Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

É grelo duro contra o Golpe – Mulheres tomam as ruas !!

Por Bajonas Teixeira

03 de setembro de 2016 : 10h08

Foto: Caco Argemi -Mídia NINJA

Por Bajonas Teixeira, colunista de política do Cafezinho

 

Leio no Mídia Ninja, deliciado, um post com as palavras seguintes: “Porto Alegre é grelo duro contra o golpe!” Vejo a foto, linda, que está sob uma luz de rara beleza, mergulhada em uma atmosfera de intima coesão, ampliada ainda pela ressonância oferecida pelos arcos em torno. E vejo, em primeiro plano na imagem, uma jovem que segura um cartaz, bem no centro da cena, com duas palavras apenas: GRELO DURO.

Penso: é isso aí, não podia ser mais politicamente acertado. Contra um golpe misógino, um governo com um ministério só de homens políticos, ou melhor, paleolíticos, que arma pode ser mais letal senão o Grelo Duro?

Sim. Grelo duro contra o Batalhão de Choque. Grelo duro contra o Golpe. Não só em Porto Alegre, que tem o mérito de ter saído na frente, mas no Brasil inteiro, tem que por nas ruas o grelo duro contra o golpe fascista.

Cada época de rebelião política inventa a sua fantasia militante, a sua erótico-política, como fez o movimento hippie com o “Faça amor, não faça a guerra”, ou o Maio de 1968, com essa pichação nos muros:

“Quanto mais amor faço, mais vontade tenho de fazer a revolução.
Quanto mais revolução faço, maior vontade tenho de fazer amor”.

Mas quando vence um fascismo, ao contrário, ele impõe a sua perversão castradora. Contra essa perversidade dos vilões, contudo, a história costuma inverter as coisas para o gozo dos rebeldes.

Foi assim como a marcha das vadias, que nasceu de uma reação ao senso perverso de um policial no Canadá. Em janeiro de 2011, depois de várias ocorrências de abuso sexual na Universidade de Toronto, o policial Michael Sanguinetti recomendou que “as mulheres evitassem se vestir como vadias (sluts), para não serem vítimas”.

Nada sutil, o policial, com sua típica percepção de tira, culpava as mulheres pelas violências de que eram vítimas. A Marcha das Vadias nasceu assim, com um protesto de três mil pessoas nas ruas daquela cidade.

A Marcha foi um ninja bem aplicado na repressão, simbólica e comportamental, e tem protagonizado o desmascaramento continuado da retórica da perversão. A cada edição da Marcha, em cada lugar do mundo onde ela acontece, se coloca de novo o dedo na ferida do moralismo perverso.

No caso do Brasil, o carcereiro mór da masmorra de Curitiba, Sérgio Moro, como quem espalha vídeos íntimos na internet, tentou desmoralizar Lula com a divulgação, de conversas gravadas ilegalmente. Mas o efeito foi o contrário, as mulheres adoraram:

LULA: Nós vamos pegar esse de Rondônia [o procurador que torturava a mulher] agora e vamos botar a Fátima Bezerra e a Maria do Rosário em cima dele.

VANNUCCHI: Isso mesmo.

LULA: (…) Faz um movimento da mulher contra esse filho da puta. Porque ele batia em mulher, levava ela pro culto, deixava ela se fuder, dava chibatada nela. Cadê as mulheres de grelo duro do nosso partido?

VANNUCCHI: É isso aí. Sua fala foi muito boa.

 

O dedo duro de um juiz carcereiro se quebrou contra o grelo duro simbólico. O que deveria gerar escândalo, na cabeça do juiz que foi doutrinado nos Estados Unidos, e que imaginou envergonhar, constranger, um líder como Lula, ao expô-lo no uso de uma expressão insólita, deu o resultado totalmente contrário.

Lula, exposto por Moro, criou e trouxe à público a melhor expressão para definir o empoderamento, e a desrepressão, das mulheres no momento de hoje.

