Live com Miguel do Rosário (convidado especial: Luiz Moreira)

Meganhas da Lava Jato tentam emplacar narrativa golpista

Por Miguel do Rosário

13 de fevereiro de 2016 : 13h03

Carlos Fernando, um dos porta-vozes da Lava Jato, é o símbolo do golpismo messiânico que tomou conta da operação. Foi ele que falou em “refundar a república”.

Ele quer transformar a Lava Jato numa operação que fará uma devassa em tudo, paralisando todas as atividades econômicas do país, criminalizando seletivamente alguns partidos.

Nessa entrevista, ele externa a sua visão de mundo autoritária, que expressa a narrativa que os meganhas de Curitiba e mídia querem impor à força à opinião pública, desde já intimidando juízes:

“Creio que hoje ninguém mais põe em questionamento a existência de um grande esquema de compra de apoio político partidário através do loteamento de cargos públicos importantes para que os partidos da base pudessem ‘fazer’ dinheiro para suas campanhas”, diz ele.

A tese é esperta, a mesma do mensalão, porque criminaliza a política. É um ataque maquiavélico ao presidencialismo de coalizão. Afinal, o apoio político é, de fato, obtido pela distribuição de poder aos partidos aliados. É assim no mundo inteiro. Se os partidos usam esses cargos para obtenção de recursos para campanha, isso tem de ser combatido caso a caso, e não através do estabelecimento de uma narrativa satânica, cuidadosamente armada para que atinja apenas um lado da luta política.

Os meganhas da Lava Jato, ao criminalizarem até mesmo o Caixa 1 das campanhas e só das campanhas da base aliada, tentam dar um cheque-mate puramente golpista, pois se todos os partidos precisavam de dinheiro de campanha e esse dinheiro tem de ser obtido junto às grandes empresas, qual o sentido em criminalizar apenas um espectro partidário?

Teríamos que fechar todos os partidos! Em caso contrário, a operação estaria confessando ser uma operação partidária proto-fascista, que visa eliminar apenas um lado do espectro político.

Isso é banditismo! E particularmente atroz porque usando o aparelho do Estado para isso. Ou seja, um banditismo pago com dinheiro público!

O PP, por acaso, um dos partidos mais envolvidos na Lava Jato, teria algum interesse na manutenção eterna do PT no poder?

Não, evidentemente!

Até porque o PP tem mais alianças com o PSDB e com a oposição em geral, nas eleições estaduais e municipais, do que com o PT.

A mesma coisa vale para o PMDB.

As empreiteiras teriam algum interesse em manter o PT eternamente no poder?

Então por que doaram ainda mais dinheiro ao PSDB?

Por todos os lados que se analisa, a tese de Carlos Fernando é delirante e oportunista. Serve apenas como ponta-de-lança do golpe, para subsidiar a narrativa de uma mídia desesperada por uma mudança de poder que lhe permita ter uma sobrevida.

Na entrevista, Carlos Fernando volta a atacar os esforços do governo para preservar empresas que empregam dezenas de milhares de pessoas, mais centenas de milhares de empregos indiretos.

É incrível a obsessão dos meganhas da Lava Jato por aprofundar ainda mais uma crise, da qual eles são responsáveis em boa parte. Com a desculpa de fazer uma “devassa moral” no país, pratica-se uma verdadeira sabotagem. Afinal, é evidente que todas as empresas, privadas ou públicas, tem algum tipo de problema, mas tudo isso deve ser combatido com moderação, inteligência, visando o bem social, e não a destruição econômica.

Procuradores recebem salários de marajá para protegerem a sociedade, e não puni-la com seus delírios de grandeza. Sim, porque eles continuarão recebendo seus salários, mas e o resto do país, como fará para patrocinar suas empreitadas apocalípticas?

Não serão os ricos, que tem contas no exterior, e sim a classe trabalhadora, como sempre, as principais vítimas desse messianismo oportunista e deliquente.

Abaixo, para registro histórico, a entrevista de Carlos Fernando.

***

No Brasil 247.

