido…

Responder

Tom Waits

30 de dezembro de 2015 às 01h24

Como custa caro a magistratura brasileira. Um juiz que ganha 70k por mês deveria conhecer profundamente Direito Constitucional. Tomou uma aula humilhante do brilhante senador Roberto Requiao.

Responder

Rodrigo Figueiredo

30 de dezembro de 2015 às 03h11

Aproveitando o Requeijão, alguém pergunta pra ele sobre sua aposentadoria milionária como governador do Paraná!!!!! kkkkkkkkk

Responder

    Luiz

    30 de dezembro de 2015 às 01h50

    Então, vamos aproveitar também e perguntar para o juizeco tucano Moro sobre o seu ‘salarinho’ em torno de 77 mil reais por mês!

    Responder

Maria De Fatima Cabral

30 de dezembro de 2015 às 03h10

#ApoioOSenadorRequião!

Responder

Álvaro Maróstica

30 de dezembro de 2015 às 02h58

Esse Requião tá na mira da justiça será o próximo a receber algemas!

Responder

Marcelo Escobar

30 de dezembro de 2015 às 02h48

Em breve mais presidiário na casa? Anotem…

Responder

Flavio Gasparetto

30 de dezembro de 2015 às 02h40

Apoiado!

Responder

Nicodemos Galeno

30 de dezembro de 2015 às 02h23

A essência do Regime Democrático é permitir as pessoas poderem expressar-se; agora, se não dispõe de boas falas e argumentos, por que não ficas calado?! Ora, abrir a boca para falar arneira e criticar uma Autoridade de nobreza profissional e pessoal do nível do Juiz Federal Dr. Sérgio Moro, realmente, se comportam como autênticos mentecapto!
Por outro lado, quem é Roberto Requião, quais suas virtudes e qualidades para sobrepor, Sérgio Moro?! Pergunte a um Paranaense ou Curitibano (bem informado e consciente), que ele lhe dirá quem sois!!!

Responder

    Rogério Marroni

    30 de dezembro de 2015 às 06h15

    Moro era filiado ao PSDB e sua mulher trabalha pra um escritório que representa petrolíferas internacionais.

    Deixe de ser ingênuo tentando dar carteiraço com a palavra “autoridade”. A verdadeira autoridade é moral e está ligada à verdade.

    Responder

    Luiz Henrique

    30 de dezembro de 2015 às 08h58

    ARRUMA UM QUARTINHO E VAI MORAR COM ELE, GOLPISTA FACISTA.

    Responder

    Anônimo

    30 de dezembro de 2015 às 07h27

    Concordo plenamente com você.

    Responder

    Nicodemos Galeno

    30 de dezembro de 2015 às 13h07

    Pro essência é uma Autoridade; carteiraco é termos a quantidade de Políticos do nosso Paraná estarem envolvidos no maior escândalo de corrupção do País; inclusive, o Lava Jato tem suas origens, aqui no Paraná (precisamente, em Londrina); isso é q deveríamos nos preocuparmos não ficar criticando Juiz. Ele está fazendo o papel dele.
    Me parece e fica latente q os comentários está a favor do descaminho e coisa do gênero, só pode estar ou ter algum parente envolvido nesses escândalos. Me intristece perceber comentários contrários ao trabalhado do Magistrado!!!!!!!!

    Responder

    Nicodemos Galeno

    30 de dezembro de 2015 às 13h07

    Pro essência é uma Autoridade; carteiraco é termos a quantidade de Políticos do nosso Paraná estarem envolvidos no maior escândalo de corrupção do País; inclusive, o Lava Jato tem suas origens, aqui no Paraná (precisamente, em Londrina); isso é q deveríamos nos preocuparmos não ficar criticando Juiz. Ele está fazendo o papel dele.
    Me parece e fica latente q os comentários está a favor do descaminho e coisa do gênero, só pode estar ou ter algum parente envolvido nesses escândalos. Me intristece perceber comentários contrários ao trabalhado do Magistrado!!!!!!!!

