Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Temer atende ordens da Globo e pôe fim ao Ciência sem Fronteiras

Por Miguel do Rosário

02 de abril de 2017 : 12h09

É o governo do desastre.

É um governo que parece empenhado em criar obstáculos para o acesso do jovem ao ensino superior.

Um governo que reduz o volume de financiamento estudantil (Fies), corta seu valor por aluno e deixa-o mais caro. Reduz investimentos nas universidades publicas. E agora acaba de enterrar o programa Ciência sem Fronteiras, que levava dezenas de milhares de jovens brasileiros a estudar lá fora.

A matéria de Lauro Jardim, um dos muitos porta-vozes do oficialato governamental, não traz nenhum contraponto crítico. Nenhum especialista é consultado para falar da estupidez que é cortar gastos em educação.

A Globo traz única e exclusivamente a opinião do governo, e faz uma comparação esdrúxula e cínica com o volume gasto em merenda escolar…

Como se o governo fosse usar o dinheiro economizado no Ciência sem Fronteiras em qualquer outra coisa relacionada à educação.

Uma comparação muito mais honesta seria falar dos juros. Segundo o Jurômetro da Fiesp, o Brasil já gastou este ano mais de R$ 100 bilhões com juros da dívida pública. Ou seja, apenas com o pagamento de alguns meses de juros, poderíamos levar mais de 1 milhão de jovens brasileiros para estudar no exterior, por dois, três, quatro anos, e ainda fazer uma revolução nas universidades públicas do país.

Tratar educação como “gasto” é muita ignorância. É preciso pensá-la como investimento e expor os cálculos do retorno que proporciona à economia brasileira!

Além do mais, a matéria da Globo, mesmo curta, é inchada de mentiras, ao dizer, mais uma vez apenas repetindo a palavra do governo, que os jovens “não sabiam inglês”. Uma reportagem da própria Globo, em 2015, mostrava que o programa tinha enviado mais de 70 mil jovens para as melhores universidades do mundo, instituições que, naturalmente, só aceitam jovens com proficiência em inglês e devidamente preparados.

Ora, se havia jovens com dificuldades para aprender inglês, o governo deveria ajudá-los, e não cortar o programa para todo mundo!

Havia até um PDF, com uma tabela de todos os jovens nessas universidades.

E os valores apresentados na matéria pela Globo também são confusos. O portal da Transparência, que Lula criou para exibir todos os gastos governamentais, mostra que o Ciências sem Fronteiras recebeu um aporte federal de R$ 5,3 bilhões em 2014. Ou seja, bem mais do que os R$ 3 bilhões que o governo Temer já achou muito para 2016 e decidiu cortar.

É incrível o desprezo desse governo pelos jovens. O governo parece ter prazer em destruir qualquer sonho que a juventude possa alimentar de um futuro melhor para si!

Não cria um programa novo, não oferece uma proposta. É apenas destruição e sempre com apoio da Globo!

A decisão de pôr fim ao Ciência sem Fronteiras foi uma das primeiras tomadas pelo governo. E assim que o anúncio foi feito, o Globo fez um editorial, elogiando, como mostra a imagem que abre esse post.

Não interessa às elites brasileiras que tenhamos uma juventude educada, sobretudo oriunda de classes humildes, com instrumentos intelectuais para lutar por um país menos desigual.

***

No blog do Lauro Jardim (Globo)

MEC acaba com o Ciências sem Fronteiras

POR GUILHERME AMADO02/04/2017 06:00

O governo decidiu enterrar de vez uma das estrelas do governo Dilma na Educação, o Ciência sem Fronteiras, que pagava cursos de graduação para estudantes no exterior.

Mendonça Filho fez as contas e afirma que, com o montante gasto para mandar 30 mil estudantes para fora, seria possível pagar a merenda escolar para 40 milhões de alunos da educação básica.

Em 2015, o programa consumiu cerca de R$ 3,2 bilhões, enviando alunos principalmente para universidades americanas e europeias.