PROCURADOR: ‘LAVA JATO ATINGIU SUA MATURIDADE’

Um dos principais integrantes da força-tarefa da Lava Jato, o procurador Carlos Fernando Lima avalia que, com quase dois anos de vida, a operação atingiu sua maturidade; no entanto, ele antecipa que novas fases virão pela frente; “Há muito que fazer ainda na área investigativa. Novas estatais virão. Novos bancos virão. Fundos de pensão virão”, afirma; Lima também desconsiderou as críticas de advogados, que apontam supressão de direitos na Lava Jato; “Quantos às críticas, penso que ataques genéricos, sem a coragem de nominar pessoas ou apontar fatos concretos, somente desqualifica o manifesto. Mas, é claro, o choro é livre em nosso país”

13 DE FEVEREIRO DE 2016 ÀS 08:28

Paraná 247 – Em entrevista aos jornalistas Ricardo Brandt e Fausto Macedo, o procurador Carlos Fernando Lima avalia que a Lava Jato atingiu seu ponto de maturidade, mas também antecipa futuras fases da operação.

“Vamos dizer que a Lava Jato alcançou sua maturidade. Significa que há muito a se fazer. Creio que hoje ninguém mais põe em questionamento a existência de um grande esquema de compra de apoio político partidário através do loteamento de cargos públicos importantes para que os partidos da base pudessem ‘fazer’ dinheiro para suas campanhas”, diz ele.

Sobre o futuro, ele aponta como focos estatais, bancos e fundos de pensão. “Há muito que fazer ainda na área investigativa. Novas estatais virão. Novos bancos virão. Fundos de pensão virão. É claro que enfrentaremos dificuldades, especialmente aquelas criadas pelo próprio Governo, como no caso da lei de repatriamento e na MP 703, que alterou a Lei Anticorrupção, tornando-a uma lei criminogena, uma lei que incentiva a prática corrupta, pois permite que aqueles que sejam pegos possam escapar pelo simples pagamento de multas.”

Lima também respondeu a um manifesto de advogados, que apontou abusos e supressão de direitos na condução da operação. “Vivemos num país de excesso de recursos, infindáveis habeas corpus, embargos de embargos de embargos, etc… Nosso país tem a fama da impunidade, e é ela merecida. Mesmo assim, ainda há possibilidade de se fazer um bom trabalho. As críticas soam familiares, pois são repetições do que aconteceu durante o mensalão. Os números absolutos de habeas corpus e recursos na Lava Jato mostram que há, em verdade, um abuso do uso desses recursos em nosso país, e o Ministério Público tem proposto, dentre outras medidas contra a corrupção, uma racionalização desse sistema”, afirma. “Quantos às críticas, penso que ataques genéricos, sem a coragem de nominar pessoas ou apontar fatos concretos, somente desqualifica o manifesto. Mas, é claro, o choro é livre em nosso país.”

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

83 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ednaldo Vieira Costa

15 de fevereiro de 2016 às 10h12

A cara dele diz, estou fazendo merda!!

Responder

Marcio Pimentel

15 de fevereiro de 2016 às 02h27

A credibilidade da vaza jato cai a olhos vistos. As prisões injustificáveis e as contradições e adulterações dos depoimentos com a desculpa esfarrapada de que partes de um depoimento não foram gravadas são a causa do descrédito. A última agora foi o acobertamento da patifaria dos Marinhos no caso da casa ilegal em Angra. Essa foi de inchar o focinho!

Responder

Cel Caetano

15 de fevereiro de 2016 às 00h05

É TUDO MENTORA. Kkkkkkkkkkkk

Responder

Enio

14 de fevereiro de 2016 às 17h39

Essa elite criminosa tem MEEEEDO do povo brasileiro com Lula 2018. Tem MEEEEDO das urnas. #LulaEuConfio
O mais “honesto” da oposição rouba merenda das crianças pobres em São Paulo, sucateia as escolas públicas e doa dinheiro do erário estadual para a mídia lixo. Já estão apelando.
A oposição não tem propostas para o Brasil, não tem políticos que pensam no nosso povo. A oposição tem a mídia lixo e “justiceiros” que sabem que ela não ganha nos votos e partem contra a soberania do povo, tentam destruir politicamente Lula na mente das pessoas. A mídia lixo é o grande braço dos entreguistas da nação.

