Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

A mediocridade do debate econômico nacional

Por Redação

22 de janeiro de 2016 : 10h45

por Rennan Martins, no Desenvolvimentistas

Enquanto o Mercado enfrenta fortíssimas turbulências decorrentes do arrefecimento chinês e manipulações geopolíticas do preço do petróleo, vemos o mundo adentrar 2016 com sérios desafios – sendo os mais importantes a (i) retomada da atividade econômica e (ii) da geração de emprego – temos no Brasil uma cegueira ideológica sem tamanho.

 O Banco Central passou o último mês ignorando os sinais de aumento do desemprego e queda meteórica da arrecadação – o que compromete a própria sustentabilidade fiscal tanto almejada – dizendo que subiriam ainda mais a maior taxa básica de juros do mundo, que chegaria a 14.75%. Precisou o FMI (!) intervir na posição de Tombini, chamando-o à realidade de que qualquer aumento de juros na atual circunstância significa estrangular a atividade econômica real, detendo o COPOM, que acabou por manter a Selic em 14,25%.

Pois bem, diante de todo este quadro complexo e conjuntura internacional desfavorável, como responde nossa imprensa e seus asseclas? Dizendo que a manutenção dos juros foi não um reconhecimento de que a economia está embicando forte, mas que o presidente do BC, Alexandre Tombini, é lacaio da Dilma!

É de uma canalhice sem tamanho. No momento em que a China intervém no mercado três vezes na mesma semana com bilionárias injeções de liquidez, que o mundo afunda em austeridade e desintegração social, como respondem nossos “intelectuais” hegemônicos? Resumindo a política monetária a um capricho da presidente!

Não há conta que feche com estes juros astronômicos. O mercado financeiro já abocanha praticamente metade do orçamento público anual, mesmo assim esperneiam por mais juros. Alguém avisa aos sanguessugas que matarão o doente nessa sanha sem limites pelas tetas do Estado, que por sinal só presta na hora de pagar os títulos da dívida, né? Nesse caso o Mercado adora o Estado. Só nesse.

Não existe país que consiga se organizar e desenvolver com um debate público tão enviesado. Ou democratiza a comunicação ou estamos fadados a condição de semi-colônia.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

26 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Zé Damata

23 de janeiro de 2016 às 17h08

Parece que o maior medo dos banqueiros ladrões e o “mercado” externo espoliador de nações é que os bancos centrais do países que exploram não aumentem as taxas de juros. O pesadelo deles é se elas caírem. Não terão mais almoço e jantar grátis.

Responder

Marcus Vinicius Meschini

23 de janeiro de 2016 às 16h14

Divida Publica recorde… Culpa do programa da Globo… kkkkkkkkkkkkkkkk.

http://m.folha.uol.com.br/mercado/2015/10/1698545-divida-publica-federal-avanca-em-setembro-e-chega-a-r-273-trilhoes.shtml?mobile

Responder

Valdeci Borges

23 de janeiro de 2016 às 11h23

esse idiota do ex diretor demitido do BC, alexandre shwartsman(?) , so ele é convidado na Globo News..

Responder

Felipe Arroyo

23 de janeiro de 2016 às 01h53

Já que os Coxinhas adoram ler em inglês, deviam ler isso:

“This is at the heart of every question investors have right now. It explains why the yuan, ruble, and Brazilian real are so weak. It explains why the Chinese stock market is plunging.”

http://qz.com/599764/the-most-important-chart-in-the-world-right-now-isnt-oil/?utm_source=FBP012216_1

Responder

Juliano Pamplona Ximenes Ponte

22 de janeiro de 2016 às 22h40

Pedro Refkalefsky Loureiro

Responder

Moacir Coelho da Gama

22 de janeiro de 2016 às 19h10

Cansei desse blog e os manês seguidores do PT.

