Live com Miguel do Rosário (convidado especial: Luiz Moreira)

Lava Jato usa impeachment para tentar emplacar nova ficção golpista

Por Miguel do Rosário

30 de abril de 2016 : 19h38

A força-tarefa da Lava Jato, uma associação inconstitucional (porque um deveria trabalhar para conter o outro, e não trabalharem juntos) entre procuradores, delegados, juiz e órgãos de mídia, aproveita-se do golpe deflagrado pela Câmara dos Deputados para tentar emplacar uma nova ficção.

Todos os sinais emitidos pela força-tarefa nos últimos dias são de que a operação irá interromper a sua louca cavalgada de infinitas etapas e irá focar agora em criminalizar o PT e prender o ex-presidente Lula.

O foco agora é necessário para abafar na mídia os bastidores sujos e criminosos do golpe: sobretudo as denúncias de compras de parlamentares por parte de empresários ligados à Fiesp.

A nova denúncia do MPF é inteiramente política. Os procuradores usam emails triviais entre membros do governo e João Santana para conclusões diabólicas, tipo: João Santana aconselhava o PT, então era interessado na manutenção do PT no poder…

É realmente assustadora a obsessão golpista da força-tarefa.

Qualquer recadinho trivial, email, anotação, é interpretada com incrível liberdade criativa pelos procuradores, sempre com objetivo de criminalizar o partido dos trabalhadores.

Como de praxe, a maioria das ilações da denúncia fundamenta-se apenas na elástica criatividade da força-tarefa, e não em provas.

João Santana ganhou dinheiro de campanhas políticas, aqui e lá fora, mas porque efetivamente produziu conteúdo de campanha, e não apenas para o Brasil, nem apenas para o PT, mas para vários partidos, empresas e países.

Como o dinheiro, frequentemente, não tem selo de origem, a força-tarefa aproveita-se para confundir a opinião pública e subsidiar a mídia com manchetes contra o partido dos trabalhadores.

Bem oportuno!

Houve corrupção, mas a grande maioria dos políticos envolvidos pertencia ao PP e ao PMDB, partidos que traíram o PT e deram o golpe.

Há dezenas, quiçá centenas de políticos envolvidos, mas as sentenças de Sergio Moro até o momento atingem apenas duas figuras ligadas ao PT: o ex-deputado André Vargas, flagrado por esquema inteiramente alheio à Petrobrás (ele supostamente tentou influenciar a Caixa a fazer negócios de publicidade com a agência de seu irmão), e João Vaccari Neto, contra quem não se descobriu um centavo em sua conta ou de sua família (à diferença de Cunha, que movimentou mais de 400 milhões de dólares, clandestinamente, no exterior).

Abaixo, o documento de ficção do Ministério Público, divulgado ontem.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

24 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luca Barbabianca

04 de maio de 2016 às 10h46

O Golpe não tem pudor!

Responder

Márcia Nogueira

01 de maio de 2016 às 16h57

E depois ainda ficam indignados quando todo mundo diz a verdade: É golpe!!!

Responder

frederico

01 de maio de 2016 às 12h44

Esses promotores são loucos?!?!?!!? Pergunte a qualquer um com um mínimo de inteligência qual é a função do marketing?!?!?!?! E qual é o objetivo de qualquer partido político?!?!? Ora o João e a Monica não fizeram nada além daquilo pelo qual eram pagos!!!!! E a troca de mensagem apenas evidencia isso, se não é melhor prender todos os marketeiros do Brasil pois são todos bandidos por quererem manter seus produtos no topo do mercado. ë de uma imbecilidade ímpar os argumentos dos promotores !!!!! Me causa medo a forma deturpada como eles colocam relações normais pois como o João Santana poderia desenvolver qq trabalho se não tivesse profunda relação com as pessoas , agora daí se afirmar que o pagamento que eles recebiam provinham propinas da Petrobrás e afirmar que esses recursos eram, também , recebido pelo PT acho melhor internar essa rapaziada urgente. O que eles andam fumando????

Responder

Roberto Fonseca

01 de maio de 2016 às 12h10

Adotar uma ideologia política é uma coisa. Defender cegamente aqueles que usurparam essa ideologia para favorecimento pessoal não me parece muito racional, como também nano me parece inteligente criticar agentes púbicos que pela primeira vez na história estão combatendo efetivamente a corrupção!!!
Há alguma dúvida quanto `a corrupção profissional dos empreiteiros e desse governo federal desgovernado???
Apoio a Lava jato e todas as operações que visam apurar e punir a corrupção, independente do partido ou organização criminosa atingida!!!

Responder

    Márcia Nogueira

    01 de maio de 2016 às 18h01

    Pela primeira vez estão efetivamente combatendo a corrupção, graças ao PT, como reconheceu o Procurador federal. “Quero crer que nenhum governo no Brasil signifique alteração de rumos no Ministério Público, Judiciário e Polícia Federal. Aqui temos um ponto positivo que os governos investigados do PT têm a seu favor. Boa parte da independência atual do Ministério Público decorre de uma não intervenção do poder político. Isso foi importante e é fato que tem que ser reconhecido como algo deste governo. Governos anteriores realmente mantinham controle sobre as instituições. Mas esperamos que isso esteja superado — afirmou, em referência ao governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002).”

    http://oglobo.globo.com/brasil/procurador-da-lava-jato-defende-independencia-de-investigacao-em-eventual-governo-temer-18981536#ixzz47R6XvB9U

    Responder

Eros Alonso

01 de maio de 2016 às 11h32

Serra repassou milhões para o Labogem quando Ministro da Saúde.Desse jeito até o PCC ganha moral. Com essa Justiça aparelhada e fascista o crime se institucionalizou.temos ladrões mandando no país, da economia privada, do Congresso, da Justiça.Temer presidente? Sem votos? Ladrão. Serra solto, Aécio solto. Estou chegando a conclusão que para limpar este país só uma revolução mesmo. porque com essa Justiça o povo está estuprado.