Responder

Luis Bazaglia

14 de fevereiro de 2016 às 18h18

Meganhas, golpistas, coxinhas….sei não…

Responder

Luis Bazaglia

14 de fevereiro de 2016 às 18h18

Meganhas, golpistas, coxinhas….sei não…

Responder

Luis Bazaglia

14 de fevereiro de 2016 às 18h18

Meganhas, golpistas, coxinhas….sei não…

Responder

Ernesto Correa Esteves

14 de fevereiro de 2016 às 17h24

ESSE PROCURADOR ESTA PRECISANDO DE UM BOM TRATAMENTO PISIQUIATRICO.OLHA BEM A CARA DE UM DESIQUILIBRADO.

Responder

Luiz Paulo Brandão

14 de fevereiro de 2016 às 16h42

Esse é coxinha! Político a serviço dos tucanalhas!

Responder

Angelo Lanser

14 de fevereiro de 2016 às 11h49

Por que o Lula e a Dilma fogem do público? Quem não deve não teme!

Responder

Angelo Lanser

14 de fevereiro de 2016 às 11h47

Compraram os votos pela enganação do bolsa família, agora andam acuados, se fingindo de santos, com medo das algemas!

Responder

Angelo Lanser

14 de fevereiro de 2016 às 11h42

O pt montou no Brasil um mega projeto de poder, calcado em mentiras, falcatruas, desmandos!

Responder

Joao Batista

14 de fevereiro de 2016 às 10h15

Em uma digitacao, troca-se tudo e as vezes, comemos letras.Agora preocupar-me com isso e igual a esta debilitando e ou perdendo tempo com reacionarios xiitas de plantao de um desgoverno de pervetidos sedentos por grana facil.

Responder

Joao Batista

14 de fevereiro de 2016 às 09h53

Deves ser uma uma catedra da ignorancia e do mal caratismo!

Responder

Antonio Bragiato

14 de fevereiro de 2016 às 06h37

Bando de canalhas golpistas!

Responder

James Cerede

14 de fevereiro de 2016 às 01h25

Porra Miguel! Você deveria falar mais sobre economia! Cade os resultados daquelas suas previsões que eu contra argumentei durante anos… Nem no ramo do café você volta mais … Lembre do que eu lhe avisei! A teta vai secar e você vai se foder!!! A desculpa de que fhc bla bla bla não cola mais seu burro!

Responder

Joao Batista

13 de fevereiro de 2016 às 23h46

Golpismo e o que tu pobre coitado , tenta em vao fazer neste teu blog nojento.Precisa dizer mais, CORRUTO. Todo roupo e pouco, para te e essa corja que te acompanha.

Responder

Nilton José Aumondes

13 de fevereiro de 2016 às 22h56

Vamos cá caçar esses medalhões.

Responder

Francisco Das Chagas Lemos

13 de fevereiro de 2016 às 22h00

Tem cara de LOMBROSO.

Responder

jose carlos lima

13 de fevereiro de 2016 às 19h41

jamais aceitaremos uma republica fundada por essas assombrações, não aceitaremos uma republica que seja fundada por esses votos, a nossa republica foi parida as duras penas após sairmos de uma ditadura,…não aceitaremos essa republica forjada por essa ditadura judicial…a pqp com esse partido do judiciario fdp

Responder

    jose carlos lima

    13 de fevereiro de 2016 às 19h45

    eu quis dizer SEM VOTOS

    Responder

Moacir Coelho da Gama

13 de fevereiro de 2016 às 21h40

Daqui um pouco os defensores do PT e críticos da Lava-jato vão dizer que o zika virus e golpe.

Responder

Auxiliadora Machado

13 de fevereiro de 2016 às 20h03

Faz com que

Responder

Auxiliadora Machado

13 de fevereiro de 2016 às 20h03

Além da supressão de direitos, manifestada por juristas de renome, o que compromete e desqualifica a Operação é a sua seletividade. Tucanos nunca são investigados. Por outro lado, a manifestação de preferências partidárias por parte de promotores, policiais federais e juízes fazem com que a população medianamente esclarecida, entenda que a investigação foi, definitivamente comprometida. A população deseja uma apuração imparcial, o que, segundo noticiário, não acontece. É muito triste para a Democracia o que vem acontecendo. A sensação que tenho é a que fiz uma viagem no tempo e voltei aos anos 70.

