Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Em uma das mãos Nelson Jobim afaga Temer, na outra ele articula sua candidatura para 2017

Por Redação

15 de dezembro de 2016 : 15h35

Nos bastidores do fim do governo de Michel Temer, que pode ser inviabilizado em 2017 por processo que corre na justiça, Nelson Jobim se articula como candidato nas eleições indiretas que podem acontecer no ano que vem. Segundo reportagem, “Em todos os lugares, o ex-ministro sempre se viu cercado por comentários sobre a possibilidade de ocupar mandato tampão até as eleições de 2018”.

No Poder 360

Jobim circula em campanha para presidente e se encontra com Temer

Nelson Jobim jantou com o presidente no Jaburu. Ex-ministro tem se aconselhado sobre candidatura

Por Tales Faria e Fernando Rodriguez

O ex-ministro Nelson Jobim jantou com o presidente Michel Temer no Palácio do Jaburu, na 3ª feira (6.dez). Fumaram charutos. Está tudo bem entre eles. Mas Jobim é nome recorrente em todas as discussões sobre quem poderia ser eleito pelo Congresso para a Presidência, se Temer perder a cadeira ou renunciar a partir de 2017.

A Constituição determina a realização de eleições indiretas em caso de vacância do mandato presidencial nos últimos 2 anos. O sucessor seria escolhido pelo Congresso.

Em plena campanha eleitoral, Nelson Jobim aproveitou a viagem para circular por Brasília. Esteve não só na reinauguração de um antigo reduto de políticos, o restaurante Piantella, como também visitou e ouviu amigos e políticos de diferentes partidos. Na 2ª feira (12.dez), em São Paulo, ele participou de almoço de fim de ano da Febraban (Federação Brasileira de Bancos).

Em todos os lugares, o ex-ministro sempre se viu cercado por comentários sobre a possibilidade de ocupar mandato tampão até as eleições de 2018. Publicamente, ele tem dito que não leva a sério a hipótese. Mas reservadamente se mostra interessado. Perguntou a amigos do PT, do PSDB e do PMDB sobre a possibilidade de o Congresso o escolher.

Todos que foram ouvidos concordam que seria 1 nome bastante viável. Mas os mais próximos têm dito que terá grandes dificuldades de governar qualquer que seja o escolhido.

Amigo pessoal de Lula e FHC, Nelson Jobim foi deputado constituinte, líder do PMDB, ministro da Justiça e da Defesa dos governos do PSDB e do PT. Também foi presidente do Supremo Tribunal Federal.

É especialista na Operação Lava Jato. O que é 1 conhecimento valioso para os políticos. Já atuou como consultor de algumas empresas envolvidas no caso. Tornou-se há pouco tempo membro do Conselho de Administração do BTG Pactual. No banco, cuida de “Relações Institucionais e Políticas de Compliance”. O BTG passou momentos difíceis depois que a Lava Jato prendeu André Esteves, ex-presidente da instituição.

OS CUSTOS DAS ELEIÇÕES DIRETA E INDIRETA

Há no momento uma discussão intensa no Congresso e nos meios políticos sobre como deverá ser escolhido um eventual sucessor de Michel Temer. Os partidos de oposição e alguns governistas têm convicção de que somente a eleição indireta não daria legitimidade a um presidente para enfrentar a crise.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso já deu entrevista dizendo que a saída é uma eleição direta.

Hoje, no entanto, parece haver uma franca maioria no Congresso que não deseja abrir mão de um direito constitucional. Além do mais, aprovar uma emenda constitucional e organizar uma eleição direta pode demorar 6 meses ou mais –e o país ficaria praticamente acéfalo nesse período.

Com bastante trânsito no PT, especialmente na cúpula do partido, Nelson Jobim é visto como um nome capaz de levar os petistas a aceitarem a eleição indireta. E de criar condições para um acordo de governabilidade até as eleições gerais de 2018.

Outros nomes que têm circulado como possíveis candidatos a presidente numa eleição indireta são 2 ministros do Supremo Tribunal Federal. A atual presidente da Corte, Cármen Lúcia, e Gilmar Mendes.

