Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

“A Globo não é dona do Brasil”, diz Sidney Rezende

Por Redação

29 de fevereiro de 2016 : 14h41

O jornalista Sidney Rezende, um dos profissionais mais respeitados do país, criador do modelo de programação da rádio CBN e um dos fundadores da GloboNews, falou pela primeira vez neste final de semana sobre sua demissão do canal de notícias da Rede Globo em novembro do ano passado, sem direito a comunicado de despedida

no Vermelho

O portal Notícias da TV publicou neste domingo (28) que em uma premiação dos melhores do Carnaval do Rio de Janeiro, que reuniu em torno de 600 pessoas no sábado (27) à noite, Rezende fez, pela primeira em público, um duro discurso contra sua antiga emissora, onde trabalhou durante mais de 20 anos. Disse que a Globo está “extrapolando os seus limites” e “impedindo que as expressões populares do nosso país funcionem de uma maneira mais clara”. “A Globo não é dona do Brasil, a Globo não é dona do Carnaval, a Globo não é dona do futebol”, bradou, propondo um “questionamento de competência” da emissora.

Jornalista respeitado nos meios profissional e acadêmico, ele foi dispensado pela Globo em 13 de novembro, um dia depois de publicar em seu site, o SRZD, um texto no qual criticava a obsessão dos jornalistas por notícias ruins e pela aposta no impeachment da presidenta Dilma Rousseff como “único caminho para a redenção nacional”.

Segundo o portal, o contrato de Rezende com a Globo só venceu neste domingo (28) e por isso, o jornalista ficou em silêncio até o último sábado (27). O jornalista aproveitou a premiação do Carnaval que seu site promove para expor seu posicionamento diante da Globo.

A fala do jornalista foi uma reação a “interferência” da emissora nos horários do futebol e dos desfiles das escolas de samba. “A Globo está ultrapassando os seus limites como meio de comunicação no momento em que interfere em horários de festividades, nas partidas de futebol, nos desfiles das escolas de samba, quando adequa as festividades populares a uma grade de programação de seu interesse”, explicou ao site Notícias da TV.

Ainda segundo o Notícias da TV, o prestígio da Globo, para o jornalista, “tomou um viés que acabou sufocante para as expressões culturais”. Rezende afirma que, como detentora da transmissão, a Globo tem todo o direito de exigir um bom espetáculo. No caso do Carnaval, pode determinar quantas câmeras e quantos microfones captarão a transmissão, mas não impor o ritmo e o tempo do desfile, como vem gestando nos bastidores. “Ela [a Globo] não pode interferir no processo de criação de maneira sufocante”, afirma.

O jornalista ressaltou em seu discurso que não tem mágoas da emissora, mas que defende uma “alternativa a este modelo único”. Sem revelar detalhes, diz que seu novo projeto profissional será uma dessas alternativas, algo “ambicioso” que irá “ao encontro ao espírito público”. “Não estou criando nada deliberadamente contra a Globo. Não sou viúva da Globo. Estou contra o olhar único”, diz.

Demissão

Na época em que foi demitido, Rezende não concordou que teria que mentir sobre sua saída. O diretor-geral de jornalismo da Globo, Ali Kamel, havia dito que o jornalista deveria concordar com uma nota oficial em que seria dito que ele estava saindo da emissora por motivos pessoais, para cuidar de seu site. Mas o jornalista não concordou e acabou ficando sem a despedida oficial, em que o diretor Kamel enumera as qualidades profissionais do dispensado.

 

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

batista

01 de março de 2016 às 10h57

Bom dia caros leitores. Essa campanha contra o modo de governar do PT, cassa ao LULA, mostra o quanto “eles” o PIG, estão preocupados em se salvar…pois com mais gente com acesso as escolas, faculdades e diplomas, fica mais difícil manipular as idéias.
O PSDB usam a mídia pra massacrar seus opositores, junto com MP-SP fazem verdadeiros picadeiros, só que estão esquecendo que o povo está mais esclarecido!

