Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

CUT vence e comemoração do Primeiro de Maio ocupará a Paulista

Por Bajonas Teixeira

30 de abril de 2017 : 20h29

Por Bajonas Teixeira

A CUT conseguiu derrubar a liminar que interditou o uso da avenida Paulista para a comemoração do Primeiro de Maio. Essa vitória certamente incomodou o prefeito João Doria, que esperava faturar apoio do empresariado e demais forças reacionárias paulistas. Para piorar, o fato aconteceu hoje, no mesmo dia em que, em atitude grotesca mas bem reveladora da sua personalidade, o prefeito se assustou com um presente que recebeu jogando-o pela janela do carro: flores, dadas por uma ciclista em homenagem aos mortos da sua política de trânsito.

Os dois episódios tem um forte laço em comum: as atitudes autoritárias e os efeitos violentos das políticas do falastrão midiático que ocupa a prefeitura de São Paulo. É evidente que seu plano “Marginal Segura”, que aumentou a velocidade nas marginais, só serviu ao recrudescimento da violência no trânsito, produzindo novas vítimas e criando uma atmosfera de terror para ciclistas e pedestres.

Já o caso da perseguição à CUT e aos trabalhadores, deve ser observado pela dobradinha do poder político e da Justiça. Tentar impedir a realização do Primeiro de Maio na Paulista não é só mesquinho, é perseguição descarada e assédio aos trabalhadores. De fato, mantida a decisão, os trabalhadores se veriam obrigados a decidir entre acatar uma decisão arbitrária ou enfrentar a violência da PM durante a comemoração. E quem acompanhou as notícias da Greve Geral, sabe a que nível anda a violência policial.

O fato é que diversos grupos políticos usaram a avenida nos últimos tempos para protestos, sem qualquer incômodo da prefeitura e do prefeito João Doria.

Será que já esquecemos que no dia 26 de março, há apenas um mês, o MBL e o VEM PRA RUA, sem qualquer impedimento, crítica ou alegação contrária do prefeito ocuparam a Paulista com seis trios elétricos gigantescos? Com critérios muito distintos dos usados para esses movimentos, o juiz que proibiu o Primeiro de Maio na Paulista estipulou multa de 10 milhões caso a medida não fosse obedecida. É o fantástico autoritarismo judicial que toma conta do país.

A CUT venceu a liminar inicial que proibia o uso da avenida mas não venceu o autoritarismo judicial. O juiz que liberou o uso, numa audiência de conciliação com a prefeitura, determinou que os shows terão que acontecer longe da Paulista, o que obrigará a uma caminhada até a Praça da República.

Tudo isso seria péssimo para a democracia, se estivéssemos em uma. Na conjuntura que vivemos, em que a ditadura de classe tenta tomar dos trabalhadores tudo que possa ser arrancado, é um fato positivo, que evita as ilusões fáceis. As ilusões costumam amolecer e não servem para a luta. O Primeiro de Maio deste ano, mais do que qualquer outros desde a Nova República, será comemorado como um evento de luta e, sobretudo, de celebração da unidade para as lutas que já começaram a ser travadas com a Greve Geral.

As violências e perseguições, podemos estar certos, só servirão para aguçar o espírito de luta e resistência da classe trabalhadora. Viva o Primeiro de Maior de 2017!!

COMPARTILHE. Visite e curta  MÁQUINA CRÍTICA: https://www.facebook.com/MaquinaCritica/

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

48 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Neudacir

06 de maio de 2017 às 18h58

Se Lula é inocente como muitos o defende porque tanto medo de Sérgio moro?

Responder

Greice

01 de maio de 2017 às 11h48

Vamos hoje a Paulista. Vamos..

Responder

Adriana Olivier

01 de maio de 2017 às 14h21

BRESIL DO POVO !i!

Responder

Antonio Normandio Teixeira Antonio

01 de maio de 2017 às 13h23

Uma nova venezuela aqui não!

Responder

Orlando Oliveira Jr.

01 de maio de 2017 às 02h30

Acredito que amanhã, infelizmente, a polícia vai repetir as mesmas cenas de violência. Por isto, acho que seria importante se as pessoas que forem discursar nos palanques, inclusive os artistas, tentassem fazer lembrar aos policiais que estiverem no local, através de discursos conscienciosos, que seus filhos, demais familiares e amigos também serão afetados pelas medidas restritivas de direitos adotadas pelo governo federal. Acho imprescindível lembrar aos policiais que eles e seus próximos são humanos, assim como todos os que estão ali protestando por melhores condições de vida. Que diante da miséria, a violência cresce exponencialmente afetando a todos, sejam pobres, ricos, de esquerda ou de direita.

