Como reconquistar o eleitorado do Sul? Bate papo com Mabel Teixeira

A mais recente decisão inacreditável do STF

Por Pedro Breier

16 de fevereiro de 2017 : 18h53

(Charge: Aroeira)

Por Pedro Breier, colunista do Cafezinho

O STF demonstra dia após dia que o poço de empáfia no qual afunda o Judiciário brasileiro não tem fundo.

A mais recente peripécia dos “excelentíssimos” ministros é uma decisão de hoje no sentido de que presos em celas superlotadas devem receber indenização do Estado.

O caso analisado pelo STF é o de um cidadão que estava em uma cela com capacidade para 12 pessoas mas que abrigava 100. O condenado tinha que dormir com a cabeça no vaso sanitário.

O STF decidiu que ele merece uma indenização de R$ 2 mil por conta disso.

A desproporção salta aos olhos: R$ 2 mil reais de indenização por ficar preso em condições sub-humanas, de fazer inveja às masmorras medievais, é uma piada de enorme mau gosto.

Três ministros foram um pouco mais sensatos e propuseram que nesses casos o preso deveria ter o seu tempo de pena abreviado.

Mas o mais esdrúxulo é que o próprio STF contribuiu enormemente para agravar o problema da superlotação dos presídios brasileiros ao autorizar a prisão após a condenação em segunda instância, em clara afronta ao princípio da presunção da inocência.

Quão surreal é autorizar o aumento do número de prisões para depois dizer que o Estado deve indenizar quem for mantido preso em celas superlotadas?

O STF representa perfeitamente o que o Judiciário brasileiro se tornou: um poder hipertrofiado, conservador e completamente sem noção.

No mundo encantado dos que têm cargo vitalício, salários nababescos e não precisam prestar contas à população – só à Globo – tudo é muito fácil.

Os eleitos pelo povo que se virem para governar.

Pedro Breier

Pedro Breier é graduado em direito pela UFRGS e colunista do blog O Cafezinho.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

98 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marcos

12 de abril de 2017 às 07h24

Fico pensando se fechar as empresas do setor privado quem que vai sustentar essa cambada de parasita desse setor público que para nada serve.

Responder

Marcos Antônio

12 de abril de 2017 às 07h21

Infelizmente aqui nesse emergente falido é tudo assim mesmo vai de mal a pior.

Responder

Carlos Bernardini

19 de fevereiro de 2017 às 19h30

Mais uma além de roubar os aposentados .

Responder

Zé Medeiros

18 de fevereiro de 2017 às 14h51

Frouxos!!!

Responder

Jose roberto da silveira

18 de fevereiro de 2017 às 10h03

O mais importante
Que existe o cafezinho para nos dar outras perpctivas sobre os fatos
Temos que convocar as pessoas que busquem sua conciencia e dissernimento
Proprio de sua condicao de testemunha dos fatos e refletida sobre verdades e mentiras somente assim esses midias corruptas nao terao como assaltar as conciencias

Responder

vitor

17 de fevereiro de 2017 às 22h16

Falta de vergonha e ainda são chamados de excelência e ganha o altos salario , pago com o suor de cada brasileiro.

Responder

17 de fevereiro de 2017 às 21h13

Tudo bem pagar ao criminoso seus direitos, beleza, vai lá Brasil paga eles! Mas cobre do preso, do municipio, do estado , da união , e pague ao brasileiro e ao estado essa seguinte fatura: danos a familia lesada, a perda do ente querido, o trauma causado, a reposição desse contribuinte ao pais (que o ladrão não contribui! só consome!!) , a gasolina do carro da policia, o salario dos policiais, o valor furtado ou a vida tirada, normalmente o prezo é pai – abandono do incapaz, colchão queimado e etc. Eu tive 4 carros roubados e uma moto, nunca foi ressarcido e ainda fiquei o dia inteiro na delegacia para fazer um papel que nao me deu nada em troca, apenas um papel!! Eu ou qualquer brasileiro pode se sentir constrangido e pode pedir ao estado a indenização????

Responder

    Ronaldo Alvernaz

    19 de fevereiro de 2017 às 17h27

    Sim, qualquer cidadão pode pedir danos morais.

