Live do Cafezinho: como trazer a classe média de volta para campo progressista?

IBOPE – Cinco maiores capitais avaliam governo Temer como trágico

Por Bajonas Teixeira

04 de setembro de 2016 : 13h09

Por Bajonas Teixeira, colunista de política do Cafezinho

 

Matéria muito curiosa hoje no G1 aparece com o título “Aprovação ao governo Temer varia de 8% a 19% nas capitais, aponta Ibope”. O inusitado da matéria está em que ela privilegia e dá destaque aos dados que podem ser benéficos a Temer, o que produz uma enorme distorção.

A mágica começa com o privilégio dado ao Ótimo/bom e o esquecimento, muito sintomático, do outro lado da tabela, onde se lê as palavras “Ruim/Péssimo”. Por demais acrobática ou contorcionista, a leitura da Globo destaca, por exemplo, que 8% dos entrevistados em Salvador avaliam o governo Temer como Ótimo/Bom.

Ocorre que na outra extremidade do espectro, se localizam 53% da população de Salvador que entende que o governo Temer é Ruim/Péssimo. Com muita singeleza e neutralidade, o texto da Globo resume a situação:

“A avaliação do governo do presidente Michel Temer (PMDB) como ‘ótimo’ e ‘bom’ varia de 8% a 19% nas capitais, segundo pesquisas Ibope realizadas nesta semana e na semana passada. (…)

O maior índice de aprovação à administração de Temer é registrado em Manaus: 19% a classificam como ótima ou boa.

Já em Salvador e em Aracaju, 8% dos eleitores classificam sua gestão como ótima ou boa – o menor índice entre todas as cidades.”

A leitura correta dos dados, destacando o que neles é mais digno de nota, tem que se prender exatamente ao inverso do peixe vendido pela Globo. A interpretação dos dados com isso pintará um retrato totalmente diverso:

– Nas cinco capitais de maior população do país, a rejeição (Ruim/Péssimo) ou a indiferença (as avaliações que optaram pelo “Regular”) ao governo Temer, variam entre 77 e 82%.

– Nas três maiores capitais do Sudeste (São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte), os que avaliam o governo como Ótimo/Bom estão na média de 12.5%, que é baixíssima. Já os que avaliam como Ruim/Péssimo chegam a elevada média de 43.3%.

– Somadas, as três maiores capitais do país apresentam 79.6% de indiferença ou rejeição ao governo Temer.

– Nas duas maiores capitais do Nordeste, repete-se a mesma coisa: indiferença ou rejeição de 79.5%.

Tudo indica, pelo desmonte brutal das políticas sociais que estão sendo implementadas pelo governo, pela destruição que pretende operar sobre as leis e estruturas já históricas de direitos do trabalhador no país, e das mudanças na previdência e nas aposentadorias, que passam a estar desvinculadas do salário mínimo, que os números acima só podem continuar subindo, e vertiginosamente.

Não há no horizonte nada que indique uma inversão de sinais, que permita crer que os “indiferentes” tenderão a avaliar, num futuro próximo ou distante, o governo Temer como Ótimo/Bom. Ao contrário, esse número só terá estímulos para crescer. A mesma coisa para aqueles que ficam no “não sabe/não respondeu”, que na tabela acima não foram computados. Esses também tenderão a saber e a responder em breve, e negativamente.

Enfim, assim que o milagreiro Temer fizer os cegos enxergarem, a coisa vai ficar muito pior para seu governo.

A situação é mais trágica por não se tratar do enterro de um governo de oito anos, como no caso de FHC, que saiu com a taxa de aprovação (Ótimo/Bom) em 8%. O caso de Temer é de um governo que já inicia, que dá seus primeiros passos, como um governo ruim em final de dois mandatos. Enfim, Temer é o novo muito envelhecido e que, tudo indica, não terá tempo para tentar se repaginar.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Pinheiro -

05 de setembro de 2016 às 17h39

Dilma tem 8% de popularidade, IBOPE vale ou não vale? Não da na mesma?

Responder

Fábio Brito

04 de setembro de 2016 às 19h59

https://rebeldesilente.wordpress.com/2016/09/04/assalto-no-quarto-nocaute/

A GLOBO NÃO PODE CONTINUAR A OPERAR NO PAÍS.

DESTRUIR A REDE GLOBO É SALVAR NOSSA DEMOCRACIA, é salvaguardar nossa soberania e preservar nosso futuro.

Os parlamentares petistas, não podem continuar a desrespeitar a população brasileira, fingindo um joguinho ridículo de gato e rato, como o Tom e Jerry da infância de muitos de nós, ao denunciar o GOLPE, que este veículo de DESINFORMAÇÃO do povo brasileiro está a patrocinar e, no instante seguinte, saírem a babar nos microfones da GLOBO, como se nada estivesse acontecendo.

A POPULAÇÃO BRASILEIRA EXIGE QUE O PARTIDO DOS TRABALHADORES PROÍBA SEUS PARLAMENTARES E FILIADOS, DE SE COMUNICAREM COM ESTA QUADRILHA DE BANDIDOS, QUE SE CONHECE POR REDE GLOBO.

Responder

Messias Franca de Macedo

04 de setembro de 2016 às 18h51

… [Num flash em imagem fechada] Segundo a GloboNews a maioria dos manifestantes faz parte do Movimento dos Trabalhadores Sem teto…
Por volta das 18h30, 04 de setembro de 2016, 100 mil manifestantes no circuito cívico MASP-Largo da Batata
O âncora que acompanhava as imagens da ‘reporcagem’ estava visivelmente envergonhado de exercer a profissão no Projac dos mafiosos Marín(ho) da Globo organizações criminosas…

Responder

Messias Franca de Macedo

04 de setembro de 2016 às 17h50

Por enquanto, mais de 50.000 mil honestos e honestas brasileiros e brasileiras
https://www.facebook.com/midiaNINJA/videos/vb.164188247072662/714195272071954/?type=3&theater

Responder

Torres

04 de setembro de 2016 às 16h43

regular não indica rejeição ou indiferença, pessoal.
essas mentiras ficam feias pra vcs.
lamento.
duvido que alguém seja burro o suficiente para cair nessa.
ops…
desculpe.
tem muita gente burra o suficiente para cair nesse discurso.

Responder

Neto Ares

04 de setembro de 2016 às 16h10

Ta bem melhor que a Dilma

Responder

    Gerson

    04 de setembro de 2016 às 17h58

    Muito mesmo…quando a quadrilha comer o teu rabitcho você vai achar muito bom.

    Responder

    Antonio Passos

    04 de setembro de 2016 às 19h40

    Kkkkkkkk Pra um governo de três meses com o apoio de toda a mídia, está uma CATÁSTROFE única na história da civilização. Imagine quando ele começar a trabalhar. Kkkkkk Aposentadoria aos 70, congelamento de salário, etc. Vai ser show. Kkkkkk

    Responder

marco

04 de setembro de 2016 às 14h17

Sr.Bajonas.O mais significativo dessa pesquisa,são os INDIFERENTES!Essa cambada,tem peso,e nem sabem disso,embora na hora do DIABO COBRAR A CONTAS ,continuam indiferentes.É o maior problema enfrentado,pelas MÚLTIPLAS DEMOCRACIAS QUE EXISTIRAM E EXISTEM.Tenho a expectativa,que durem menos do que o projetado pelos NÉSCIOS HISTÓRICOS.E pela DIREITA DE TODOS OS TEMPOS,que sempre foram e defendem,a DEMOCRACIA.Pra roubarem os povos,impunemente.Quem sabe,até que a MORTE OS SEPAREM!

Responder

Deixe uma resposta