Ato em defesa da imprensa

Temer faz o que Dilma não fez em matéria de comunicação

Por Miguel do Rosário

17 de fevereiro de 2017 : 11h13

Em relação a essa matéria da Folha, sobre Temer pagar Youtubers para fazer propaganda do governo, me desculpem, tenho que, com muita dor no coração, parabenizar o governo.

É o que sempre sugerimos, gratuitamente, à Dilma fazer. Não exatamente esse tipo de jabá descarado, que me parece indecente e corrompe os youtubers.

Mas isso apenas porque Temer é um Midas às avessas, e falta-lhe o principal: legitimidade.

Tudo que ele toca vira lixo. Com Dilma, que foi eleita, que tinha programas muito legais voltados à educação e à juventude, seria muito diferente.

Ela poderia ter feito parceria com youtubers para explicar aos jovens o que era, por exemplo, o Ciência sem Fronteiras!

E assim Temer teria um pouco mais de constrangimento de fechar o programa assim que assumiu!

Poderia ter feito parceria com youtubers para explicar o Pronatec!

Não fez.

Apesar das milhares de advertências que lhe fazíamos, diariamente, nos blogs.

Dilma preferia pagar milhões a João Santana do que pagar alguns milhares a youtubers.

Com uma outra diferença importante: Santana faz a malas e vai embora no dia seguinte após a vitória.

Os milhares de jovens que tentam ganhar a vida fazendo youtube, caso fosse conquistados não apenas pelo dinheiro do governo, mas pela política, seriam eternos combatentes pela democracia.

Resultado: além do golpe de Estado, Sergio Moro limpou as contas de João Santana e esposa, cobrando-lhes, apenas para esperar o julgamento em liberdade, a maior fiança da história do mundo: mais de R$ 30 milhões.

Dinheiro de quem faz campanha petista não vale nada. No dia em que um juiz começar a fazer o mesmo com tesoureiros e marketeiros de campanhas tucanas, talvez haja algum protesto por parte da nossa “imprensa livre”.

Franklin Martins, que escreveu a parte realmente vitoriosa da campanha petista, a parte política, foi escanteado assim que a vitória foi anunciada.

O golpe não veio à tôa. O governo Dilma fugiu da TV, com medo dos panelaços nos bairros ricos, e depois fugiu também da internet (onde, aliás, nunca havia ido).

Dilma pôs fim também, um ano e pouco antes das eleições, ao único canal direto que tinha com a população, o Café com a Presidente, um programa de rádio distribuído gratuitamente para milhares de estações em todo país.

Os números das pesquisas mostram essa realidade: Temer não tem aprovação nenhuma, mas Lula tem, é líder disparado de intenção de votos para 2018 – e isso apesar da campanha esmagadora da mídia em favor do governo golpista e a mais sinistra perseguição midiático-judicial feita contra um político jamais vista na história das democracias, como é a perseguição contra Lula.

Ou seja, Dilma poderia ter evitado o golpe, caso tivesse feito a lição básica da política: comunicar-se, o que, nos dias de hoje, significa ir à internet. Não é tão complicado: usasse um celular!

E a culpa não é apenas da presidenta, é de todo espectro da esquerda, imperdoavelmente envelhecido, retrógrado e, sobretudo, preguiçoso, em matéria de comunicação.

Mesmo às vésperas do golpe, Dilma só pensava em publicar artigo na… Folha. E ainda por cima na seção fechada para assinantes da Folha. Ou seja, para meia dúzia.

Ou então dar entrevista ao Jô Soares, às três da manhã, na Globo…

O que não teria nada de mais, porque é importante se comunicar com todo tipo de público. Mas não podia ser só isso! Tinha que atingir o grande público que, definitivamente, não lê mais a Folha. Nem vê Jô Soares. Em especial, a juventude.

Só DEPOIS do golpe, Dilma resolveu dar entrevistas à imprensa internacional, aos blogs, e viajar o mundo explicando o que aconteceu.

Num congresso de meio ambiente da ONU, fez um discurso soporífero, quando tinha a oportunidade de denunciar o golpe de um grupo de políticos que, como vemos hoje, promoveria atentados sistemáticos contra o meio ambiente.

Quem não se comunica, se estrumbica, como dizia um grande pensador.

Então, mais uma vez, parabéns presidente Temer.  Você é um canalha, um golpista, um traidor. Em matéria de comunicação, porém, não é tão burro como eu pensava.