Responder

    Sebastião Farias

    01 de maio de 2017 às 12h05

    Muito bem lembrado, caro Orlando e, que acrescentem ainda, todos estão alí defendo direitos de todos os cidadãos Trabalhadores, inclusive, deles, os policiais, já que eles não podem se manifestar ali, por questão de ética disciplinar de sua corporação.
    Esse, é o mal herdado pela a maioria da população brasileira, do processo de aculturação e desinformação do cidadão, Plano esse de deseducação e de desconcientização (alienização ), em implementação há muito tempo, pelo Partido da Imprensa Golpista, vulgo PIG, cujos inocentes úteis, estão aí em toda parte, aos montes, independente da classe social ou da formação acadêmica, de analfabetos e alienados, não só em política (aqui, não confundir com ideologia) mas, em cidadania, em moralidade, em cultura, em ética e também, em falta de valores essenciais do cidadão que, deveriam proceder de uma família bem estruturada e fraterna.
    O resultado? Taí o golpe de governo planejado e dado por uma elite conservadora que se acha dona do Brasil, representada por parte dos 03 Poderes; da Imprensa patronal; dos banqueiros; dos seguimentos comercial e industrial; do MPF; PF; Partidos Políticos como PMDB e PSDB; e, ainda tem gente que o defende e aplaude.

    Responder

    Jorge Nascimento Nascimento

    01 de maio de 2017 às 16h35

    Não adianta…esses políciais são tipo bestas cegas providas de qualquer raciocínio lógico.

    Responder

Simarone Rodrigues de Medeiros

01 de maio de 2017 às 02h26

O Doria botox já mostrou a que veio. Chamou os trabalhadores que fizeram greve pacificamente contra perdas de direitos trabalhistas de vagabundos e, agora, tentou proibir a manifestação dos trabalhadores exatamente no dia do trabalho, na Paulista. Perdeu um bocado de voto.

Responder

    Adriana Olivier

    01 de maio de 2017 às 14h23

    quem foi os idiotas que votaram nesse verme sanguessuga de dinheiro do povo paulista …

    Responder

    Adriana Olivier

    01 de maio de 2017 às 14h25

    teria que ter impichement pra tirar doria botox de sp e mandar pro paraguay …

    Responder

Joao Oliveira

01 de maio de 2017 às 02h17

Ele não se assustou. Ficou olhando por vezes as flores antes da senhora colocar no carro. Sabia o que era e jogou na rua por desprezo puro.

– Artigo 172 do Código Brasileiro de Trânsito

Capítulo XV – DAS INFRAÇÕES

Atirar do veículo ou abandonar na via objetos ou substâncias:

Infração – média;
Penalidade – multa.

Responder

Thais Sarmanho

01 de maio de 2017 às 02h13

Uau! Eo boneco quen? Kkkk

Responder

Joel Alves Joel Alves

01 de maio de 2017 às 01h17

Brasil tem que ser os militares neles…

Vamos lá gente…acoooorrrda….

Responder

Sebastião Farias

30 de abril de 2017 às 22h05

As coisas começam a mudar e, a justiça começa a colocar as barbas de molho. A Av Paulista é dá Democracia.
O povo brasileiro, que é um forte e mostrou isso na Greve Geral do dia 28.04.2017, não deve mais temer o opressor e golpistas e, mais uma vez: em defesa dos seus direitos políticos usurpados; do Brasil para os brasileiros; do estado democrático de direito e respeito à Constituição Federal; da democracia soberana do povo; do estado de bem-estar social e econômico para todos; do resgate do respeito e protagonismo do Brasil no mundo em defesa dos pobres e excluídos e contra a fome e miséria humana; nesse 1° de maio de 2017, não temam, confiem em Deus e, invadam as praças e ruas das cidades, que são suas mostrem aos golpistas quem manda e a quem pertence este país, com responsabilidade, sem violência, respeito aos outros e com maturidade.
Sigam e pratiquem a sabedoria cearense contra mal: ” Se ficar o bicho pega, se correr o bicho come, então, se unir o bicho foge, porque ele não é o que parece”.
Vamos a luta pelo Brasil, pelo povo brasileiro e pela democracia.