Ambos têm em comum uma qualidade que pode ajudar numa eleição indireta no Congresso: bom trânsito na mídia, sobretudo um contato amistoso com o Grupo Globo, a maior empresa jornalística do Brasil.

Gilmar tem uma vantagem quando se trata de contato com o Congresso. Os 2 magistrados, entretanto, enfrentam resistências da esquerda –um setor do espectro político com o qual Jobim cultivou uma relação mais sólida.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo de Tarso de Moraes Souza

05 de junho de 2017 às 10h43

Temer,um puro e que beira à ingenuidade,pode ser engolido por Jobim,um águia e esp[rito e formação de caudilho dos mais competentes e astutos…

Responder

Paulo de Tarso de Moraes Souza

06 de abril de 2017 às 10h45

Só um analfabeto ou principiante em política pode descartar sem maior análise,a hipótese de o ex-ministro Ministro Nelson Jobim estar articulando a sua provável candidatura à Presidência da República na hipótese de vir a ser condenada a chapa Dilma-Temer por abuso do poder econômico e político.Ele tem alentado curriculum vitae.É amigo fraterno e foi ministros do ex-Presidente Lula e do ex-Presidente FHC e ainda deve ter muitos laços de amizade junto aos militares do Exército,da Marinha e da Aeronáutica já que foi Ministro da Defesa.Além do mais tem ligações com setores jurídicos do país-OAB,Ministério Público,Polícia Federal,Tribunais de Contas e Poder Judiciário já que ele foi Ministro e Presidente do Supremo Tribunal Federal. Será que tudo isto não é suficiente para respaldar um justo e compreensível sonho de vir a ser Presidente da República ? Quem quiser que duvide mas eu suponho que ele é candidatíssimo e tem,sim,muitas chances de chegar lá até porque tem relevantíssimos serviços serviços prestados ao sistema financeiro nacional como ocorreu durante os trabalhos da Assembleia Nacional Constituinte como ele próprio já esclareceu em entrevista à imprensa por ocasião das comemorações dos 20 anos da Constituição de 1988.

Responder

Denise Espirito Santo

15 de dezembro de 2016 às 20h17

não há nada que possa piorar o que já está ruim, pra isso os paneleiros de plantão os pobres de direita foram pras ruas?

Responder

enganado

15 de dezembro de 2016 às 20h00

Só resta saber se o futuro ALCAIDE=JONHBIM do Novo Porto Rico=_braziUS_, se o mesmo vai precisar sair do __braziUS__ por 24 Horas, tendo em vista que se o visto foi de turista ANGLO-SIONISTA expira no prazo de 6 meses. Bom! Isto também pode ser modificado, porque como todos sabemos esta é República da ESCULHAMBAÇÃO/LADRÕES/GOLPISTAS/VICIADOS/TRAFICANTES/XERIFES=MORO/APÁTRIDAS/ … enfim todos os predicados que a DIREITA merece. Sabemos também que este “” norte-americano “” é respeitado pelo __exercitUS_ aqui da ESCULHAMBAÇÃO, porque vai mandar assassinar todos os COMUNISTAS / BOLIVARIANOS / PATRIOTAS / …. . Êta __braziUSão, tá ficando cada dia melhor, pois só falta cantarmos o hino dos Patrões em inglês sem sotaque caipira. Êta PORRA de putaria legal!!!!

Responder

label vargas

15 de dezembro de 2016 às 19h13

Os pts não aprenderam,continuam fazendo o “jogo democrático” pela “governabilidade”.
Quando teremos no Brasil ,um partido de esquerda comprometido com a luta ,sem negociatas políticas com uma elite safada sem moral nenhuma???.As esquerdas brasileiras herdaram o “jogo de cintura” tipicamente brasileiro,que é escapar do confronto ,mas,de tanto mexer a cintura quebra a coluna.

Responder

Marcos Augusto Neves

15 de dezembro de 2016 às 17h45

Eleicões indireta o k a r a l h o !

Responder

rogeriobezerra

15 de dezembro de 2016 às 16h07

Perfeito para os 11.000 mi e bilionários traidores do Brasil, pois ele é informante da embaixada americana, segundo o WikiLeaks.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?