Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

RAMLE, ISRAEL: (FILE PHOTO) Nazi war criminal Adolph Eichmann in his prison cell April 15, 1961 in Ramle, central Israel. The Israeli police donated Eichmann's original handprints, fingerprints and mugshot to Jerusalem's Yad Vashem Holocaust memorial ahead of Israel's annual Holocaust remembrance day May 4, 2005 which this year also marks the 60th anniversary of the Nazi's World War II defeat in 1945. (Photo by John Milli/GPO via Getty Images)

Eichmann: assim funciona a delação premiada

Por Redação

19 de janeiro de 2016 : 13h10

Ou delata ou tua mulher vai em cana!

por Paulo Henrique Amorim, no Conversa Afiada

Mauro Marcondes Machado, 80 anos, foi preso, preventivamente, na Papuda, suspeito de crime cometido no âmbito da Operação Zelotes.

A Operação Zelotes, como denunciou o deputado Paulo Pimenta, perdeu o foco: engavetou os sonegadores gordos para se concentrar no Lula.

E, como se viu no documento aqui publicado, são gordíssimos os indícios que ligam a Globo do Sul, a RBS, ao esquema do Nardes, aquele relator do Tribunal das Contas, e ao PP do Francisco Dornelles.

Mas, isso não interessa à PF do .

O alvo é outro: o Lula.

De volta ao Mauro Machado.

O advogado dele é o Roberto Podval, respeitado criminalista, advogado também do José Dirceu.

Segundo o Estadão, vazo privilegiado de vazadores (criminosos) contumazes – na TV Afiada se mostra como acabar com os vazadores -, Machado foi procurado por um delegado da Polícia Federal (sic) do zé, Marlon Oliveira Cajado.

Segundo Podval, Cajado “chantageou” Machado: delata ou sua mulher e sócia, Cristina Mautoni, será transferida para uma “unidade prisional”.

Cristina estava em prisão domiciliar, numa cadeira de rodas, por causa de cirurgia nas pernas.

Importante: Cajado “propôs” a delação premiada sem consultar Podval.

Para Podval, delatar é uma decisão do cliente.

Ele, pessoalmente, é contra, mas essa é uma decisão do cliente.

Que não pode ser tomada sem que o advogado saiba!

Sem consultar Podval, Marlon “chantageou” Machado – delata ou sua mulher vai em cana!

Podval reclamou com um Procurador da República na Zelotes: onde é que nós estamos?

Que Democracia é essa?

O Procurador, segundo Podval, o tratou como se estivesse diante de um poste.

Não piscou!

E, ANTES, ANTES que se formalizasse o acordo da delação de Machado, Cristina, em cadeira de rodas, foi para a cadeia.

Onde é que nós estamos, amigo navegante?

Nós estamos, amigo navegante, num regime totalitário, de exceção, numa DITADURA em que o “centro da cebola” é o zé da Justiça.

“Centro da cebola” foi a expressão que Hanna Arendt usou para definir o papel do Eichmann na reportagem sobre a ”banalidade do mal”.

O nazismo é a cebola.

O regime totalitário.

Eichmann era aquele burocrata moluscular, amébico, lá no fim, que se encontra depois de descascar a cebola.

Lá dentro está o Eichmann.

O zé.

O cúmplice irrelevante.

De um regime totalitário.

Eichmann, como ele, cumpria o papel de dar sequência à rotina totalitária.

É o que o zé faz.

Enquanto ele estiver ali será impossível punir os vazadores.

E alguns dos vazos, como os do Estadão!

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

21 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Diego

21 de janeiro de 2016 às 12h09

Nessa cebola tem mais cúmplices.
SÓ PRA RELEMBRAR:
João Dória e o centro de toda onda golpista.
https://fichacorrida.wordpress.com/2015/07/24/j-fui-ipes-e-ibad-mas-hoje-pode-me-chamar-de-lide/

Responder

Alfonso Tarallo

20 de janeiro de 2016 às 10h53

Os métodos honestos e dentro da lei que o grupo Moro usa!