A avaliação do MEC é que o programa não trouxe resultados devido à deficiência em inglês dos brasileiros e à falta de diretrizes claras sobre que perfil de estudante deveria ser financiado.

As bolsas de pós-graduação permanecerão como eram antes.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

92 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Sergio

04 de abril de 2017 às 07h39

Governo Temer o objetivo é um retrocesso gigantesco e não adianta aguarda para resolver as perdas em 2018

Responder

Ivone

03 de abril de 2017 às 17h55

Não é possível tanta maldade e egoísmo Deus do céu…Esses políticos precisam mesmo de todo esse dinheiro que nos tiram pra comprar seus lugares no inferno pra onde vão depois de tanta barbárie ….A salvação e o céu é um dom gratuito…Eles nunca poderão entender! Tolos!??

Responder

Luis

03 de abril de 2017 às 17h54

Ê, ô, ô, vida de gado
Povo marcado, ê!
Povo feliz!

(Zé Ramalho)

Responder

Geraldo Barbosa Junior

03 de abril de 2017 às 20h50

Para vcs mais jovens:

Bateu panela
Ficou em silêncio diante das mentiras e injustiças preocupando apenas com seu umbigo.
Despreza a política terceirizado o seu poder coletivo para outros
Agora está começando a sentir as consequências. É vai piorar muito quanto mais vc se calar.

Responder

Lucas

03 de abril de 2017 às 17h42

Você chega numa casa e adivinha em qual Canal está sintonizado ?
Pá adivinhou, quando eu falo que a Globo é M**** tem quem venha achar ruim, mas não vou deixar de dizer que as outras são lixo também

Responder

    Luis

    03 de abril de 2017 às 17h56

    Pobres diabos …Pobres políticos… Infelizes

    Responder

beto verdade

03 de abril de 2017 às 13h45

vem falando a muito tempo quem governa e a globo e nao o temer

ficar aqui uma pergunta : 200 milhões de pessoas vão aceitar ser governada pela rede globo ?

TSE É A ULTIMA ESPERANÇA DE SALVAR O BRASIL .

O POVO NA RUA O TSE TIRA TEMER

AGORA É A HORA DE IR PARA RUA E SÓ SAI QUANDO O TEMER CAI NO TSE

Responder

AURÉLIO CARLOS MARQUES DE MOURA

03 de abril de 2017 às 12h49

Tenho uma dúvida atroz: qual ou quais os interesses da Globo nessa decisão do Governo? O que esta empresa tem a ganhar com isto? Desculpem-me minha ignorância, mas tenho procurado resistir a fácil tentação de entrar no rol dos “Globofóbicos” que se multiplicam nos movimentos que vão do esquerdismo infantil à ultradireita neonazista… Como dizia minha tataravó: – Canja de galinha e prudência nunca fizeram mal à ninguém!

Responder

    Michel Farah

    15 de abril de 2017 às 09h34

    Se você se olhar no espelho verá a resposta, SEU BOSTA!

    Responder

vera maria braz

03 de abril de 2017 às 12h46

É desânimo total.
Alguns programas voltam c outro nome. Tomara!

A tecnica é conhecida .

Mais cultura e esclarecimento, mais cobrança.

Não querem cidadão, querem gado.

Responder

JULIO CEZAR DE OLIVEIRA

03 de abril de 2017 às 12h32

ALGUÉM AÍ PODE DE DIZER QUAIS OS CANAIS DE TV A CABO OU SKAY SÃO VINCULADOS A REDE GLOGO,VOU CORTAR TODOS DO MEU PACOTE,E COM MUITO PRAZER,ESTA TV SÓ TEM UM JEITO DE ACABARMOS COM ELA É BOICOTANDO.

Responder

Atreio

03 de abril de 2017 às 10h37

luis inácio falou, luis inácio avisou…

enquanto isso mimimiSHELL comprava sua esposa na loja…..

e dilma, essa governava e deixava os canalhas andando como carangueijos de tão cagados.

