Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

“Um país de psicopatas, país de doidos, que confundem religião, política e esporte”

Por Redação

10 de agosto de 2016 : 10h29

por Carlos Eduardo, editor do Cafezinho

Ontem em entrevista ao Uol, a doutora Terezinha Maranhão, mãe da atleta Joanna Maranhão, foi direto ao ponto quando perguntada sobre as ofensas dirigidas à sua filha: “Este é um país de psicopatas, país de doidos, que confundem religião, política e esporte. Minha filha tem opiniões próprias, mas não merece ser ofendida e atacada como foi”.

Sobre os ataques machistas e preconceituosas não há o que dizer. Um completo absurdo sem sentido. Mas quero aqui atentar para outro detalhe, cada vez mais comum no debate político.

Acusar os defensores do governo Dilma, do PT, ou de qualquer coisa que lembre a esquerda de receberem ‘mamatas’ com dinheiro público.

Abaixo segue um exemplo deste tipo de argumento retirado do Facebook de Joanna Maranhão:

print_joanna1008

(Foto: Reprodução/ Facebook)

Primeiro aconteceu com os blogs progressistas. Depois com os artistas que se manifestaram contra o golpe. E ontem vi muitas pessoas acusando Joanna Maranhão de receber algum tipo de ‘mamata’ ou vantagem com dinheiro público, seja lá o que isto signifique. E a culpa é do PT, claro.

Me espanta o nível de alienação e psicopatia na rede.

Se o Estado não deve financiar a imprensa alternativa, a cultura e o esporte, deve financiar o que afinal? Daqui a pouco vão dizer que bolsa de estudos também é ‘mamata’ com dinheiro público? O que sugerem os anti-petistas raivosos? Que o Estado continue a distribuir dinheiro somente para os mais ricos, através dos juros mais altos do mundo?

Abaixo a entrevista completa com a mãe de Joanna Maranhã, no Uol.

***

Mãe de Joanna fica indignada com ataques à filha: “Um país de psicopatas”

Por Roberto Salim, do UOL

A doutora Terezinha Maranhão é geriatra. Está acostumada a atender velhinhos com problemas inevitáveis na vida de qualquer um. É uma médica dedicada, uma pessoa paciente e uma mãe que se levantava todo dia às quatro da manhã para levar sua filha aos treinamentos de natação, em Recife. A doutora dormia dentro de seu fusquinha, esperava o fim do treino, dava o lanche para pequena Joanna e a levava para a escola. Só depois disso ia para seu consultório na capital pernambucana.

Por ter educado Joanna Maranhão dentro desses princípios, a médica não se conformava nesta terça-feira com as ofensas recebidas pela filha nas redes sociais.

“Este é um país de psicopatas, país de doidos, que confundem religião, política e esporte. Minha filha tem opiniões próprias, mas não merece ser ofendida e atacada como foi”.

A doutora disse que Joanna não dormiu direito, ficou abalada, mesmo sendo forte.

“Foram ofensas pessoais que mexeram com ela. E é óbvio que ela não rendeu o melhor que podia na piscina, se tivesse repetido seu melhor desempenho teria passado às finais”.

Em sua família, doutora Terezinha foi criada para ser guerreira. Um dos ensinamentos da infância: a vida segue, seja qual for a dificuldade.

“E é vida que segue, às vezes se paga um preço alto por ser autêntico, mas faz parte”.

Ela volta para seus pacientes nesta quarta-feira. Joanna fica no Rio até dia 14, acompanhando o judoca Luciano Correa, seu namorado, que está comentando os jogos por uma emissora de TV.

“Se a Confederação de Desportos Aquáticos ou o Comitê Olímpico Brasileiro vão tomar alguma atitude? Eu não acredito. Eles nunca fizeram nada pela minha filha, não vai ser agora que vão agir”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

13 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Valteir

16 de agosto de 2016 às 01h30

Boicote é poder, já dizia Gandhi.

Não compre nada que anuncie na rede Lobo e peça e divulgue para seus amigos fazerem o mesmo. Já que vem golpe deles contra a gente, devolvemos em boicote contra eles.

Vamos aniquilar o Lobo pois ele esta mordendo muito.