No combate contra a Ditadura Militar, na década de 1980, havia um número enorme de mulheres engajadas, como se dizia. Nas universidades, ocupavam muitas vezes a liderança, e dirigiam muitos centros acadêmicos e diretórios estudantis.

Mas as mulheres hoje não só estão presentes, mas são maioria ativa. Essa é a grande diferença. Basta olhar a foto que ilustra esse artigo. Basta lembrar que há dois dias, Déborah Fabri, uma jovem, foi quem foi atingida e perdeu a visão no combate nas ruas. Se tudo isso não bastasse, observem os dados abaixo, que mostra que as mulheres dominam entre os leitores de O Cafezinho. E mais: que predominam com folga na faixa mais ativa na rejeição ao golpe nas ruas, essas entre os 18 e 24 anos. Enfim, podem escrever, vai ser osso duro de roer, ou melhor, o Brasil já é grelo duro contra o golpe.

Gráfico

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

35 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Gringani Crestani

04 de setembro de 2016 às 17h37

As Janaínas, aquelas que se prostituem por 45 paus, não se conformam com mulheres de grelo duro.

Responder

Alexandre Meira

04 de setembro de 2016 às 10h44

Resistência! As mulheres são o nosso orgulho nacional!

http://novoexilio.blogspot.com.br/2016/09/o-golpe-na-amendoeira-por-alexandre.html
Leiam e compartilhem. Resistir é ocupar espaços, corações e mentes!

Responder

Rachel

04 de setembro de 2016 às 01h02

https://www.facebook.com/midiamaruim/?fref=ts

https://www.facebook.com/Lino-Peres-Vereador-447396448698785/?fref=ts

http://desacato.info/nota-publica-ato-fora-temer-2-de-setembro-de-2016/

Já é osso duro de roer sim E aqui em Floripa que todos achavam que era só de coxinhas. Que nada as mina tem grelo duro! E os mano “tão firme”

Responder

    B Brito

    04 de setembro de 2016 às 15h33

    Compartilhado no Cafezinho.

    Responder

Luís CPPrudente

03 de setembro de 2016 às 22h09

Para o bem da Democracia brasileira, para o bem do povo brasileiro, essa Rede Golpe de Televisão tem que ser aniquilada! Todos nós devemos aniquilar essa organização terrorista chamada famiglia Marinho.

Responder

B Brito

03 de setembro de 2016 às 18h54

É muito interessante notar como a vergonha (que é uma forma de opressão, uma das maiores) ainda domina e predomina, até em quem está à frente e em ruptura com o conservadorismo brasileiro. No Facebook nesse instante o artigo está com 854 curtidas e apenas 165 compartilhamentos. Uma relação totalmente inusual. Menos de um quinto (1/5) dos que curtiram se permitiram compartilhar. Não vejo outra explicação senão o manto da vergonha. Mas se deveria entender a situação, a necessidade de compartilhar, como ato político. Contudo, parece que prevaleceu uma visão moralista. Ou um medo do moralismo, já que não deixou de curtir. O fato é que o não compartilhamento, é claro, reduz o alcance do artigo, e, daí, reduz tb o seu efeito político. Enquanto isso, temos o debochado falso moralismo do Micheleco Temer, casado com uma mulher que poderia ser neta dele, como se estivéssemos vivendo na Colônia, em que homens de 50, casavam com meninas de 13. E isso não é visto como pornográfico, o país aceita e muitos até aplaudem. Curioso, não? Será que nessa atitude, de não partilhar, não se terminar sendo cúmplice, num aspecto ao menos, do Temer e da sua corriola? Cúmplice do Serra, do Zezé Perella, do Aécin?

Responder

    katz22b

    04 de setembro de 2016 às 19h14

    Mas aqui já está com mais de sete mil compartilhamentos… ;)

    Responder

Roberta Vilarejo

03 de setembro de 2016 às 15h35

Bom, segundo o homúnculo de m*rd*, que se diz presidente, apenas 40, 50 ou 100 gatos pigados…

Responder

maria nadiê rodrigues

03 de setembro de 2016 às 14h43

E será que bispo Macedo já levou o seu quinhão pra conseguir ficar pior que a Globo? Não duvido. A emissora tá que tá esculhambando com o PT, coisa que não fazia até pouco tempo atrás.