    Responder

Edson Veiga Chaves

17 de fevereiro de 2017 às 22h58

Só Trambiqueiro Federal

Responder

Iara Almeida

17 de fevereiro de 2017 às 17h50

Sem comentários

Responder

JOBSON, DO SINDIMETAL

17 de fevereiro de 2017 às 15h31

Quem quem compartilha no face, gosta de matérias com manchete sucinta e, no caso dessa, o título deveria somente: “decisão inacreditável do STF”

Responder

Atreio

17 de fevereiro de 2017 às 14h26

vamos fazer nossa parte: constrangê-los e ridicualrizá-los, em todo lugar.
Todos golpistas e todos de suas familias.

não vai levar 21 anos de novo.

Responder

Anônimo

17 de fevereiro de 2017 às 13h31

Assim a situação vái se agravar pq tanta gente desempregada ,e os q estão empenhados ganham muito pouco é melhor ser criminoso q na cadeia não paga luz água condomínio gaz aluguel come bebe. Se comida for ruim faz rebelião fica tudo numa boa e no final ainda ganha dinheiro é indenizado a familia é indenizada …!?

Responder

JULIO CEZAR DE OLIVEIRA

17 de fevereiro de 2017 às 12h59

Bom vamos parar com hipocrisia.
Todos nós sabemos,inclusive deu até em um jornal a poucos dias atrás,que as cadeias estão super lotadas porque quem ganha o direito de administrar os presídios recebe do governo por presos que estão preso,então quanto mais presos,mais dinheiro do governo para essas cadeias.
UM AMIGO MEU ME DISSE QUE FOI NO CEMITÉRIO VER O TÚMULO DE SUA ESPOSA,CHEGANDO LÁ,PEDIU AO FUNCIONÁRIO QUE DESSE UMA CAPINADA EM VOTA DO TÚMULO QUE ESTAVA MUITO SUJO,O FUNCIONÁRIO LHE DISSE QUE SE ELE LHE DESSE UM DINHEIRO TODO ANO,ELE MANTERIA O TÚMULO LIMPO.ENTÃO MEU AMIGO CHEGOU A CONCLUSÃO.
NUM PAÍS,QUE ATÉ O COVEIRO É CORRUPTO,ESPERAR O QUE PARA O FUTURO.

Responder

Diana Isis Penna da Costa

17 de fevereiro de 2017 às 12h37

O “non sense” toma conta do país. Tudo desconectado. Quando se conserta de um lado, se estraga do outro. E nada do meteoro resolver essa situação caótica, de uma vez. O que temos mesmo é um rabo de foguete para administrar.

Responder

SERGIO oliveira

17 de fevereiro de 2017 às 10h34

TESTEMUNHA DE DEFESA DE LULA ENTERRA A DEFESA DE LULA …
CONFESSA EM JUIZO QUE OBSTRUIRÃO A JUSTIÇA …
AVISANDO LULA COM ANTECEDENCIA DE QUE HAVERIA UMA BATIDA DA PF NA CASA DE SEUS PARENTES..
LULA LIGA PARA OS PARENTES E MANDAR DAR UMA LIMPEZA GERAL..

JUIZ WALYSNEY DE BRASILIA E QUE JULGA A AÇÃO DE OBSTRUÇÃO.. NAO ÉO MORO .. O MORO JULGA O TRIPLEX O SITIO ETC..
OBSTRUÇÃO E LA EM BRASILIA.. E ISSO CORROBORA PARA QUE LULA SEJA PRESO O QUANTO ANTES .
CANAAA PARA TODOS ….

Responder

Edson do Nordeste

17 de fevereiro de 2017 às 10h24

O TEXTO ESTÁ CORRETO EM SUA ANÁLISE! Isso no contexto social do país.
Mas, no contexto político e esse STF só se mexe politicamente, a intenção é outra! TIRAR A ATENÇÃO DA GRANDE MASSA do que realmente está acontecendo em Brasília, hoje a mídia, ou melhor o PIG está noticiando essa decisão desse STF GOLPISTA e claro como tudo que os GOLPISTAS fazem é bem calculado e com um objetivo que é desorganizar o Estado Brasileiro, essa medida vai pegar muito governador que não está obedecendo direitinho as ordens golpistas,
ACORDA BRASIL!
É G O L P E !!!!!