Responder

João Batista

13 de fevereiro de 2016 às 17h50

Não há lógica em querer defender políticos antipatrioticos
Não há justificativas plausiveis diante dos fatos que temos políticos corruptos, gananciosos pelo poder através da riqueza ilícita. O Brasil precisa repensar o modelo político atual, reconstruir está rica nação com pessoas honestas e dedicadas ao bem comum.

Responder

Marcio Destro

13 de fevereiro de 2016 às 19h48

Eu não compraria um carro usado desse cara da foto, aposto que ele tem a mão mole e fina. Será que ele olha nos olhos das pessoas quando as cumprimenta?

Responder

Graça Melo

13 de fevereiro de 2016 às 19h23

Infelismente, um pulha no MPF que quer luzes.

Responder

Maria Albuquerque

13 de fevereiro de 2016 às 19h09

Nassif está certo ” o ministério público é a ameaça a Democracia” tá cheio de meganhas golpistas.

Responder

Paulo Rogerio Rogerio

13 de fevereiro de 2016 às 18h55

Vagabundo da mesma laia de policiais a serviço dos bandidos do psdb

Responder

Julio Gondim

13 de fevereiro de 2016 às 18h46

Pode ser capangas do Moro/PSDB!

Responder

Lulu Pereira

13 de fevereiro de 2016 às 18h28

golpistinh recalcado e frustrado

Responder

Roberto Oliveira

13 de fevereiro de 2016 às 18h27

Conspiradores infiltrados na justiça.

Responder

Roberto Torres

13 de fevereiro de 2016 às 17h43

Car de Rato

Responder

Filipe Câmara

13 de fevereiro de 2016 às 17h33

Se percebessem como é ridículo vcs falando em golpe, morreriam de vergonha de si mesmos por bancarem os patetas fanáticos…

Responder

Vicente

13 de fevereiro de 2016 às 15h25

Enquanto a coxinhada posa de moralista, seus gritos anti-PT ajudam a deixar prescrever as investigações das contas do HSBC, as investigações da Zelotes contra os megasonegadores, etc.
Mesmo com o latido da cachorrada, teremos Lula eleito em 2018!
A mídia mente demais. Fica difícil sustentar a mesma mentira por 4 anos.
Vamos conversar, na rua, no trabalho, com a vizinhança.
Estou fazendo isso, como quem não quer nada.
Digo pras pessoas refletirem. Falo do que aconteceu com Getúlio Vargas.
Mostro como doações iguais, das mesmas empresas, estão sendo tratadas de maneira oposta conforme quem é o recebedor.
E o mais importante: pergunta pras pessoas se elas conhecem a história da Globo, se elas pensam que a Globo defende os interesses do povo mais pobre.
É uma conversa boa de se ter, as pessoas ouvem.
É importante fazer o povo pensar.
Vai dar certo.
Lula 2018!

Responder

Francinaldo Carvalho

13 de fevereiro de 2016 às 16h56

Golpista

Responder

Claudio Roberto

13 de fevereiro de 2016 às 16h26

O Povo vai ter de tomar uma atitude.

Responder

Diana Vilmar

13 de fevereiro de 2016 às 16h25

Golpista safado!

Responder

Pedro Francisco Frineda

13 de fevereiro de 2016 às 16h23

Só se “engana” quem quer…
” (…) É incrível a obsessão dos meganhas da Lava Jato por aprofundar ainda mais uma crise, da qual eles são responsáveis em boa parte. Com a desculpa de fazer uma “devassa moral” no país, pratica-se uma verdadeira sabotagem. Afinal, é evidente que todas as empresas, privadas ou públicas, tem algum tipo de problema, mas tudo isso deve ser combatido com moderação, inteligência, visando o bem social, e não a destruição econômica…” (MIGUEL DO ROSÁRIO)

Responder

    Ivam Cassemiro

    13 de fevereiro de 2016 às 16h30

    Porra meu amigo, compartilhar esse link é o que há. Então a policia, e não os bandidos, são os donos da crise brasileira?