Responder

    Luís CPPrudente

    03 de setembro de 2016 às 22h03

    Edir Macedo e sua mi$$ão evangelicadora traiu a Dilma e foi se juntar com os golpistas. A Rede Record se vendeu para a corrupção e para o golpe. Coitado dos jornalistas que saíram da Rede Golpe de Televisão para cair na golpista e canalha TV Record.

    Responder

Fábio Brito

03 de setembro de 2016 às 13h44

SRAS. E SRS., APRESENTAR-VOS-EI O PRESIDENTO ELEITO!!!

VOSSA EXCRECÊNCIA miSHEL TEMER!!! O MICHÊ DO GOLPE!!!

https://rebeldesilente.wordpress.com/2016/04/19/brasil-elege-a-nova-rainha-da-inglaterra/

Responder

    migueldorosario

    03 de setembro de 2016 às 14h19

    Fabio, pega leve nos comentários. Não posta tantos seguidos.

    Responder

      Sérgio Silveira

      03 de setembro de 2016 às 14h34

      Melhor o Fábio Brito despejando NOSSA indignação do que ter que aguentar aquele bando de coxinhas canalhas vomitando por aqui.

      Responder

    Luís CPPrudente

    03 de setembro de 2016 às 22h06

    Eis a sua majestade gritando como uma barata tonta: “cortem as cabeças! cortem as cabeças desses manifestantes!”

    Responder

Fábio Brito

03 de setembro de 2016 às 13h23

https://rebeldesilente.wordpress.com/2016/04/01/prendam-logo-este-lula-porque-verdadeiramente-este-lula-tem-que-ser-encarcerado-a-sete-chaves/

ESTE ERA O BRASIL DOS TUCANOS, DA ERA FHC, O PUSILÂNIME.

NÓS NOS HUMILHÁVAMOS E ESTENDÍAMOS O PÍRES PARA RECEBER EMPRÉSTIMOS DO FMI, QUE DEPOIS ENVIAVA “MISSÕES” PARA VERIFICAR NOSSAS CONTAS, UMA VERDADEIRA HUMILHAÇÃO.

ENQUANTO ISTO NOSSO POVO PASSAVA FOME E MUITOS MORRIAM SEM TER O QUE COMER, SEM PERSPECTIVAS, SEM TRABALHO E SEM ESPERANÇAS. ENQUANTO ISTO A GLOBO GANHAVA PRÊMIOS MOSTRANDO A MISÉRIA DOS BRASILEIROS E RETRATANDO ISTO COMO SE FOSSE UMA COISA NATURAL DA QUAL NÃO TÍNHAMOS COMO SUPERAR, COMO SE ISTO TUDO NÃO FOSSE RESPONSABILIDADE DOS POLÍTICOS LESA PÁTRIA QUE NOS GOVERNAVA.

APÓS TREZE ANOS DE GOVERNOS DO PT, SABEMOS QUE ISTO NÃO É VERDADE, VIVEMOS MOMENTOS DE RESPEITO AO NOSSO POVO ONDE O GOVERNO FEDERAL SE PREOCUPA COM OS MENOS FAVORECIDOS PELA VIDA. É ISTO QUE ELES NÃO CONSEGUEM SUPORTAR, QUE O NOSSO POVO POSSA TER ESPERANÇA ALTIVEZ E OPORTUNIDADES.

Responder

Fábio Brito

03 de setembro de 2016 às 13h21

SOBRE NOSSAS CABEÇAS.

O que está por trás da intolerância e do GOLPE.

https://rebeldesilente.wordpress.com/2016/03/27/sobre-nossas-cabecas/

Responder

Fábio Brito

03 de setembro de 2016 às 13h19

A mídia sempre escondeu e, agora, é revelado:

FHC, O GENOCIDA!