A sorte do povo brasileiro é que você é tão ruim, as suas propostas são tão medonhas e autoritárias (como essa aí do Ensino Médio), que mesmo contratando todos os youtubers do mundo, mesmo torrando verba pública em quantidades recordes na grande mídia, mesmo assim, sua aprovação continuará caindo.

O povo não te elegeu, não te respeita e não te quer aí. A única coisa que você deveria fazer, se lhe restasse um pingo de dignidade e espírito democrático, seria não mexer em nenhuma lei importante e apenas tocar o barco para as eleições de 2018.

Se a esquerda, por sua vez, ainda tem alguma veleidade de disputar o poder à vera, deverá pôr de lado seu fetiche brega pela Globo, por artigos no Valor e Folha, por entrevistas ao Jô Soares, e entender a importância de investir em redes sociais.

Lula, que está num bom momento das pesquisas, não pode repetir o erro de Dilma.

Lula deveria criar, urgentemente, um programa diário ou semanal de conversas e entrevistas, dirigido por um competente profissional da área, legendado para inglês, francês e espanhol. Um programa com cultura, política, economia e entretenimento, com participação constante de jovens, fazendo parceria com youtubers e blogueiros.

Deveria fazer isso e vender publicidade, para bancar o programa e não precisar consumir verba partidária.

Quem avisa, amigo é.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

22 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Cacau

04 de abril de 2017 às 10h54

Bom

Responder

Edu

04 de abril de 2017 às 10h43

Bom dia esta dilma e tao incompetente q sabia q ia sai e deichou este vampiro assumi ela e uma pedra pro lula ela e uma pessoa q so pensa nela por q mao pediu nova eleicao guando podia agora no tse briga pra se proteger e conseguentemente proteger o vampiro nao pensa no povo se o preco e figar eligivel pra salvar o povo deste vampiro q fique mas e egoista pra mim nao presta lula se livra deste pesso morto

Responder

ricardo

20 de fevereiro de 2017 às 01h16

Ótimo texto!
Mas vou comentar a enquete ao lado:
Que bobagem é essa de “outro de direita”? Pessoas de direita raramente se assumem com tal e ainda tem as que são, mas não sabem. Melhor seria colocar “Um apolítico”. Daí sim vcs vão estar medindo o que querem. Pois a alternativa mais viável da direita são os tais candidatos “apolíticos”. A direita que não ousa dizer seu nome. Veja o exemplo do Dória.

Responder

Bebel Rocha

17 de fevereiro de 2017 às 23h57

Esses merdinhas são apenas exemplo desse mar de merda que estão por aí prestando serviços ao golpe que tá acabando com o povo. Defensores do que não tem defesa em nome do ódio

Responder

J Carlos Mendes

17 de fevereiro de 2017 às 21h35

… Bingo!
No alvo. Ótimo raciocínio.
Outros erros:
– linguagem técnica demais para se defender em meio a “enxurrada”de acusações com termos chulo;
– subjetividade nas poucas aparições;
– falta de domínio em assuntos relevantes;
– lentidão de raciocínio e sempre querendo ser “lady” na cova de leões;
– estrategias de respostas para assuntos cansativos e temas sem nenhuma relevância;
– perder o foco na comunicação diante de uma população “carente” de justiça;
– não reverter a seu favor, a doçura do sentimento, a fragilidade e a compostura feminina etc etc etc…
Afinal, a maldade destes protagonistas da “jogada” política jamais poderia ser tratada com tamanho amadorismo.
Erraram e perderam. Mas defendo que O BRASIL É UM PAÍS DE TODOS.
Parabéns, corretíssima sua linha de raciocínio

Responder

Luiz Doleron

17 de fevereiro de 2017 às 23h15

Sinceramente, esse governo é muito ruim em muitos aspectos. Mas sem dúvida alguma, a comunicação deles é péssima. Se Dilma Rousseff não seguiu por ai, ela está é de parabéns. Estranho posicionamento do O Cafezinho. Abre brecha para questionamentos.

Responder

    Luiz Doleron

    17 de fevereiro de 2017 às 23h18

    BTW, “corrompe os youtubers” vocês acham mesmo que esses ai em cima foram vítimas do governo federal que os aliciou com R$? Estranhíssimo.

    Responder

Sidnei Silveira

17 de fevereiro de 2017 às 21h49

Exatamente por isso que votei na Dilma, porque ela é honesta. Não contrata moleques para defender o indefensável.