    Responder

Reinalddo Moretti

30 de dezembro de 2015 às 01h51

Moro levou uma dura chinelada do Requião e a mídia safada também.

Responder

Gorila Man

30 de dezembro de 2015 às 01h47

Por que será???

Responder

    Angelo Brayner

    30 de dezembro de 2015 às 02h15

    Macaquinho

    Responder

    Joao Jacobi

    02 de janeiro de 2016 às 16h58

    Talvez eles não tenham direito à diária por residirem e serem lotados na PF em Curitiba? – Só tem direito a diária o trabalhador que for afastado do lugar onde mora para prestar serviço, do contrário, é sem diária! Vai estudar, vai…

    Responder

Claudia Lima

30 de dezembro de 2015 às 01h34

Juiz em capa de revista? Ah, é a imparcialidade!

Responder

Débora Rezende

30 de dezembro de 2015 às 01h28

Parabéns ao Senador pela lei, afinal o cidadão estará “protegido” dessa mídia vendida…

Responder

Gorila Man

30 de dezembro de 2015 às 01h27

Responder

Rogerio Bermudes

30 de dezembro de 2015 às 01h04

Fico impressionado como pela primeira vez a justiça sendo feita e os esquerdaopatas PTRALHAS que defendem esse governo corrupto cujo os dois tesoureiros estão presos o líder do governo preso, querem difamar um Juiz sério como o Moro que faz a coisa acontecer. Tem o meu apoio e pró impeachement

Responder

    Luiz

    30 de dezembro de 2015 às 01h57

    Moro, um juiz sério? Seria cômico, se não fosse trágico. Um juizeco que adora os holofotes da mídia mais canalha do mundo. Só a cabecinha oca de um tucanalha para achar seriedade nesse juizinho.

    Responder

    Rogério Marroni

    30 de dezembro de 2015 às 06h21

    A justiça estaria sendo feita se todos os políticos que foram citados na Lava-Jato tivessem tido o mesmo tratamento por parte da mídia e do próprio juiz Moro. Cheio de gente do PSDB. PMDB, PP, DEM e só divulgam e condenam os do PT? Se ser extremamente parcial e conivente com a maioria dos corruptos é ser justo na sua concepção, você tem de rever teu conceito de justiça.

    Responder

    Rogério Marroni

    30 de dezembro de 2015 às 06h22

    Ah, ser pró-impeachment sem nenhum motivo concreto é coisa de gente que não pensa de verdade.

    Responder

    Rogerio Bermudes

    30 de dezembro de 2015 às 09h17

    Sem motivo do impeachement: Pedalas fiscais, financiamento da campanha com lavagem de dinheiro, ingerência no BNDS o que mais precisa para amigo. Não sou partidário, mas quem meteu a mão tem que pagar pelo que vez e é isso que estamos vendo, eu acho que eles chegaram no limite da insana em achar que é normal o que fazem. Meritrocrarcia o que penso.

    Responder

    Luiz Henrique

    30 de dezembro de 2015 às 09h25

    PEDE PARA O MORO TIRAR DAS GAVETAS AS SAFADESAS DO PSDB E JULGAR COM A MESMA VELOCIDADE QUE JULGA OS OUTROS PARTIDOS, AS DO PSDB ELE ENGAVETOU A MAIS DE TRÊS ANOS, ISSO É FAZER JUSTIÇA, E SE ELE FOSSE UM JUIZ SERIO NÃO ESTAVA PARTICIPANDO DAS FESTINHAS DE DEBUTANTES ORGANIZADAS PELA REDE ESGOTO DE TELEVISÃO, ESSE VERDADEIRO CÂNCER NACIONAL, ELE É MAIS UM MOLEQUE DE RECADO DA REDE ESGOTO DE TELEVISÃO.