Responder

GusVSZ

17 de fevereiro de 2017 às 10h12

STF = Só Tem Farofeiro

Responder

Helia Vidal

17 de fevereiro de 2017 às 11h50

Quem morre mas filas do SUS tbm ??. Hipocrisia….

Responder

Carrapa-VK

17 de fevereiro de 2017 às 09h41

A corte brasileira esfrega na cara do povo a sua cueca suja e lhes mostra seu alinhamento com os ricos e poderosos.
A situação dos presídios SEMPRE foi de superlotação e degradação humana e, de certo que os detentos que lá estão, nesta situação, não estariam cumprindo sentença, mas, sendo vítimas de VINGANÇA ESTATAL e que por isso teriam mesmo direito a alguma compensação financeira ou temporal.
Mas, POR QUE SÓ AGORA o STF descobriu isso???!! Simples. SÓ APÓS LULA CONCEDER AUTONOMÍA À PF e ao MP, foi que estes puderam passar a investigar ricos e poderosos e COLOCÁ-LOS NA CADEIA. Mesmo assim, os “bacanas” presos até então, tinham CURSO SUPERIOR e eram mantidos presos em carceragens com outros “doutos” e em celas em condições mais toleráveis. O problema foi A PRISÃO DE EIKE BATISTA, que ESCANCAROU que BOA PARTE DOS RICAÇOS DO BRASIL, NÃO CONCLUIRAM A ESCOLA SUPERIOR e que por isso, PODEM ACABAR NAS GALERIAS COMUNS, DIVIDIDOS APENAS (no caso do Rio de Janeiro) POR FACÇÕES, DE ACORDO COM O BAIRRO QUE MORAVAM.
Então, para forçar os governos estaduais a lutar para não ter que pagar MILHARES de indenizações, a nossa corte de cuecas sujas, cria este precedente como “bondade de domingo” e “compaixão” pelos presos do carcomido e falido sistema prisional brasiliero.

P.S.: Será que isso é retoativo? Pois se for, vão ter que indenizar LULA e DILMA.

Responder

Vítor Pereira Gabriel

17 de fevereiro de 2017 às 09h34

A esquerda é um lixo..o lula é outro…

Responder

    Carrapa-VK

    17 de fevereiro de 2017 às 09h42

    Caro Coxinha. Adimita que FOI ENGANADO pelo seu padre RCCista, que dói menos.

    Responder

      Vítor Pereira Gabriel

      17 de fevereiro de 2017 às 11h37

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Esqueda lixo.

      Responder

        Henriquecerias, Brasil, no más

        19 de fevereiro de 2017 às 10h34

        Troll, por que no te callas? Ganha pra isso,né?

        Responder

carlos alberto avella

17 de fevereiro de 2017 às 09h30

O supremo como em pouquíssimas vezes fez cumprir a constituição. a gente goste ou não, não está previsto na constituição que um preso tem que viver em um local com 100 pessoas onde só cabem 20, e nem que tem que dormir com a cabeça na privada. isso é responsabilidades do estado, assim como a educação, saúde publica, segurança publica, emprego, moradia direitos que não são cumpridos e o povo acha normal. que tal brigar mais por nossos direitos???

Responder

roberto otrebor

17 de fevereiro de 2017 às 09h19

esse sempre foi o caráter do judiciário brasileiro. ocorre que em tempo de crise- e bota crise- tudo ganha outra dimensão. vira escárnio, non-sense. suas excelências preocupam-se apenas com seus benefícios, vantagens, viagens, prerrogativas, salários, salamaleques, rapapés e suas biografias. garantem suas vantagens e para isso são obrigados a defender os privilégios alheios principalmente da banca privada e dos ocupantes da cobertura. esse comportamento é extensivo e intensivo às excelências das demais instâncias.

Responder

Francisco Curcio

17 de fevereiro de 2017 às 08h54

Esta decisão revela o escárnio e o valor dado â vida dos prisioneiros! A quantia e tão irrisória que chega a ser uma ironia!
O sofrimento dessas pessoas vale só isso?
Lembremos q MENSALMENTE esses ministros ganha 16 vezes mais!!! E dormem em colchões de plumas, tem ar condicionado etc

Responder

Rogerio Bittencourt

17 de fevereiro de 2017 às 08h43

Você poderia abrir um link para compartilhar via whatsap.