DILMA VOLTA, os canalhas vão se mijar de medo.
sem crime, sem impeachment! não vai levar 21 anos de novo.

Responder

Lulu Pereira

03 de abril de 2017 às 11h58

a ordem é destruir

Responder

Carrapa-VK

03 de abril de 2017 às 08h40

“O governo decidiu enterrar de vez UMA DAS ESTRELAS do Governo Dilma na EDUCAÇÃO”. “Mendonça Filho (da puta) fez as contas e afirma que, com o montante GASTO…”. Posição da grobo: Comemorar com ESCÁRNIO algo feito em prol da educação. Posição do governo golpista: Tratar INVESTIMENTO EM EDUCAÇÃO, COMO GASTO.
Vamos eleger Lula e um parlamento a ele favorável. É isso.

Responder

X

03 de abril de 2017 às 08h33

Não entendi: a avaliação do MEC não é especialista o bastante?? E o nexo causal, está dispensado? Como é que a ordem vem de uma empresa, se o editorial veio DEPOIS?? E outra, é preciso ser muito burro para colocar a bunda na janela deste jeito. Se uma empresa comanda o atual presidente, como outra comandou a anterior, e o anterior antes dela, porque cargas d’água eles seriam tão estúpidos de dar bandeira???

Olhe, você me perdoe, mas seu post não tem pé nem cabeça.

Responder

    Carrapa-VK

    03 de abril de 2017 às 08h44

    De boa, agente X, ou você é igênuo demais (ou se faz de) ou tu é burro mesmo. É claro que a grobo jamais lançaria um editorial ou matéria elogiando O QUE AINDA NÃO FORA FEITO.
    A cronologia é: 1) Ordena; 2) Executa; 3) Elogia.
    Entendeu agora ou precisa desenhar?

    Responder

      X

      03 de abril de 2017 às 10h41

      Deixa que eu desenho.

      Depois reclamam que todo mundo odeia vocês. Tem que ser muito burro para querer ser bem tratado exibindo esse comportamento hostil.

      To add insult to injury, continua não tendo pé nem cabeça e agora faltou também com a educação e civilidade. Já vi que este sitezinho aqui é outro daqueles pulgueirinhos que todo mundo xinga todo mundo. Depois reclamam que não são levados a sério. Já olhou um site de verdade, como o Antagonista ou o Instituto Mises? Lá existe gente de verdade, civilizada e racional, que usam a cabeça e não o fígado.

      Finalmente, você só pode ir até aonde sua inteligência consegue alcançar. Existe gente mais inteligente que você, mesmo que você seja incapaz de entender isso. É um fato da vida, indepedentemente do quanto você espernear.

      Por favor, ignore-me, não me responda. Por favor, não! TE ORDENO: NÃO ME RESPONDA! Até porque, se me desobedecer não vai fazer diferença, porque eu nunca mais vou voltar aqui, nem ler nada que você escrever, nem nada que sair deste bloguezinho.

      Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

03 de abril de 2017 às 08h28

NOEL disse “não vejo MAU em cortar…”. Pelo jeito o seu português é bem pior do que seu inglês. Acho difícil você ter sido ex-integrante do Ciências sem Fronteiras, pois escreves como um aluno do ensino fundamental.

Mais um coxinha mentiroso?

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

03 de abril de 2017 às 08h17

O desprezo deste governo não é só pelos estudantes. O desprezo é pelo país inteiro, pelo trabalhador, por nossas empresas, por nossas riquezas. Afinal, aa frade do século é “Temos que parar essa porra. Um acordão com o Temer, com o STF, com TUDO”. Essa conspiração para livrar da cadeia os verdadeiros ladrões do Brasil segue de vento em popa. Só não vê quem não quer ou se beneficia desse esquema todo.