Responder

Ruyderlan Lessa

22 de janeiro de 2016 às 16h57

Um discurso econômico para justicar o que eles dizem nas palestras que proferem Brasil afora.

Responder

Silvio Guedes

22 de janeiro de 2016 às 13h32

A lava jato está a serviço da mídia lixo. A mídia lixo desde quando existiu no Brasil, sempre teve lado, o lado dos escravocratas, dos banqueiros sem pátria, dos políticos corruptos comprados, da justiça praticada por juízes corrompidos, sempre do lado dos exploradores do povo dessa terra. Agora não tem como esconder o tempo todo da população brasileira, porque temos WEB, por fim a mídia lixo teve de assumir a própria existência que é covarde e traidora.
O plano A e B parece que está ficando distante.
Plano A do golpe do PSDB/mídia lixo, eliminar do governo a presidente Dilma e o vice Temer convocando novas eleições para evitar que as investigações os peguem, o plano B do golpe do PSDB/mídia lixo, colocar o Temer no lugar da presidente Dilma e aplicar a pauta “ponte para o inferno” de brutal retrocesso e evitar a justiça nos pés deles, plano C é sangrar o país com a ajuda da mídia lixo até as eleições de 2018, sem proposta para o país e agredindo a economia como um todo, esperando que essa mesma mídia lixo ao esconder os crimes deles os relance novamente ao poder, a mídia lixo quer ladrões no poder senão não sobrevive. Existe a visibilidade dentro do plano C do grupelho PSDB/mídia lixo também de destruir a reputação de qualquer político que possa ser presidenciável e que os contrarie nos seus planos de entrega de nosso país. O plano A e B parece que está ficando distante, mas fiquemos a postos porque ainda tem o TSE que ao que parece não está isento de interesses partidários, para acompanharmos de perto e não permitir injustiças que atentem contra a soberania do Brasil. Precisamos lutar contra o plano C, o povo brasileiro espera que a JUSTIÇA faça seu trabalho e encarcere também os tucanos corruptos junto com políticos mafiosos de outros partidos aliados deles, mais seus representantes da empresa mídia lixo que vem detonando o país em qualquer época.

Responder

Cristiano Mendonça

22 de janeiro de 2016 às 15h32

” Alguém avisa aos sanguessugas que matarão o doente nessa sanha sem limites pelas tetas do Estado, que por sinal só presta na hora de pagar os títulos da dívida, né? Nesse caso o Mercado adora o Estado. Só nesse.” Sem entender, como sempre, as entranhas da realidade, dirão os coxinhas _ Tá vendo ,a culpa é da Dilma!

Responder

Rafael Paiva

22 de janeiro de 2016 às 15h12

Ely Maranhao Filho

Responder

Relme Magno Vieira Dos Santos

22 de janeiro de 2016 às 14h52

Entre aspas, não, entre vira-latas e corvos.

Responder

Marcus Vinicius Meschini

22 de janeiro de 2016 às 14h32

Vocês do site e o PT é que entendem de economia !!!
Kkkkkkkkkk
.

Responder

Marcos Marcos

22 de janeiro de 2016 às 14h24

Armínio Fraga foi ministro da Fazenda de FHC.

Responder

Marcos Marcos

22 de janeiro de 2016 às 14h23

Olha quem a Globo chama para o debate econômico…. Alexandre, que trabalha no ramo de especulação financeira. Por isso ele ama o Armínio que pagou ao mercado, 45% de SELIC, com juros reais de 35%. Essa é a visão da Globo: Os mercados de capitais e seus lucros.

Responder

Simone Ghetti

22 de janeiro de 2016 às 14h23

A mediocridade começa pela apresentadora do programa que faz uma força tremenda para parecer brilhante jornalista mas só consegue oferecer mais do mesmo permitido pela casa e seus patrões. Os Convidados Também OBRIGATORIAMENTE Têm De Ser Contra O Governo.

Responder

Deixe um comentário para Zé Damata

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?