    Responder

    Rogerio Bermudes

    30 de dezembro de 2015 às 09h31

    Bom então vamos fechar os olhos para com tudo o que aconteceu na petrobras e fingir que é normal eles acabarem com tudo, como fizeram. Bom legal a sugestão amigo.

    Responder

    Rodrigo Hermsdorff Faria

    30 de dezembro de 2015 às 10h03

    Neguim baba um ovo deste juiz bundao q repeesenta a zelite fascista e racista…pra carai… Se ele levar um chute no saco os coxinhas quebram os dentes… Globoloides

    Responder

    Rogerio Bermudes

    30 de dezembro de 2015 às 10h14

    Isso ai luiz Henrique a sua melhor resposta é fechar os olhos para tudo isso e ver o que vai acontecer, com milhares de argumentos pobres e sem sentido. Patria educadora como diz a presidente Dilma ai ai. Amigo eu vou lutar por justiça e infelizmente se o partido de vcs estiverem envolvidos é cadeia irmão. Chega desses canalhas no governo.

    Responder

    Luis Augusto de Moraes

    30 de dezembro de 2015 às 19h23

    Juiz sério ? Você só pode estar brincando ,onde está o seu discernimento !!!

    Responder

Marcos Grumach

30 de dezembro de 2015 às 00h55

Em breve vao dizer que mensao, petrolao, dolar na cueca, postalis, cobertura no guaruja, Rosemary, pedaladas, inflacao de 2 digitos, PIb ridiculo, Delcidio, Vacari, Dirceu, Mercadante, etc etc etc sao mentiras. Tao de brincadeira.

Responder

    Rogério Marroni

    30 de dezembro de 2015 às 06h18

    Sendo isso verdade, torna tudo contra o PT em verdade? Belo raciocínio.

    Responder

    Pedro Henrique Furtado

    30 de dezembro de 2015 às 21h54

    Marcos, não gaste o seu tempo, pois todos os petistas sofrem de complexo de avestruz. Eles fingem ou não conseguem enxergar o óbvio. Chato é quando eles tentam abusar de nossa inteligência.

    Responder

Roberto Miranda

30 de dezembro de 2015 às 00h51

é o sr da razãoo tempo

Responder

Silvia Figueroa

30 de dezembro de 2015 às 00h38

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk É VERDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAADE!

Responder

Pedro Cesar de Oliveira

30 de dezembro de 2015 às 00h12

Requião ,voçe ainda é um dos poucos politicos que tem dignidade mas na minha opiniao voçe já deveria ter pulado fora deste pmdb a muito tempo.

Responder

Franklin Magalhaes

29 de dezembro de 2015 às 22h35

Quem eh esse safado para falar do Dr Sergio.

Responder

John Kennedy Ribeiro

29 de dezembro de 2015 às 22h20

Parabéns, Requião!…

Responder

Ubirajara Rodrigues de Carvalho

29 de dezembro de 2015 às 22h17

O juiz Moro semi Deus eleito pelos “adoradores de Golpe” não passa de um garoto de recado das elites e da direita fascista, suas decisões não tem nada de imparciais, são tendenciosas, viciadas e tenta com a sua atuação de magistrado abafar a responsabilidade dos ilícitos cometido por seus pares, tucanos e coxinhas fascistas incomodados e contrariados com o avanço das medidas sociais que melhoraram a distribuição de renda no país, tornando mais justa a vida para a maioria dos Brasileiros!

Responder

Luiz Henrique

29 de dezembro de 2015 às 21h59

MORO FUNCIONARIO GLOBAL, LAMBEDOR DE BOTAS DOS MARINHOS E GOLPISTA DA DEMOCRACIA.

Responder

Luiz Gonzaga

29 de dezembro de 2015 às 21h54

Palmadona merecem nossos senadores!

Responder

André Mascia Silveira

29 de dezembro de 2015 às 21h49

Se o Requião Bandidão elogiasse o Moro é que seria notícia..