Responder

Magnaldo Souza

03 de abril de 2017 às 10h34

Affff

Responder

Claudia Albuquerque

03 de abril de 2017 às 07h25

O mais incrivel é que quem comenta favoravelmente a mais esse ataque do desgoverno golpista, falando que os estudante viviam turistando com o dinheiro do governo, não diz nada sobre o fato de que essa corja de politicos sacanas do Brasil vive roubando o país as custas da pobreza do nosso povo. Quer dizer que os ladrões da nação podem usufruir do dinheiro público e os estudantes não? Ah, poupem-me! Se querem moralizar, vão ter que antes lutar por uma reforma politica drástica nesse país! Muito fácil so jogar pedra em quem na maioria dos casos nunca teve direito nem a viajar pelo país para participar de congressos. Antes ver estudantes turistando do que ver politicos cada vez mais ricos as minhas custas!

Responder

Mirian Reis

03 de abril de 2017 às 09h44

Também com um ministro desse quilate, só poderia dar nisso… É decepcionante, assistir o nosso país retroceder como agora.

Responder

Maria La Paz

03 de abril de 2017 às 02h51

Que se parece a la actual Argentina, Educación sin dignidad ni priridad.

Responder

morte a temer

03 de abril de 2017 às 01h24

morte a temer

Responder

    Falei a verdade

    03 de abril de 2017 às 04h00

    Vc deveria olhar 10 centimetros a frente do seu odio para entender que Temer eh apenas UMA pessoa. Um corte desses passa por dezenas, centenas de pessoas. Quem vc votou esta te representando nesse momento?

    Responder

      Hilário Sousa

      03 de abril de 2017 às 07h16

      Falei a verdade, você não está falando a verdade. O Temer é o dono da caneta e também não é burro, ele sabe perfeitamente, melhor do eu e você, o que faz. Agora, não vejo onde cabe a palavra ódio na reportagem. Essa palavra é exclusiva dos coxinhas. Talvez você seja um desses privilegiadorzinho metido a besta que deve aos bancos e a nação, que agora está por cima e deseja permanecer. Saiba fulano, se hoje você tem tudo, amanhã pode não ter nada. É a vida. O mundo conhece história de ricos que perderam tudo. Cuidado pode acontecer com você. Pense nisso.

      Responder

Edson

03 de abril de 2017 às 00h30

O que esperar de um país onde não se prioriza investimentos em educação, ciência e tecnologia.

Responder

Rafael Santana

03 de abril de 2017 às 01h27

Temer/PSDB: O exterminador do futuro.

Responder

Karla Monte

03 de abril de 2017 às 00h10

O golpista é terceirizado da globo!

Responder

Mônica Vianna

02 de abril de 2017 às 23h59

Eles querem um país alienado para poderem manipular do jeito que quiserem . Claro que isso é para aqueles que não tem ” papai rico” .

Responder

Jose carlos lima

02 de abril de 2017 às 20h31

Estudante é preso ao apontar cobrança ilegal nas FATECs

http://www.redebrasilatual.com.br/educacao/2017/03/estudante-da-fatec-e-preso-ao-mobilizar-alunos-contra-cobranca-de-mensalidade

Responder

Jose carlos lima

02 de abril de 2017 às 20h27

Na velocidade apontada pela Doutrina do Choque e Pavor, título de livro e video de Naomi Klein, o desmonte segue, ninguém dá conta de acompanhar, poucos perceberam que por apenas 4 votos a universidade publica não foi enterrada

http://jornalggn.com.br/blog/jose-carlos-lima/os-numeros-nao-mentem-os-golpistas-tomaram-de-assalto-um-pais-equilibrado-economicamente

Responder

João Ribett

02 de abril de 2017 às 20h10

Essa imagem lhe cai bem, mula adestrada!! Reflete bem o seu cérebro, embora eu acredite que o asinino seja mais inteligente que você você!!

Responder

Maria Gorete Almeida

02 de abril de 2017 às 23h00

Capacho da globosta.Velho ridículo, não sabe de nada.