Responder

Belchor J.Almeida Xavier

17 de fevereiro de 2017 às 08h22

O STF abre um pecedente perigoso, pois dará azo para que milhoes de presos peçam indenizacao e com isso o Estado irá viver pagando indenizaçao. O certo é que cabe ao Estado dar condiçoes dignas ao presidiario melhorando as condiçoes dos nossos presidios.

Responder

Wake up

17 de fevereiro de 2017 às 06h29

Ou o blogueiro n entendeu meu comentario ou se incomodou c o alvo das minhas criticas ou e perseguiçao …isso aqui ta parecendo veiculo do pig

Responder

Rosangela Morais

17 de fevereiro de 2017 às 08h26

Judiciário vendido. …

Responder

Luiz Roberto Calmon Maia

17 de fevereiro de 2017 às 08h14

Estamos envergonhados.

Responder

Fábio de Oliveira Ribeiro

17 de fevereiro de 2017 às 06h05

Vitória de Pirro. Ao dar razão para o advogado e fixar um valor ridículo, o STF apenas e tão somente cagou na cabeça do autor da ação e transformou a OAB do defensor dele em papel higiênico.

Responder

Wake up

17 de fevereiro de 2017 às 05h58

O advogado do pcc deve ter influenciado nessa decisao pra que nao haja perda de receita pra facçao.

Responder

Jose Roberto Ienco

17 de fevereiro de 2017 às 07h58

STF : ELE EXISTE ?

Responder

LUIZ TAVE

17 de fevereiro de 2017 às 02h41

pronto Ricardo direto ao assunto ! o MORO recebeu em dezembro ultimo , 102 mil reais ! Qual e` o Teto ? todos sabemos ! segundo a SENADORA KATIA ABREU; e` PROPINA ! BRASIL NAO PODEMOS MAIS ACREDITAR E NEM CONFIAR NO JUDICIARIO , TEMOS QUE IR PARA AS RUAS E GRITAR ; INDEPENDENCIA ! PORQUE AS MORTES ESSES ALGOZES JA ESTAO FABRICANDO E ENTERRANDO SEM CABEÇAS ! O GOLPE SEMPRE FOI UMA CAIXINHA DE SURPRESAS QUE LEVARIA AS FUNERARIAS AO RECORDES Dos caixoes. . . derrepente 100 para as Teles e quem Sabe 200 para os papa defuntos

Responder

Ely Oliveira

17 de fevereiro de 2017 às 03h11

Na verdade, tudo fica por elas e o STF pretende se sair de humanitário. Digo tudo ficção por elas porque uma decisão que está impedida de ser cumprida por “força maior”, é decisão nenhuma. E qual a tal força maior? O Estado está “quebrado”. Não o está para aumento de salários aos juízes, desembargadores, MP e por aí vai. Quebrado está, no entanto, para todo o resto incluindo essa decisão. Falando no rés do Supremo, saíram de bonzinhos e o resto…Que se f….!!!

Responder

Kyryno Euzebio

17 de fevereiro de 2017 às 02h31

Estão preparando o terreno pra quando estiverem lá, vão querer melhorias.

Responder

Marcos Bezerra

17 de fevereiro de 2017 às 01h56

virou bagunça lixoooo doente aem noção

Responder

Henriquecerias, Brasil, no más

16 de fevereiro de 2017 às 23h56

Aroeira, charge perfeita
Em círculos,
Não a poeira
A lama
Os símios
Grotescos
Mãos omissas
Cínicas
Ocultas sabedorias
Olhos sabugos
Pálidas e cafuza fisionomias
Distorcidas e reveladas
Despersonagens
Tétrica centopeia
Despersonalizada
Desmoralizada
Desacreditada
Descartada
À espera de outra
Sumidade
Desprezível
Inviolável
Em lama
Paira no ar
Teori
Fantasma
Não anjo
Exemplar ausência
E dois mil anos hipócritas