Responder

Marcos Guedes

29 de dezembro de 2015 às 21h40

Esse Recuião está na mira do Japa. Quero vê-lo dando palmadinhas com algemas.

Responder

Pedro Henrique Furtado

29 de dezembro de 2015 às 21h35

Sou mais o Sergio Moro. Onde esse Requião acha que tem moral pra falar do juiz?

Responder

    Vicente

    29 de dezembro de 2015 às 21h38

    O que o Requião disse é a mais pura verdade: antes da lei do direito de resposta é que havia censura. Esse juiz é tão bom que nunca se interessou pelos 120 mil dólares mensais que a irmã do Aécio recebia, segundo Youssef, desviados de Furnas… Esse juiz é tão bom que chega a ganhar 77 mil por mês, mais do que o teto…. esse juiz é tão bom que nunca se interessou pelo caso da “chuva de dinheiro”, que envolve o PSDB…. procure na internet sobre, antes de ficar defendendo o juiz que derrubou o pib em 2,5% . Tente se informar antes de defender este juiz, cuja esposa trabalha para empresas norte americanas do ramo do petróleo e para o psdb.
    http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/12/esposa-juiz-sergio-moro-e-assessora-psdb.html
    É bom não acreditar em tudo que se vê na tv…

    Responder

    Raul Maia Andrade Neves

    30 de dezembro de 2015 às 00h20

    Toda a moral . Quem é o moro, um juiz Zé ninguém pau mandado do PSDB. Já prendeu uma pessoa inocente. A vontade deste juiz em condenar o PT é maior que a de fazer justiça. Justiça seletiva não é justiça!

    Responder

    Pedro Henrique Furtado

    30 de dezembro de 2015 às 00h22

    MOROOOOO! FORA PT!!!!

    Responder

    Pedro Henrique Furtado

    30 de dezembro de 2015 às 00h23

    Aí Raul. Vc poderia pagar minha CPMF em 2016?

    Responder

    Suzana Soares

    30 de dezembro de 2015 às 02h20

    Moro não passa de um Fantoche! Já o Requião tem um único defeito está no PMDB. Mas pular p/ onde se nesse país a corrupção é a força em todos os partidos?

    Responder

    Rodrigo Figueiredo

    30 de dezembro de 2015 às 03h07

    kkkkkkkkkk, essa pseudoesquerda é muito comediante!!!! Quem é Requeijão para falar mal de alguém!!!! Pergunta pra ele sobre sua aposentadoria milionária como governador do estado do Paraná!!!!! kkkkkkk

    Responder

      Vicente

      30 de dezembro de 2015 às 10h13

      Interessante a sua lógica: se o cara fez algo de errado, automaticamente TUDO que ele diz é mentira. A menos que ele seja ladrão Paulo Roberto Costa e acuse alguém do PT. Já no caso do “coitado” do Aécio, acusado pelo “mentiroso” Youssef de receber 120 mil dólares mensais de Furnas e agora também acusado pelo Ceará de ter recebido 300 mil reais da UTC, nada disso tem valor. Moral seletiva da direita é assustadora.

      Responder

    Rogério Marroni

    30 de dezembro de 2015 às 06h17

    Rodrigo Figueiredo, isto é tudo que você em a falar contra Requião? Melhore seus argumentos.

    Responder

    Rogério Marroni

    30 de dezembro de 2015 às 06h18

    Pedro Henrique, no primeiro comentário que contradiz o seu e você já sai zurrando? Melhore seus argumentos.