Responder

    ulysses freire da paz jr

    02 de março de 2016 às 08h14

    Lula também é boi de piranha

    A grande jogada é manter o foco sobre os BOIS DE PIRANHA conhecidos como mensalão, triplex, lava jato entre outros com função de chamar atenção para si para que o CERNE DE TUDO permaneça intocável https://www.youtube.com/watch?v=1hhRRhP79Kk

    Enquanto não se fizer um upgrade no foco dos assuntos de happy hour, rodada familiar e amigos para o ÂMAGO de todos os problemas do país, https://www.youtube.com/watch?v=aFzke1cCwUg será pura retórica, jogo de cena, enxugamento de gelo, segundo o dito popular.

    Responder

Enio

01 de março de 2016 às 09h59

A mídia lixo criminosa tem MEEEEDO do povo brasileiro com Lula 2018. Tem MEEEEDO das urnas. #LulaEuConfio
Uma nação se faz com cidadãos conscientes de seus direitos e deveres para com ela, a mídia lixo não representa nossa consciência, ao contrário, essa mídia lixo quer desconstruir o país em benefício próprio como empresa comercial concessionária.

Responder

ulysses freire da paz jr

01 de março de 2016 às 09h56

A Globo não é dona do Brasil”, mas é filha do dono, razão pela qual faz só jogo de cena, imitando Hollyood na disseminação de verossimilhanças e exegeses corrompidas.
“… Para que Portugal aceitasse a independência do Brasil, D. Pedro I ofereceu que o Brasil assumisse a dívida externa que Portugal tinha com a Inglaterra. D. João VI foi embora do país deixando os cofres vazios, levando até o ultimo grama de ouro e prata. O país nasceu para a vida independente batendo nas portas dos banqueiros britânicos para poder bancar a rapina que foi o processo de independência.
http://mozaoensaista.blogspot.com.br/2011/10/o-imperio-dos-hothschild-na-america.html
Nesse dia, os Rothschilds puseram o pé sobre a nossa cabeça. Passamos a pertencer-lhes e durante cem anos para eles trabalhamos. Entretanto, embriagada pela vã palavra de liberdade, a nação se divertiu com a Abdicação, as rebeldias da Regência, a Maioridade, as guerras do 2.° Império, a Abolição e as revoltas da República, entremeadas de quedas de gabinetes, de mudança de regimes, de sucessões governamentais e de ditaduras, enquanto que, por trás dos bastidores, só os banqueiros, de mãos dadas aos políticos, a governavam e a exploravam. … ” VIDE
https://www.youtube.com/watch?v=1hhRRhP79Kk

Responder

ulysses freire da paz jr

01 de março de 2016 às 09h11

“Vês! Ninguém assistiu ao formidável
Enterro de tua última quimera.
Somente a Ingratidão – esta pantera –
Foi tua companheira inseparável!”
Augusto dos Anjos
… “A mão que afaga é a mesma que apedreja.”

Aos poucos, as fichas caem … http://julius-hensel.ch/wp-content/uploads/2011/09/Truth-Lies.gif

Responder

Hell Back

29 de fevereiro de 2016 às 16h19

Porquê não estou surpreso? Porque é a globo.

Responder

    Marcos Souza

    29 de fevereiro de 2016 às 22h39

    por que não estou surpreso ao ler um petista escrever “porquê” no início de uma pergunta ? Porque em geral o petista é burro ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder

Ninguém

29 de fevereiro de 2016 às 15h26

Uma coisa que pouca gente se lembra é que a São Silvestre começava às onze e meia da noite. Até o dia em que passou para as mãos da Golpe. Tudo o que a Golpe toca vira merda.

Responder

    Marcos Souza

    29 de fevereiro de 2016 às 22h38

    E toda a merda que o petê toca, fica mais merda ainda ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder

Evaristo

29 de fevereiro de 2016 às 14h50

Sidney… de um passo para o lado da blogsfera, a nação precisa muito de um aliado como você.

Responder

    Marcos Souza

    29 de fevereiro de 2016 às 22h42

    Isso mesmo Sidney, dê um passo para o lado da blogosfera. Já já você irá ter que pedir pelo amor de deus para alguém contribuir financeiramente com seu bloguinho. Para ajudar a pagar seu almoço , seu jantar , sua conta de luz. Passe mesmo, Sidney, para o lado dos jornalistas fracassados ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder

Deixe um comentário para Enio