Responder

Diario de Senador Canedo

12 de agosto de 2016 às 16h47

Maior problema é o ego. Tds devem falar o q pensam, mas pego o q me pega.

Responder

baltazar pedrosa

11 de agosto de 2016 às 21h52

Concordo, com que disse,a mãe de joana maranhão.tem uns inergumenos que se vestem de amarelo e tem como literatura classica o jornal nacional e estas revista de pouco valor interpretativo como um mantra

Responder

Biana

10 de agosto de 2016 às 23h52

“dinheiro do contribuinte” ah ah ah
‘mamata’ ah ah ah

Desde quando sonegador fiscal é contribuinte?
Desde quando multinacional que recebe incentivo fiscal de governos estaduais é contribuinte?
Desde quando’usufrutuário’ de contas irregulares na Suíça é contribuinte?
Desde quando fortunas oriundas de ‘desvios’ (roubos) de verba pública é dinheiro de contribuinte?
Desde quando propina é dinheiro de contribuinte?

Mamata é roubar o povo, usar tornozeleira, não devolver o que roubou com juros e correção, livrar a família na delação, ser ‘condenado’ (condecorado) a 2 anos numa mansão com redução de pena por bom comportamento,
e escrever um livro sobre sua atuação como juiz herói que combateu a corrupção

Responder

    João Carlos

    11 de agosto de 2016 às 23h40

    Concordo totalmente com vc, Biana.

    Responder

Igor Gonçalves De Macedo

10 de agosto de 2016 às 17h59

Blogueiro, por favor, se tiver acesso aos prints, divulge os nomes dos perfis verdadeiros, se possível com cidade local de trabalho etc. Vamos ver o quanto são machões virtuais

Responder

Igor Gonçalves De Macedo

10 de agosto de 2016 às 17h58

Esse legião de covardes imbecis saiu do armário (onde estavam por serem as baratas medrosas que são) quando viram como o justiciário e meganhas são uma máfia ávida de dinheiro público e nada mais. E, que, óbvio qualquer coisa, mesmo ameaça de estupro, contra os PPPP não sai na Globo. É como previu Asimov – a civilização acaba quando o subanimal falante decide que a sua ignorância vale tanto quanto o conhecimento do opononente.

Responder

Atreio

10 de agosto de 2016 às 13h12

AFTER.TV/total …. informação é oq te protege.

vamo.

Responder

Roberto Pivante

10 de agosto de 2016 às 13h01

Tudo isso é culpa da Rede Esgoto de Televisão & Merdas Associadas.

Enquanto houver rede esgoto o brasileiro vai ser alienado e emburrecido. Um dia esse império vai cair, todos impérios cairão. Pode demorar mil anos mas um dia a rede esgoto & merdas associadas vai perder o privilégio de mandar no Brasil, nação LIVRE, querida entre os povos de gente trabalhadora e inteligente. Assim Seja!

Responder

Silvia Borba

10 de agosto de 2016 às 13h11

Toda generalização é doentia. Não sou psicopata e nem doida.

Responder

Luiz Baptista

10 de agosto de 2016 às 11h29

Essa parcela do povo, recém saído do ostracismo após a queda da ditadura, é aquele que acha que pode tudo, desde que a mídia mande.
Um país de ignorantes metidos a intelectuais formados dentro da velha escola da plutocracia tupiniquim. Sem nenhuma qualidade pessoal, preferem sabotar a imagem de Joana Maranhão, uma das melhores nadadoras do mundo, simplesmente por suas opções políticas.
Que paizinho de merda estamos nos transformando. Eu não defenderia a bandeira desse país do temer, do cunha, do serra e de outros tantos bostas que estão achando que podem.
Não podem.

Responder

    Claudio Hess

    11 de agosto de 2016 às 10h47

    ,, a bandeira do Brasil não tem nada a ver com têmeres, cunhas ou serras, nem com as merdas q eles fazem!
    misturar essas coisas na privada e no privado não faz bem nenhum ao país e ao debate político.
    não deve.

    Responder

      Luiz Baptista

      11 de agosto de 2016 às 12h20

      É a tua opinião. Na minha enquanto ela estiver sendo desonrada por esses escroques não motiva meu patriotismo seja na privada, ou no privado.

      Responder

Deixe um comentário para João Carlos

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?