    Responder

    Luiz Henrique

    30 de dezembro de 2015 às 09h12

    O MESMO DIREITO QUE O MORO TEM DE SER LAMBEDOR DE BOTAS DOS MARINHOS, O SENHOR REQUIAO TEM O MESMO DIREITO DE DEFENDER A DEMOCRACIA E O ESTADO DE DIREITO E O DIREITO DE RESPOSTA, QUE A REDE ESGOTO DE TELEVISÃO; ATRAVÉS DE MIRIAN LEITAO TENTA DESTORCER PARA QUE O POVO NÃO ENTENDA, OUTRA VAGABUNDA LAMBEDORA DE BOTAS E MENINA DE RECADO DOS CANALHAS DOS IRMÃOS MARINHO

    Responder

    Luiz Henrique

    30 de dezembro de 2015 às 09h40

    O REQUIAO ESTA DEFENDENDO UM DIREITO TEU TROUXA, QUE MORO E A REDE ESGOTO DE TELEVISÃO TENTA CONFUNDIR E DESTORCER, PORQUE NÃO BENEFICIA ELA, ENTENDEU COXINHA DA CABEÇA OCA.

    Responder

    Eduardo B Barros

    30 de dezembro de 2015 às 10h55

    Quem não tem argumento… grita baboseiras…

    Responder

    Pedro Henrique Furtado

    30 de dezembro de 2015 às 16h28

    Algum apoiador dos queridos PTralhas poderia, por gentileza, se dispor a pagar minha CPMF em 2016?

    Responder

    Pedro Henrique Furtado

    30 de dezembro de 2015 às 16h29

    Prezado Luiz Henrique, pq vc precisa escrever em maiúsculas? Seria para tentar reforçar seus fraquíssimo argumentos? Sinto dizer-lhe, não funciona.
    Eu tenho uns parentes parecidos contigo, na falta de bons argumentos eles xingam as pessoas.

    Responder

    Roberto Borges Filho

    30 de dezembro de 2015 às 16h53

    Parabéns senador Requião. Várias legislaturas a trabalho do Brasil. Um político experiente honesto.

    Responder

    Pedro Henrique Furtado

    30 de dezembro de 2015 às 21h49

    Ainda bem que temos o Sergio Moro e um MPF atuante. Já imaginaram se a roubalheira continuasse como de costume?

    http://oglobo.globo.com/economia/capa-da-economist-alerta-para-queda-do-brasil-preve-desastre-em-2016-18384376

    Responder

    Vera Lúcia Ladeiras

    04 de janeiro de 2016 às 04h01

    E pelo que pude entender e que Sergio Moro acabou com a corrupçao com seu belo trabalho voluntario
    Passou pelo anonimato
    E um excelente magistrado que manda prender pessoas que se parecem com alguem fazendo alguma coisa em algum lugar de firma suspeita
    Principalmente se essa pessoa em algum dia em determinado momento em algum lugar tenha esbarrado no Lula
    Idoneidade acima de tudo
    Que sempre recebe o respeito e as horarias de pessoas idôneas
    So esse o mito pirque eciste aqueles que lhes faz a corte
    Ainda fico com a lei da afinidade
    Nao existe direita esquerda – lei de afinidade
    Se sou corrupto estsr entre corruptos me faz um homem normal para aqueles afins
    Se sou honesto e defendo direitos iguais justiça igual para todos so pisso estar entre os que defendem a mesma causa
    Entao para encerrar jamais peduria alguem para pagar o que me cabe pagar e principalmente ficaria contra o imposto que vc nao consegue sonegar e que se bem entendido so abala aqueles que tem geandes fortunas os geandes sonegadores
    E viva nossa justiça e nossos magistrados e tidos os que os apoiam
    Alguem bem tolo precisa corteja-los

    Responder

Célia Nadir Anselmi

29 de dezembro de 2015 às 21h35

Fique quieto Requião, o sr. não tem cacife pra mexer com o Moro. O povo está de olho.

Responder

    Raul Maia Andrade Neves

    30 de dezembro de 2015 às 00h23

    Quem é o moro, um juiz Zé ninguém pau mandado do PSDB. Já prendeu uma pessoa inocente. A vontade deste juiz em condenar o PT é maior que a de fazer justiça. Justiça seletiva não é justiça!