Responder

Geraldo José

17 de fevereiro de 2017 às 19h00

VAI ACABARRRRRRRRRRRRRR. KKKKKKKKKKKKKK

Responder

Atreio

17 de fevereiro de 2017 às 15h09

e os meninus do tuba aí?…queimados eternamente. o miSHELL já tá coroa, não ta nem ai pra sobrevida. é canalha pro convicção.
mas os meninos, apenas tolos.

tadinhos. coitados mesmo – no sentido literal.
sofreram o coito, sem proteção nenhuma – e ainda vai inflamar. se pensassem melhor, não passariam por isso.
se lessem mais, nem cogitariam isso. mas não o fizeram. não se prepararam. agora inês é morta….
devem ser ridicualrizados . o serão. e tda sua familia…e esses aí parecem q nem tem descendentes ainda….
qndo vierem – se vierem, vao nascer sob a marca da mágoa. e de uma familia ridicularizada nos livros de historia, q maldição horrível a se jogar sobre seus filhos q nem nasceram…..

Responder

ANTONIO PAULO DA COSTA CARVALHO

17 de fevereiro de 2017 às 14h38

A elite brasileira não tem a cabeça de uma elite alemã, inglesa, francesa. Ela pensa que o Brasil é um dos estados dos EEUU. Ela é burra acima de tudo, mas inteligente como uma peste. ´Seu virus é mortal, para o Brasil.

Responder

Roberto

17 de fevereiro de 2017 às 13h31

Guardadas as diferenças, Trump é muito melhor em comunicação. E olhe que ele tem contra ele a mídia, a CIA, o FBI, a NSA, o George Soros (financiador dos black blocs) e os irmãos Koch (também financiadores de grupos que promovem “jornadas”).

Responder

Alex

17 de fevereiro de 2017 às 12h47

A prepotência cega, Miguel… Confio 100% na honestidade de Dilma… Mas ela é prepotente.. é um defeito! Fazer o que? Não tenho dúvida que Dilma caiu por sua soberba.
..

Responder

Chung Lin

17 de fevereiro de 2017 às 14h10

não é bem assim, pois a redeBobo estava dia e noite por
detrás de todas as sabotagens e manifestações

Responder

José Almeida

17 de fevereiro de 2017 às 12h07

O PT ainda tá na época da militância a pé, boca a boca. Alguém tem q avisar o PT sobre a invenção da internet e das redes sociais…

Responder

JULIO CEZAR DE OLIVEIRA

17 de fevereiro de 2017 às 11h49

o que me deixa mais triste é saber que um jovem é capaz de receber dinheiro para falar coisas pela tv que vão contra seus ideais.Na política passada aqui em meu município,recebi uma proposta de um milhão para candidatar-me ao lado de um político corrupto,e não aceitei,acho que a dignidade da pessoa vale mais que isso,ainda mais quando você vê que quem pode ser prejudicado é seu próprio filho,não tem dinheiro que pague o fato de você poder andar de cabeça erguida pelas ruas e dar exemplo a seus filhos.

Responder

Lucas Castro

17 de fevereiro de 2017 às 13h44

Sem duvida! Sigo no face um monte de ministérios, etc há muito tempo e os posts burocráticos e protocolares deram lugar a uma linguagem mais jovem, mais moderna (e o governo tem gasto uma grana preta com patrocínio de posts etc). Em tempo: você já viu os posts da prefeitura de sp agora? Os caras respondem os comentários, fundamentam etc… um baita trabalho… os caras não são bobos :(

Responder

Lulu Pereira

17 de fevereiro de 2017 às 13h40

total, na môsca. aliás, nunca ouvi dilma pronunciar a palavra “globo”, ela e todos sempre dizem “parte da mídia”. foda.

Responder

Glaucio Do Vale

17 de fevereiro de 2017 às 13h27

Sua análise é altamente discutível. Dilma não tinha o apoio da grande mídia (Globo principalmente) certo? Imaginem a contra propaganda que seria feita por esses meios se a presidenta usasse esse tipo de artifício para promover o seu governo. Seria massacrada por mais uma acusação, de comprar (manipular, alienar) os jovens e promissores Youtubers. Isso sem falar no boicote quanto a patrocínio para eles…Julgar é sempre mais fácil!

Responder

    Zildo Noh

    18 de fevereiro de 2017 às 15h28

    Concordo plenamente, além do mais são mercenários, se aceitarem um missão sem saber realmente o que é . Neste caso estão literalmente enganando seus seguidores.

    Responder

Victor Ribeiro Roda

17 de fevereiro de 2017 às 13h27

Você tem razão.

Responder

Jorge Rodrigues

17 de fevereiro de 2017 às 13h14

Noticias dão conta que Geddel pode ser preso a qualquer momento. Temer e sua quadrilha não dormiram essa noite.

Responder

Deixe uma resposta