Responder

Roberto Fleury

17 de fevereiro de 2017 às 01h55

Bizarro

Responder

Henriquecerias, Brasil, no más

16 de fevereiro de 2017 às 23h40

Dois mil
Dois milhões de presos
Dois minutos de liberdade vigiada
Dois mil ladrões
Dois mil limites
Dois mil assuntos
Dois mil subterfúgios
Dois mil embaraços
Dois mil em segunda instância
Dois mil em liberdade provisória
Dois mil em silêncio
Dois mil em cumplicidade
Dois mil em jurisprudências
Dois mil sem democracia
Dois mil sem perspectiva
Dois mil em hipocrisia

Responder

Ricardo

16 de fevereiro de 2017 às 23h36

Neste caso já que os magistrados da Suprema Corte querem punir o estado, quando suas excelências determinam que a população seja encarcerada antes da condenação definitiva, deveriam como indenização repassar a verba de auxílio moradia de cada juiz para os presos para que estes possam ter uma cela digna, afinal quem impõe o gasto deve dizer de onde virá o recurso que aliás será muito melhor empregado.

Responder

Fredy Pereira

17 de fevereiro de 2017 às 01h24

Só lixo ..

Responder

PedroII

16 de fevereiro de 2017 às 23h04

Que ponto chegamos!!! o STF é a maior defesa e garantia que os bandidos e terroristas do congresso e outros .. possuem, de que as suas bandidagens, crimes e toda a especies de canalhice ficarão impunes. Pobre Brasil……………

Responder

Tania Bresolin

16 de fevereiro de 2017 às 22h48

Eu tenho vergonha da “Suprema Corte Brasileira” . Cada vez que se manifesta fica menor.

Responder

Chamonix Nic

17 de fevereiro de 2017 às 00h22

Se foi condenado em primeira ou segunda instancia que va para cela mesmo, ja deu recursos fora da cela! STF acabou, so falta fechar!

Responder

CLAUDIO CAMPOS

16 de fevereiro de 2017 às 22h03

ACABOU OS TRÊS PILARES DA REPUBLICA ESTÃO PODRES, O PAÍS ESTÁ POR UM FIO, OU SEJA SUSTENTADO PELO PILAR CHAMADO ” REPUBLICA DE CURITIBA”’,…

Responder

Jose Bezerra Sobrinho

16 de fevereiro de 2017 às 21h48

O correto seria o governo indenizar todas as vîtims de todas as especies de crimes incluso reparar os prejuizos em geral, desde uma porta quebrada ate os mais altos prejuizos.

Responder

Wander Ribas

16 de fevereiro de 2017 às 23h46

Onde estão os chefes do tráfico no senado na camara na rede glosba ministerio ou jostissa

Responder

Luiz Magno Silva

16 de fevereiro de 2017 às 23h17

STF: O circo dos horrores

Responder

Freitas Ivalto

16 de fevereiro de 2017 às 22h59

O STF COMANDO OS DESMANDOS NO BRASIL.

Responder

Ranei Casaes

16 de fevereiro de 2017 às 22h56

Lixo e nada mais. Uma hora reagimos.

Responder

Antonio Goper

16 de fevereiro de 2017 às 22h54

São ridículos.

Responder

Oscar Franco

16 de fevereiro de 2017 às 22h53

Como se a indenização ,,melhoraria a situação ,, supremo continua a ser supremo em estrapolias. ,,,incrível como amam os bandidos , será por terem uma parcelas , aos manos

Responder

Rosilene Duarte

16 de fevereiro de 2017 às 22h51

não tenho twitter. Lula

Responder

Calebe

16 de fevereiro de 2017 às 20h51

Eu fico pasmo quando sempre repetem que o ministro do STF tem que ter notório saber jurídico, se o têm deveriam utiliza-lo pois não é isso que vemos. O besterol vai a teu ponto de um ex ministro dizer, na ocasião do dito mensalão, que a Cielo era pública por ter “brasileira” na razão social. A coisa piorou muito a partir do momento que começaram a jogar para a galera e descaradamente pelos interesses políticos deles e dos seus.

Responder

WG

16 de fevereiro de 2017 às 20h49

A impressão é que estamos em um processo de hipernormalização, mas não só de notícias falsas, mas de atos reais, um após outro, atos que afrontam a ética, os princípios democráticos, o senso de justiça, obliterando nossa capacidade de indignação e revolta. Enquanto nossos olhos estão voltados para as árvores, o inimigo invisível ataca a floresta. O conglomerado Rede Globo edificou um muro, ao longo das últimas décadas, já observado pelo Miguel, que esconde o inimigo e a realidade. É vital uma compreensão mais abrangente do que está acontecendo, incorporando novos conceitos e ferramentas que nos ajudem a demolir esse muro.