    Responder

    Pedro Francisco Frineda

    13 de fevereiro de 2016 às 16h31

    Ivam Cassemiro, deixa de ser cínico, hipócrita, sonso! PT Saudações

    Responder

    Nelson Ribeiro

    13 de fevereiro de 2016 às 18h32

    Ivam Cassemiro Polícia que não prende bandido é bandido. No Brasil a PF tem perseguido quem em quase 40 anos de investigações, nunca nada encontraram de errado dele. No entanto, outros como Aécio, citado por 3 dalatores, Cunha, comprovadamente corrupto, nem sequer estão repondendo nada. A merenda virará pizza, quer ver???

    Responder

Marcelo Drumstick

13 de fevereiro de 2016 às 16h19

Pode haver “meganhas” na PF, assim como “jornaleiros” fazendo jornalismo…

Responder

Marcelo Cl

13 de fevereiro de 2016 às 16h16

Esse cara mente mau para caramba. É sempre essa carinha. Parece mais investigado do que investigador. Kkkkk kkkkk

Responder

Enio

13 de fevereiro de 2016 às 14h04

Meganhas da lava jato veem a luz no fim do túnel, mas é a luz da locomotiva LULA2018. #LulaEuConfio

Responder

Raul Meneleu Mascarenhas

13 de fevereiro de 2016 às 16h01

Ele é um irresponsável.

Responder

    Mauricio Gomes

    13 de fevereiro de 2016 às 14h54

    Eu acho que ele é um grandessíssimo FDP mesmo, nem tenta esconder seus intentos golpistas. Canalha e safado!

    Responder

Ivam Cassemiro

13 de fevereiro de 2016 às 15h32

Hum…”meganhas” da Lava Jato.São promotores e policiais concursados, certo Cafezinho? O porta-voz tem mesmo razão, senão para refundar a república brasileira, pelo menos para resgata-la do fundo do poço.

Responder

    Jorge Leôncio

    13 de fevereiro de 2016 às 15h35

    Kkkkkk

    Responder

    O Cafezinho

    13 de fevereiro de 2016 às 15h49

    Meganhas. Tinha muito nazista concursado. E quem deve refundar a república são aqueles eleitos pelo povo. Assim funciona o processo democrático. Os últimos que tentaram “refundar” a república foram os golpistas de 64, e fizeram nossa cultura política retroceder séculos

    Responder

    Antonio Henrique Siqueira

    13 de fevereiro de 2016 às 15h51

    Ivam Cassemiro, o Aecio é mto chato, mas é religioso, ele so quer um terço. Acorda Alice.

    Responder

    Ivam Cassemiro

    13 de fevereiro de 2016 às 16h09

    O Cafezinho , mas precisamos sim, resgatar a república. Os gorilas de 64 nos fizeram retroceder séculos, concordo contigo. O PT foi mais modesto, andamos para trás apenas duas ou três décadas. Mas investigar políticos corruptos é golpe? Desde quando?

    Responder

    Carlos Estivalet Gindri

    13 de fevereiro de 2016 às 16h09

    Ivam Cassemiro está certo ! Eu, como ele também acredito em cegonha, em papai noel e na Globo e na Veja !!! É bem mais fácil assim – não precisa pensar…

    Responder

    Ivam Cassemiro

    13 de fevereiro de 2016 às 16h10

    Errou, acredito só em mim.

    Responder

      hb cwb

      13 de fevereiro de 2016 às 22h40

      Então não acredita em nada! rsrsrsrs

      Responder

    Marcelo Drumstick

    13 de fevereiro de 2016 às 16h19

    Pode haver “meganhas” na PF, assim como “jornaleiros” fazendo jornalismo…

    Responder

    Josias Vicente

    13 de fevereiro de 2016 às 16h44

    Pois é, para muitos é melhor usar a estratégia do avestruz…é melhor não ver…para não ser chamado a se posicionar…

    Responder

    Nelson Ribeiro

    13 de fevereiro de 2016 às 17h40

    Que fundo do poço? Que idade tens? Quem não viveu na era antes do PT jamais saberá o que é o fundo do poço seu moço!!!