Responder

Walter Salvador Alencar

02 de abril de 2017 às 21h58

Globosta, Bandeirantes, Isto é, Estadão, Felha, Veja = PIG.
Mídia golpista, sem vergonha que defendem, sempre, os interesses da Casa Grande.

Responder

robertoAP

02 de abril de 2017 às 18h53

Nova “chamada” da globo:
GLOBO E TEMER , AQUI A GENTE DESTRÓI O BRASIL !

Responder

Sergio Oliveira

02 de abril de 2017 às 18h25

Já vi muitos estúpidos por aqui, mas esse tal de lisboa, ganha a taça. Coitado, vai morrer revoltado, e mergulhado na o ensaio ignorância.

Responder

Julio Cesar

02 de abril de 2017 às 21h18

Quero ver quando chegar o fim de Temer!

Responder

Laercio Medeiros Epaminondas

02 de abril de 2017 às 21h09

MISERÁVEIS.

Responder

Cláudio Macedo

02 de abril de 2017 às 18h02

“Um governo que reduz o volume de financiamento estudantil (Fies), corta seu valor por aluno e deixa-o mais caro. Reduz investimentos nas universidades publicas.”. Você está falando do governo Dilma, né Miguel ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

    Miguel

    02 de abril de 2017 às 23h39

    Olha o seu gráficos de 2010 a 2014 e compara a qq governo anterior.

    Responder

    morte a temer

    03 de abril de 2017 às 01h25

    imbecil, vai la chupar o temer !

    Responder

    morte a temer

    03 de abril de 2017 às 01h26

    vai la chupar o temer !

    Responder

c

02 de abril de 2017 às 18h02

“Um governo que reduz o volume de financiamento estudantil (Fies), corta seu valor por aluno e deixa-o mais caro. Reduz investimentos nas universidades publicas.”. Você está falando sobre o governo Dilma, Miguel ? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

sidney ferreira costa

02 de abril de 2017 às 17h46

Esse é um governo de trai dires. ok governo a global sempena quiz, samos uns fantoches pra essa elit criminosa.

Responder

Renato da cunha nunes

02 de abril de 2017 às 17h21

O governo esta completamente errado em acabar com o programa “ciência sem fronteiras”,mas,se o fez,
não é movido apenas pela mentalidade canhestra de um governo ilegítimo que governa apenas pensando nos interesses das elites,infelizmente nossa juventude providenciou a desculpa que esse governo queria para por um fim no programa.É público e notório que nossa juventude e pouco apegada aos estudos,não valoriza a vida acadêmica,isso é assim desde o ensino fundamental,passando pelo ensino médio e chegando à faculdade nada muda,viajar para estudar no exterior é apenas,na maioria dos casos,uma grande “curtição”.
É certo que nossas elites querem um povo alienado e ignorante por motivos tão óbvios que nem vale a pena comentar aqui,mas passar a mão na cabeça vazia dessa juventude preguiçosa,que frequentam uma escola apenas para infernizar à vida dos professores e “zoar” como eles mesmos falam, tambem não é correto.esta todo mundo errado.É o roto falando do rasgado.

Responder

    Marcelo

    02 de abril de 2017 às 22h24

    Conheço um aluno que participou desse programa e sempre foi extremamente aplicado na vida estudantil; por isso teve essa oportunidade.
    Que existem os toupeiras aos milhares pelas escolas do Brasil já sabemos, mas no caso que cito o aluno sempre se esforçou querendo um futuro melhor e sempre falava ao seu pai coisas como agradecer a mãe Dilma por estar vivendo um momento único na sua vida.
    Estranho que o pai por assistir muito à globogolpista torcia poelo impicht de Dilma e ficou feliz quando ela foi golpeada.

    Deu sorte pois o filhote conseguiu terminar o curso.

    Agora pensando no futuro este é (era) um meio de incentivo que poderia ir se alastrando pelos jovens a medida que os que viajaram voltassem e dessem o exemplo.

    Enfim, deixa como tá para ver como é que fica.