Responder

Vilton Monção

16 de fevereiro de 2017 às 22h48

Dolores Braga Braga Raquel Rosi Cardoso

Responder

    Braga Raquel

    16 de fevereiro de 2017 às 23h46

    Me da nojo ver essas decisoes. É muito surreal isso!!!!

    Responder

Laylson Augusto

16 de fevereiro de 2017 às 22h46

Devia se chamar STMERDA e não STF!!

Responder

Andre Furtado

16 de fevereiro de 2017 às 22h43

Acho que esses ministros não são formados em direito, mas em economia e ciências contábeis, só pode. Essa decisão parece ter considerado que é mais barato para o estado pagar indenizações em vez de disponibilizar condições dignas aos presos.

Responder

    Cristiana Dantas

    17 de fevereiro de 2017 às 03h51

    E dignidade tem preço? É só custa 2 mil reais? Ou esse é o preço da dignidade dos pretos e pobres que são trancafiados nas prisões superlotadas?

    Responder

    Cristiana Dantas

    17 de fevereiro de 2017 às 03h52

    E dignidade tem preço? E só custa 2 mil reais? Ou esse é o preço da dignidade dos pretos e pobres que são trancafiados nas prisões superlotadas?

    Responder

Ana Clara Duarte Gavião

16 de fevereiro de 2017 às 22h42

Responder

Jorge Macedo

16 de fevereiro de 2017 às 22h40

Vamos fazer picadinho de urubu!

Responder

Mari Gomes

16 de fevereiro de 2017 às 22h38

STF continua estancando a sangria , é muita baixaria.

Responder

Antonio Cerqueira

16 de fevereiro de 2017 às 22h31

QUE VERGONHA.

Responder

Antonio Cerqueira

16 de fevereiro de 2017 às 22h31

Responder

Rodrigo Paulino

16 de fevereiro de 2017 às 22h26

Todos são farinha do mesmo saco ,ajuelharam para deputados e senadores

Responder

Paulo Alves Monteiro

16 de fevereiro de 2017 às 22h26

Volto a insistir , respeito mais a Marinha da Bolivia !!

Responder

Lúcia Farias Schirmer

16 de fevereiro de 2017 às 22h16

Deus do céu o que está acontecendo? É ums paranoia atrás da outra com tanta coisa urgente.

Responder

vitor

16 de fevereiro de 2017 às 20h14

Eles podiam pagar com o dinheiro que ganha o acima do teto. Falando em teto . Vamos respeitar a constituição e devolver o que ganham acima do tal teto. Porque 80 a 100 mil por mês não é salario é um assalto aos cofre publico.

Responder

Chico Parodi

16 de fevereiro de 2017 às 22h14

Inacreditável. Eles são Matrix vivem num mundo paralelo. Elite podre.

Responder

Roni Vasconcelos

16 de fevereiro de 2017 às 19h54

Concordo plenamente, desde que essa indenização saia dos vultosos salários dos ministros, rapidamente, iriam revogar a decisão, apanhando e que se aprende.!!!!

Responder

Jose Duarte Garcia Duarte

16 de fevereiro de 2017 às 21h53

Impossível, inacreditável, foge ao bom senso quanto mais a lógica.

Responder

Aparecida Araujo

16 de fevereiro de 2017 às 21h47

Hi

Responder

Amilcar Junior

16 de fevereiro de 2017 às 21h43

Justissa

Responder

José X.