Responder

Vannessa D'oarte

01 de maio de 2017 às 01h01

A Rede TV, a Record TV e o SBT à alguns meses atraz noticiaram com muita enfase o Escandolos das Teles (Esquecido), não se fala mais. O castigo foi ficar fora das empresas de distribuição do sinal digital, isso fez uma queda significativa da audiencia das três emissoras acima mensionadas. Isso foi de encontro direto aos interesses do governo federal que tem planos de entregar nossos patrimonio ao capital extrangeiro. Isso elas fizeram e foram castigadas. Agora entenda o castigo que as três emissoras sofreram. Agora saiba o que é e será a reparação que as três emissoras devem fazer, dizer que esse governo golpista é bom, estar tentando modernizar as lei trabalistas e garantir que a previdencia social precisa ser reformada para existir no futuro. O SBT já mudou seus argumentos, esqueceu o escandolo das Teles e a Record TV no programa Domingo Espetacular também já mudou seus argumentos abas viraram a casaca com o interesse de ter seus sinal digital na casa de todos os brasileiros. Conclusão, qua

Responder

    Vannessa D'oarte

    01 de maio de 2017 às 01h09

    Como estava escrevendo em um celular o espaco para escrever é muito limitado, depois em um equipamento que possa proporcionar mais esaço vou recolocar essa menragem paqa que eles entendam e não esqueça que nos telespectadores temos o contrle da tv e nao somos bobo. A mensagem em seu quase todo foi colocada, fica ai o espaço aberto para descursoês. Desculpem os pequenos erros de ortografia e acentos.

    Responder

Luiz Antônio

30 de abril de 2017 às 22h00

A saber: jogar lixo nas ruas e estradas, ou atirar objetos do veículo, é infração média, prevista no artigo 172 do Código de Trânsito Brasileiro. O condutor recebe multa de R$ 85,13 e quatro pontos na carteira de habilitação. VAMOS ESCALAR: QUEM VAI ENSINAR O PREFAKE? QUEM VAI MULTAR O CARRO DA PREFEKURA? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

NOSSA OS REPRESENTANTES DOS COXINHAS SÃO FEITOS NAS COXAS! CARAMBA!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Responder

Ariane Pimentel

01 de maio de 2017 às 00h41

PELO MENOS UMA BOA NOTÍCIA

Responder

Clovis eDos Santos

01 de maio de 2017 às 00h35

não há político honesto..você eh trabalhador ou você eh vagabundo? Que venha a conscientização do povo na luta e defesa dos direitos da CLT e a Previdência social.A GREVE GERAL tem que continuar, é o instrumento legítimo da nação para rejeitar ataques contra o estado de direito. Só com a luta das ruas, esses golpistas e sua rapinagem serão condenados a derrota política. Que a GREVE GERAL seja mantida até que no país, um projeto de políticas públicas seja aprovado nas urnas e que todos juntos façam o Brasil, o país que a democracia seja respeitada e universalizada. Não podemos aceitar o chicote nas costas do trabalhador. Não podemos concordar com a destruição do direito a vida. Não podemos sonhar com um futuro melhor, um descanso, quando eles não nos deixarão dormir em paz. Não somos fracos, somos o que quisermos ser. Vamos lutar. A GREVE GERAL É A ÚNICA ARMA DO POVO TRABALHADOR, EMPUNHEMO-LA OU TOMBAREMOS. Agora é a hora de defendermos a nossa existência, porque eles querem nos roubar a liberdade, nos impor o controle, a supressão de direitos e o medo. Somos bundões? Somos covardes? O que vc pode fazer? FAÇA HOJE, porque o futuro deles pra todos nós é apenas o sofrimento. Você quer sofrer? Um mais um é mais que três.Nós os venceremos, no mais POR FAVOR, AME SUA VIDA E LUTE POR SUA LIBERDADE E DIREITO A DIGNIDADE, IGUALDADE E PAZ. Que venha a GREVE GERAL por tempo indeterminado jah!