    Responder

Joyce Costa

02 de abril de 2017 às 19h40

E – assim, inauguraram as “Fronteiras sem Ciência” (frase de Humberto Barros).

Responder

José Roberto Muniz

02 de abril de 2017 às 18h33

Se foi a pedido da Rede Globo então Michel Temer fez certo. A Rede Globo só quer o bem do Brasil!

Responder

    Andre Massao Noce

    03 de abril de 2017 às 05h16

    KKKKKK… querendo mudar de lado… mas é o teu governo golpista corrupto…

    Responder

Xepa

02 de abril de 2017 às 15h25

Brasil é um pais de retardados.

Responder

marta

02 de abril de 2017 às 15h24

O último edital do programa, para novos alunos, ocorreu em 2014 durante a campanha de reeleição de Dilma. Oportuno, né?
De lá pra cá, ainda no desgoverno Dilma, o orçamento do programa restringiu-se ao necessário para a manutenção dos estudantes que já estavam no exterior.
Os cortes no Fies, idem!
Hipocrisia, a gente vê por aqui. Plim plim.

Responder

    Miguel do Rosário

    02 de abril de 2017 às 16h28

    Não entendi. Queria que o edital fosse quando? No governo Sarney?

    Responder

      Marta

      02 de abril de 2017 às 21h45

      Vou desenhar:
      2014 2015 2016

      Responder

Lucia Guedes

02 de abril de 2017 às 18h18

Evidentemente com o apoio desse cancro maligno Globo

Responder

Lucia Guedes

02 de abril de 2017 às 18h17

É assim k caminha esse governo fingindo-se preocupado em oferecer ração p encher a barriga dos filhos dos trabalhadores enquanto perpetua é esvazia a capacidade intelectual de toda uma geração

Responder

Julio Osborne Marins

02 de abril de 2017 às 18h12

Fdp.

Responder

Marcus Van Opstal

02 de abril de 2017 às 17h55

E segue o GOLPE TOGADO MTPSDB.

Responder

Mônica Sanjuan

02 de abril de 2017 às 17h37

São asquerosos!!!

Responder

carlos costa

02 de abril de 2017 às 14h28

certamente essas decisoes tem a participaçao do consultor informal do ministro, o educador alexandre frota

Responder

Cristiane

02 de abril de 2017 às 14h25

Minha prima do interior da Bahia em 2014 fez uma graduação na Itália através do programa, Teve muita Sorte! Mas a sorte acabou! E muitos jovens da classe pobre não terão a mesma oportunidade!

Responder

Vânia Muniz de Lima

02 de abril de 2017 às 17h12

Muito triste com essa notícia.
Se não estava apresentando resultado esperado, pq ñ reestruturar?
Se o aluno ñ tem fluência na língua, ñ seria uma oportunidade para aperfeiçoá-la??

Responder

fernando

02 de abril de 2017 às 14h08

sem educação para os mais humildes, sobra manipulação da globo e dizimo para os pastores!!!

Responder

Gustavo Horta

02 de abril de 2017 às 13h51

É o que eu tenho dito há algum tempo. Todos podemos reagir de algum modo. Minha condição não permite que eu tome atitudes mais drásticas, contudo posso escrever, posso publicar exaustivamente, posso me dedica à informar até a minha própria exaustão – que ocorre algumas vezes.
Posso também prover prejuízos em muitas oportunidades.
Só o que não poso fazer, e não me permito fazer, é ficar reclamando pelos cantos sobre o como somos infelizes e como os poderosos filasdaputa estão a nos f*der neste bacanal em que foi transformado o país Brasil, hoje mais conhecido internacionalmente como Bordel da Suruba Brazzzilll!

ALGUNS FICAM A DIZER QUE INFELIZMENTE NÃO PODEM FAZER ISTO OU AQUILO, INFELIZMENTE ISTO, INFELIZMENTE AQUILO, ETC. E TAL.
QUE COMECEM A PENSAR NO QUE PODEM FAZER AO INVÉS DE FICAREM SE LAMENTANDO PELO QUE NÃO PODEM.
PODEMOS MUITA COISA, SABIA?