    Responder

    Luiz Henrique

    30 de dezembro de 2015 às 09h30

    FALE POR VC, O POVO ESTÁ DE OLHO NELE E NA REDE ESGOTO DE TELEVISÃO, ELES SÃO PARCEIROS DO GOLPE, GOLPE ESTE QUE JÁ DERRETEU, A DEMOCRACIA É MAIS FORTE DO QUE TODO LIXO QUE ESTÁ AÍ, O MORO E A REDE ESGOTO DE TELEVISÃO.

    Responder

    Célia Nadir Anselmi

    30 de dezembro de 2015 às 11h14

    Raul Maia Andrade Neves desde quando ter provas suficientes pra prender bandidos e mandar prender é golpe? Só mesmo na cabeça de psicopatas. Agora se vocês estão ardidos por terem exposto a maior facção de criminosos na qual vocês votaram e portanto são cúmplices é problema de vocês. Chupa e fique quieto

    Responder

    Célia Nadir Anselmi

    30 de dezembro de 2015 às 11h14

    Raul Maia Andrade Neves desde quando ter provas suficientes pra prender bandidos e mandar prender é golpe? Só mesmo na cabeça de psicopatas. Agora se vocês estão ardidos por terem exposto a maior facção de criminosos na qual vocês votaram e portanto são cúmplices é problema de vocês. Chupa e fique quieto

    Responder

    Vicente

    30 de dezembro de 2015 às 10h19

    O povo está de olho no salário do Moro, de 77 mil reais? O povo está de olho nas relações que a esposa do Moro tem com o PSDB do Paraná? O povo está de olho nos serviços que a esposa do Moro presta pra petrolífera dos EUA? Este povo de que falas é o povo que olha TV Globo e acredita, sem perceber que a TV Globo é mantida por empresas multinacionais estrangeiras para manter o Brasil sempre submisso aos EUA. Ingenuidade não tem fim. Para e pensa: quem mantém a Globo? Porque a denúncia de Youssef contra Álvaro Dias (PSDB), e do Ceará contra Aécio Neves (PSDB) não aparecem no G1? Quem a Globo protege e porquê? Por que a Globo fez editorial dizendo que uma riqueza da ordem dos trilhões de dólares que é o pré-sal não tinha valor? Quem paga a Globo pra dizer isso? Pense, dona Célia.

    Responder

Carlos Augusto Potier

29 de dezembro de 2015 às 21h30

Gosto muito e apoio o trabalho do senador, sou da periferia assalariado, mas Sérgio Moro nos orgulha.

Responder

Joao Galdino

29 de dezembro de 2015 às 21h23

fdp

Responder

    Luiz Henrique Flores Araujo

    29 de dezembro de 2015 às 22h12

    quem é FDP ?
    o Moro o juiz de direita onde sua mulher trabalha pro PSDBOSTA

    Responder

    Joao Galdino

    29 de dezembro de 2015 às 22h15

    eu não sabia que colocar bandido na cadeia torna um Juiz filho da puta

    Responder

      Anônimo

      30 de dezembro de 2015 às 06h25

      Quando prender as quengas do Cunha passarei a crer jovem Moro, por enquanto está fazendo uma justiça seletiva.

      Responder

      Vicente

      30 de dezembro de 2015 às 10h24

      Não, manter bandido solto é que o torna. Leia um pouco sobre o caso do Banestado…. o caso do “dinheiro voador” jogado de cima de edifício…. por que o Moro nunca quis ouvir Andréia Neves? O Youssef segue livre leve e solto…. Paulo Roberto Costa idem… este é o juiz que prende bandido?

      Responder

Antonio Celso Salmaso

29 de dezembro de 2015 às 21h07

O sargento Garcia vai proteger sua amiga a barbie do petrolao.