16 de fevereiro de 2017 às 19h42

o judiciário, o ministério público e a globo se transformaram num câncer que está atrofiando a nação brasileira…a curto prazo não tem como lutar contra isso, mas a médio e longo prazo é possível pelo menos tentar lutar contra isso: as forças progressistas e democráticas podem ao menos tentar disputar com as forças reacionárias e autoritárias a ocupação da burocracia estatal através dos concursos, afinal de contas, não é preciso nem mesmo conhecer powerpoint

Responder

Gustavo Pacheco

16 de fevereiro de 2017 às 21h42

Infelizmente, a situação das prisões no Brasil é deplorável. Nenhum governo conseguiu melhorar as condições dos presídios que são locais que não recuperam ninguém. É essencial que as esferas de governo trabalhem juntas nesse sentido para reverter isso. Os Estados, falidos e sozinhos, não conseguem. A constituição federal elegeu a dignidade da pessoa humana como superprincipio, mas os presídios passaram a ser a violacao da dignidade das pessoas. Absurdo o ativismo judicial praticado pelos ministros do STF.

Responder

Divaldo De Souza Melo

16 de fevereiro de 2017 às 21h41

Lembram daquela marchinha de carnaval? E o cordão dos puxas saco cada vez aumenta mais…..Neste caso da charge acho também que dançam o “vira-vira” do folclore português. Kkkkkkk…mas parecen anôeszinhos dançando. Kkkkkkk…..

Responder

Tania Maria Maria

16 de fevereiro de 2017 às 21h40

Esse cupremo – não escrevi errado, é de propósito – é um Horror. Inadmissível. Vamos às ruas?

Responder

Heraclito Passamani

16 de fevereiro de 2017 às 21h32

FICA A DICA PORQUE NÃO CONSTRUIR PRESÍDIOS EM ILHAS AFASTADA DO LITORAL.

Responder

Jorge Luiz Coimbra I

16 de fevereiro de 2017 às 21h23

Para o bom entendedor qualquer pingo é letra, o Estado (nós contribuintes) contínua pagando tudo e a “máquina” judiciária à todo vapor. O povo miserável acreditando que tem culpa vai se contentando com a migalha que lhe cabe em troca da vida do seu ente querido, e assim o sistema continuará funcionando…

Responder

Francisco Das Chagas de Souza

16 de fevereiro de 2017 às 21h19

Vamo rir?

Responder

Alex Souza

16 de fevereiro de 2017 às 21h19

Esse STF é uma piada… faz os brasileiros de palhaços, cada dia um espetaculo diferente

Responder

Marcos de Souza

16 de fevereiro de 2017 às 21h18

Está sendo construindo todo um clima para a privatização do sistema penal brasileiro, o projeto de lei esta em uma comissão da Câmara só aguardando o amadurecimento da causa.

Responder

Joel Araujo

16 de fevereiro de 2017 às 21h16

Não dá para esperar qualquer decisão sensata desse lixo de tribunal! Vergonhoso!

Responder

Elza Antunes

16 de fevereiro de 2017 às 21h16

O Brasil tem que fazer faxina em um todo. Qtos anos vai levar para moralizar o Governo Federal…

Responder

robertoAP

16 de fevereiro de 2017 às 19h15

Eu adoro,às vezes,assistir à tarde, alguns filmes antológicos e engraçadíssimos dos incomparáveis 3 Patetas, mas acho que vou começar a assistir as sessões da TV Justiça. Acho que eles suplantam os patetas em trapalhadas e tombos.
Essa notícia é simplesmente hiláriia, não consigo parar de rir. hahahahahahah……

Responder

Marcelo Corenza

16 de fevereiro de 2017 às 21h15

Pelo menos o Cabral não tem esse direito.

Responder

Maria Luisa

16 de fevereiro de 2017 às 19h09

Inacreditável! A que ponto esse stf ( em minúsculas) chegou!

Responder

Robercil R. Parreira

16 de fevereiro de 2017 às 21h08

“Tirar #Dilma, colocar #MT com #STF, com Tudo, para #EstancarASangriadaLavaJato.” “#Caju” segundo a Lista da #Odebrecht.
“Não Vai Ficar Pedra Sobre Pedra. Doa a Quem Doer.” Presidenta Dilma Rousseff.

Responder

Fernao Gaivota Gaivota

16 de fevereiro de 2017 às 21h07

Esse judiciário ……

Responder

Allex

16 de fevereiro de 2017 às 19h00

“No mundo encantado dos que têm cargo vitalício, salários nababescos e não precisam prestar contas à população – só à Globo – tudo é muito fácil.” Sem mais.

Sugestão: uma série de postagens só com decisões surreais desse supremo de idiotas golpistas.

Responder

Deixe uma resposta