“PENSE: VOCÊ PODE MUITA COISA, SABIA?”

https://gustavohorta.wordpress.com/2017/04/01/pense-voce-pode-muita-coisa-sabia/

Responder

Lili Brown

02 de abril de 2017 às 16h46

Anulacao imediata do impeachment comprado para proteger corruptos e destruir direitos dos trabalhadores, nossa economia, nossa democracia e entregar riquezas brasileiras a multinacionais estrangeiras. STF RESPEITEM A CONSTITUICAO e ANULEM este crime contra nossa presidente Dilma e nosso pais!

Responder

Noel

02 de abril de 2017 às 13h33

Acredito que exista uma visão muito tendenciosa sobre os fatos da realidade na narrativa desse texto, e outra visão bem mais politizada nos comentários, sem levar em conta detalhes técnicos.

Como ex-estudante do ciência sem fronteiras, garanto que as afirmações do governo são verdadeiras, os alunos em sua maioria não possuem comprometimento acadêmico quando estão no exterior, usam o dinheiro e tempo para viajar, enquanto deveriam desenvolver ciência (era a função do programa, escrito no próprio edital).

O nível de inglês baixo não pode ser atribuído a falta de incentivo do governo, uma vez que havia cursos de inglês online disponível para preparatório do Toefl (e demais exames de proficiência), porém os cursos tiveram baixa adesão dos estudantes. E mesmo no exterior, todos os brasileiros formam grupos de brasileiros, logo não há prática da lingua para alcançar a fluência.

Não vejo mau em cortar um programa que a maioria não aproveitou, melhor colocar dinheiro na comida da criançada do que em marmanjo viajando pelos EUA pra tirar selfs.

Responder

    Miguel do Rosário

    02 de abril de 2017 às 14h15

    Mentiroso ou canalha, provávelmente os dois. Generalizar é sempre estupidez.

    Responder

      Marta

      02 de abril de 2017 às 15h53

      Estupidez é, na falta de argumentos, xingar, ofender o outro. Meus filhos estudaram na Europa entre 2014 e 2015, TRABALHANDO para se manter e conheceram vários estudantes do Ciência Sem Fronteiras “turistando” por lá.

      Responder

        Miguel do Rosário

        02 de abril de 2017 às 16h29

        Marta, me desculpe, mas não acredito em você.

        Responder

        Luiz

        02 de abril de 2017 às 18h08

        Não se faz análise de políticas públicas baseado em “meus filhos conhecem”. Se quer acabar com um programa que afeta a vida de estudantes então apresente dados concretos.

        Responder

        morte a temer

        03 de abril de 2017 às 01h28

        vc e muito mentirosa, psdbista e tem que tomar no meio do seu cu !

        Responder

EDEM

02 de abril de 2017 às 13h29

Eu conheço várias pessoas de classe média que se beneficiaram do programa. E agora eles acabaram. Os coxinhas não vão gostar disso.

Responder

EDEM

02 de abril de 2017 às 13h25

Estão cuspindo no próprio rosto. Eu conheço várias pessoas de classe média que se beneficiaram do programa. E agora eles acabaram. Os coxinhas não vao
Gostar disso.

Responder

Aristides Bartolomeu Novaes

02 de abril de 2017 às 13h23

Este é um dos objetivos da turma do golpe: impedir o acesso dos brasileiros à universidade, e com isto, tornar o povo mais facilmente manipulável
Observem o que fazem com os professores, impondo-lhes um salário ridículo e sendo os responsáveis pela educação do povo.
Estamos porém, numa outra época, em que não predomina apenas as opiniões deturpadas da Globo, Veja e outros meios de comunicação que sempre apóiam os golpes. Lamentável!