Responder

Jorge Espindula

29 de dezembro de 2015 às 20h56

Gente que faz a diferença…..
O sargento Garcia “de Curitiba” prossegue em sua louca empreitada para capturar o herói do povo considerado por ele e a plutocracia um bandido.
Sua carreira no STF depende dessa prisão, mas o “bandido” sempre ajudado pelo povo insiste em escapar.

Responder

Neusvaldo Gomes

29 de dezembro de 2015 às 20h53

É isso aí senador

Responder

Marcus Vinicius Meschini

29 de dezembro de 2015 às 20h43

Requião tem uma moral incrivel pra dar “Palmadinhas” em um homem integro como o Moro.
Kkkkkkkkkkkkkkkk…. vamo acordar o Cafézinho… kkkkkkk

http://www.fabiocampana.com.br/2014/09/requiao-e-investigado-por-farra-gastronomica/

Responder

    Raul Maia Andrade Neves

    30 de dezembro de 2015 às 00h23

    Quem é o moro, um juiz Zé ninguém pau mandado do PSDB. Já prendeu uma pessoa inocente. A vontade deste juiz em condenar o PT é maior que a de fazer justiça. Justiça seletiva não é justiça!

    Responder

Lauro Neto

29 de dezembro de 2015 às 20h25

concordo plenamente com Requião, esse juiz é um mauricinho lacaio que recebe ordens nos porões da secreta sociedade, seria estranho se a midia do consenso de W… também não estivesse alinhada com essa mesma ordem secreta mundial…

Responder

Jorge Vasconcelos de Brito

29 de dezembro de 2015 às 20h13

Parabens senaddor, por recolocar as coisas nos seus devidos lugares!!!. Espero que o Dr. Juiz Sergio Moro entenda o seu recado dirigido, claramente a ele!!

Responder

Nerli Adaltino

29 de dezembro de 2015 às 20h11

Viva Roberto Requião!

Responder

Roldão Carvalho

29 de dezembro de 2015 às 20h09

Eu queria que tivéssemos uma esquerda de verdade, e não uma pseudo esquerda, leninista autoritária e que leva a rodo um bando de pessoas que não conseguem perceber que são enganadas… sem um mínimo de senso crítico.

Responder

Naza Moura

29 de dezembro de 2015 às 19h44

Esse Requião me REPRESENTA !

Responder

    Joao Galdino

    29 de dezembro de 2015 às 20h40

    falar mal do cara que está passando o BRASIL a limpo e você dizer que esse merda te representa eu confesso que não sei o que pensar de você

    Responder

    Naza Moura

    29 de dezembro de 2015 às 21h27

    Quem esta passando o Brasil a Limpo é Dilma.

    Responder

    Joao Galdino

    29 de dezembro de 2015 às 21h28

    verdade com esse rombo bilionário

    Responder

    Naza Moura

    29 de dezembro de 2015 às 21h30

    É uma Pena que a justiça é Tucana e está protegendo os BANDIDOS do PSDB. Mas uma hora a casa vai cair e o Brasil da Dilma vai botar os Ratos Tucanos na Cadeia.

    Responder

    Joao Galdino

    29 de dezembro de 2015 às 21h32

    que eu saiba o Ministro que se diz da Justiça ainda é o CARDOZÃO

    Responder

    Raul Maia Andrade Neves

    30 de dezembro de 2015 às 00h24

    Quem é o moro, um juiz Zé ninguém pau mandado do PSDB. Já prendeu uma pessoa inocente. A vontade deste juiz em condenar o PT é maior que a de fazer justiça. Justiça seletiva não é justiça!

    Responder

João Batista

29 de dezembro de 2015 às 19h42

MUITO SUSPEITO O PALCO ESCOLHIDO…

Responder

Robério Leal

29 de dezembro de 2015 às 19h35

O Moro um dia responderá na justiça por se associar a injustiça.

Responder

Joel Araujo

29 de dezembro de 2015 às 19h28

Esse juiz tem uma queda para a ditadura…

Responder

Deixe um comentário