Responder

Reinaldo Chaves Rivera

01 de maio de 2017 às 00h30

… São os velhos e surrados comunistas terroristas. Como não conseguem convencer os trabalhadores a aderir à greve, pagam, incitam e intimidam os motoristas de ônibus e trens a cruzarem os braços. Promovem vandalismo em vias públicas, para comprometer a mobilidade das pessoas de bem. Depredam bens públicos e privados. Agridem quem se posiciona contra o discurso mentiroso e fascista da esquerda e dos sindicalistas pelegos. Enfim, são os terroristas da esquerda fascista mais uma vez atrapalhando a vida das pessoas de bem deste país. Estão revoltados porque perderam o imposto sindical e, agora, terão de trabalhar para provar aos trabalhadores que prestam para alguma coisa.

Responder

    Rejane Quadros

    01 de maio de 2017 às 00h54

    podemos depredar pagamos impostos e lhe digo para o trabalhador com carteira assinada ou funcionário público não há como sonegar e quanto a políticos e empresas que não pagam e ainda ganham propinas para fazer as obras que devem fazer superfaturando e dilapidando os recursos pagos pelo povo .O seu discurso é arcaico e burguês e de um capitalista que sempre repete a mesma coisa queremos uma nação livre de mazelas

    Responder

    Alcione Moreno

    01 de maio de 2017 às 03h26

    Podemos depredar?
    A esquerda e doente mesmo.
    Fadados ao fracasso…

    Responder

    JAS

    01 de maio de 2017 às 08h30

    Reinaldo Chaves, penso que está invertendo os fatos. Quem não sabe conviver com o contrário são vocês que são de direita. E outra coisa, esse seu discurso remonta à década de 1960. Atualize-se, a fim de que faça críticas a esquerda

    Responder

    Jorge Nascimento Nascimento

    01 de maio de 2017 às 16h39

    Tem que quebrar banco mesmo.
    O que é uma vidraça quebrada em relação as perdas que eles estão impondo aos trabalhadores.
    E se tiver coxinha na frentes…pau no cú dos coxinhas golpistas também.

    Responder

Erivan Cunha

01 de maio de 2017 às 00h12

Quer dizer que o aprediz de ditador não queria deixar aconhecer as comemorações e protestos dos trabalhadores?

Responder

Marlene Glaucia

01 de maio de 2017 às 00h09

Fora Doria. ..

Responder

Laercio Medeiros Epaminondas

01 de maio de 2017 às 00h08

CHUPA ESSA ALMOFADINHA QUE É DE UVA. KKKKKKKKKKK

Responder

Rafael Santana

01 de maio de 2017 às 00h04

“OS SETE PECADOS CAPITAIS DA REFORMA TRABALHISTA: como será na prática.

1. Patrões e empregados podem chegar a acordo coletivo, independente do que prevê a lei: a parte mais fraca da relação de trabalho é o trabalhador. Alguém acha que um acordo que pode tudo, inclusive contrariar a lei, ser realizado em benefício do trabalhador? A lei que determina a maximização dos lucros das empresas não permitem acordos benefícios ao trabalhador;

2) Hoje, um trabalhador trabalha 8 (oito) horas por dia. Com a reforma, o trabalhador pode ter que trabalhar 12 (doze) horas por dia. Se com 8 (oito) horas é difícil conciliar trabalho, família e estudos, imaginem com 12 (doze). A opção 12 X 36 não é boa para todos. Aquele que pretende estudar (fazer uma faculdade que tem aulas todos os dias, que é a maioria) terá muitas dificuldades. Essa mudança vai criar castas sociais no Brasil, pois o status social do trabalhador brasileiro ficará engessado em razão de intensas dificuldades para crescer e ter uma melhor formação acadêmica que melhor capacite o profissionalmente para o trabalho;

3. O trabalhador não irá mais receber o tempo gasto para chegar ao trabalho e retornar para casa. Logo, menos dinheiro no orçamento, mais dificuldades para estudar, comer, pagar as contas.

4. Redução do horário de almoço de uma hora para meia hora. Notem que aquele dinheiro que você tinha vendendo sua meia hora de almoço você não terá mais e vai ficar mais difícil pagar sua faculdade ou o seu carro.

5. Mulher grávida pode ser obrigada a trabalhar em local insalubre, basta o médico da empresa assim desejar.

6. Multa do FGTS será, na prática, reduzida de 40% para 20%. Lembrem-se disso, irão tomar de você 20% da multa do seu FGTS na hora da sua demissão, com chantagens.

7. Terceirização de todas as atividades da empresa. Você será substituído por um terceirizado que irá trabalhar feliz ganhando a metade do seu salário.”