    Responder

      renato andretti

      13 de fevereiro de 2016 às 18h22

      Parabens NElSON !!!!
      Só isto..
      Afinal você é um brasileiro e pode descer a lenha neste senhor, que alias é parecidíssimo com o Serveró, só que com os dois zoio esquesito.
      Estes empregados do POVO, estão se achando cheio de moral abestada..
      Já Já, alguem dá uma reprimenda..
      O PT…sendo o que for é minha opção …sempre..e não vai ser estes funcionários que “passaão”, que vão me dizer como funciona as coisas..
      PT em 2018, com LULA, ou quem quem ele indicar!!!!
      Já que ele pode ouvir o choro…pode ouvir isto..
      E ele que aguarde, que os ADVOGADOS dirão os NOMES dos responsáveis por atos ilícitos dentro da LEI..
      Digo ilicitos, por que deverão ser pagos com prisão e multas.
      As multas vão para onde???
      Será que tem bolsa prisão para JUIZES e PROMOTORES???
      Há lei contra eles…e a favor do POVO???

      Responder

    Nelson Ribeiro

    13 de fevereiro de 2016 às 17h47

    Ivam Cassemiro Rapaz!!! em que mundo vive???? Antes do PT mais de 300 pessoas morriam de fome POR DIA!!! No nordeste, me lembro da reportagem de sua revista favorita, a Veja, crianças tinham que comer calango porque não tinham comida!!! Desemprego, o Brasil era o segundo pior no mundo… me lembro de ver advogado formado em fila de emprego para varredor de ruas…Apagòes constantes. O povo não tinha carros ou motos, não andavam de avião, não tinham metrôs, ônibus de qualidade, ….o que chama de crise hoje era dias bons naquele tempo.

    Responder

    Nelson Ribeiro

    13 de fevereiro de 2016 às 17h47

    Me diz uma obra relevante dos 8 anos de governo FHC?

    Responder

    Nelson Ribeiro

    13 de fevereiro de 2016 às 17h50

    Corrupção naquele tempo? A venda da Vale qua valia 100, venderam por 3,3 sendo que produzia 12 por ano… acredita que foi vendida mesmo por 3,3 bilhões??? Compra de votos para segundo mandato. Delator falou de propina para o FHC da ordem de 100 milhões.

    Responder

    Vidha Costa

    13 de fevereiro de 2016 às 19h40

    Ivam Cassemiro Se estão investigando corruptos, entaõ estão na direção errada, pq o PP e o DEM esta na black list como um dos mais corruptos e sequer nenhum deles falam sobre!! EH GOLPE SIM, E DOS MAIS SÓRDIDOS!!!

    Responder

    Ivam Cassemiro

    13 de fevereiro de 2016 às 20h11

    Nelson Ribeiro , em que mundo vive você? A Vale era um deficitário cabidão de empregos. Não vi nada sobre a delação a que se refere, talvez ela more apenas na sua mente lavada. Que 300 pessoas morriam de fome no Brasil, é um dado que você jogou a esmo. De toda forma os números atuais são bem maiores, e com tendência de alta. O que FHC fez de bom? “Só” preparou o Brasil para um futuro bem melhor. É uma pena para nós todos, que esse futuro tenha conhecido o demagogo e absolutamente desonesto, corrupto e corruptor governo do PT. Caçar (literalmente) marginais) não pode e nem deve ser visto como golpe.

    Responder

    Ivam Cassemiro

    13 de fevereiro de 2016 às 20h19

    Está certo que o “acreditado” IBGE meteu a classe média em mais umas 50 milhões de pessoas, baixando o preço da entrada no grupo para R$ 260,00 per capita. Somos hoje a maior e mais miserável classe média do mundo.

    Responder

    Francisco Das Chagas Lemos

    13 de fevereiro de 2016 às 22h04

    Ivam, vc deve ser um desses idiotas que serve de massa de manobra da mídia e do PSDB.

    Responder

    Joaquim Corrêa

    13 de fevereiro de 2016 às 22h19

    Porra, mais um Olavo de Carvalho eu não aguento.

    Responder

    Ailton Silva Dos Santos

    13 de fevereiro de 2016 às 22h29

    Então, manda esses caras ae da lava jato, (O tal de moro e a sua turma), investigarem a venda da vale do rio doce, o escandalo do SIVAM, o mensalão mineiro, o trnsalão em São Paulo, a venda da CSN…………..!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder

    Ailton Silva Dos Santos

    13 de fevereiro de 2016 às 22h30

    E ainda tem muito mais!!!!!!Citei alguns poucos exemplos de acontecimentos que merecem uma investigação rigorosa!!!!!!!!!!

