Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Lava Jato seleciona que partidos quer destruir

Por Redação

27 de setembro de 2016 : 13h57

Lava Jato pede dados do STF contra PT e PP, e ignora PSDB

no Jornal GGN

A equipe de procuradores da Lava Jato na primeira instância, sob o comando de Sérgio Moro, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) o compartilhamento de provas contra dez parlamentares, buscando abrir ações de improbidade administrativa. Apesar de o STF ter provas contra membros de diversos partidos, como o PMDB e o PSDB, os procuradores miraram, sobretudo, em políticos do PT e PP.

O pedido da força-tarefa de Curitiba, sob a coordenação de Deltan Dallagnol, recebeu o aval do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que foi quem protocolou a solicitação formal ao ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato na Suprema Corte.

Isso porque ações cíveis de improbidade administrativa incluindo políticos como alvos são competências da primeira instância, cabendo ao Supremo apenas as ações penais contra aqueles que possuem o chamado foro privilegiado.

Apelando a essa brecha legislativa, Teori acatou ao pedido de Janot e compartilhou os dados contra deputados e senadores à equipe de Sergio Moro. Mas os investigadores não pediram o acesso aos autos de todos os políticos.

A lista de dez inclui os senadores Gleisi Hoffmann (PT-PR), Benedito de Lira (PP-AL) e Fernando Collor (PTC-AL) e os deputados federais Vander Loubet (PT-MS), Luiz Fernando Faria (PP-MG), José Otávio Germano (PP-RS), Roberto Britto (PP-BA), Nelson Meurer (PP-PR), Athur Lira (PP-AL) e Aníbal Gomes (PMDB-CE).

Em tentativa de amenizar a restrição seletiva do acesso às provas, os procuradores da República que trabalham com Sergio Moro informaram que ainda deverão avaliar se cabe a abertura das ações. Mas valorizaram a necessidade de se investigar aqueles parlamentares, especificamente, que não inclui, por exemplo, José Serra (PSDB-SP), Aécio Neves (PSDB-MG) e Aloysio Nunes (PSDB-SP), também alvos de inquéritos da Lava Jato.

“O material probatório produzido é extremamente relevante, pertinente e necessário para possibilitar a instauração de apuração na esfera de responsabilização por ato de improbidade administrativa ao fim do enquadramento das condutas de agentes públicos e terceiros envolvidos, notadamente porque complementam e auxiliam na compreensão do complexo esquema de desvio de verbas públicas em detrimento da Petrobras”, diz o pedido.

Até o momento, a Lava Jato já abriu ações de improbidade relacionadas ao doleiro Alberto Yousseff, aos ex-dirigentes da Petrobras relacionados ao PT, Paulo Roberto Costa, Renato Duque e Pedro Barusco e à Eduardo Cunha, sua esposa Cláudia Cruz, ao operador do PMDB João Augusto Rezende Henriques e ao ex-diretor Jorge Zelada.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Vina

06 de junho de 2017 às 22h06

Your article was exenllect and erudite.

Responder

Fechando o caixão do PT

28 de setembro de 2016 às 07h10

Na verdade o que é preciso mesmo é acabar com o PT. Simples assim. Acabem com essa praga. Prendam Lula, Wagner, Mercadante, Gleisi e o Marido dela logo logo o STF manda pra Papuda também.

Responder

    Jojo The Man

    28 de setembro de 2016 às 18h33

    Aecio , Temer, FHC , Serra, Cunha podem ficar soltos e contnuar roubando , né ?

    Esse é o Brasil que nos restou

    Responder

Jojo The Man

28 de setembro de 2016 às 00h01

Esses caras da Lava Jato deveriam parar de dar entrevistas ou aparecer na TV . Pra quê ir a entrevistas dar explicações mais fajutas e cafajestes que se pode dar em relação a assuntos desta relevância ?
Todo mundo vê que é tudo carta marcada , que a inclinação deles em caçar o PT é sua única motivação . Eles devem se achar os caras mais quentes da hora , pois são arrogantes e acham que todo mundo é idiota . Nunca vi tanta canalhice no meio jurídico como a que esses sujeitos estão perpetrando.

Responder

    Clammer Teles Teles

    28 de setembro de 2016 às 17h26

    DUVIDAM DE NOSSA INTELIGENCIA.

    Responder

Luiz Baptista

27 de setembro de 2016 às 17h41

Novidade.

Responder

17Abril2016

27 de setembro de 2016 às 14h54

MP tendencioso, cancer da justica br.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?