Confira:
https://www.google.com.br/amp/brasil.elpais.com/brasil/2017/04/25/politica/1493074533_442768.amp.html

Responder

Paulo Fernando

30 de abril de 2017 às 23h59

#ChupaDoria

Responder

    Milton Stecca

    01 de maio de 2017 às 00h06

    Engraçadinha do PT…. querendo aparecer…… apareceu

    Responder

    Mandarim

    30 de abril de 2017 às 21h58

    Ta do lado de quem?
    Assim voce deixa o Doriana doido de tanta felicidade.
    Pra deixa-lo contrariado e carente a campanha deve ser: #naochupadoria.

    Responder

Jorge Nascimento Nascimento

30 de abril de 2017 às 23h55

Responder

Laercio Ferreira

30 de abril de 2017 às 23h46

O PERFEITO DA GRANDE METROPOLÍS QUE É SÃO PAULO ,NÃO MERECIA UM ELEMENTO DO PSDB , ESSE PARTIDO VULGAR DE TUCANOS ABUTRES, SER ELEITO NA TERRA DA GAROA? O TRABALHO ESTÁ SENDO ESPETACULARIZADO??

Responder

    Marco Aurélio Novaes

    01 de maio de 2017 às 00h08

    Pior é que foi eleito por essa população.

    Responder

    Milton Stecca

    01 de maio de 2017 às 00h10

    Esse entrou rico na política…. diferente de outros conhecidos que entraram pobres e estão ricos.

    Responder

      Sônia Bulhões

      30 de abril de 2017 às 23h46

      rico com dinheiro desviado da Embratur.? você não sabe,né?

      Responder

    Laercio Ferreira

    01 de maio de 2017 às 00h12

    foi eleito pela empresas transnacionais com muito investimentos , dinheiro na propagandas , e pela elites cooptadas, os coxinhas , as dos panelhaços ?/

    Responder

    Laercio Ferreira

    01 de maio de 2017 às 00h16

    e melhor perder pra você STECCA QUE É POBRE , DO QUE PRA, ESTES 1% DOS MULTIMILIONÁRIOS QUE PISAM ,RETIRAM OS SEUS DIREITOS SOCIAIS?/

    Responder

Julio Cesar

30 de abril de 2017 às 23h45

Lembrando que o ato não é da CUT. É ato unificado da CUT, CTB, FBP e FPSM. Vitória dos trabalhadores!

Responder

    Orlando Oliveira Jr.

    01 de maio de 2017 às 02h30

    Acredito que amanhã, infelizmente, a polícia vai repetir as mesmas cenas de violência. Por isto, acho que seria importante se as pessoas que forem discursar nos palanques, inclusive os artistas, tentassem fazer lembrar aos policiais que estiverem no local, através de discursos conscienciosos, que seus filhos, demais familiares e amigos também serão afetados pelas medidas restritivas de direitos adotadas pelo governo federal. Acho imprescindível lembrar aos policiais que eles e seus próximos são humanos, assim como todos os que estão ali protestando por melhores condições de vida. Que diante da miséria, a violência cresce exponencialmente afetando a todos, sejam pobres, ricos, de esquerda ou de direita.

    Responder

Gilberto Sampaio Oliveira

30 de abril de 2017 às 23h41

NUNCA SOUBE QUE AV. PAULISTA, FOSSE DO DORIA

Responder

Paulo L Maia

30 de abril de 2017 às 23h35

Porco e mal educado.
Perdeu.

Responder

    Marco Aurélio Novaes

    01 de maio de 2017 às 00h07

    Típico burguês que não adimite ser contrariado. Dá chilique, grita e quando é grandão, senta a porrada.

    Responder

    Marcia Rejanne Matos Dias

    01 de maio de 2017 às 10h00

    Olha o estrago que os paulistanos fizeram: elegeram essa tranqueira. Afff! Bando de Mulas azuis…

    Responder

Mario Luiz de Camargo

30 de abril de 2017 às 23h35

VAI TER COLÇCAR TODA A POLICIA NAS RUAS AMANHA A QUARDA CIVIL E QUE VAI TER MUITA QUEBRADEIRA JOAO DORIA VE SE CONSEQUE REVERTER ESTA MEDITA E ESSE JUIZ DO CAPETA TA CABEÇA A ONDE PEQUE O NOME DELE PARA RESPONSABIZAR ELE PELOS ESTRAGOS

Responder

Deixe um comentário