    Responder

    Ailton Silva Dos Santos

    13 de fevereiro de 2016 às 22h32

    Nelson Ribeiro Concordo plenamente!!!!!!!!

    Responder

    Ivam Cassemiro

    13 de fevereiro de 2016 às 23h13

    Ailton Silva Dos Santos – Você citou conhecidos dossiês. Escreva alguma coisa que eu não saiba. O juiz Sérgio Moro é um só, outros poderiam mostrar a mesma disposição.

    Responder

    Ivam Cassemiro

    14 de fevereiro de 2016 às 00h40

    O Cafezinho , você arrepiou carreira e me deixou a debater com o baixo clero. Assim não pode…assim não dá!

    Responder

    Nonato Silva

    14 de fevereiro de 2016 às 04h25

    Ivam Cassemiro Investigar políticos só de esquerda, sim. O que vivemos, hoje , é uma caça implacável ao Lula e à esquerda; políticos e membros da direita estão todos soltinhos como o “arroz prato fino”. ÃH~,ãh, acorda Ivam.

    Responder

    Ivam Cassemiro

    14 de fevereiro de 2016 às 13h07

    Mas que esquerda, uma aliança que vai do PCdo B ao PP ex ARENA do Maluf? Acorda você, o Brasil atual se divide geopoliticamente entre duas vertentes, uma de pessoas honestas e a outra de desonestas. Me convença que os marginais que já foram condenados na operação Lava Jato são honestos progressistas, inclusive o Pedro Corrêa (PP). Qual é o problema em se investigar o governo FHC? Nenhum! O deputado Protógenes Queiroz (PC do B) já conseguiu por duas vezes, 20111 e 2015, mais do que as 171 assinaturas necessárias para a criação da CPI das privatizações, em ambas foi desautorizado pela direção do PT, que prefere boatos do que fatos. Claro que num programa tão grande como foram o das felizes privatizações seriam encontrados pontuais desvios de condutas, o PT sabe disso. Mas nada que chegasse perto da cúpula do então governo, o PT também sabe disso. Dai o medo que se instaurada uma CPI, ela venha passar um atestado de idoneidade ao governo do estadista Fernando Henrique Cardoso. Escolha a vertente certa.

    Responder

    Ivam Cassemiro

    14 de fevereiro de 2016 às 13h20

    O Cafezinho ?

    Responder

    Raimundo Freitas Freitas

    14 de fevereiro de 2016 às 14h44

    Ivam Cassemiro , é o ” nós contra eles”! Você só tem dois lados. Ou é devoto de ” Madre Tereza de Guarujá”, ou é tudo que não presta! Aproveite enquanto ainda pode escolher! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder

    Pedro Lucas

    14 de fevereiro de 2016 às 23h44

    Ivam Cassemiro
    Você acredita só em si mesmo, chega às suas próprias conclusões mas só depois de assistir a globo e ler a Veja.
    Hahahahahahahahahah
    Hahahahahahaha novamente.
    Mais uma Hahahahahahahhahahaha.
    Brincalhão

    Responder

    Ivam Cassemiro

    15 de fevereiro de 2016 às 00h04

    Eu mereço! Um fake retardado mental.

    Responder

    Marcio Pimentel

    15 de fevereiro de 2016 às 02h36

    Ivam Cassemiro o problema dessas coligações sem as quais não existe governabilidade não é uma imposição do Sistema que precisa ser Reformado? E com o Congresso do Cunha, com 70% eleito com dinheiro de lobistas você acha que consegue fazer a reforma para valer? Creio que anda faltando capacidade para entender as causas dos problemas. Vejo você e muitos outros desfocados atacando os efeitos e não as causas. Estão tratando dor de cabeça com analgésicos esquecendo de analisar o fígado do paciente.

    Responder

Petralha Zuero

13 de fevereiro de 2016 às 15h22

Responder

Ivan Novic

13 de fevereiro de 2016 às 15h19

Triunvirato, é uma associação política entre três homens em pé de igualdade. A palavra triunvirato originou-se a partir de dois radicais do latim: trium- (três) e vir (homem).

Responder

Deixe uma resposta