Responder

Helio Satalino

20 de janeiro de 2016 às 01h45

Nussa essa foi demais!

Responder

Matilde Biadi

19 de janeiro de 2016 às 21h30

Será que alguém pode me explicar como a presidenta mantém aquele traste na justiça. Juro que não consigo entender

Responder

Rubens Reis Freitas

19 de janeiro de 2016 às 19h16

Afinal…quem patrocina este BLOG ?

Responder

Ivo Vanda Reis

19 de janeiro de 2016 às 18h52

Oh Cafezim, vc sabe a diferença ente o PHA e o Forrest Gump???? Forrest Gump era um contador de histórias e o Paulo Henrique Amorim e um contador de lorotas.

Responder

    Ivo

    19 de janeiro de 2016 às 17h17

    Ivo, você sabe a diferença entre um alienado e você ? Não tente. São iguais.

    Responder

    Mauricio Gomes

    19 de janeiro de 2016 às 17h17

    Sabe a diferença entre você e uma mula? A mula é muito mais inteligente que você!

    Responder

Angelo Filomena

19 de janeiro de 2016 às 18h28

Que nojo ASSASSINO

Responder

Nelson Gomes

19 de janeiro de 2016 às 18h19

Ptz! Valeu!

Responder

Edmundo Camargo

19 de janeiro de 2016 às 17h54

Mas, na minha modesta opinião de mero eleitor espectador, é saber porque o Lulinhazinho, recebeu 2,4 milhões de reais do lobista? Até Lula em entrevista, disse que seu filho terá que explicar. A consultoria apresentada como justificativa, não vale, foi tirada da internet.

Responder

    O Cafezinho

    19 de janeiro de 2016 às 18h16

    Edmundo, isso é mentira. Não foi tirada da internet. Você está repetindo denúncias vazias e velhas.

    Responder

    Edmundo Camargo

    19 de janeiro de 2016 às 18h18

    Olha a negação….. .

    Responder

    Ricardo Edmundo Ceconello

    19 de janeiro de 2016 às 21h40

    SEJA UM CIDADÃO BRASILEIRO IMPARCIAL E QUE QUER JUSTIÇA – COMPARTILHE!

    É INACREDITÁVEL!

    A JUSTIÇA DA GUANTÁNAMO CURITIBANA ESCONDEU DO “JUIZ” MOURO QUE O MARCELO ODEBRECHET NÃO PARTICIPOU DE NEGOCIATA NENHUMA COM PAULO ROBERTO COSTA.

    Isso do Ministério Público Federal esconder o VÍDEO do Juiz, que prova que Marcelo Odebrecht não tinha culpa nenhuma na “delação premiada” do ladrão da Petrobrás, em qualquer país do mundo seria crime.

    O BRAZIL DA “LAVA JATO” ESTÁ DE BRAÇOS DADOS COM O FASCISMO global JUDEU AMERICANO.

    http://www.conjur.com.br/2016-jan-18/mpf-escondeu-depoimento-afasta-culpa-marcelo-odebrecht

    Responder

    Eduardo Londero

    20 de janeiro de 2016 às 00h25

    Pergunta para ele.

    Responder

Denes Gondim

19 de janeiro de 2016 às 17h46

Não dá mais para aguentar o Zé como Ministro. Perdeu a rédea da PF. Qualquer delegado da PF dá entrevista e ele nem sabe o que está acontecendo. Como pode?

Responder

Rodrigo Figueiredo

19 de janeiro de 2016 às 17h46

Esse Paulo Henrique Amorim????? kkkkkkkk, tá aí com quem o editor de cafezinho aprendeu para escrever tanta lorota.

Responder

Eliana Rocha Oliveira Lana

19 de janeiro de 2016 às 17h46

Nilce Rocha

Responder

Deixe um comentário