Responder

Sérgio Silveira

01 de maio de 2016 às 10h53

Se prenderem Lula ou criminalizarem o PT, moro morre…

Responder

    Márcia Nogueira

    01 de maio de 2016 às 17h02

    ?????????

    Responder

maria nadiê Rodrigues

01 de maio de 2016 às 07h16

Lula não foi calado, até agora, nem mesmo por um câncer agressivo em sua laringe. Mesmo com dificuldade, ele sobe o palanque e dá recado sob aplausos. Isso incomoda muito.

Responder

maria nadiê Rodrigues

01 de maio de 2016 às 07h14

Em 2015 houve muito emprenho dos procuradores da L.J. em prender Lula até o mês de dezembro. Li várias matérias sobre isso. Chegou janeiro, e logo, com a perseguição aumentando em número, gênero e grau ao ex-presidente, houve a prisão coercitiva muito contestada por M. Aurélio Mello, mas depois, com os grampos envolvendo a Presidente, o crime fez a bola de Moro baixar, embora com a Globo alguns objetivos tenham sido alcançados – vide Celso de Mello e seu juridiquêz cansativo.
Lula preso, já, é questão de honra para esses opositores, em geral, incluindo STF.

Responder

    Márcia Nogueira

    01 de maio de 2016 às 17h03

    De nada vai adiantar isso, a direita não vai matar uma ideologia.

    Responder

Delano Ss

01 de maio de 2016 às 03h24

Coloque uma escuta, um grampo em qualquer um desses corrupto golpistas procuradores da lavajato e se descobrirá que eles sim são o verdadeiro covil de criminosos.

Responder

airoldi lacroix bonetti junior

01 de maio de 2016 às 01h13

vamos divulgar mundo afora não nos representam, ganham uma exorbitância de salário público para brincarem de liga da injustiça, olha o banestado ai gente

Responder

Hudson Batista

01 de maio de 2016 às 01h51

Viralizem: Senadora joga água no chopp do impeachment e Lira vai se aconselhar no STF: http://www.justicaemfoco.com.br/desc-noticia.php?id=114673&nome=Senadora-joga-agua-no-chopp-do-impeachment-e-Lira-vai-se-aconselhar-no-STF#.VyVpHKMwLQN.facebook

Responder

Ruy Penalva

30 de abril de 2016 às 23h43

São todos uns filas das putas. Macumonados para tirar o povo do poder. Olha a cara dos caras, nenhum tem cara de honesto. Adoram mídia. Querem se promover. Montaram uma central do Golpe em Curitiba. São os torturadores hodiernos.

Responder

Omar Luz

30 de abril de 2016 às 23h29

A operação lava a jato não tem como objetivo promover justiça, muito menos combater a corrupção. O que temos é um núcleo de poder, associado a um mídia golpista. O poder que possibilta prestígio, visibilidade, prêmios, etc. Esta é a real motivação. O que se objetiva é a permanente realimentação desse poder. Quando se atua em consonânca com os preceitos legais, não há a necessidade de “heróis”, “salvadores”. O que deve tansparecer é a justiça e os inúmeros atores devem atuar discretamente em harmonia. O uso extravagante, excessivo da punição, a suspeição ficcional, a dificultaçao da atuação da defesa, a disseminação do medo são armas eficientes na manutenção desse poder. O stf e o pgr, também núcleos de poder, não parecem dispostos ou possiblitados de efetuar a correção de rumo necessária. O poder da justiça está no tratamento civilizado e igualitário e não no arbítrio.

Responder

TOATOA

30 de abril de 2016 às 22h11

Gostaria de ver publicado a defesa dos acusados para tirar minhas conclusões.

Responder

    Antonio Passos

    30 de abril de 2016 às 23h07

    Kkkkk você está à toa mesmo.

    Responder

José Erb Ubarana

30 de abril de 2016 às 22h05

A lavajato já cumpriu sua missão que era destruir o PT e deerrubar o governo eleito. e não combater combater corrupção nenhuma.

Responder

Zeca Do Mato

30 de abril de 2016 às 21h36

mula na cadeia.

Responder

JOHN J.

30 de abril de 2016 às 21h21

– MORO E SUA VARA VÃO FICAR NA HISTÓRIA DO BRASIL COMO O TRAIDORES DA DEMOCRACIA DO BRASIL.
– OS INVENTORES DE ACUSAÇÕES CONTRA O GOVERNO MAIS DEMOCRATICO QUE ESSE PAIS JÁ TEVE E SERÃO RESPONSABILIZADOS PELA DESORDEM QUE REINARÁ NO PAÍS DAQUI PARA A FRENTE.

Responder

Antonio Passos

30 de abril de 2016 às 20h56

Mas isso é óbvio. O governo Temer será um caos e a única forma de evitar uma volta inevitável de Dilma seis meses depois, será prender Lula e isolar e incriminar Dilma em alguma coisa. Será uma CAÇA ÀS BRUXAS.

Responder

Deixe uma resposta