Foi muito + q corrupção e ele deveria estar preso!

https://rebeldesilente.wordpress.com/2016/03/24/fhc-o-genocida/

Responder

Fábio Brito

03 de setembro de 2016 às 14h17

Todos, agora, compreendem: DESTRUIR A GLOBO É SALVAR A DEMOCRACIA!!!

AGORA A GLOBO É NOSSO ALVO!!!

https://rebeldesilente.wordpress.com/2016/03/23/agora-a-globo-e-nosso-alvo/

Responder

Fábio Brito

03 de setembro de 2016 às 14h16

DO QUE A GLOBO TEM FOME???

A narrativa construída que faz você odiar os oprimidos e amar os opressores.

https://rebeldesilente.wordpress.com/2016/03/20/os-50-tons-de-golpe-da-globo-e-porque-sua-concessao-de-transmissao-tem-que-ser-cassada-ja/

Responder

Fábio Brito

03 de setembro de 2016 às 13h54

O PATIFE QUE VENDEU UM PAÍS!!!

Este é especial para o mestre! PRINCIPE DOS OCIÓLOGOS!!!

https://rebeldesilente.wordpress.com/2015/08/20/a-invisibilidade-de-um-ex-presidente-amargurado-a-midia-mostra-mas-o-povo-nao-ve/

Responder

Fábio Brito

03 de setembro de 2016 às 13h50

Não fiz este blog para “parecer jornalista” fingindo imparcialidade, pois para mim isto não existe. Sou filiado ao PT desde 1994 e voto com a esquerda desde a redemocratização do Brasil. Em 1989 votei em Lula, e em todos os anos subsequentes sempre com a esquerda.
No entanto, ter escolhido um lado, o dos oprimidos, não faz a minha opinião menos qualificada que a dos que se posicionam ao lado dos opressores, “sendo imparciais” ou lutando ao lado deles. O real valor de uma opinião, mostra-se, de forma diversa ao que tentam nos convencer, quando esta se revela estar ao lado de fatos concretos, em busca da Justiça e defendendo os oprimidos, o resto é conversa fiada.
A imparcialidade existe somente nas cabeças dos INOCENTES ÚTEIS ao sistema. No momento em que NOSSA DEMOCRACIA ESTÁ PARA SER GOLPEADA, ser imparcial, significa se posicionar ao lado dos poderosos e opressores, pois, logo à frente, se revelará o nosso real destino, caso não façamos nada para impedir o golpe que se anuncia.
https://rebeldesilente.wordpress.com/2015/08/16/aviso-aos-navegantes-nao-fiquem-boiando-no-rio/

Responder

Fábio Brito

03 de setembro de 2016 às 13h47

IMAGENS!!!
MENSAGENS!!!
Nossa Travessia
A gente não entende as guerras
e seus heróis premiados,
por matar e destruir nossos irmãos!
Eles quebram nossos sonhos
de uma maneira tão brutal,
que não sabemos se conseguiremos
colar nossos cacos, curar nossas feridas.
Mas ante a dor que sentimos no coração,
Atravessando a longa e sombria noite
em que nos jogaram,
Temos as respostas de que precisamos,
Em nosso coração, no fundo de nós mesmos.
E não devemos nos preocupar com o que eles sejam,
Com o que pensam, ou como agem.
É verdade, por alguns momentos não temos ânimo,
Nos encolhemos e choramos, nosso coração sangra…
Mas sabemos que isto não resulta em nada,
E mesmo que tenhamos sido atingidos
no seio de nossa própria família,
Por pessoas que não esperávamos,
Iremos levantar.
Fortalecidos em nossos valores
E oferecendo nossa mão aos traidores.
Porque não queremos ninguém ao chão
E a travessia só vale a pena com união
e só somos verdadeiramente fortes no amor!
Fábio Brito.

Responder

Fábio Brito

03 de setembro de 2016 às 13h28

“Se você não for cuidadoso, a mídia fará você AMAR O OPRESSOR E ODIAR O OPRIMIDO”. Malcolm X

Como não se deixar enganar pelas manipulações da mídia.

https://rebeldesilente.wordpress.com/2015/08/14/a-verdade-por-tras-da-noticia-nao-se-deixe-enganar/

Responder

levi Eliphas zahede

03 de setembro de 2016 às 12h22

Querem poetizar a ignorância.