Responder

Rachel

02 de abril de 2017 às 12h56

”Além do mais, a matéria da Globo, mesmo curta, é inchada de mentiras, ao dizer, mais uma vez apenas repetindo a palavra do governo, que os jovens “não sabiam inglês”. Uma reportagem da própria Globo, em 2015, mostrava que o programa tinha enviado mais de 70 mil jovens para as melhores universidades do mundo, instituições que, naturalmente, só aceitam jovens com proficiência em inglês e devidamente preparados.” E eles ficam furiosos com uma edição fake do ”O Globo” …..

Responder

Rachel

02 de abril de 2017 às 12h54

Mas é claro, s golpistas com esta conversa mole e muitos coraçõezinhos ingênuos vão ficar penalizados achando que o fruto de nosso trabalho não é suficiente para alimentar nossas crianças na escola. Sai fora seu bando de canalhas. A real intenção é que os brasileiros que não fazem parte da elite econômica não tenham a possibilidade de alargar seu horizonte. Porque é este um dos objetivos de ir estudar fora do país. E se a deficiência em língua estrangeira é problema então que se sane essa deficiência. Ou seja se a água é pouca para o banho do bebê , não se dá o banho?

Responder

Isac Bernardo

02 de abril de 2017 às 15h52

“Nada de ter outros pontos de vista, nananinanão!”

Responder

Waldir José Franco

02 de abril de 2017 às 15h48

Precisa explicar . Para os golpistas.O conhecimento é uma interação. Isolar os estudantes brasileiros é típico de um governo medíocre. Lutemos por nossos direitos. Formação acadêmica não é só sala de aula.

Responder

Alberto Floriano Floriano

02 de abril de 2017 às 15h46

Ninguém fala nada?

Responder

Nelson Mucio Moreno Quintanilha

02 de abril de 2017 às 15h44

Cambada de FDP!

Responder

Luiz Alberto Cobucci

02 de abril de 2017 às 15h44

A globo. Sempre a globo. Quem tem, deveria cancelar a assinatura desse ovo da serpente que foi contra a criação do 13 salário, contra as diretas para presidente, contra os programas sociais, a favor da terceirização irrestrita e muito mais.

Responder

    Suelysofia Kinismós

    02 de abril de 2017 às 15h52

    Mais da metade dos canais da minha TV por assinatura que são da globo, já descartei. Pedi para cancelar o telecine e eles deixaram praticamente gratuito só para não cancelar. mesmo assim, ainda estou em dúvida.

    Responder

Suelysofia Kinismós

02 de abril de 2017 às 15h36

Então, vamos cantar musiquinhas e fazer coreografias, para mostrar como estamos revoltados?

Responder

Angela Lucia Maximo

02 de abril de 2017 às 15h33

Não entendi!A Globo da ordens a um presidente de um país?

Responder

Alex Sandro Dias

02 de abril de 2017 às 15h24

Responder

Sebastiao Cavadas

02 de abril de 2017 às 15h21

Mais uma “conquista” dos batedores de panela.

Responder

Romério Matos

02 de abril de 2017 às 15h21

Tinha que acabar com Prouni, FIES, bolsa, saúde, etc. Quem sabe o povo com sangue de barata vá protestar.

Responder

Joao Bosco Soares Barbosa

02 de abril de 2017 às 15h16

Brasil, país de analfabetos como o ministro da educação e o presidente ao pensar tantas besteiras.

Responder

Mateus Estevão Orban

02 de abril de 2017 às 15h16

Em qualquer pais do mundo, um jornal antinacional como o globo já teria sido boicotado e induzido a fechar as portas ou a mudar o disco. É incrivel como ela prospera e cria asas aqui.

Responder

    x

    03 de abril de 2017 às 08h36

    Talvez prospere porque tem gente disposta a pagar por ele. Livre mercado é isso: quem faz sucesso se estabelece. Culpar o jornal pelo sucesso é o mesmo que culpar a prostituta e o traficante pelo lenocínio e tráfico de drogas.

    Responder

Deixe um comentário