Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

O DIA: Corrupção seletiva não existe

Por Miguel do Rosário

13 de janeiro de 2016 : 14h41

Jornal O DIA desafia o coro dos contentes e denuncia o conceito de “corrupção seletiva” de seus coleguinhas.

Editorial: Corrupção seletiva não existe

É injusto sugerir expiar todos os males do Brasil na corrupção cometida por só um governo, a despeito dos equívocos acumulados, e relevar supostos erros no passado

Rio – Parece não haver dúvidas de que a corrupção no Brasil é endêmica e transcende governos, partidos e ideologias. Mas, no bojo das últimas denúncias, dá-se mais peso a este e àquele escândalo em detrimento de outros, conforme a conveniência. Como a recente revelação de que delação premiada de Nestor Cerveró afirmou ter havido pagamento de propina na Petrobras durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, o que foi prontamente negado. O fato passou tímido na grande mídia.

Não se está argumentando perdoar pecados de uns porque outros também os cometeram: a engrenagem dos malfeitos no país é longeva e complexa, e as investigações em curso apenas começaram a entender o mecanismo.

Mas é injusto sugerir expiar todos os males do Brasil na corrupção cometida por só um governo, a despeito dos equívocos acumulados, e relevar supostos erros no passado. Esta é uma democracia que desenterra malfeitos; pior seria se fosse uma República que os engavetasse indiscriminadamente.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ana Faria

15 de janeiro de 2016 às 11h16

Essa delação premiada é uma piada.

Responder

Gabriel Santos

14 de janeiro de 2016 às 19h58

eu quero delatar ! se a rede globo quiser e me prometer não cortar minha fala deletarei ao vivo, vai ser uma audiência escandalosa kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Wilde Gomes

14 de janeiro de 2016 às 10h50

Existe, sim.

Responder

Rodrigo Toledo X. Silveira

14 de janeiro de 2016 às 10h15

Delação premiada é um instrumento válido somente quando são apresentadas provas e não denúncias vazias. um X-9 é alguém infiltrado para denunciar os outros, já na delação, o delator fez parte da bandidagem e agora quer salvar a própria pele, não é questão de honra e nem ética, ou há ética em ser bandido?

Responder

Messias Franca de Macedo

13 de janeiro de 2016 às 20h41

… Ontem mesmo foram necessárias menos de 12 horas para o PIG materializar a profecia mais trivial do século:
mandar para o Inferno do ‘vazamento do esquecimento’ a propina de R$ 01 bilhão do Petrolão do DEMoTucano FHC!

NOTA: o período de tempo mencionado acima teve como parâmetro a página principal do portal uol/Folha!
No site da congênere escrota ‘veja’ a notícia sequer foi colocada no rodapé!

Responder

Vera Lucia Alves Milanez

13 de janeiro de 2016 às 19h40

kkkkkkkkkk

Responder

Luiz Fernando Soares De Souza Lima

13 de janeiro de 2016 às 18h57

vivemos tempos de X-9.

Responder

Angelo Filomena

13 de janeiro de 2016 às 18h51

Esta enjoado

Responder

Eduardo Santtos

13 de janeiro de 2016 às 18h43

O mais curioso, é que foi a Dilma quem sancionou a lei da delação premiada, assim como Lula indicou Joaquim Barbosa.

Responder

Jorge Espindula

13 de janeiro de 2016 às 17h11

Só sei que foi assim…
Finalmente estão começando a aceitar a idéia de que não existem virgens na zona.
Mas…
Juram de pé junto que anal só a moça do vestido vermelho faz.
Acreditando nisso as demais moças passarão a ter ares mais…mais de normalistas.
É isso mesmo ?

Responder

    Mario

    13 de janeiro de 2016 às 16h59

    Nao poderia explicar de forma mais didatica!!!

    Responder

Deixe um comentário para Eduardo Santtos

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?