Responder

REPÓRTER

03 de setembro de 2016 às 11h41

Achei de baixo nível intelectual e moral.

Responder

    Dulce

    03 de setembro de 2016 às 12h38

    Essa sua pose usando a câmera simulando dar um “shot”, um tiro na cara das pessoas? Você é que é agressivo e indecente nessa sua moral machista babaca.

    Responder

      REPÓRTER

      05 de setembro de 2016 às 15h17

      Essa sua agressividade está mais para TPM. Não é simulação de tiro na cara de ninguém. Chame-se foco. Coisa que vc não deve ter.

      Responder

Antonio Passos

03 de setembro de 2016 às 11h28

Desculpe mas comprar essa grosseira que a direita jogou sobre as mulheres, chamando-as de grelo duro, é pejorativo e rebaixa o movimento na minha opinião. Grelo é bom mole ou duro, mas é algo que deve ser ligado aos momentos íntimos vividos entre quatro paredes. Vincular a coragem e espírito de luta das mulheres à rigidez dos seus grelos, é uma baixaria que só avaliza estes tempos de violência física e verbal. Vamos elevar o nível de nossa luta respeitando as mulheres pra começar.

Responder

    Dulce

    03 de setembro de 2016 às 12h23

    Idiota, quem usa o termo são as próprias mulheres. Veja a imagem e o cartaz. Já vi outros comentários seus e mostram a face de um pobre idiota que é bem a cara dos derrotados.

    Responder

      Gilmar Antunes Miranda

      03 de setembro de 2016 às 12h58

      Discordo. Acho qe o A.Passos quis apenas ser delicado com as mulheres, o qe não significa necessariamente ser machista p.ex. Mas respeito mto as opiniões femininas, como a sua. Abcs.

      Responder

    Marcus Padilha

    03 de setembro de 2016 às 17h13

    homem de pau duro: elogio. mulher de grelo duro: baixaria. assim pensa o machista, seja esquerda ou direita.

    Responder

      Jair Fonseca

      03 de setembro de 2016 às 21h19

      Exatamente. Todo mundo fala “caralho”, principalmente como elogio ou como algo afirmativo, firme.
      Já grelo duro não pode…

      Responder

        Osmar Gonçalves Pereira

        04 de setembro de 2016 às 10h08

        Jair, me parece que o dito pelo Antonio não caminha nessa direção. Penso que vai mais em defesa de uma igualdade qualitativa – dialética -, de tal modo que fica implícita uma critica ao uso de expressões que glorificam por homologia o domínio do masculino. Ou seja, o “grelo duro” seria apenas homologo ao “pau duro”, o que nos leva a pensar em uma inversão de dominantes. A revolução simbólica, por sua própria dinâmica, pode não atingir o efeito esperado sendo resignificada pelo dominante.

        Responder

          Jair Fonseca

          04 de setembro de 2016 às 14h54

          Mas há diferença básica e muito importante: somente “caralho” foi naturalizado, enquanto “grelo duro” deixa quase todo mundo chocadinho…
          Por que será?

          Osmar Gonçalves Pereira

          04 de setembro de 2016 às 22h42

          Concordo, “naturalizar” passa pelo “esquecimento” da gênese – domínio masculino -, e é incorporado, tornado corpo, sai “naturalmente”. Grelo duro pode chocar no inicio, e é realmente essa a intenção: chamar a atenção buscando uma tomada de posição, um outro modo de visão e divisão do mundo. Observe que não sou contrario a expressão, não fico “chocado” com ela porque sou totalmente a favor dessa tomada de posição. Apenas tentei chamar a atenção com relação ao risco de, ao ser “naturalizada”, ou seja, ao ser esquecida a sua gênese,passe a ser apenas uma expressão linguística sem que provoque mudanças na prática; ou, coisa pior, passe a ser utilizada como mais uma arma do domínio masculino.


Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?